Reportagem da Placar tenta explicar a nova dívida do Atlético

Só agora entendi essa polêmica do aumento da dívida do Atlético.

O “Estadão” divulgou números sem esclarecer fatos relevantes, que a Revista Placar, está divulgando em sua avaliação própria.

A revista, que no início do ano, se envolveu em polêmica semelhante com o Atlético, usou pente fino dessa vez para entrar no assunto.

O que o “Estadão” não falou é que os grandes clubes brasileiros estão se adequando à nova realidade da economia nacional.

Atlético e Internacional foram os primeiros a reavaliarem o seu patrimônio físico, e com isso, aumentando o valor, a dívida fiscal também aumenta.

Placar esmiuçou o assunto do valor real dívida do Atlético e certamente deverá se aprofundar na dos demais clubes, como já está fazendo com o Inter.

O editor da revista, Jonas Oliveira, twittou agora há pouco chamando atenção para o assunto e para o site da revista com a reportagem:

* “Qual é a verdadeira dívida do Atlético-MG?”

A divulgação de um estudo da consultoria BDO RCS sobre as finanças dos clubes brasileiros, na última sexta-feira, foi motivo de revolta entre os atleticanos. A informação de que o Atlético-MG é o clube brasileiro de maior dívida – 527,764 milhões de reais – foi rechaçada de forma veemente pelo clube, que alegou que o valor estaria, na verdade, em torno de 260 milhões de reais. 

Antes de mais anda, é preciso explicar algumas peculiaridades do balanço financeiro do Atlético-MG:

1) Atlético-MG e Internacional foram os únicos clubes brasileiros a fazer a reavaliação de seus ativos. Ou seja: contrataram empresas especializadas para atualizar o valor de seus bens – como, no caso do Atlético, a cidade do Galo e o shopping Diamond Mall. Com a reavaliação, o valor do patrimônio do Atlético saltou de 230 milhões para 617 mi de reais.

2) Nos balanços financeiros de empresas, é preciso indicar o valor de Impostos Diferidos Passivos, que correspondem ao pagamento de Imposto de Renda e Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL). Este valor corresponde a 34% do imobilizado (o patrimônio do clube), e só seria de fato pago numa eventual venda dos imóveis. Ou seja: caso o Atlético venda seu CT ou o shopping Diamond Mall, por exemplo, terá que pagar 34% do valor em impostos.

3) As entidades sem fins lucrativos, como os clubes de futebol, estão isentas de indicar os Impostos Diferidos Passivos em seus balanços. Este, ao menos é o entendimento da maioria dos clubes brasileiros – como o Internacional, que não indicou em seu balanço o valor de impostos numa eventual venda de seus imóveis.

4) O Atlético-MG fez seu demonstrativo financeiro como o de uma empresa, por entender que as novas normas brasileiras de contabilidade (lei 9.532/97) determinam que os clubes também devem ser tributados – apesar de ser considerados entidades sem fins lucrativos. Por isso, o Atlético-MG indicou em seu balanço o valor de 209.976.598 reais em impostos. Ou seja: este seria o valor a ser pago pelo clube à Receita Federal em caso de venda de suas propriedades.

Ou seja: o Atlético-MG foi o único clube brasileiro a indicar em seu balanço uma provisão de Imposto de Renda e CSLL. Para aplicar o mesmo critério de cálculo de endividamento para todos os clubes, a BDO RCS teve que levar em conta os dados apresentados pelo clube, que incluíam os impostos, no valor de 209,9 milhões de reais.

Descontados, portanto, esta quantia, o valor mais exato da dívida do Altético-MG seria de 317.787.674 reais. 

Na imagem, os principais pontos do balanço do Atlético-MG para o ano de 2010 (clique para ampliar)

CAM

 

COMO A BDO CALCULOU A DÍVIDA DOS CLUBES BRASILEIROS

. O endividamento dos clubes foi calculado pela diferença entre o Exigível Total (na imagem, em azul) e o Disponível Realizável (na imagem, em vermelho).
. O Exigível Total é calculado pela subtração entre o Total do Passivo e o Patrimônio Líquido.
. O Disponível Realizável é a soma do Ativo Circulante e o Ativo Realizável a Longo Prazo.

No caso do Atlético-MG, os números são os seguintes:

Total do Passivo: 672.972.880
Patrimônio Líquido: 124.378.568
EXIGÍVEL TOTAL: 584.594.312

Ativo Circulante: 9.608.567
Ativo Realizável a Longo Prazo:
Depósitos judiciais: 9.867.515
Contas a receber: 1.353.958
DISPONÍVEL REALIZÁVEL: 20.830.040

EXIGÍVEL TOTAL – DISPONÍVEL REALIZÁVEL: 527.764.272

O QUE O ATLÉTICO RECLAMA:

Segundo o Atlético, não deveria ser levado em conta o valor de Impostos Diferidos Passivos, que correspondem a impostos que só seriam pagos em caso de venda de suas propriedades. O clube foi o único a incluir o item em seu balanço, por acreditar que esta é a recomendação das novas normas brasileiras de contabilidade.

A conta correta, segundo o próprio clube, seria feita com a subtração dos impostos da dívida total. Ou seja: 527.764.272 – 209.976.598 = 317.787.674 reais.

* http://placar.abril.com.br/atletico-mg/alexandre-kalil/materias/qual-e-a-verdadeira-divida-do-atletico-mg.html

42 comentários para “Reportagem da Placar tenta explicar a nova dívida do Atlético”

  1. STEFANO VENUTO BARBOSA disse:

    Imposto no Brasil não é dívida, então o Galo não deve ninguém, só a sua torcida.

  2. Leonardo disse:

    Ou seja, de clube mais endividado, o Galo passou a ser o mais sério do Brasil, pois foi o único a TRANSPARECER o que realmente está acontecendo. Parabéns ao Kalil.

    Obs: Se alguns outros clubes brasileiros fizerem o que o Kalil fez, a dívida fica astronômica, por isso escondem tudo…………………….

  3. Rafael Oliveira disse:

    Um pequeno detalhe do clube saneado: Prejuízo de R$ 20 milhões em 2010! Isso não ví ninguém falar como falaram do Cruzeiro em 2009.

  4. Gilmar disse:

    O que eu ja tinha achado muito esquisito,é que como a BDO RSC tinha apontado a dívida do galo como sendo de 496.541.000 em 2009,e a casual auditores apontou para o mesmo ano,uma dívida de 283.334.000.Ou seja,uma diferença de 213.207.000

    Se for essa a diferença,quer dizer que a dívida hoje deve ser de 527 milhões – 213 milhões=314 milhões
    Fontes:
    BDO=http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110506/not_imp715648,0.php

    Casual:http://esporte.ig.com.br/futebol/2010/02/02/clubes+cariocas+lideram+ranking+dos+maiores+devedores+do+brasil+9384544.html

    E por falar em dívidas,o cruzeiro teve superávit de 1 milhão,mais por que pediu um empréstimo de 37 milhões segundo o site superesportes.Senão seria um déficit de 36 milhões,muito maior que o do CAM que foi de 19 milhões.

  5. Coruja disse:

    O Galo é igual a qquer outro time neste país. Não dá pra fazer mágica quanto a essas dívidas dos clubes brasileiros que são impagáveis e crescem absurdamente. Juros, correção monetária, taxa Selic, etc. É claro q a dívida do Galo vai crescer ano a ano. Esse é o Brasil. Somos todos reféns de uma dívida interna que jamais cessará.

  6. Thiago disse:

    Mas a placar sabendo que só o Galo declarou essa divida de impostos porque a manchete o “Atlético agora tem a maior dívida”?

    Continua estranho!

  7. Paulo Araujo disse:

    Jornalismo serio é isso. Agora a meu ver com essa reportagem a revista Placar redime com a torcida do Galo.
    Quem assinou a matéria do estadão não sabia disso? Claro que sim queria só tumultuar, apenas isso.
    É Chico mais uma vez a administração do Kalil sai na frente. Só é transparente quem não tem nada a esconder, não é verdade?

  8. Edmo Ulrik disse:

    Se saiu essa notícia na revista placar então é verdade

  9. Paulo Henrique disse:

    Agora ficou mais esclarecido, porém ainda resta a dúvida: por que analisar o Galo antes de todos os outros? Alguma relação com as críticas à Globo? Ou mera coincidência?

    Já que a revista Placar se preocupa tanto com dívidas, tenho uma sugestão de pauta:

    - analisar o comportamento da dívida da editora Abril, especialmente em 1999, com foco nas operações de leasing em tempos de mega-desvalorização do dólar. Analisar também as “estratégias” para aumentar o faturamento´, evitando a quebra, pós-99;

    - analisar empréstimos do Governo Lula à Globo Cabo em 2003;

    - analisar os contratos da editora Abril com o Governo Serra em São Paulo;

    Êta turminha hipócrita e cínica!

  10. Leandro Alves disse:

    Papai Noel também existe!

  11. Cassiano disse:

    Não sei não, mas num futuro bem proximo vamos idolatrar ainda mais o nosso Presidente, tenho certeza que seu nome vai ficar marcado na historia do Galo como o Presidente que recolocou o Atletico nos trilhos.

  12. miguel disse:

    Me perdoe a ignorância,mas nós torcedores só pensamos em titulos.Fizeram a divida,então quem pariu matheus,que o embale.Queremos é bola na casinha,ols.Queremos a Copa do Brasil,o Mineiro,o Brasileiro,a Sulamericana.Nos torcedores temos a divida do carro,da geladeira,dos moveis,mas a divida na bilheteira nós não a temos.Portanto o clube que se vire com este embólio,quero titulo.

  13. Dudu GALOMAIO disse:

    Como eu já cansei de dizer aqui: essa análise é bem menos simplista do que parece. Que venha algum colega auditor do blog e diga o quanto é detalhado e demorado um serviço de auditoria interna, pra que se tenha uma noção da dificuldade em se emitir um parecer.
    Mesmo assim, não demora veremos comentários de pessoas inaptas neste post, muito mais levados pela paixão do que pelo próprio entendimento do assunto… hehe :)

  14. H.Almeida disse:

    será que o lado de lá tbm é transparente assim?

  15. André Corrêa disse:

    Diante disso, o que fez a Globo? Fez uso político de uma informação mal divulgada e tentou com isso pressionar o clube a aceitar logo qualquer proposta. Afinal, o clube mais endividado do país não poderia ficar escolhendo muito, certo?

    O Leonardo, aí em cima, foi feliz ao dizer que a nova análise mostrou a seriedade do trabalho da gestão Kalil. Dentro de alguns anos o Atlético será uma potência no futebol brasileiro; eu creio nisso.

    E, pelo amor de Deus, ensinem seus filhos a ler nas entrelinhas, a interpretar textos e não aceitar verdades prontas. Não é possível ler/ouvir/assistir uma notícia hoje sem conhecer as motivações políticas que levaram à sua divulgação.

  16. Alisson Sol disse:

    E em dois dias, a dívida que era um “complô“, virou motivo de orgulho! Vá entender…

  17. Anderson Palestra disse:

    Como não entendo nada de números nem palpito. A única coisa que sei é que o Atlético está em moratória com o RG, segundo palavras do próprio Kalil até metade desse ano, salvo engano.

    Uma coisa é certa, eles podem divulgar o que quiserem, jamais saberemos o quanto se arrecada de fato, o quanto se gasta e o famos so caixa 2 que enriqueceu muita gente de frigorífico aí.

  18. audisio disse:

    É evidente a seriedade da atual administração do clube!
    O que antes era uma diferença abismal entre Cruzeiro e Atlético desde de 1994 quando a Ricks Muse injetou uma monstruosidade de dinheiro no clube da Enseada das Garças juntamente com algumas vendas ainda não devidamente explicadas de jogadores, tais como Fábio Jr por 18.000.000 de dólares, colocou o Cruzeiro, nestes últimos, num patamar administrativo muitos graus acima do Galo, já não existe. Tudo isso é passado! Como não há mal dure para sempre, os tempos mudaram, as tais parcerias terminaram com o emblemático caso do Iraniano Kia e o timão e estamos na era da eficácia administrativa, da gestão, das ferramentas de resultado, do choque de gestão, do IDG e o Cruzeiro dormiu nas suas glórias. Nem o Rural tem conseguido ganhar agarrado nas razões que mais usou para zombar do rival: “Viver de Glórias passadas”. Como tudo na vida é composto de ciclos, estamos no exato momento da ultrapassagem do veloz e moderno Atlético contra um modelo antigo e ultrapassado do Cruzeiro, queimando óleo 40, o que será mais do que evidente aos olhos de todos nos próximos anos na realidade dos gramados onde o resultado final de toda uma conjuntura é apresentado!

  19. Paulo Henrique disse:

    “E, pelo amor de Deus, ensinem seus filhos a ler nas entrelinhas, a interpretar textos e não aceitar verdades prontas. Não é possível ler/ouvir/assistir uma notícia hoje sem conhecer as motivações políticas que levaram à sua divulgação.”

    Sábias palavras André Corrêa! Parabéns!

  20. Andrey M Lage disse:

    Dudu GALOMAIO

    Nessa vo concordar com vc “essa análise é bem menos simplista do que parece.”

    Por isso não vo comentar sobre a materia, ate pq e mais interessada aos atleticanos

    Gilmar

    PELO AMOR DE DEUS!
    Desde quando emprestimo entra como ganho? ele entra como Gasto!
    Os 37 milhões entraram na lista de gasto do cruzeiro, Se o cruzeiro não tivesse pegado esse emprestimo, teria um superávit de 38 milhoes!

  21. clauber disse:

    Uma análise de balanço vai muito alem do mesmo, passa pela Demonstração de resultado e tambem pelo fluxo de caixa. Com as novas regras contábeis a informação ficou mais facil para o usuário comum, principamente para entender o fluxo de caixa. Na DRE do Galo apresenta se um lucro operacional e isso é muito bom, depois vem as provisoes contabeis, sejam de impostos, depreciacoes, juros, e isso somado nos levam a um prejuizo final de 19.000.000. e com isso nao significa que esse dinheiro saiu do caixa devido as provisoes citadas acima.

    Vale ler com atenção as notas explicativas, nelas estão todos os esclarecimentos para uma análise de um investidor, ou socios. Todo esse raciocinio colocado esta descrito no balanco no endereço abaixo. la nas notas fala que o Galo paga em média um juro mensal de 1,6% uma otima taxa considerando o mercado atual.

    http://www.atletico.com.br/site/files/file/agencies/file/4dc43674-b66c-4378-b9a3-046ad06022dc.pdf

  22. Dudu GALOMAIO disse:

    Eu falava sobre a semana triste pros cruzeireiros, depois daquele vexame da Libertadores, da 3ª sapecada seguida do maior rival e por último pela morte da LACRAIA.
    Quem quiser, pode acessar o vídeo abaixo, em comemoração dos 30 anos da Máfia Azul, com a “dançarina” de FUNK fazendo a festa dos mafiosos, mostrando seu estreitamento com os azuis:

    http://www.youtube.com/watch?v=qN4B_9ojIj8

    :) :):)

  23. Rafael Oliveira disse:

    Dudu GALOMAIO,

    Cara, você comenta mais sobre o Cruzeiro e os cruzeirenses que do seu próprio clube. Mas eu entendo, o Cruzeiro incomoda, e muito. Mesmo que você diga que não se importa, não assiste aos jogos, etc., o seu incomodo é visível. Eu morro de rir desses atleticanos com tanta raiva do Cruzeirão, é reflexo de muito e muito tempo de incomodo…

  24. Alexandre (de Moçambique) disse:

    Só um comentário rápido sobre esta história da morte do artista Lacraia. Antes de mais nada, trata-se de um SER HUMANO. Tem de lembrar que n,esse momento, existem muitas pessoas, familiares, amigos, fãs e conhecidos que estão verdadeiramente tristes com a morte dele. Respeito é bom e todos nós gostamos. Se fosse um parente próximo de qualquer um que está enchendo o saco com posts, nos mais variados blogs, ridicularizando torcidas adversárias usando o nome Lacraia, duvido que o faria. Acredito que existe hora pra brincar, pra torcer pelo clube do coração e PARA RESPEITAR A DOR DO PRÓXIMO.

  25. André Corrêa disse:

    Obrigado, Paulo Henrique.

  26. Dudu GALOMAIO disse:

    Rafael Oliveira,
    engana-se. Eu comento bem mais do Galo. Acaso duvide e tenha bastante tempo, basta observar os posts sobre o Cruzeiro os quais comento muito pouco. E saiba que a recíproca é verdadeira, porque há uma turma de nobres colegas aqui que comenta sobre o Galo FULL TIME.
    Na verdade, não fosse você torcedor do Cruzeirinho (não vejo nada de cruzeirão) não estaria incomodado. Mas eu entendo. É aquela famosa “dorzinha” entre o braço e o antebraço né?
    Pode deixar que vou maneirar, somente no próximo vexame azul (que creio não vai demorar muito) eu voltarei à carga… falou??? :)

    Mas essa semana, com tanto motivo pra zoar vcs, EU NÃO POSSO DEIXAR PASSAR BATIDO MESMO… hahaha
    Pode chorar, espernear, gritar que as gozações aparecerão. Doa a quem doer… rsrs

  27. Dudu GALOMAIO disse:

    Um ditado antiguíssimo, mas sempre atual: “Chumbo trocado não dói!”

  28. STEFANO VENUTO BARBOSA disse:

    Estranho aparecer essa reportagem em jornais e revistas do Brasil, agora, juntamente com a bobagem do Richarlisson estar namorando o Serginho BBB. Sinceramente, isso importa ao torcedor? O que importa é títulos, o clube não é uma empresa pública, que tem que dar satisfação a todo mundo. Para com isso, essa dívida do Galo é irrisória, basta pagar o que deve e não gastar mais que arrecada.

  29. Rafael disse:

    Dudu GALOMAIO,

    Meu caro, aceito brincadeiras “numa boa”, tanto que mesmo sabendo que essa semana a maioria dos comentários seriam gozação com o Cruzeiro leio todos os posts. Futebol, pra mim, é para brincar. Já foi o tempo em que eu ficava nervoso. Só que você não aceita muito bem as brincadeiras dos cruzeirenses (e eu não sou o primeiro a comentar sobre isso) já vai falando que são lunáticos ou outro termo pejorativo. Mas, como disse antes, eu entendo. Vamos ver se seu humor será o mesmo na próxima semana…

  30. Paulo Henrique disse:

    Stefano,

    o Galo e os demais grandes clubes não são empresas públicas, mas boas partes das suas dívidas são devidas ao Patrimônio Público. Daí, eu me importo e muito com isso. Dinheiro que deveria ser gasto em benefício da sociedade, vai muitas vezes para bolso de diretores corruptos, lavagem de dinheiro, etc.

    Eu torço pelo Galo, tenho orgulho da nossa torcida e quero ver títulos e o time jogando com raça. Mas daí a perdoar dívidas com o Público são outros quinhentos….

  31. Clayton Batista Coelho ( Claytinho - Só Boleiro - Nova Vista/BH ) disse:

    Esse negócio de falar sobre “milhões”, não é pra mim não… Tô muito, mas muito longe disso…

    O que eu só acho engraçado, é o Kalil ficar arrotando a todo instante que o Clube tem dinheiro… Se tem, porque não paga o que deve uai ?? rsrs

    Se eu simplesmente parar de pagar o que devo, também vai sobrar dinheiro… rsrs

  32. Alisson Sol disse:

    Meus aplausos à mensagem do Paulo Henrique.

    É triste ver argumentos como “se o dinheiro não fosse utilizado para construir estádios, ia acabar sendo jogado no lixo do mesmo jeito”, como se desperdiçar dinheiro público fosse aceitável, desde que o façam com pequeno benefício para algo de que eu goste. E o fazem não apenas com o futebol, mas também com os benefícios e empréstimos camaradas para a produção de filmes nacionais, peças de teatros, etc. Fico sempre pensando se não há nenhuma farmácia ou mesmo a “venda da cidade” no interior que poderia se beneficiar muito mais da isenção fiscal, com um benefício muito maior para a população.

  33. Dudu GALOMAIO disse:

    Pois é Rafael. É sua opinião né?
    Não haverá alteração de humor, pode ficar tranquilo.
    Mas suas palavras sempre terão um “quê” de rivalidade, portanto, sua ótica sempre será a de um cruzeirense observando um atleticano e o dia que vc conseguir provar que sua análise sobre um torcedor rival é imparcial, o mundo terá mudado e muito… rs

  34. Dudu GALOMAIO disse:

    A cada dia aparecem mais pessoas solidárias e preocupadas com o bem estar alheio.
    Por essas e outras poderemos esperar um mundo bem melhor no futuro.
    Que bonito isso!

    Ainda que não se tenha visto qualquer ofensa ao rapaz falecido e por conseguinte à sua família, muitos saem em defesa (do nada) de sua causa, como se houvesse desrespeito por ocasião sua morte, ao invés de apenas uma brincadeira com o uso do personagem folclórico que este encarnou enquanto vivia neste mundo.

    Dá até vontade de acompanhar essas pessoas de coração grandioso no seu dia-a-dia, para que pessoas como eu, “desprovidas de amor ao próximo” (segundo os novos Ghandis), possamos aprender a nos tornar mais “humanos” e nobres.

    Ainda bem que hipocrisia passa longe né?
    Quem não tiver pecado…

    Não houve desrespeito ao cidadão falecido e tampouco à sua família (Lacraia).
    Outrossim, houve brincadeiras envolvendo o personagem extravagante que o mesmo encarnou e que todos conhecemos.

    Cabe-nos entender que, embora participemos todos de um blog particular, o Chico Maia é figura pública, sendo portanto, um chamariz pra que pessoas de todo o tipo frequentem esse ambiente inegavelmente ligado ao futebol (por razões óbvias), cujos assuntos sempre giram em torno do esporte bretão e assim sendo torna-se muito difícil controlar a boca (no caso os dedos) dos outros, onde vez ou outra se conviverá com brincadeiras e gozações.

    Esse “moralismo” unilateral seria melhor empregado em situações de benefício mútuo, como por exemplo, enviando críticas e sugestões de melhorias aos órgãos públicos (estes sim necessitam de mensagens coercitivas) e governantes, para serviços (e não desserviços) prestados em condições precárias. Alguém se voluntaria?

    O que aqui se escreveu foi uma brincadeira e nada mais.

    Mas é assim mesmo o “jeitinho brasileiro”… Ataca-se o vento e ignora-se a sujeira que o mesmo traz.

  35. Luis Paulo (Uberlandia MG) disse:

    Tentaram explicar o inexplicavel,ou seja fizeram uma matéria maldosa.só isso pra dizer. na da mais

  36. Isabella disse:

    Chico, engraçado é que quando o Estado de São Paulo divulgou aqueles valores, logo logo apareceram matérias no portal do globoesporte e no do superesporte, sem que ninguém se preocupasse em saber nem entender o porquê daqueles valores.

    No entanto, após a Placar publicar essa reportagem bem feita e esclarecedora, ninguém divulgou. Nem Globo nem Estado de Minas. Estranho, não acha?

  37. Hermano disse:

    Dudu GALOMAIO,

    Você realmente não aceita bem as brincadeiras: já vai chamando os cruzeirenses de maria. Você os compara com o biscoito maria. Se eles são aviadores, você diz que são ave maria. Se os cruzeirenses estão doentes, você diz que eles estão na enfermaria. Você os acusa de comprar maquiagem na perfumaria. Terrível você Dudu, terrível. Ao invés de citar a constelação cruzeiro do sul, você cita a três marias. Se eles são amáveis, você os chama de maria mole. Se são enrolados é porque levam em banho maria. Terrível Dudu, terrível. Quando o flamengo se chamava de bonde sem freio, você os chamava de maria fumaça. Terrível você, Dudu, terrível.

  38. Dudu GALOMAIO disse:

    kkkkkkkkk… de onde tirou isso Hermano?

  39. Valter Franco disse:

    Eu acho que nós deveriamos deixar de idolatrar o Presidente Kaliu e cobrar titulos pois eu preferia ver o nosso glorioso com a sala de trofeus cheia e com os cofres vazios.

  40. Valter Franco disse:

    Eu respeito a opinião dos meus irmãos atleticanos mais até agora o Kaliu não nos deu nada a não ser o Mineiro que não representa nada,a nossa apaixonada torcida merece mais.

  41. ronaldo disse:

    vamos mudar este time nois estamos fazendo papael de palhaso nãooooooooooooooooooooooo nois estamo a qui para mostrar para o povo vamos vaer ai

  42. Gilberto disse:

    Falta um economista no clube atlético mineiro para fazer um bom negócio para livrar nosso time das dívidas como ocorreu com o atlético paranaense.

Deixe um comentário