Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Coluna Chico Maia no jornal O Tempo

A serviço de SP

A Rede Globo transmitiu ontem Estudiantes e Cruzeiro para os estados de Minas Gerais e São Paulo. Mandou Corinthians e Fluminense para o resto do país. Um jogo de final da Libertadores da América, envolvendo um grande clube nacional tem menor importância que uma partida pela 9a rodada do campeonato brasileiro, na visão da programação da emissora. Não é nem questão comercial, já que ela detém os direitos exclusivos transmissão. Além do mais, a maior praça comercial do país, que é São Paulo, não poderia receber as imagens do jogo pelo brasileiro, já que isso consta no acordo entre a própria Globo e o Clube dos 13. A história é antiga e mostra o quanto é difícil a luta dos clubes fora do eixo Rio/SP para conquistar patrocínios em suas camisas. São tratados como subprodutos pela maior emissora do país, que joga todas as suas fichas, em primeiro lugar nos paulistas, depois nos cariocas, da segunda praça comercial.

Claro que a Globo é uma instituição privada que visa lucro mas, além de não mostrar a final da Libertadores para a maior parte do país, não permite que outras redes transmitam. Na maioria dos países há leis que regulam situações como essa, que não permitem que haja este monopólio da informação.

Medo

No Brasil já houve tentativas de estabelecer leis para acabar com essa ditadura econômica global, especialmente quando se refere a assuntos de interesse nacional. Mas os políticos que criaram os projetos foram bombardeados e derrotados nas votações pela maioria dos colegas que tinham e têm medo da reação da Globo. Na Europa ela tentou isso, mas não conseguiu.

Barrado

Quando criou a Telemontecarlo, no principado de Mônaco, Roberto Marinho sonhava implantar seu império na Europa, usando a Rede Globo, das melhores do mundo, para enfrentar a concorrência de lá. Esbarrou logo de cara nos interesses de Silvio Berlusconi, dono da poderosa RAI, e do Milan, atual Primeiro Ministro italiano, que o pôs para correr, só piedade.

Intocável

Fora SP e Rio os estados são usados apenas como fontes de arrecadação auxiliar da Globo, que mantém alguns espaços regionais na programação para captar anúncios especialmente dos governos estaduais e prefeituras. Outra exceção é a RBS, tv parceira dela no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Tem postura mais independente, por não ser uma mera repetidora.

Alô África!

Comerciante morto quando saía do trabalho em plena rua Araguari, quase no Centro de Belo Horizonte; estudante de 13 anos morta por bala “perdida” na porta da sua própria escola; crime sem castigo e sem culpado, depois de julgamento em Ouro Preto. Até parece que estamos na África do Sul. Estamos perto!


Deixe uma resposta para Marta Dias Cancelar resposta

Comentários:
10
  • Daniel disse:

    Chico,è só um desabafo contra a itatiaia e alguns órgãos da imprensa!
    E eles ainda tem a cara de pau de tocar a vinheta …a radio de minas!
    Eu já não ouço essa radio um ano +ou-,é impressionante a valorização que eles deram para os emplumados quando estavam subindo da SEGUNDONA PARA A PRIMEIRA,quase não se falavam do time que sempre colocou o nome de Minas e do Brasil no cenário mundial. Quando os dois times jogam no mesmo horário e data,Ô sofrimento!Mesmo com o jogo deles sendo televisionado,essa radio me colocao willi narrando quase o tempo integral e havendo apenas alguns momentos do jogo do cruzeiro,eu fiquei revoltado com esse desrespeito.O PIOR de tudo é que enviei um email para a radio sugerindo que quando os dois jogarem no mesmo horário e data,um jogo sendo transmitido na íntegra na am e o outro na fm,visando assim atender as duas torcidas!Nem resposta obtive.
    Chega!Assinei um pacote de tv por assinatura para fujir da itatigalo,ai me vem um tal de Bob faria que só sabe criticar o cruzeiro,não ve nada de bom no cruzeiro.
    Bom,e a puxação de saco para a torcida do atletico!Sou torcedor assíduo,já fui em uns 30 jogos entre cruzeiro e atletico e até hoje tento encontrar esse diferencial que eles dizem a respeito deles, a torcida do cruzeiro foi maior neste último jogo 12/10 e vibrou,cantou e não ouvi ninguem tocar no assunto,eles fazem um lóby terrível ,sempre elogiam a torcida do atletico,seja nas entrvistas com jogadores,nas reportagens,para eles só existem a torcida que eu não vejo nada demais.Não queremos puxação de saco de impressa e sim , mais respeito para com a torcida azul.Imparcialidade!
    Um abraço!

  • jose alves de aguiar disse:

    CHICO OBRIGADO PELA FORÇA AO MEU AMERICA
    DESDE QUE CAIU PARA A 2ª DO MINEIRO
    VOCE E O BRUNO AZEVEDO FORAM OS UNICOS QUE COBRIRAM O AMERICA A ALTURA DESSE CLUBE NESSE MOMENTO QUE VOLTAMOS A B DO BRASIL APOS O JOGO SOFRIDO LEMBREI ME DE VOCES.
    OBRIGADO POIS VEJO AMERICANOS NA IMPRESSA DEFENDENDO SAO PAULO E PALMEIRAS EM SEUS ORGAOS ESSA SEMANA FICARAM NO OBA OBA E NEM FORAM NO CTLANA.D. EXIBINDO REPORTAGENS VELHAS TENTANDO ENGANAR OS LEGITIMOS AMERICANOS.
    ATE A TAÇA MINAS GERAES.

  • Cláudio Prisco disse:

    Caro Chico Maia como você acha que estes clubes chegaram no estatus atual de maiores do paiz? (Em torcidas).
    Você mais que todos deveria saber por ser Jornalista, mineiro e Atleticano, Nós anos setenta e oitenta tinhamos um grande equilibrio nas forças futibolisticas na Brasil, sul, Minas, Rio e Sampa dividiam e se revesavam nas conquistas.
    Depois da Copa União em oitenta e sete, a tv Globo começou a destruir os outros clubes ao favorecer Corintians e Flamengo, jogo na tv, só da dupla e ninguem toma uma atitude. Reclamar é importante, mas é nescessário que as outras torcidas reajão, deixar sim de ver jogos destes dois, a sorte e que o desmando interno destes dois é tamanha que eles se enrolam na suas incompetencias e corrupsão gigantescas senão já teriam dominado por completo o futebol Brasileiro e vocês jornalistas tem papel importanticimo nesta caminhada, Vocês não achem que esta turma queria o São Paulo tri-campeão Brasileiro não…Saudações Atleticanas.

    Cláudio Prisco.

  • Roque disse:

    Boa tarde Chico Maia.

    Concordo plenamente com o que você escreveu em sua coluna de hoje.

    A imprensa mineira, como formadora de opinião, precisa fazer alguma coisa para acabar com o tratamento diferenciado dado aos times mineiros, em especial Cruzeiro e Atlético. São times de primeira grandeza e devem assim serem tratados.

    Hoje escrevi a todos os programas de TV da Rede Globo, apresentados através do sporttv e outros, fazendo críticas e reclamando viemente sobre a falta de respeito conosco e indagando se eles teriam essa atitude caso um time do eixo RJ e SP estivesse ma situação do Cruzeiro.

    Sou Cruzeiro, o momento é especial e merecemos muito respeito.

    Obrigado.

  • Marta Dias disse:

    Alô Chico Maia…

    Só uma coisa derrubará a Globo, na minha opiniao, o Povo.

    Mas, enquanto houver alienacao, ela fará o que quiser, como tem feito há decadas. Voces tem uma parte importante que é o de informar, porem, até onde chega essas informacoes? Quantos do povao leem jornais (qualificados) e/ou entendem a mensagem deles? Quantos tem ideia do que realmente acontece? O brasileiro, em geral, até se orgulha de termos uma rede tao “poderosa”.

    Só me lembro de uma vez em que a globo recuou…ela estava perseguindo uma emissora de um certo bispo de uma igreja bem popular no pais, (universal), se nao me engano…o povo foi às ruas e ela continuou os ataques, mas, quando o povo comecou a gritar “abaixo a rede globo” ela tratou logo de deixar esse “povo em paz”.

    Assim, só quando esse povao da area futebolistica acordar e usar as armas de que lhe sao proprias, é que as coisas mudarao. Voces precisam saber como ser mais claros e fazer chegar ao maior numero de pessoas possiveis essas informacoes! Do contrário, essas noticias que rolam no meio intelectual, esportivo, ou nao, de nada adiantará. O povo continua cego, surdo e alienado, consequentemente, manipulado.

    E os cartolas? Nao estao é nem aí…

    Marta Dias

    “Confia no senhor e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade” salmos 37

  • Renato Paiva disse:

    Bom dia, Chico!
    Parabéns pelo blog! Está ótimo!
    Só uma observação em relação à sua coluna no O Tempo. Não sei quanto aos demais estados, mas estou em Brasília e o jogo veio direto pra cá através da Globo. Aliás, como eu estava aqui, tive a curiosidade de entrar no site da globo (pra saber se eu ia poder secar um pouco o Cruzeiro!) e lá dizia que o jogo seria transmitido pra todo o Brasil, exceto Rio e São Paulo, que acompanhariam Cor X Flu.
    Um abraço,
    Renato Paiva

  • wander prado disse:

    O pior de tudo nao e ser boicotado a nivel nacional coisa que sempre fomos mesmo. O pior e ser boicotado dentro de seu proprio estado e cidade da forma que o cruzeiro e por essa imprensa mineira parcial como a radio itatigalo , esgalo de minas , esclerosa esporte por exemplo . fazem isso a 40 anos e a torcida do cruzeiro nao tem a quem recorer pois o Atletico já foi formado por uma elite mineira que e dona de todos os meios de comunicaçao. viva a chiana azul que sobrevive mesmo assim e MOVE ESTE TIME . com o verdadeiro amor que se pode ter a um time. nao um amor criado nas pagina de jornais , radios provincianas e telejornais esportivos dendenciosos. uma a braço a todos viva o CRUZEIRO ESPORTE CLUBE .

  • Augusto César disse:

    Essa coluna não estaria precipitada? O jogo do Cruzeiro não é hoje a noite!?

  • Muito bom o blog Chico. Parabens!
    Quanto a nota, já passou da hora de nossas lideranças se mobilizarem e exigir da GLOBO a cobertura que o estado merece. No caso do Cruzeiro, não é todo ano que temos um time brasileiro na final da Libertadores e como você disse, o jogo é Brasil x Argentina e suplanta em muito um jogo isolado de uma simples rodada do campeonato brasileiro.