Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Uma avaliação do América, que estreia em casa esta noite, na luta para retornar à Série A

AFC

Tomara que o time jogue melhor que no 0 a 0 horroroso em Recife, com o Náutico. O jogo no Independente começa às 21h30. No Superesportes de hoje, interessante avalição do time para a corrida por uma vaga na Série A de 2018, feita pelo Paulo Vilara:

1) João Ricardo: muito bom goleiro, mas tem um defeito irritante: mesmo quando o América está perdendo, é lento na reposição de bola, e quando faz isso com os pés quase sempre a chuta para fora, devolvendo a posse ao adversário;

2) Alex Silva: deveria ser e foi dispensado;

3) Messias: tem melhorado jogo a jogo e merece ser titular;

4) Rafael Lima: excelente contratação feita pelo clube;

5) Pará: deveria ser dispensado;

6) Juninho: deveria ser, no máximo, reserva;

7) Ernandes: por ser polivalente, pode ser útil na reserva;

8) Xavier: bom de bola e polivalente, deveria ficar por aqui;

9) Gustavo Blanco: outra boa contratação e merece ser titular, pois é ótimo marcador e também sabe criar;

10) Christian: revelação da base, quando foi escalado como titular fez ótima dupla com Blanco no meio-campo;

11) Zé Ricardo: garoto da base, atuou apenas uma partida como titular e mostrou qualidade e comprometimento com a camisa do clube que o revelou.

12) Renan Oliveira: sabe jogar, mas é frio e não se doa em campo; mostrou que não é decisivo nos gols “feitos” que perdeu nas semifinais contra o Cruzeiro; reserva, no máximo;

13) Ruy: nos poucos minutos que atuou no Mineiro mostrou qualidade, mas contra o Náutico não fez absolutamente nada – no momento, é um ponto de interrogação;

14) Matheusinho: fez sucesso midiático ao treinar com Neymar na Seleção Brasileira; no América, foi escalado várias vezes e não aproveitou as chances;

15) Gérson Magrão: tem experiência e foi efetivo em várias partidas; contra o Náutico afundou junto com a equipe;
16) Felipe Amorim: deveria ser dispensado;

17) Marion: fez um gol na estreia e mais nada; jogador veloz, pode ser útil ao time se aprender a acertar os cruzamentos que tenta fazer; se não aprender…;

18) Mike: bom reserva, pode ser útil ao time na longa e dura caminhada da Série B;

19) Hugo Almeida: centroavante que não faz gols deveria ser, no máximo, reserva;

20) Pilar: mostrou potencial nos poucos minutos em que atuou no Mineiro; contra o Náutico não fez absolutamente nada;

21) Rubens: com 1,94m de altura, nas vezes em que esteve em campo não recebeu nenhum cruzamento alto para cabecear (!); Enderson Moreira não treina o aproveitamento dessa possibilidade de gol com o grupo?

22) Fernando Leal: bom goleiro, pronto para substituir o titular quando isso for necessário;

23) Renato Justi: atabalhoado, merece a reserva;

24) Tony: depois que sofreu aquela contusão, nunca mais foi o mesmo; como não tem jogado, fica a dúvida em relação às suas atuais condições;

25) Enderson Moreira: iniciou seus trabalhos no América em 25 de julho de 2016, na Série A; os números dele não são bons e o rendimento (?) da equipe contra o Náutico foi uma vergonha; resta ao torcedor fazer o seu papel: torcer para dar certo;

26) Ricardo Drubscky: algumas contratações boas e outras horríveis;

27) Dirigentes: erram mais do que acertam.

Todos vão ter de melhorar muito para o América conseguir voltar à Série A. Espero que vençam o Goiás hoje à noite.

http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/colunistas/paulo-vilara/2017/05/19/se-coluna_paulo_vilara_interna,402644/america-uma-analise.shtml


» Comentar

Comentários:
1