Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Decadência do futebol brasileiro avaliada na argentina

Jorge Barraza é um conceituado jornalista argentino que escreve sobre o futebol mundial, principalmente sobre os clubes da América do Sul. Tive o prazer de receber os seguintes questionamentos dele: “. . . Estou fazendo uma matéria sobre o futebol brasileiro. Eu vejo que esta abaixo, não é a potencia de outros tempos, não há tantos jogadores craques; a seleção está em reconstrução, os clubes não têm a potência de outras épocas. Inclusive o jeito de jogar dos clubes e da seleção não é o de antes, que eram máquinas de jogar. Em sua opinião, o que está se passando…? Onde estão as falhas? Por que não aparecem grandes craques como antes? Uma opinião o mais breve possível, seis linhas. Pode ser?”

Claro que sim e com o maior prazer respondi ao Jorge o que penso, apesar do espaço pequeno para falar do que entendo como as causas destes problemas.

Para mim a falta de craques em grande quantidade nos clubes brasileiros segue o mesmo problema vivido pela Argentina: os jogadores são levados cada vez mais jovens pelos empresários para o exterior, Europa principalmente.

A maioria dos grandes clubes passa por crises administrativas, em função de gestões incompetentes e ou suspeitas.

Respondi ao colega argentino também que o futebol mineiro é exceção, já que Atlético e Cruzeiro, com diretorias sérias, dominam o futebol brasileiro por dois anos consecutivos, mesmo arrecadando muito menos em direitos de TV e publicidade do que os concorrentes do Rio e São Paulo. A seleção brasileira retrocedeu ao apostar novamente em Felipão, um técnico ultrapassado.

Que Mano Menezes foi demitido da seleção justamente quando estava acertando o time para a Copa, apesar de ter perdido a Medalha de Ouro em Londres. Para piorar, depois do vexame no Mundial e os 7 a 1 para a Alemanha, a CBF, que já não tem credibilidade com o torcedor brasileiro, aposta novamente em Dunga, quando tinha opções infinitamente melhores. Dentre elas, a melhor teria sido o Marcelo Oliveira, do Cruzeiro, maior novidade entre os treinadores brasileiros depois do Telê Santana. Marcelo sim, faria a seleção voltar a jogar um futebol bonito, ofensivo e produtivo, além de ser alguém insuspeito. É o que penso!

SL

E por falar nos argentinos o San Lorenzo passou apertado, mas passou, ontem, na prorrogação, pelo Auckland City da Nova Zelândia e vai decidir o Mundial de Clubes no Marrocos, sábado, 17h30, com o Real Madri.

Quero ver se o simpático Francisco faz milagres mesmo!


Deixe uma resposta para pedro Cancelar resposta

Comentários:
74
  • pedro disse:

    acho que o nosso futebol comecou a torna se decadente quando comecamos a imitar os europeus com o futebol de marcação mais ao mesmo tempo perdemos o futebol criatividade o que nos faziamos diferentes de ouras selecoes . agora nos nem marcamos como os europeus e não temos mais o futebol arte.

  • Eduardo disse:

    Diretorias de Cruzeiro e Atlético não são exceções em nada. O Kalil deixou um pepino gigantesco para o Daniel. Dívidas e mais dívidas fiscais não pagas , calotes em diversas contratações ( Victor e Tardelli , só para citar dois ) e transformou o Galo num dos quatro mais endividados do país.

    O Cruzeiro , mais comedido há 20 anos , montou um time com $$ de empresários. Contratou 20 jogadores como fez o Palmeiras agora e , contra todas as apostas , deu liga. Mas o passo foi muito maior que a perna também.

    Gestão eficiente no futebol brasileiro tem o Inter. A começar pelo estádio e pela receita de sócios.

  • Paulo Afonso (original) disse:

    luiz ibirite, entre ele e o doidão, não tem nem como comparar… Jogador que pipoca nos jogos principais a Massa não perdoa… Se o #QuartaFeiraTemMais tivesse vindo para o Galo, acho que nunca teria sido titular, nem nas partidas disputadas pelo sub-20 turbinado com reservas… Ficou melhor para todo mundo do jeito que foi e tenho certeza que ninguém se arrependeu disto…

  • luiz ibirite disse:

    audisio não estou dizendo q ele não tem qualidade, so disse q desde o começo ja se falava em negociação com o galo, dor de cotovelo é duro hein,
    paulo fonso (original ou paraguai!?) brincadeira, veja abaixo
    http://esportes.terra.com.br/atletico-mg/destaque-do-cruzeiro-quase-foi-parar-na-cidade-do-galo,ba05e34a0404a410VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html
    é esse mesmo que fez uma provocação ao vcs, normal, eu achei que ele fez o correto, pois imagina se ele dissesse assim, ha vamos jogar na quarta se perder perdeu, azar. (pode isso arnaldo!?)

  • Paulo Afonso (original) disse:

    Pois é Dudu GALOMAIO BH! Piada pronta sempre… Sobre o chapéu que alegam que tomamos, poderíamos investir em Luan doidão ou #QuartaFeiraTemMais… Este acabou saindo do esmeraldino para os celestes, enquanto aquele veio para o Galão da Massa… Isto é chapéu? Na minha época chapéu era Otamonstro, Pratto… Aliás, por acaso estes jogadores são argentinos e preferiram jogar no Galo, timinho regional, em detrimento ao intergalático Cruzeiro… Que coisa, hein? kkkkk…

  • Dudu GALOMAIO BH disse:

    Inventam um dia que se pronuncia: “Ráa já dei” e depois não querem ser sacaneados… o que a obsessão pelo rival não os faz passar não é verdade? rsrs

  • Paulo Afonso (original) disse:

    luiz ibirite, você tem certeza que chapéu foi #QuartaFeiraTemMais? Tá bom então…

  • audisio disse:

    Observando a tremenda comemoração do River Plate, a tremenda multidão de platenses inundando as ruas de Buenos Aires aos gritos de “Campeon” ao conquistar a taça Commenbol acho que algum cruzeirense de plantão deveria avisar ao River e a sua torcida que esse troféu não vale nada!

    Parabéns Galo Bi campeão da Copa Commenbol!

  • audisio disse:

    Essas uvas estão verdes no Pratto do cruzeiro.
    Quando digo meu caro Ibirité que o Cruzeiro tomou chapéu, estou me referindo à disputa entre o Atlético e os demais times que disputaram a contratação do argentino e não à possível boa ou má qualidade do atacante.
    Entendo sua dor de cotovelo!

  • luiz ibirite disse:

    audisio chapeu mesmo foi o do goulart, o pratto ate agora ainda não se sabe se será um reforço ou uma aposta, vamos aguardar, pois desde q começou esta negociação ja se falava q ele acertaria com o seu galo.

  • Paulo Afonso (o Primeiro) disse:

    Pedro Vítor, acho que se pode dizer o mesmo para os outros sulamericanos… Futebol aqui está tecnicamente ruim… Jogadores melhores têm saído muito cedo para os outros mercados… Não comparo futebol de Real Madrid e San Lorenzo somente pois aí é covardia… Mas comparo o nível técnico daqui (América toda) com Europa… Futebol lá fora tem um nível de planejamento, de infraestrutura, de organização, de investimento em preparação (física, tática, técnica, intelectual), muito diferente do que vemos por aqui… Não tem como medir forças com esta diferença…

  • Pedro Vítor disse:

    Pois é Paulo Afonso

    Se o San Lorenzo tem um time fraquíssimo o que dirá os outros argentinos e brasileiros, além de outros sul americanos.

    Mas não acho tão fraco assim. O que realmente existe, é uma superioridade técnica, que ficou evidente ate mesmo em Copa do Mundo, onde fazem seleções dos melhores jogadores de todos os países.

    Não chega a ser fraco, mas é um nível bem menor. Além disso, os times, elencos sofrem mudanças radicais, além do poderio econômico e as perdas das principais peças do elenco, e por ultimo a difícil reposição.

    Jogar contra um Real Madrid, requer cuidados, e o San Lorenzo obteve êxitos, mas é complicado medir forças com uma potencia como o Madrid.

  • Paulo Afonso (o Primeiro) disse:

    A dúvida que tenho neste momento é se os comentários estão sendo moderados pelo Chico ou pelo contra-peso celeste…

  • Paulo Afonso (o Primeiro) disse:

    audisio, papel da mídia é este mesmo: criar polêmica no Galo para vender notícia… Com o REFIS sacramentado, devem entrar no caixa pouco mais de 40 milhões que estavam bloqueados por ação do juiz federal cruzeirense… E, falando em CAIXA, o patrocínio master deve ser concretizado também… Desta maneira, as contas voltam a fechar, os salários serão mantidos em dia e a tendência é o time, que já estava correndo muito, passar a voar… Aí a imprensa vai dizer que estão penhorando a sede, troféu do Campeonato Brasileiro, troféu da Libertadores, que a FIFA está ameaçando excluir o Atlético das competições oficiais, etc… Pode escrever aí e cobrar depois…

  • Paulo Afonso (o Primeiro) disse:

    Pedro Vítor, acho que o futebol argentino esta no mesmo nível do futebol brasileiro… Ambos tecnicamente estão muito ruins… O San Lorenzo, campeão da Libertadores, tem um time fraquíssimo… A sensação argentina hoje é o River Plate… E “os milionários” estão no mesmo nível do time do papa… Difícil fazermos previsões nesta época, pois muda muita coisa até a hora da bola começar a rolar… Mas a tendência é que o futebol brasileiro volte a conquistar a América, deixando os argentinos apenas com a Recopa (que será disputada por duas equipes de lá)… Mesmo assim, se as coisas não melhorarem, devemos ter um brasileiro perdendo novamente para um europeu no Japão em Dezembro…

  • Silvio Torres disse:

    A final do mundial de clubes mostrou que Los hermanos também estan males.

  • audisio disse:

    Fica o meu protesto contra grande parte da mídia que simplesmente está tendo que engolir o acordo do Refis que o Galo e o Ministério da Fazenda Nacional homologaram.
    Para desespero de muitos a maior contratação do Brasil até agora não foi a saída de Diego Tardelli, como os adversários ficam aí de joelhos rezando para que aconteça, mas sim, a chegada do melhor jogador argentino em atuação no país em 2014, trata-se de Lucas Pratto. Gilvan de Pinho Tavares tomou um tremendo chapéu. O jogador decidiu que queria o Atlético, em detrimento de Cruzeiro, Palmeiras e Flamengo, que também estavam contando com seus préstimos, é impressionante como o Atlético humilha o time da toca. A mídia simplesmente insiste em bater na saída do Tardelli. Vou pagar pra ver. Infelizmente para os adversários, vejo o Atlético favorito para a próxima Libertadores. Aos atleticanos o único a lamentar é a saída de Marcelo Moreno do Cruzeiro, em compensação está chegando o Leandro Damião, o novo Keirrison do futebol brasileiro, quem realmente fará falta será o Alexandre Mattos, podem escrever, juntamente com Borges e Dagoberto, esses sim que deram o título do ano passado!
    Parabéns ao novo presidente do Galo, Daniel Nepomuceno! Entrou marcando dois golaços, o primeiro o chapéu nos adversários na contratação de Pratto e o segundo ratificando o acordo do REFIS.

  • Pedro Vítor disse:

    Na verdade vamos descubrir, na Libertadores, se o nível do futebol argentino esta ao parâmetro do praticado no Brasil. Vide que em 2014 os argentinos venceram com extrema justiça, libertadores e sul americana . E o Galo venceu a Recopa, dando um voto de confiança ao futebol argentino, no caso, 3 a 1 aos nossos hermanos, que chegaram a final da Copa do Mundo sendo vice, sem dar vexame!

  • Antonio Carlos disse:

    Meu Deus, que sina é esta dos Cru crus. Arrumaram um jeitinho de pronunciar a palavra que eles mais gostam em forma de zoação: “Day”. Depois não reclamam. Por favor não moderem meu comentário!

  • Postaram com tanta alegria e convicção da suposta valorização de alguns atletas azuis, que somados em tese teriam mais valor pecuniário que todo plantel de alguns clubes, esclareço: Everton Ribeiro, Lucas Silva e Ricardo Goulart são àqueles atletas que tremeram na base na decisão da Copa do Brasil 2014!
    – Isto é fato!
    #quartafeiratemmais

  • J.B.CRUZ disse:

    Túnel do Tempo na história do CRUZEIRO ESPORTE CLUBE…
    Em Dezembro de 1.920( hoje 94 anos), o YALE enfrentou uma grave crise em seu quadro de futebol, o que acabou também atingindo a parte social do clube..
    na época, apenas a colônia Italiana não possuía a sua agremiação em Belo Horizonte..
    Os portugueses, em menor número, haviam fundado o LUZITANO ESPORTE CLUBE e os italianos estavam distribuídos entre AMÉRICA,ATLÉTICO, SETE DE SETEMBRO,IPANEMA,GUARANI e a maioria no YALE..
    Com a crise,a idéia surgiu de se deixar o YALE e chamar os demais companheiros que frequentavam os outros clubes e se fundar uma associação só da colônia ITALIANA..
    FUNDAÇÃO:
    Na rua dos caetés existia uma fábrica de sapatos e artigos esportivos – Agostinho Ranieri e Filhos – onde a turma costumava se reunir á noite para discutir, além dos assuntos da cidade, muito de futebol..
    Acrise no YALE foi apreciada e figuras como: João ranieri, Júlio Lazarotti, Henriqueto Pirani,Nulo Savini Giovanni Francesco Cruz e Arduíno; estavam dispostos a abandonar o clube e indecisos em escolher outros para frequentar..
    Ninguém sabe quem primeiro falou da fundação de um novo clube, o que se sabe apenas é que todos concordaram..
    Para o nome a aprovação foi idêntica; PALESTRA ITÁLIA, o mesmo da colônia Italiana de SÃO PAULO( atualmente SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS),
    fundado em 1.914..
    A tarefa agora era convocar os demais integrantes e as adesões foram aumentando dia a dia..
    Os Irmãos Noce, os Irmãos Savassi,os Irmãos Lodi e até o Consul Italiano em Belo Horizonte..
    Tudo acertado, no dia 20 de Dezembro de 1.920, houve a primeira reunião e além do CONSUL Italiano particiapram também os membros da SOCIETÁ ITALIANA DANTE ALEGHIERI, que cederam sua sede na rua dos Tamoios para o encontro..
    Embora tenha sido grande o número de presentes, apenas 92 assinaram o livro de presença..
    Entretanto, era mais do que suficiente para se dar a partida..
    A SEGUNDA REUNIÃO:
    O entusiasmo tomou conta de todos e no dia 02 de janeiro de 1.921 novamente estavam reunidos e agora para fundar realmente o clube..
    na oportunidade várias decisões foram tomadas; o nome do clube foi mantido- SOCIETÁ ESPORTIVA PALESTRA ITÁLIA – e o estatuto foi discutido..
    A mensalidade também foi discutida..
    Todos teriam que pagar mil réis e as cores do novo clube seriam vermelho, verde e branco, como não poderia deixar de ser..
    Para a formação da primeira diretoria, não houve muita conversa, pois Aurélio Noce tinha sido um dos mais entusiastas defensores da idéia..
    Assim, foi eleito presidente por aclamação e seus demais companheiros foram os seguintes:
    Vice presidente: Giuseppe Perona..
    Secretário: Bruno Piancastelli..
    Tesoureiro: Aristóteles Lodi.
    Comissão de esportes: João Ranieri, Domingos Spagnulo e Antonio Pace…

    Este é o início da História da SOCIEDADE ESPORTIVA PALESTRA ITÁLIA-CRUZEIRO ESPORTE CLUBE, que trás no sangue azul;a descendência da alma italiana; e a troca de nomenclatura em 07 de outubro de 1.942(por problemas políticos),naturalizando um dos maiores clubes brasileiro; nos conduz rumo ao futuro, sempre com a garra; a vontade; a paixão e os olhos fixos em novos títulos para a sua imensa galeria….

    SOCIEDADE ESPORTIVA PALESTRA ITÁLIA -CRUZEIRO ESPORTE CLUBE: DOIS NOMES; UM SÓ CORAÇÃO….

    CRUZEIRO SEMPRE !!!

  • Se o Galo deu vexame no mundial, o que dizer do radicado quando perdeu o título mundial para o Bayern em pleno salão de festas alvinegro, numa época em que tal campeonato era decidido em partidas de ida e volta? o que dizer de uma entrega da Libertadores para o Verón, quando esse dominou sozinho e deu uma aula de futebol à todos os jogadores do radicado? o que dizer da “goleada” de 1X0 para seu eterno algoz na decisão da Copa do Brasil 2014?

    – “Coincidentemente” essas três cipoadas foram no Mineirão, quando o planeta Terra acompanhou esses vexames…

    – Não satisfeito, ainda tomou outra cipoada para o Borussia, do outro lado do mundo!

    – Em matéria de (sic) “vexame”, o radicado é o pioneiro, o precursor, o imbatível!

  • Como o Galo incomoda… sim, tremem, e muito! E continuarão tremendo…

  • Herberth de Castro disse:

    Será qual o dia que os azuis irão comemorar o grande título do Mundial sobre o Borússia. Único time no mundo que contrata 4 selecionáveis a peso de ouro pra ver se ganhava o título e nem assim. Borússia day! Noveadois eterno!!!

  • Raws disse:

    Dudu GALOMAIO, bom demais?
    Esquenta não amigo, é que a palavra “day” para alguns deve ser muito prazerosa. “Haja” mau gosto…

  • ROBSON RODRIGUES DE SOUZA disse:

    So para simplificar e aumentar a inveja cruzeirense: quero que:

    em 2015 tenha o Happy Raja day! novamente
    em 2016 tenha o Happy mazembe day!
    em 2017 tenha outro Happy Raja day!
    em 2018 Happy aucland city day!

    pois para ter estes dias teremos que necessariamente ser campeões da libertares.

    conclusão: ou os cruzeirenses realmente sao muito idiotas ou sao invejosos mesmos

  • Alisson Sol disse:

    Esta época sem futebol no Brasil gera cada assunto. Nacionalismo em geral já é uma bobeira sem tamanho. Quando se une a um assunto como o futebol, aí fica difícil.

    Um jornalista argentino falar da decadência do futebol brasileiro é o exemplo máximo do sujo falando do mal-lavado. A ida de astros para o exterior muito jovens é uma questão de todos os países com pouca estabilidade econômica, e em nada está ligada ao futebol no país. O “ídolo” argentino vive na Espanha desde criança (e tem dupla nacionalidade).

    Não vejo qualquer diferença entre a situação do futebol nos dois países: estão sofrendo os efeitos da globalização no esporte, e de governos populistas. Os problemas estão mais relacionados a assuntos econômicos e à política de gestão do esporte no país do que aos atletas em si.

    O futebol argentino está há quase duas décadas sendo sustentado pelo governo. A coisa está tão feia, que há uns anos o governo federal “comprou” os direitos de transmissão do campeonato. Já imaginaram isto: a Globo desiste, a Bandeirantes desiste, todas as outras emissoras desistem, e o Governo Federal do Brasil compra os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro e revende subsidiado?

    O futebol argentino se esconde atrás de um outro resultado em Copas, onde o jeito de jogar deles se dá melhor (um gol, e vamos nos defender, com o famoso rodízio de faltas).

    Para não dizer que isto ocorre apenas no futebol, vejo que a presidente do país dedicou parte do seu tempo hoje para parabenizar um surfista brasileiro pelos seus feitos. Resta saber se ela sabia sequer o nome do atleta antes de receber a “press release” pronta. É fácil aparecer em cima de esporte “na moda”, com um “local” campeão. Se um esgrimista brasileiro for medalha de ouro em 2016, o país vai passar 3 meses com todo mundo dizendo “Em Garde”. Depois, que se virem os esgrimistas, nadadores, maratonistas, cavaleiros, arqueiros, e todos os outros atletas. Cobrem de suas famílias o sustento para se dedicarem ao esporte.

  • Gustavo disse:

    A contratação do Leandro Damião foi um decisão acertada, ele é sem dúvida o melhor centroavante do futebol brasileiro, não atravessa boa fase, mas jogando no melhor time do país, sendo servido pelos dois melhores jogadores do Brasil na atualidade tem tudo para o ser o jogador de 2011 e 2012 que chegou a valer 50 milhões de euros e era titular absoluto da seleção!

  • elio disse:

    chico, não é por nada não, mais se esse existisse moderação justa neste blog, esse tal de Thales estaria sempre postando asneiras e sempre atacando ao galo? Sei que meu comentário não vai para o blog, mais por favor, apenas reflita.

  • luiz ibirité disse:

    tai uma outra visão deste refis
    http://blogdojuca.uol.com.br/2014/12/manobra-no-congresso-premia-ma-gestao-dos-clubes/
    concordo com juca principalmente quando ele diz que deveria haver regras,e não ha punição, pq se não daqui a pouco tudo deverá ficar pior pois as dividas irão aumentar com o tempo.

  • Se perder uma partida no campeonato mundial de clubes for um vexame, bem antes de 2013 um determinado clube por aí foi o pioneiro nesse “requisito”: vide decisão com o Bayern na década de 70, quando o campeonato mundial era decidido em partidas de ida e volta: vexame duplo!

    Isso sem contar o massacre frente ao Borussia!

    Alguém por aí se lembra dessas duas tristes ocasiões? Se contar o massacre do Verón o termo correto seria VEXAME TRIPLO!

    Para não falar que não falei das flores: o planeta terra assistiu ambas as derrotas desse mesmo time para seu maior algoz quando na decisão de um título nacional, precisamente em 26/11/2014. VEXAME QUÁDRUPLO!

    Se fôssemos enumerar mais vexames do radicado, não sairíamos defronte ao PC, meu caro!

    #quartafeiratemmais

  • Em minha modesta opinião alguns pilares que auxiliam à decadência do futebol brasileiro é a falta de moralização, imparcialidade e excesso de incompetência da CBF e sua comissão de arbitragem, além do STJD, todos cupinchas da Globo, que por sua vez protegem os clubes do eixo RJ-SP. A mídia em geral atrapalha e é conivente com essa situação!

    Avaliem com imparcialidade quantos campeonatos brasileiros foram direcionados à essas equipes, e vejam que constantemente os árbitros na maioria das vezes “erram” somente à favor desses clubes. Várias taças ficariam mais bem empregadas se os árbitros agissem com isenção, pois, (sic) “há coisas que a gene vê, e há coisas que a gente não vê”, uma fala empregada com unhas e dentes por esses cidadãos.

    Há times por aí que ainda não caíram de divisão graças à partidas manjadas com indícios claros de manipulação, e quem duvida que assistam seus tapes com imparcialidade e razão e chegarão à essa conclusão, pois, se eles próprios não marcassem algum tento devido à incompetência técnica de seus atletas, a equipe adversária com toda certeza assim o faria…

  • audisio disse:

    Quanto a este comentário não concordo em absoluto com este autor. Em relação ao futebol vizinho nunca estivemos tão superiores. Compramos sem parar alguns dos melhores jogadores argentinos, inundamos o mercado brasileiro até de técnicos dos hermanos.
    Nas últimas vinte Libertadores o número de conquistas de clubes brasileiros e esmagadora. Os números financeiros não dão para comparar. O momento econômico não é bom, mas não há como comparar o poderio e a superioridade dos brasileiros e sua técnica assim como o poder financeiro de um país que esteve durante 12 anos gastando mais do que arrecadava.
    O que se passou foi a invasão da retranca depois de Parreira e a inundação da escola gaúcha de treinadores que provocaram um verdadeiro tsunami enchendo os clubes de Celso’s Roths, Ivos Worthmans e centenas de retranqueiros que influenciaram gerações de treinadores de colarinho branco provenientes das escolas de educação física tais Ney Franco e Ricardo Druwisky que copiaram os métodos desses retranqueiros, apelidando essa porcaria de “futebol de resultado”.
    Os critérios para os meninos aprenderem nas escolinhas deixaram de ser o drible, a criatividade, a fantasia e a ofensividade e passaram a ser a tal disciplina tática, reforço físico, marcação e motivação psicológica. O melhor exemplo disso é o Luiz Felipe Scolari.
    O que eu percebi no comentário deste argentino uma espécie de saudosismo dos dias em que se consideravam os grandes e fortes, cultos e seus clubes como River e Boca, Independiente e Racing dominavam o cenário latino-americano.
    Os mineiros, graças ao paranaense Cuca, redescobriram o futebol ofensivo, onde a vontade de tacar prevalece sobre o medo de perder.

    Mudando de assunto

    Você meu caro Thales, não está honrando o nome que possui. Sua lógica não está funcionando de acordo com a razão.
    Não entendo como um plantel avaliado o mais caro do Brasil considerado o primeiro consegue ficar oito, isso mesmo, oito jogos sem ganhar do 14o.
    Para quem gosta tanto de ranking pergunto como está o atual ranking de clubes da FIFA?
    Para terminar de vez aos adoradores destas bobagens: Quem está atualmente na frente dos clubes brasileiros?

  • Paulo Afonso (o Primeiro) disse:

    Com a notícia de hoje, a situação ficou complicada para o outro lado da lagoa… Primeiro ficou claro quem tinha razão na história do juiz federal celeste (aliás, ninguém falou mais nada sobre a situação de prevaricação… As pessoas até sumiram)… Também, com dinheiro não mais sendo bloqueado e podendo ser utilizado para colocar a folha em dia e honrar com o REFIS, o Galo deve ser reforçar pontualmente como programado e continuar com o time forte para 2015… A tremedeira vai continuar…

  • Julio Avila disse:

    Oque dizer de ser eliminado por gremio barueri,criciuma,vitoria,parana,bahia,brasiliense,santo andre e goias 4x isso so na copa brasil isso ficando so brasil rajaday

  • Paulo César disse:

    Passaram 12 meses daquela barbárie cometida pela Bandidagem azul. Em 2014, começou com mais crimes. Jogaram latas cheia de cervejas no ônibus do Galo as vistas da PM e teve Policias que tom aram banho de cerveja e depois balearam 4 atleticanos e agora derrubaram outdoors e ninguém foi: procurado, identificado, interrogado, julgado, processado, condenado e preso.
    É a bandidagem continua dominando o crime
    Vejam : http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2014/12/18/noticia_atletico_mg,299997/mascarados-usam-motosserra-para-destruir-outdoors-em-homenagem-ao-titulo-do-atletico.shtml

  • CARLOS disse:

    Vexame internacional em dose dupla: Vexame mesmo foi do cruzeiro perder o titulo da libertas aqui, para o estudiantes do nosso idolo veron, e para o gigante do once caldas, isso mesmo o super once caldas!!

  • Julio Avila disse:

    A imprensa argentina disse que ele tem serios problemas com a balança
    vamos aguardar

  • Kleber BSB disse:

    que o excelentíssimo vai cuidar da sua ceia de natal e esqueça o nosso galão. pelo amor de Deus vai ser chato assim lá longe.

  • Paulo Afonso (o Primeiro) disse:

    Acho que os comentários explicam a fase que o futebol brasileiro vive… Enquanto alguns alienados acham que têm um time do outro mundo, o único super-poderoso (parece até aquele desenho animado das 3 garotinhas), os atleticanos reafirmam que o futebol está realmente fraco no Brasil… Não é para desmerecer a dupla conquista celeste… O comentário da decadência do nosso futebol parte de um argentino neste caso, logo, não é uma questão de torcida ou preferência clubística… O futebol brasileiro tecnicamente caiu demais… Não existem jogadores de qualidade, times de qualidade técnica e nem técnicos de alto nível… Vimos o Cuca surpreender ano passado com a “bagunça organizada” porque o time do Galo tinha qualidade técnica em todas as posições… Bem preparado fisicamente, foi um time que se mandou para o ataque… Este ano o Levir conseguiu resgatar isto… Mas notem que não há novidade… Tanto o Galo do Levir quando o Cruzeiro do Marcelo que venceu muito bem seus adversários mais fracos, foram times que superaram fisicamente seus adversários… A fase técnica e tática do futebol brasileiro é indiscutivelmente ruim…

  • Dudu GALOMAIO BH disse:

    Inacreditável!
    É o que posso dizer de comentários bisonhos de colegas azuis alienados.
    Os iludidos falam em “maior vexame do futebol”, se esquecendo de algumas coisinhas (além de muitas outras que não vou citar):

    – Perder final de Copa dos Campeões para o Paysandú;
    – Ser eliminado com goleada pelo Ipatinga em pleno Mineirão, mesmo com o juizinho roubando demais pro time azul;
    – Ser eliminado da Copa Mercosul tomando de 7 pro Palmeiras;
    _Entregar uma Libertadores para o Estudiantes, em apenas 20 minutos, em um Mineirão lotado e chorando copiosamente;

    Enfim, exemplos não faltam. Até o principal time do Marrocos, país que vira e mexe disputa Copa do Mundo, é chamado por eles de “amador”.

    É muita ignorância pra poucas linhas meu Deus!!!

  • Julio Avila disse:

    lucas prato com frango e so uma aposta!
    jogador da argentina quando e bom msm vai direto pra europa
    a safra la ta igual o brasil fraquissima

  • Thales Rosa disse:

    Como em todos os rankings no Brasil, este é apenas mais um que o Cruzeir lidera.

    http://www.otempo.com.br/superfc/trio-celeste-lidera-lista-de-mais-valiosos-de-2014-1.963521

    Trio celeste lidera lista de mais valiosos de 2014
    Everton Ribeiro, Lucas Silva e Ricardo Goulart são os jogadores com mais alto valor de mercado, segundo estudo da Pluri;

  • Carlos Moraes disse:

    Ranking dos jogadores mais valiosos do Brasil. Se Damião vier para o Cruzeiro, os 4 jogadores mais valorizados do Brasil são do Cruzeiro. O do Galo é o 14º….

    Veja o ranking completo:

    1 – Everton Ribeiro (Cruzeiro – € 14, 2 mi)
    2 – Lucas Silva (Cruzeiro – € 12,4 mi)
    3 – Ricardo Goulart (Cruzeiro – € 9,7 mi)
    4 – Leandro Damião (Santos – € 8,7 mi)
    5 – Gabriel (Santos – € 8,4 mi)
    6 – Marcelo (Atlético-PR – € 7,4 mi)
    7 – Ganso (São Paulo – € 7,2 mi)
    8 – Dedé (Cruzeiro – € 7,2 mi)
    9 – Rodrigo Caio (São Paulo – € 6,9 mi)
    10 – Valdivia (Internacional – € 6,9 mi)
    11 – Pato (São Paulo – € 6,8 mi)
    12 – Erik (Goiás – € 6,8 mi)
    13 – Luan (Grêmio – € 6,7 mi)
    14 – Diego Tardelli (Atlético – € 6,3 mi)

  • Carlos Moraes disse:

    Decadência mesmo. Imagine que tem jogador que pensa em não se apresentar em janeiro, ao fim das férias, por que tem clube que está com salários atrasados, não paga impostos, mas continua aumentando a dívida e contratando jogadores… Um absurdO!!!!

    http://www.otempo.com.br/superfc/atletico/valor-gasto-com-pratto-gera-protesto-dos-jogadores-do-atl%C3%A9tico-1.963173

  • Gustavo disse:

    Nós mineiros estamos levando de lavada quando o assunto é stjd. Atlético e Cruzeiro já foram lesados recentemente nesse tribunal. Ontem foi a vez do América, duas vezes ROUBADO em um mesmo campeonato. Prejudicado com o julgamento equivocado feito em 15 dias que tirou o time da liderança e o deixou na lanterna da série b sem direito a efeito suspensivo. Pouco tempo após reduzirem a pena de 21 para 6 pontos (algo que acredito terem feito apenas para que a absolvição do Corinthians fosse menos escandalosa), somos surpreendido mais uma vez por uma decisão equivocada, claramente com influências políticas! O julgamento do Icasa no Pleno, adiado por 5 vezes sem razão clara por uma inflação que já custou caro para o Ipatinga e para o próprio América (terem recorrido à justiça comum sem se esgotar as instâncias na justiça esportiva). Todo esse adiamento que não fora responsabilidade do América, permitiu ao Icasa disputar toda a competição com uma liminar e ao final, no julgamento, acabou absolvido! Futebol brasileiro está em crise moral, como outras instituições brasileiras, não se enganem! Não sei se estamos melhor ou pior que a Argentina, mas que estamos inundados de corrupção no meio esportivo, disso não há dúvidas! Simplesmente 3 dos 4 times de santa catarina subiram para da C para B e da B para A contando com influência direta de julgamentos do stjd!

  • Antonio de Pádua disse:

    Favor ler outdoors.

  • Mauricio Sepultura - Serrano disse:

    Quem me dera se todo ano eu perdesse pro Raja.

  • Julio Avila disse:

    tales nao concordo com vc
    acho que os 6×1 foi o maior vexame de minas
    agora oque ta rolando por ai e a imagen que os jogadores do atletico
    colocaram na net, prucura-se oque sera hein?

  • Pedro Vítor disse:

    O Gilvan, assumiu a direção do futebol do Cruzeiro. Não foi apenas um passo dado pelo Alexandre Mattos deixar a raposa pelo Porco, vai além de tudo isso.

    Houve um racha, entre os dois, e o Gilvan, vaidoso e com poder em suas mãos, afastou o Alexandre Mattos. Ele próprio vai ser o diretor, deixando bem claro, que o Mattos não tinha tanta autonomia no clube!

    As dificuldades serão enormes pois alguns jogadores tem contratos, e não querem deixar o clube neste momento. Deixando ofuscado o planejamento de reformulação pretendido pelo presidente e diretor.

  • Armando Pinto disse:

    Estou tentando voltar a escrever no blog do Chico, mas está difícil. Tem um vírus azul aqui ou será que a turma da tesoura está acabando com blog do Chico?

  • André Corrêa disse:

    Manchetes do portal Uai na manhã de hoje:

    Gilvan promete presente de papai noel em dois dias
    Daniel Nepomuceno admite negociar Tardelli

    Estou mudando de opinião sobre a imparcialidade da imprensa mineira…

  • Clóvis Fagundes disse:

    Os posts cruzeirenses sempre passam e já é maioria no blog, os atleticanos estão sendo moderados. Estranho não? Será que a malvadeza chegou ao blog do Chico?
    A Raça superior faz e acontece e a justiça cega, não faz nada. Eles não aprendem a torcer mesmo!

  • Rodrigo Galodoido disse:

    O nosso futebol está de mal a pior é por causa da mentalidade. Como disse o Anderson Palestra, essa gente gaúcha só atrapalha. A cbf é uma piada de mau gosto. A Globo quer destruir o que não for Flamerda e gambazada. O sistema é corrupto desde a base, a lei pelé ferra os clubes e a grana tá alta e fácil pros jogadores. O calendário…

  • Rodrigo Galodoido disse:

    O simpatizante do mutante yale-ipiranga-sei lá-o-quê ficou eufórico hoje dizendo: “Ra-ja-day”!!
    A gente já sabe… Não precisa repetir

  • Adolfo disse:

    Não são preciso seis palavras. O que ocorre com o futebol brasileiro cabe em três : falta de vergonha. Uma complet a desmascara deslavada safadeza, enraizada nos bastidores do futebol. Pegamos os últimos anos: 2012 é o ano do título roubado do fluminense. Amparado pelas decisões do STJD, impulsionado pela CBF, e acorbetador pela Globo, fluminense foi campeão da safadeza. Levou o título de bi-campeao consecutivo da imoralidade com a reviravolta do rebaixamento de 2013. Tri no acumulado. Deu nojo! Dei vontade de não acompanhar mais futebol. Novamente, os torcedores brasileiros foram feitos de otários. Fomos tratados publicamente como otários. E, quando se imaginou que a cara de pau não poderia continuar, veio a inescrupulosa decisão da série B. Tá, tá… Tá bom. O América vacilou, mas tratar o América de uma forma e o corintians de outra foi novamente nos chamar, publicamente, de otários. Mas, o torcedor brasileiro já se acostumou a isso, nada de novo. Só que a decisão do Icasa, não. Essa superou. Essa nos disse, claramente: otários, mil vezes, e assim, sempre serão. Quanto absurdo!!! Quanta falta de respeito!! Quanta imoralidade!! Inacreditável, o poço da indecência não tem fim!! Que vergonha!! Por isso, três palavras, somente, explicam a decadência do futebol brasileiro. Não são necessárias seis linhas: falta de vergonha!! Agora, pra o “estrangeiro” realmente entender entender o que ocorre, serão preciso mais de seis volume de livros para tentar elucidar. Vergonhoso!!

  • thales rosa disse:

    #rajaday

  • Carlos Alberto da Costa disse:

    Caro Chico, me desculpe discordar de vc pois, diretorias que gastam o que os clubes não têm, para mim não são competentes. Pode ter certeza que se os presidentes fossem responsáveis civil e criminalmente pelas sonegações de impostos e pelas dividas dos clubes que ficam rolando de ano para ano, não fariam as besteiras que fazem principalmente pagando salários absurdos. Os clubes Brasileiros estão caminhando rapidamente para a falência total. Pagam salários irreais para jogadores, diretores que nada fazem e fazem dos clubes um cabide de emprego para os amigos. Um abraço e desejo que tenha um Natal muito feliz e um 2015 cheio de alegrias e saúde.

  • Dudu GALOMAIO BH disse:

    Chico e demais…
    há coisas que se fala e há coisas que são fatos.
    A gente lê muita besteira aqui dita pelos colegas azuis.

    O link abaixo, mostra 2 histórias diferentes sobre outdoors.

    Um, fala sobre o outdoor da torcida atleticana, COMEMORANDO a conquista da Copa do Brasil, que foi “atacado” por biltres e energúmenos AZUIS em Sete Lagoas.

    O outro, fala sobre o outdoor dos pseudo-cruzeirenses, “COMEMORANDO” A DERROTA do Atlético-MG no Mundial de Clubes em 2013.

    Dizem por aí que cruzeirense comemora suas vitórias e atleticano comemora as derrotas do cruzeiro.
    Depois de ler isso, caso eu fosse cruzeirense (Deus me livre e guarde! rs), teria vergonha de voltar a repetir essa besteira um dia.

  • audisio disse:

    Com a última declaração do Marcelo Pacote, foi revelada a nova contratação do Cruzeiro. Marcelo disse que o clube precisa se oxigenar. Taí: será o Oxigênio.
    Enquanto isso o Atlético confirma a contratação do melhor jogador em atuação hoje na Argentina. Lucas Pratto!

  • ALECSANDRO disse:

    O que uma “simples” copa do brasil, ganha de forma categórica e acachapante, não suscita ira e recalques de alguns torcedores do nosso rival celeste. Passaram o dia inteiro falando num tal de “raja day”, até outdoors foram afixados em alguns lugares.Gastam dinheiro atoa! kkkk

  • Paulo Afonso (o Primeiro) disse:

    Falei que o trainee estava se profissionalizando? Ele estava mais que certo na troca que fez… Vejam o time que está montando (ou querendo montar) no Palestra de São Paulo: Fernado Prass; Lucas, Vitor Hugo, Réver, Álvaro Pereira; Amaral, Thiago Mendes, Zé Roberto, Valdívia; Maikon Leite, Fred… Se for isto mesmo, vai dar trabalho este ano…

  • Lucio Mesquita disse:

    Chico,

    Estava vendo uma informação sobre as cotas de TV. Já sabia do absurdo, mas vendo os números é de espantar como Atlético, Cruzeiro, Grêmio, Inter e cia. aceitaram isso. Foi pra isso que o Cruzeiro ajudou a implodir o grupo dos 13?

    http://blogdomenon.blogosfera.uol.com.br/2014/12/18/contra-espanholizacao-deputado-quer-cotas-de-teve-mais-justas/

  • Nelson Roberto B. Junior disse:

    SAN Chico! Concordo. Onde assino?
    O que incomoda é saber que somos incapazes de fazer algo que realmente melhore o nosso futebol que é a “coisa mais importante entre as coisas menos importantes”. Acrescentando, duro foi ouvir o Parreira dizer nesta última segunda-feira que a torcida já superou o vexame contra a Alemanha e que ninguém não lembra mais do 7 a 1…

  • Thales Rosa disse:

    hoje faz 1 ano do maior vexame que minas ja sofreu no futebol… atletico-mg tomou de 3×1 para o Raja Casablanca(quem?) .. vergonha internacional

  • Alex Fernandes disse:

    …Chico e demais participantes do blog, bom dia!!!….acabei de ler que alguns torcedores do lado azul usando máscaras, derrubaram outdoors lá em Sete Lagoas com homenagem dos torcedores do Galo ao título da Copa do Brasil…um absurdo!!!!….por que eu estou trazendo isso a discussão?..por que alguns torcedores azuis andam difundido nas redes sociais que o Palestra é um clube diferenciado por que sua torcida é ordeira e seu presidente é honesto….e agora?…cara, infelizmente tem marginal dos 2 lados e não existe ninguém bobo no futebol . A Máfia azul e a tal Pavilhão tem se enfrentado aí pra todo mundo ver…arrumaram confusão no Indepa, acabaram com a festa do título azul de 2013 e ainda assim tem simpatia tomado pela soberba que teima em afirmar que a torcida do Galo e o Kalil são bandidos….esse episódio de Sete Lagoas é lamentável e precisa ser apurado….por acaso algum torcedor atleticano atrapalhou a festa do yale de campeão Brasileiro?…a verdade é que o time que se dizia “Maior de Minas”teve a oportunidade de provar isso dentro de campo e não foram capaz de sequer oferecer resistência ao Galo, saiu derrotado e alguns torcedores estão apelando…repito, se fosse torcedores do Galo fazendo isso eu não concordaria do mesmo jeito….precisamos de paz e respeito na sociedade apesar dos escândalos políticos do Brasil….Um abraço a cruzeirenses e atleticanos, criaturas do mesmo Deus….

  • Gustavo disse:

    Em relação ao Mundial, ficou claro que a Libertadores desse ano teve um vencedor muito melhor do que em 2013. O San Lorenzo mesmo com dificuldade fez sua obrigação de chegar a final do Mundial. Já o Atlético-MG envergonhou o Brasil frente ao Mundo ao tomar um vareio de bola para um time semi amador de um país sem tradição no futebol da África!

    Eu não duvido do San Lorenzo no jogo contra o Real Madrid, depois de ter conseguido passar pelo Cruzeiro, tarefa tão dificil quanto.

  • Gustavo disse:

    O Cruzeiro é a exceção no futebol brasileiro dos últimos anos! É o único time que joga bonito, com futebol ofensivo e de qualidade! Tanto que o Cruzeiro dominou o futebol brasileiro nos últimos dois anos de forma absoluta, conquistando dois títulos brasileiros de forma fantástica, batendo todos os recordes! Em 2013 fomos o único Campeão Brasileiro a vencer todos os adversários, batemos o recorde de vitórias seguidas (8 no total), fomos o campeão com maior antecipação (4 rodadas), melhor ataque, maior número de goleadas num Brasileirão! Em 2014 batemos o recorde de rodadas na liderança (32 no total), recorde de vitórias (24 no total), e recorde de pontos (incríveis 80 pontos), melhor ataque novamente, fomos campeões de forma antecipada, com 10 pontos de vantagem para o segundo colocado e 18 pontos para o quinto! O time do Cruzeiro atual é a base da futura seleção que irá encantar o mundo novamente!

  • Anderson Palestra disse:

    Acredito que o ponto seja na formação.
    Não há campos de futebol como antigamente, e não me refiro a minha geração que também não tinha campos. Tinhamos campinhos e poucos campos no interior, em BH eu só joguei futebol de campo na Toca da Raposa e já velho.
    Aliado a isso, temos seleções de jogadores altos, grandes e fortes, o pequeno mas habilidoso é deixado de lado. Talvez o Dirceu Lopes não subisse ao profissional hoje. Mal comparando, o Atlético quase dispensou o Bernard, por ser pequeno demais, e olha que nem o acho craque, mas um bom jogador.
    Estilo Gaúcho. Tem coisa mais irritante do que ver o jeito que os gaúchos jogam? Empurraram-nos Tite, Felipão, Celso Roth, etc…

    Vi a partida do San Lorenzo ontem, ainda bem que não teve outro clube atlético dando vexame.

    Happy Raja day!