O dia em que João Figueiredo mandou Havelange enfiar a Copa onde ele quisesse

Senhoras e senhores,

considero o debate sobre as questões fundamentais do país, muito mais importante que o futebol, por isso, de vez em quando, abuso dessa conversa política e sociológica aqui.

E gosto muito dos comentários neste tipo de postagem, a favor, contra ou nem aí.

É pra estimular o debate sim e conscientizar quanto mais gente possível, que temos que ficar mais atentos ao que acontece em nossas cidades, nosso estado e no país.

O Rodrigo Araújo é dentista em Beagá, não o conheço pessoalmente, mas periodicamente manda comentários muito interessantes sobre futebol e Brasil, via e-mail.

No post anterior falei do risco que estamos correndo de ver as forças de extrema direita voltarem a crescer no país, em função de tanta incompetência, corrupção e impunidade.

E antes, que os xiitas de plantão venham dizer que sou contra o atual governo, adianto que considero quase todos os atuais políticos, farinha do mesmo saco.

Desses só são éticos e sérios antes de chegarem ao poder; que torcem pelo fracasso do governante de plantão para que tenham chance nas eleições seguintes; que manipulam o máximo que podem a opinião pública, através dos meios de comunicação, quase todos, usando o poder que têm, de controle do dinheiro público.

Estou quase chegando à frase, não sei de quem, que diz: “Hay gobierno; soy contra”.

Mas, em primeiro lugar, abomino qualquer ditadura, de direita ou de esquerda, e principalmente a instalada no Brasil em 1964, que rasgou a Constituição e derrubou João Goulart:

Vejam o que escreveu o Rodrigo: 

* “Oi Chico Maia.

Aproveitando o assunto Copa do Mundo no blog, gostaria de colocar o que ouvi hoje, no comentário do Alexandre Garcia na Itatiaia, de manhã.

Ele disse que um major ou sei lá o quê, que acompanhava o então presidente Figueiredo, presenciou uma conversa do mesmo com o presidente da FIFA, empossado 5 anos antes, João Havelange. O Havelange ofereceu a Copa do Mundo no Brasil e o “delicado” presidente lhe respondeu: “Vc conhece uma favela do Rio de Janeiro? Vc já viu a seca do nordeste? E vc acha que eu vou gastar dinheiro com estádio de futebol?”.

Toda ditadura é cruel de alguma forma com o povo. Sempre há exagero. Mas, sempre digo que o Brasil experimentaria uma ditadura naquele período (década de 60). Melhor ter sido capitalista. Porque a ditadura de “esquerda” não é direita, é torta e estão tentando enfiá-la goela abaixo na gente.

Esse governo esdrúxulo e despreparado está gastando oceanos e não rios de dinheiro para construir estádios inúteis e nada de infra estrutura. Educação pra quê? Nem eles têm, como podem oferecer ao povo? E, o mais nojento é o tanto que os petistas e comunistas do PC do B estão ricos. Os generais estão mortos e deixando heranças compatíveis com seus soldos.

Claro que houve corrupção e barbaridades. Mas isso ocorreria com socialistas. Fidel é rico e, se Cuba se tornar capitalista, ele e seus pares serão donos de quase tudo.

No site do PC do B, eles postaram um texto falando sobre a ameaça da paz e da felicidade na República Democrática da Coréia do Norte, por parte dos EUA. Isso foi comentário do Jabour na CBN, semana passada ou retrasada. O post é de 12 de abril. Muito engraçado, de tão sem noção. A Veja trouxe uma matéria sobre a república “feliz”. Deprimente.

Pra mim, a Copa será a 1ª grande desgraça do Brasil no século 21. Vamos levar uns 20 anos pra recuperar do prejuízo causado nos dois últimos anos, com essas obras mirabolantes. A farra dos governantes, dirigentes e empreiteiros. Uma lástima.

Se gastam bilhões para um eventozinho da FIFA, que ganhou antipatia geral, e dura um mês, imagine quanto deveriam gastar em infra estrutura, educação, saúde e segurança para o povo que vai passar a vida toda aqui?

Um abraço.

Rodrigo Araújo”

—————————————————————————-

Procurando uma foto do general-presidente João Baptista Figueiredo, encontrei essa, interessantíssima, no site “Minha Vida de Cinéfilo”, postada no dia 23/04/2008:

FIGUEIREDO 

“. . . Belo Horizonte, 1979, lançamento do primeiro carro a álcool do país.

As escolas da cidade levaram uma fila de crianças para cumprimentá-lo. E não é que a primeira menininha da fila se recusou terminantemente a apertar a mão do cabeça da vez da ditadura militar? Mesmo com repórteres e professores insistindo, ela cruzou os braços e ficou firme.

Este flagrante incrível foi registrado pelo repórter fotógrafico Guinaldo Nicolaevsky, então trabalhando em O Globo – que não publicou a foto. Ele teve que mandar para Veja, que teve grande destaque. A história completa está no site da BR Press . . .”

* http://minhavidadecinefilo2.zip.net/arch2008-03-23_2008-03-29.html

———————————————————

Poucos minutos depois desta postagem, o jornalista Pedro Blank, ex-companheiro no jornal O Tempo, a quem agradeço, escreveu em seu facebook: 

* “Meu querido e fraterno amigo Chico Maia, O texto encaminhado a você (não sei se intencionalmente) comete, para usar um termo ameno, um grosseiro erro histórico.

É a descontextualização.

Não é dito em momento algum o que o Sr. AG fazia durante o Governo Militar. Ele era um dos assessores mais próximos do Figueiredo http://coletivizando.blogspot.com.br/2012/10/confira-essa-e-do-tempo-em-que-o.html (digitei no Google e coloquei aqui só para embrulhar ainda mais o estômago).

Foi ele que foi empurrado goela abaixo nas Organizações Bloch para supervisionar o jornalismo da TV Manchete. Esse sujeito, que vomita frases etéreas e metafísicas, estava lá todo pimpão no período das trevas deste país. Figueiredo e acho que o autor do texto desconhece isso, foi um dos artífices da Operação Condor, centro de inteligência dos Golpes de direita em toda a América Latina. E Havelange entrou pela porta privativa de todos os monstros: Pinochet, Videla, Medici etc.

E o Havelange não tinha vergonha de fazer coisas esdrúxulas, como obrigar o Chile a entrar em campo na repescagem contra a URSS (a URSS não entrou em campo na repescagem das eliminatórias de 74 porque se recusou a jogar em um país que torturava as pessoas e a Fifa – do JH – montou aquela cena patética do Chile tocando a bola até fazer o gol e vencer por 1 a 0). O desconhecimento histórico, infelizmente, é que perpetua essa cultura da mentira, da Lei de Gérson por aqui.

Hoje à noite, Chico, quando estivermos deitados confortavelmente em nossas camas, dezenas de milhões de crianças estarão deitadas em ruas de todo o planeta, passando fome e frio. Asseguro a você e a quem quiser: NENHUMA DELAS É CUBANA.”

Só para complementar, é impossível chamar o Governo petista de esquerda. Metologicamente não é. Com boa vontade trata-se de um governo social-liberal.

* Pedro Blank

72 comentários para “O dia em que João Figueiredo mandou Havelange enfiar a Copa onde ele quisesse”

  1. Miguel disse:

    Amigão, cuidado com o excesso de vírgulas. Abraço.

  2. antonio carlos alves disse:

    se setenta por cento dos brasileiros fossem cultos nao estariamos nessa situaçao caotica politica, corrupçoes, tanta coisa de errado q sai da nossa mente, governo atual, jh nao se pd recorrer as perdas do salario de aposentadoria, tem ate so 5 anos pra recorrer passou disso perde o direito. resumo ta pior q governos tanto criticado por eles, ta pra entender

  3. Carlos Fernandes disse:

    Esse negócio de copa do mundo no Brasil com padrão Fifa foi o maior
    assalto ocorrido no País nos últimos tempos,esta história de dizer que
    o povo apoia e só mentira,pois a população sente a dificuldade que
    passa ao procurar uma escola pública para seus filhos,quando procu
    ramos um hospital e uma tristeza,se tem esparadrapo falta médico,
    segurança,transporte público nem falar.Amigos tenho que parabenizar
    o Ex.Presidente Figueiredo, Que mandou o presidente da Fifa enfia copa
    de futbol na bunda.

  4. roberto caldeira soares disse:

    Pedro Blank? O nome deste sujeito deveria ser Pedro Vermelho, já que a sua filiação comunista é gritante. A Rússia ofendida com o Chile de Pinochet? Ridículo e grotesco! E os arquipélagos Gulags espalhados por toda a União Soviética? Quem ensinou Hitler a fazer campos de concentração foi Stalin, que aprendeu com Lenin. Equipes de técnicos nazistas foram à Rússia bolchevique antes do início da guerra para aprender com Stalin como construir Dachaus e Treblinkas. O único erro dos militares como Figueiredo foi ter dado anistia à matilha comunista, essa mesma que está destruindo o Brasil faz quase 30 anos.

  5. Alfredo Ferreira Santos disse:

    parabéns pelo bélicimo
    documento

  6. Anselmo Eduardo disse:

    Que saudades de um presidente militar, tínhamos menos corrupção…E o Lula? Por que foi buscar a copa? E o padrão Fifa? As favelas brasileiras são consideradas este padrão? Que país é este, como dizia o Renato Russo. Bilhões jogados pelos ralos dos estádios, e o pior como será 2015, tanto dinheiro mal investido, sei lá, que Deus nos abençoe.

  7. Anselmo Eduardo disse:

    E parabéns pela grande matéria, que o Lula e corja o vejam.

  8. Paulo Polidoro disse:

    Eu tenho dito e re-dito que estou torcendo que o país das bananas (o qual me nego sequer escrever o nome) caia já na primeira fase. Torço que a Copa seja um fiasco mundial.
    E preparem-se, porque se tudo isto que eu desejo se realizar, os petralhas perderão as eleições e aí, toda a sujeira que eles estão colocando embaixo do tapete virá a tona.
    Dias negros virão: perderemos a Copa, a sujeira virá a tona e descobriremos da noite para o dia que nosso país estará individado e cheio de lindos estádios.

  9. Thiago disse:

    Ele também falou que iria jogar uma bomba na rocinha e ninguém deixou

  10. Flávio Roberto Semeone disse:

    Pedro Blank,

    Nenhuma das crianças é cubana, e nenhuma delas é norueguesa, Islandesa, filandesa, sueca…

  11. Ivo disse:

    Na Roma Antiga construíram arenas para aplicar a política do pão e circo, desta forma o povo se contentava em ver suas desgraças refletidas nos perdedores das lutas e sentia parte do vencedor. Apesar de transcorridos 2000 anos ainda permanecemos no mesmo estágio aqui no pais de plantadores de bananas. Até quando permaneceremos com esta cultura retrógrada e sem futuro???? Não somos capazes de perceber que com tal política o grande Império Romano chegou apenas a RUÍNA? ACORDA BRASIL!!!!!!!!!!

  12. cesar santos disse:

    O povo brasileiro esta envergonhado de ser brasileiro e muita corrupçao todas as obras sao super faturadas estao roubando tudo nao fica nada pra saude,nada pra educaçao, nada pra segurança infra estrutura Habitaçao emfim eles estao Quebrando o Pais Ta na Hora dos Militares deste Pais assumi o Governo e botar Ordem Social E politica no Brasil os governos militares que o brasil teve nao roubaram nem Um Centavo morreram Pobres e Honestos mui obrigado

  13. Fernando disse:

    A pura verdade..
    a herança do LULISMO..para os próximos 30 anos , pagaremos
    impostos e mais impostos para recuperar essa Droga de Copa do Mundo
    Figueiredo era um Bom HOMEM e um espetacular Presidente dessa Merda.
    Abraços
    Vou a Favor do derruba do Capitalismo , se for pra começar do Zero !

  14. Rosa disse:

    Nosso país está tão doente que o que está sendo feito é tentar mante-lo vivo com aparelhos… Presidente que só se preocupa com parte da população limpa, que estuda, que tem família estruturada; ou presidente que quer alavancar a vida dos pobres e esquecidos miseráveis que foram sufocados por anos… pode colocar Cristo ou o diabo para governarem, sem retirar os ladrões e bandidos que tem poder na política e sem frear o crescimento dos que tem poder no crime, nada modificará.
    Leis , precisamos de leis e que sejam cumpridas. A doença do poder extremo, que atacou los poderosos, espalhou metástase no nosso caráter, das classes mais baixas às mais altas – só não trouxe equilíbrio econômico, nem cultural, nem de direito à saúde, nem de proteção.
    Falar sobre os estádios: seriam bem vindos se isso fizesse crescer uma comunidade melhor ao redor, se fossem usados, fora os dias de jogos, para shows, treinar novos esportistas, se oferecessem salas de aulas durante o ano ( aulas de arte, ensino aos analfabetos, aulas de línguas, arte seja artes plásticas, cênicas, música…) Dá para fazer o bem que imaginarmos, é só querer.
    De que adianta estudar tirar mil diplomas, falar difícil e manter o povo na mesma situação de caos de anos atrás?
    Esses estádios tem capitação e reaproveitamento de água? Tem sistema de captação de luz econômica? Alguém se preocupou em fazer projeto de metro ( aiiiiiiii metro, metro , metro ) próximo a esses estádios? Não!aqui no Brasil só se discute, discute, discute e não se faz nada. Deveríamos fazer com responsabilidade com vontade e margem mínima de erro para realmente crescermos e não sermos este povo iludido e alucinado que acredita que é o mais feliz, o mais bonito, o mais amigo do mundo. Somos pobres, doentes, desdentados, vivemos pouco, nosso lazer é medíocre, nossas crianças estão sendo encaminhadas para a vulgaridade, e somos um país violento matamos por um real. Será que estou exagerando?

  15. Se a ditaduara mimitar tivesse sido tão ruim como os corruptos ,e terroristas do pt dizem, o lula a dilma o genuino o dirceu e mais uma
    porção teriam sido Mortos pelas torturas que eles tanto flam.

  16. alexandre ribeiro disse:

    Pt nunca, saudade do tempo que os militares governaram o Brasil, hoje foi tirado a principal formaçao de um homen, como cidadao que e o servico militar, o que eles querem e essa baderna, violencia, drogas e falta de respeito. Fora pt.

  17. Sandra disse:

    Lembro que antes da ditadura cansei de ficar na fila para comprar:arroz, feijão, oleo e carne, passava a noite toda na fila.
    Só tive paz quando os militares tomaram conta.
    Se eles erraram os civis também não eram santos.

  18. Fernando disse:

    “Hoje à noite, Chico, quando estivermos deitados confortavelmente em nossas camas, dezenas de milhões de crianças estarão deitadas em ruas de todo o planeta, passando fome e frio. Asseguro a você e a quem quiser: NENHUMA DELAS É CUBANA.”

    Não mesmo. Essas foram comidas por tubarões!

  19. Paulo de Mattos Skromov disse:

    A verdade sobre o General Figueiredo, ditador do Brasil entre 1979 e 1985.
    Ao contrário dos outros ele não escondia sua proposta para acabar com a miséria do povo: “A solução prás favelas é jogar uma bomba atômica.”;
    também não escondia que era racista:”Eu cheguei e as baianas já vieram me abraçando. Ficou um cheiro insuportável, cheguei no hotel e tomei 3, 5, 7 banhos e aquele cheiro de preto não saía.”;
    sobre o povo brasileiro era muito claro: “Prefiro cheiro de cavalo do que cheiro de povo.”
    Agora o puxa-saco dos generais e que sempre defende tudo aquilo que não presta, o tal Alexandre Garcia da Globo, inventa agora a fábula de que Figueredo recusou sediar a Copa do Mundo de 1986 por que preferia investir o dinheiro público para construir moradias dígnas e melhorar a vida do povo. É falso, lembro-me que essa versão do Marinho boy não existia na época dos fatos. O que se dizia é que temia que a vinda da imprensa mundial para o Brasil seria aproveitada pelos democratas brasileiros que exigiam o direito a eleger diretamente os governantes para denunciar a truculência e a ilegalidade da ditadura militar, e para mostrar as grandes greves operárias que cresciam por todo o país, a partir do ABC. Que a Copa divulgaria ao mundo a enorme corrupção de autoridades nomeadas pelos militares como Maluf, Andreazza, Delfim Neto, ACM, etc..
    E, de fato, os governos militares gastaram sem controle enormes recursos públicos para construir arenas esportivas faraônicas e caríssimas – uma em cada capital dos 23 Estados, todas com capacidade acima de 70 mil lugares e lhes davam apelidos no aumentativoS: ” Mineirão”, “Garrinchão”; “Pelezão” que viraram elefantes brancos, num desperdício nunca visto antes e nem depois nesse país e no mundo. Ao contrário dos generais ditadores o governo Dilma não deu um único centavo do orçamento federal para construir arenas esportivas, todas elas assumidas por consorcios privados, clubes ou municípios.

  20. Wagner Guedes disse:

    Roberto caldeira soares.Voce provavelmente, deve ser neto de um desses generais covardes dos anos 60.Por isso passa o dia postando em blogs,e não sai na rua com vergonha do AVO,tarado por:mutilações e homens nus e gemendo de dor.Aqui vai um alerta,deixem seus filhos e filhas longe do CAPITÃO SOARES.Nunca se sabe o que um apreciador de regime militar tem na cabeça.

  21. Concordo com tudo e com todos os comentários acima. Vejo falar em racismo no futebol, porem não vejo nenhum jogador (negro mesmo) fazer nenhuma campanha em favor dos povos africanos. Pele é um omisso. Copa é ópio, é pao e circo. Se dilma e lula continuarem, estamos roubados.

  22. antonia pereira disse:

    fui custureira da primeira dama Dulce figueiredo tempo bom viajei muito na comitiva do presidente

Deixe um comentário