Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Eduardo Amorim: um grande caráter de volta ao futebol

Com que satisfação li no twitter e agora no blog do Christiano Jilvan, de Montes Claros, que o conterrâneo dele, Eduardo Amorim, está voltando ao futebol.

Trata-se de uma das pessoas mais dignas que conheci neste meio, além de ter sido um jogador fantástico, que num drible desconsertava todo um sistema defensivo.

Teve carreira meteórica como treinador, começando no Corinthians, onde jogou muito, passou pelo Atlético e outros grandes clubes, mas depois se retirou, por se recusar a ficar nas mãos de empresários, nem sempre escrupulosos e honestos.

Lamentavelmente, quando a imprensa fala hoje do drible que o tornou famoso, o “rabo de vaca”, fala apenas “drible da vaca” e não diz que ele foi o autor, ou um dos mais notáveis, e nem explica que o movimento faz lembrar o rabo de uma vaca quando ela está agitada.

Sucesso ao Eduardo e Funorte!

Muito bom ver um grande caráter de volta ao futebol.

Mais detalhes com o Cris Jilvan: 

Eduardo Amorim é o novo técnico do Funorte

Eduardo_Amorim_CRU_1

O MONTES-clarense Eduardo Amorim é o novo comandante técnico do Funorte para a sequência do Campeonato Mineiro do Módulo II. Seu nome foi anunciado na manhã desta quinta-feira, depois de quatro dias de negociações, segundo o diretor financeiro Cristiano Dias Júnior. Vindo de Belo Horizonte, e chegará à cidade por volta do meio-dia desta sexta-feira e já comandará o treino coletivo do final da tarde, no campo da Vallée.

NA PRÓXIMA segunda-feira, o Funorte enfrentará o Mamoré, às 20 horas, em Patos de Minas, pela quarta rodada do turno da primeira fase. O então técnico Hílio Borges, que até o ano passado era o comandante do time júnior, não será demitido e vai retomar a função, mas deve ficar à beira do campo como auxiliar de Eduardo Amorim até o reinício das atividades com as pratas da casa.

O NOVO técnico comandará ainda o treino apronto na manhã de sábado e seguirá com a delegação para Patos de Minas. Por enquanto, segundo apurou a VENETA, Amorim não exigiu a contratação de outros profissionais para a comissão técnica; nem para o elenco. Espera avaliar primeiro o grupo para depois sugerir alguma peça. É bem provável que o Funorte espere pelo andamento da 1ª Divisão Mineira para depois buscar reforços em times que já estejam em situação cômoda da tabela.

QUEM É

Eduardo_Amorim_CRU_2

Com outro craque, Palhinha

Eduardo é o 5º jogador com o maior número de jogos
do Cruzeiro e faz parte do hall da fama do clube

EDUARDO “RABO de Vaca”, como ficou conhecido na época de jogador com a camisa do Cruzeiro por causa do drible desconsertante e diferenciado, nasceu em Montes Claros em 1950 e foi tetracampeão mineiro como ponta direita além de fazer parte da primeira grande conquista internacional celeste no time que contava também com Joãozinho, Palhinha, Raul e Piazza, entre outros: a Libertadores de 1976.

A PARTIR de 1970, ficou no clube de BH por 11 anos e é o quinto jogador na história do clube com o maior número de jogos (556) e por isso foi para o hall da fama da Raposa. Atuou ainda pelo Corinthians (81-88) e pelo Santo André (86).

COMO TREINADOR, passou, dentre outros clubes, pelo Corinthians, onde ganhou a Copa do Brasil e o Paulista de 1995, Atlético, Sport, Jacareí, Portuguesa, Apollon, Neciniakos e Kalamata, esses três últimos da Grécia. Por coincidência do futebol, ele estava no comando do Galo quando o time veio a Montes Claros e foi derrotado pelo Montes Claros Futebol Clube pelo Campeonato Mineiro de 1997.

NO ENTANTO, ele volta à sua cidade em um momento bastante ruim do Funorte, time de pior campanha do Módulo II com três derrotas até agora. Na nota enviada pela assessoria de imprensa, a diretoria entende que a má fase do Formigão, com 100% de derrotas nas três rodadas realizadas até agora na Chave A do Módulo II, não é culpa do Borges, dando a entender que o mau rendimento dos atletas é responsável pela campanha.

red

* http://www.devenetaonline.blogspot.com/2012/03/eduardo-amorim-e-o-novo-tecnico-do.html


Deixe uma resposta para J.B.CRUZ Cancelar resposta

Comentários:
5
  • Moacir Morais disse:

    Grande Eduardo. Parabéns. Sucesso. Não aguento torcedor fanatico, me dá preguiça.

  • Márcio Luiz disse:

    Affff…
    Esse Eduardo Amorim assim como Nelinho, Palhina e outros curiosos só acharam vaga de treinador aqui em BH no Galo, para variar.

    Por que será que nunca foram chamados para treinar o clube do coração deles, hein???????

  • J.B.CRUZ disse:

    A título de curiosidade, EDUARDO AMORIM aplicou o seu primeiro “DRIBLE DA VACA” em um jogador do galo..Lá pelo idos de 70, no galo jogava dois irmãos, ROMEU (ponta-esquerda) e FLÁVIO (lateral-esquerdo..Advinhe quem foi o premiado??

  • Rodrigo Assis disse:

    Espero que nunca mais ele treine o Atlético

  • Fabio disse:

    Chico todo o meu respeito a este senhor aí mas…sinto muito! Já pela foto não vou me dar nem ao trabalho de ler! EU QUERO SABER É DO GALO, NOTÍCIA QUE INTERESSA É DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO.