Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Vantagem do Corinthians em relação ao segundo colocado é recorde; superou a do Atlético de 2012

RODRIGUINHO3

O potiguar Rodriguinho, um dos “operários” e principais jogadores do Corinthians, foi revelado pelo ABC de Natal, passou pelo Bragantino e chamou a atenção do Brasil por sua excelente passagem pelo América, onde foi homenageado ao completar 100 jogos com a camisa do Coelho, num sábado de agosto de 2013, contra o América-RN, pela Série B.

Não é garantia de que o título já esteja assegurado, mas a regularidade do time é impressionante e isso é fundamental no campeonato por pontos corridos. Para mim, o mais importante é que o clube paulista força a todos os coirmãos a refletirem sobre as suas políticas. Principalmente os de centros menos endinheirados, como Minas e Rio Grande do Sul, que historicamente obtiveram grandes conquistas que equipes feitas em casa, com jogadores de suas próprias cidades e do interior do estado. Com alguns “enxertos” de fora, uma ou outra estrela do futebol nacional iniciando o fim da carreira ou um estrangeiro descoberto na base da lupa, que se deu bem no país. Peguemos os grandes times dos anos 1960/1970 e 1980, por exemplo, do Atlético, Cruzeiro, Inter e Grêmio.

A partir dos anos 1990 começou a gastança desenfreada na montagem de times caríssimos, numa competição de bastidores que levou a todos do país a endividamentos irresponsáveis. Tivéssemos uma legislação séria e que fosse cumprida, a maioria já teria tido a falência decretada há tempos. Neste período, acrescente-se o olho grande de inescrupulosos, ladrões que se infiltraram no futebol, nos clubes, federações e imprensa, com o objetivo de ficarem ricos, e de fato muitos ficaram, ilicitamente e impunes. Citei a imprensa e vou logo lembrando um exemplo graúdo, pego pelo FBI, nos Estados Unidos, o J. Hávilla, que foi um locutor de prestígio na TV brasileira. Mas há muitos outros exemplos, das prateleiras do meio e de baixo, em todos os estados.

E Corinthians e Grêmio (outro que está encantando o país com um time de “operários”) só estão nessa porque atravessam péssimo momento em suas finanças. Não fosse isso o alvinegro paulista estaria igual à maioria, com elenco caro, treinador da seleta elite dos mais caros do nosso futebol, filosofando e passando aperto na tabela de classificação.

A Folha de S. Paulo apresentou números interessantes do líder absoluto do campeonato e de seus principais concorrentes:

* “Corinthians tem maior vantagem na história em relação ao 4º colocado”

O futebol pragmático e eficiente praticado na temporada pelo Corinthians estabeleceu uma nova marca no Brasileiro após a vitória sobre o Grêmio por 1 a 0, neste domingo (25), em Porto Alegre.

Pela primeira vez desde 2003, quando a competição passou a ser disputada por pontos corridos, um clube abre dez pontos de vantagem para o quarto colocado após a disputa da décima rodada.

A vantagem corintiana (26 a 16) é para o Palmeiras, que neste domingo (25) venceu a Ponte Preta por 2 a 1. Caso o Botafogo vencesse o Avaí, ontem (26), ultrapassaria o Flamengo, que cairia para a quarta colocação, com diferença de nove pontos para o Corinthinas – que mesmo assim teria a maior “gordura” na ponta da tabela na era dos pontos corridos ao fim da décima rodada.

Antes, a maior diferença imposta foi na edição de 2012, quando o Atlético-MG abriu sete para o Grêmio (25 a 18).

Os quatro primeiros colocados do Brasileiro garantem vaga na fase de grupos da próxima edição da Libertadores. O quinto e o sexto terão que disputar as fases preliminares do torneio.

Já a vantagem de quatro pontos para o segundo colocado, o Grêmio, é a segunda maior já aplicada na história dos pontos corridos após a realização da décima partida.

A maior foi estabelecida pelo próprio Corinthians em 2011, ano em que o clube conquistou o pentacampeonato nacional. Na época, o time dirigido por Tite abriu cinco pontos para o São Paulo nessa altura do campeonato.

Aliás, a campanha corintiana de 2011 -até o décimo jogo-, que é a melhor da história do torneio, só supera o desempenho atual no saldo de gols (14 a 13).

“Conseguimos pontos acima do esperado por nós também. De 30 pontos, conseguir 26 é muito difícil. É muito cedo para falar sobre qualquer coisa. Temos de chegar embolados nas últimas oito, dez rodadas”, disse Carille, que afirmou que a vitória foi uma das mais importantes do ano.

“Vitória desse tamanho é importante para o grupo inteiro, mas vamos continuar com os pés no no chão, humildade e trabalhando. Passamos por algumas etapas no ano que nos fortaleceram muito”, acrescentou.

Com o triunfo deste domingo (25), o time aumentou sua invencibilidade para 23 partidas. A última derrota foi para a Ferroviária no dia 19 de março, pelo Paulista, quando entrou em campo com uma formação mista.

INTELIGÊNCIA

Antes do jogo, o treinador corintiano afirmou que “futebol se ganha com inteligência”. E a frase usada foi seguida à risca pelos jogadores…”


» Comentar

Comentários:
29
  • Alex Souza disse:

    Olá Chico Maia, há coisas no Corinthians que parecem merecer algum acompanhamento dos demais clubes, sobretudo a base e o investimento em alguém que começa a se destacar em pequenos clubes. É difícil que haja um ano sem que algum jogador jovem, de qualidade, não suba para o time principal. O clube parece trabalhar bem esta questão de lançamento de novos jogadores e a maioria logo entende o que o torcedor espera: qualidade básica no passe, disposição e raça para enfrentar adversários, busca incansável pela vitória.
    O Corinthians é ousado quando se trata de lançar novos jogadores e o cabra sabe que, se entrar e não corresponder com raça e empenho já era. É um clube que não fica paparicando “eternas promessas & foguetes molhados”; parece que esse negócio de “paparicar marmanjo e chamar barbado de garoto que pode ser queimado” eles preferem deixar para outros clubes.
    Do atual elenco, de 36 jogadores, 15 são da base: o volante Warian, o zagueiro Pedro Henrique, o meia Pedrinho, o volante Maycon, o goleiro Vidotto, o volante Marciel, o zagueiro Léo Santos, o lateral Léo Príncipe, o atacante Léo Jabá, o atacante Jô, o volante Guilherme, o lateral Guilherme Arana, o lateral Fágner, o atacante Carlinhos e o goleiro Caíque.
    O zagueiro Pablo foi repatriado do Bordeaux por empréstimo e opção de compra, o volante Camacho foi contratado junto ao Audax ano passado, o zagueiro Balbuena junto ao Nacional do Paraguai ano passado, o volante Fellipe Bastos veio dos Emirados Árabes este ano, o volante Gabriel Girotto junto ao Monte Azul (interior de SP) assinou este ano por 4 temporadas, o meia Marquinhos Gabriel veio do Al Narss e assinou contrato por 4 temporadas, o rodado volante Paulo Roberto foi contratado por empréstimo este ano junto ao Audax, o jovem atacante Romero foi contratado em 2014 junto ao Cerro Porteño: muitas apostas que não comprometeram o trabalho e outras que assumiram a titularidade. Ainda há,no banco, o meia Danilo, o meia Giovanni Augusto e o atacante Clayton.
    Às vezes a gente aborda a questão de divisão de cotas de patrocínio, arbitragem, força na CBF, contudo, acho que o Corinthians parece ser bem competente nas escolhas de atletas para defender sua camisa. Como poucos, eles sabem infundir nos jogadores o espírito aguerrido que o torna o clube, que nunca foi um primor em escola futebolística, em um dos adversários mais difíceis de serem batidos nas competições.Noutros times Jadson, Rodriguinho e Danilo seriam perseguidos, contudo, como evoluíram e se tornaram indispensáveis jogando lá.
    Tirar a vantagem do Corinthians, que acumulou 10 pontos de vantagem para o quarto colocado, não vai ser fácil para qualquer time que esteja atrás de Flamengo e Palmeiras; é claro que pode acontecer e que eles, em algum momento, perderão jogos, contudo, os outros terão que melhorar demais.
    Eu espero que o Cruzeiro mude radicalmente sua postura em relação ao lançamento de jogadores da base e invista em gente competente que monitore jogadores que possam vir e render no time; é preciso urgentemente rever o prazo de validade de determinadas promessas. O receio de liberar determinadas “promessas” que nunca vingam (cujos empresários vivem alardeando interesse estrangeiro que nunca se concretiza em proposta de negócio) acaba inibindo o lançamento de novos jogadores. Algumas vezes parece que o Raul Seixas dá ideias de investimentos ao clube: “vô rasgar dinheiro, tocar fogo nele, só pra variar”…

  • Guilherme Leôncio disse:

    Tremenda sacanagem o que o palmeiras vem fazendo. Outro dia as vésperas de seu jogo contra o Flu, fez proposta ao Richarlisson sem conversar com o clube e balançou a cabeça do atleta que se recusou a viajar para São Paulo. O negócio melou e o atleta teve que se desculpar perante sua torcida. Agora o Parmêra investiu sobre Diego Souza, que também está balançado. O Sport disse que vai dificultar.

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    O que eu fico me perguntando, é onde estaria a mágica ou onde estaria a receita, para que o Corinthians alcançasse a posição que alcançou nesta primeira parte do Brasileirão 2017. Se seria realmente só competência do Corinthians, ou mais incompetência e falta de planejamento dos demais times.

    Fala-se muito que um time pra ser Campeão Brasileiro tem que ter um elenco farto, qualificado, consequentemente caro ( O que não é o caso do atual elenco do Corinthians ) e que após o Título é natural alguma oscilação, haja visto a possível perda de jogadores que foram destaques e o fato de “ter que pagar a conta” pelo tão cobiçado Título.

    Pois bem… O Corinthians foi Campeão em 2011, depois em 2015 e agora está com esta campanha até então histórica no Brasileirão 2017. E o Cruzeiro foi Bi-Campeão consecutivo em 2013 / 2014, mas pelo visto até hoje “não pagou essa conta”. Pois, depois disto só tem feito campanhas pífias, chegando a correr sérios riscos de rebaixamento em 2015 e 2016. É óbvio que não tem como ser Campeão sempre. Mas daí a sair do patamar de Campeão Brasileiro pra candidato à segundona nos Campeonatos seguintes, fica claro que tem algo de muito errado na administração e planejamento do Clube.

    Mas voltando a falar especificamente do Brasileirão 2017, penso que mais pra frente o Corinthians deverá enfrentar alguma concorrência mais dura. E é bem provável que eles venham sofrer alguma baixa por contusão e a reposição lá não é tão qualificada. E creio que Grêmio, Palmeiras e Flamengo ainda devem evoluir muito neste Campeonato.

    Mas que até então o Corinthians parece ser o time melhor preparado e mais focado para o Título de 2017, isso é inegável !!

    Antigamente, não tínhamos as altas verbas do eixo Rio-Sampa, mas tínhamos Maluf ou Alexandre Matos e vez ou outra batíamos de frente com o eixo e até o superava. Mas atualmente, não vejo planejamento e nem competência principalmente na Diretoria celeste, pra voltar a ter expectativas por grandes conquistas.

    • Vinícius Campos disse:

      Excelente comentário Claytinho.
      Muito boa análise. Queno diga eu com esse elenco de medalhões do Galo.
      Saudações Atleticanas.

    • José Eduardo Barata disse:

      Texto que deveria estar em alguma editoria de esportes
      de nossos meios de comunicação .
      Dez a zero nos jornalistas de muitas redações por aí .

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Prezado José Eduardo Barata,

        Obrigado ! Mas é que tem coisa que as vezes um Jornalista até pensa, tem a opinião formada dele, mas como bem diz sempre o Eduardo Costa ( Itatiaia ): “Num pó falá”… rsrs

        Abraços

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Não adianta chorar,pode espernear a vontade,que o atletico é conhecido como maior cavalo paraguaio do Brasil todo mundo sabe,desde Paulo Morsa até Vampeta e não foi só em 2012 não!
    2008 foi o ano da flanela,basta querer enxergar a realidade! por isso a fila desde 71! se quiserem aulas pode ir na toca,caneco de Brasileiro lá tem aos montes!#maiorcampeãodoseculo

    • Alex disse:

      …gente, tenham paciência com o Mariana…é apenas uma criança querendo chamar a atenção….deve ser a proximidade com o clássico….ele sempre treme desse jeito….kkkk….em 2011 amigo, vc já se consideravam campeão da Libertadores….aí surgiu la bestia quadrada….aí pegaram um tal “doce de caldas’ nas oitavas e já era….kkkk…..kkkk…..

    • Marcão de Varginha disse:

      “Cavalo Paraguaio” também são àqueles que para se tornar grandes precisam adotar certas “providências” na certeza de alguns campeonatos, sem se preocupar com o odor fétido exalando excremento em sua camisa.
      – #benecyeternomito

    • Marcão de Varginha disse:

      Terminar a primeira fase do campeonato minero invicto e assim ficar até perder o segundo jogo decisivo para seu maior algoz, também pode ser considerado um cav… ops, neste caso pelas características tradicionais do vice-campeão, pode ser considerado uma “égua paraguaia”!
      – #maiorcompradordeapitodobrasil
      – #benecyeternomito

    • José Eduardo Barata disse:

      Meu caro ÀVILA , olhe que o GALO anda a calar
      muito gente por aí .
      Não se esqueça do Flamengaço Classificadaço .

  • Leandro Fábricio disse:

    Tem nada a ver com o assunto do post não é que eu achei que não poderia passar batido…

    portuguesa de desportos é eliminada da SERIE-D e não tem mais o que disputar….

    o castigo vem a cavalo… venderam a alma para o diabo quando “ajudaram” o fluminenC a permanecer na serie-a…

    que a portuguesa apodreça no inferno, esse é o meu sentimento…. (não falo da instituição)

    na verdade a situação em que a portuguesa se encontra tem a ver com a diretoria na época e da podridão de gente da cbf… esse caso teria que ser investigado mais profundamente com muita gente indo pra cadeia… mas estamos no Brasil então…. fico com dó apenas dos torcedores da antiga lusa paulista

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    2012 foi o ano das faixas de bicampeão ainda no primeiro turno! oque teve de atleticano comemorando antes da hora foi um absurdo,rsrs! ai o Flu do Fred papou o caneco e confirmou que o atletico é o maior cavalo paraguaio da história dos pontos corridos!
    o curintia tem uma boa vantagem mas não podemos descartar gigantes como Flamengo,Palmeiras e o papa canecos de fora do eixo,o temido Cruzeiro Esporte Cclube!

    • Carlos Almeida disse:

      kakaka

      Aqui tbm a gente se diverte.

    • Guilherme Leôncio disse:

      E a Besta quadrada que estava doidinha pra ganhar a Sul americana e perdeu para um time mediano do Paraguai Kkk!!!!

    • Paulo F disse:

      Hipocrisia a gente vê por aqui… Nunca vi um time entrar com mais salto alto do que as marias contra Estudiantes… depois do primeiro gol então, a torcida já gritava é campeão… hahahahahah não canso de rir quando me lembro..
      Em 2012 não fossem os 7 gols do Jô, legítimos anulados, éramos campeões, e ele artilhiero, isso sem falar nos demais ‘erros” dos sopradores de apito.

    • Alex disse:

      …olha Mariana, vc vai precisar repetir o ano na “Escola de stand-up” que vc anda frequentando…..suas piadas estão bem fraquinhas….kkkkk…desse jeito o Rosa ou o Leandro Celeste vão roubar seu espaço no blog….kkkkkk….mas já que vc falou em cavalo paraguaio, nesse ano vcs ganharam da gente 2 vezes, mas qdo estava valendo, deu no que deu….kkk…e em 2012 o titulo foi para o Sveiter do STJD que confessou que prejudicou o Galo…..melhora um pouquinho pra galera continuar rindo de vc….kkkkkkk….

  • Renato César disse:

    O elogiado treinador aí segue à risca o modelo burocrático de jogar futebol. Todo mundo fechado lá atrás defendendo. De vez em quando saem uns três para o ataque, quando o adversário falhar.

    Sem preocupação com futebol, posse de bola, jogadas individuais, nada disto. Goleadas constantes de 1×0 com o Cássio quase sempre sendo o melhor em campo.

    A ausência de jogadores consagrados e a presença de “operários”, inclusive, é o que possibilita este estilo de jogo.

    Mas futebol moderno é isto aí!

    • Pedro Vítor disse:

      É uma filosofia que já vem de muitos anos, inclusive quem começou isso foi o Mano Menezes quando o Corinthians caiu pra série b, Mano implantou isso lá e depois deram prosseguimento com o Tite, quando O Tite ficou defasado voltou o Mano com o mesmo padrão reorganizou e voltou o Tite novamente no meio de tudo isso surgiu este Fábio Carille que faz exatamente igual ao que Tite e Mano realizaram, este negócio de time operário é e não é, porque o Jô sabe jogar mostrou isso no Galo, esteve em times como futebol Inglês e Russo, ele conhece sabe essa maneira de jogar Jadson despontou neste esquema com o Tite, Rodriguinho também então é o time clube que passou por uma transformação após a série b mais ou menos igual ao Atlético se reencontrou com uma forma de jogar.

      A torcida do Corinthians entende isso é aí é que está a sintonia

      É o que o Roger precisa entender no Galo é isso, ele dificilmente irá conseguir fazer essa mudança porque já vem de Cuca essa transformação sempre que há sintonia no comando e isso chega na torcida a coisa flue!

      • Paulo César disse:

        Caro Pedro Vitor, estava refletindo sobre exatamente o seu comentário. O Galo desenvolveu aquele estilo “Galo Doido” desde a gestão Cuca. Virou marca registrada das grandes vitórias do clube.
        Foram várias viradas no Brasileiro de 2012 (Fluminense, Vasco, Botafogo), na Libertadores de 2013 e Copa do Brasil de 2014.

        Esta é a natureza de jogo que a torcida se acostumou a ver nestes três anos; pode haver o debate sobre o fato de o grupo atual ter qualidade, preparo físico, idade e perfil para este tipo de jogo. Ok. Mas o fato é: a torcida abraçou esta causa. E dá um desânimo de ver alguns “andando” em campo…

        Se o Corinthians se notabilizou pelo futebol pragmático, de resultados (e, reconheço, foi multicampeão desta maneira), o Galo foi o oposto. Fato.

        • Pedro Vítor disse:

          E não é apenas as conquistas porque além delas tem dois vices Brasileiros e um vice da Copa Do Brasil que todas foram com uma forma de atuar semelhantes.

          Talvez falte ão Atlético apostar realmente nisso, porque somos muito dependentes de elogios da imprensa. A imprensa colocou no Levir o exagerado tom de “Brincalhão “, e nós fomos junto decepamos o Levir por causa disso, hoje temos aí o Roger sofrendo do mesmo problema do Levir há três anos atrás a antipatia de parte da imprensa que pega na torcida e acaba virando uma lei. Lei de que o time toma muitos gols por isso tem que se defender! A melhor defesa é o ataque, lógico que um time precisa de zagueiros, ré volantes, de laterais mas estamos querendo Corinthiar Atlético e Cruzeiro e isso até agora não deu certo!

        • José Eduardo Barata disse:

          Boa , PAULO CÉSAR , bem colocado .

  • Tarcísio Coimbra disse:

    O futebol está tão esquisito, que o inteligente de hoje é o burro de amanhã. Já vi o Curingão ganhar um campeonato “mundial” em cima do Vasco e um mês depois o ídolo Edilson Capetinha teve seu carro depredado pela torcida devido aos maus resultados. A poucos dias o técnico do Flamengo havia subido no telhado, mas como tem E. Ribeiro, Diego e Conca para uma mesma posição que é tão carente no Galo, desceu, enquanto Róger vive sua gangorra semanal.

  • marcelo araujo disse:

    e o Jô tá ‘jô’gando muito e sério lá! a ‘vantagem’ maior do curintia é só estar no brasileiro. aí se concentra exclusivamente na competição. tanto que é um dos times com pouca baixa de jogadores por lesão (a maior desculpa atual para os times, embasada pelo calendário, quase comum a todos); mas acho que no segundo turno essa aceleração do curintia vai cair. ainda tem muita coisa pra acontecer.

    • Pedro Vítor disse:

      E pode ser desculpa de técnico mas isso pesa demais, só de viagens longas pra outro país e uma semana de treinos e descansos que o Corinthians irá ter e outras equipes não terão já ajuda mais que atrapalha.

      Por exemplo essa semana o Corinthians está descansando enquanto seus adversários vão ter partidas até mais desgastantes que as do Brasileiro.

      E essa maneira de jogar do Corinthians faz o time correr menos já que pouco pegam na bola e quando pegam tem um campo e espaço pra jogar!

      • marcelo araujo disse:

        Pois é, Pedro; enquanto o curintia descansa e estuda os adversários, os outros times viajam, jogam e não têm tempo pra treinar. o jogo do curintia é muito manjado. se o Galo jogar da mesma forma que eles, com o time compactado, valorizando mais a parte defensiva, muitos vão chiar falando que o time tá burocrático e etcs. mas tá provado que se ganhar todas em casa e algumas fora de 1×0 tende a ser campeão. porém esse tipo de jogo não está no DNA do Galo. espero que o eles caiam de produção. até pro campeonato ficar mais emocionante no segundo turno.

        • Pedro Vítor disse:

          Mas veja como são as coisas Marcelo, se nos pontos corridos é importante ter este tipo de futebol de propósitos de jogo, no Mata Mata já é o contrário quem mais joga bola mais vence.

          Mas pro Galo, na minha modesta opinião não adianta remar contra a maré, somos o time do impossível futebol clube, é melhor surfar na onda desviando das pedras, do que nadar num riachinho manso e raso!

          É o Dna

  • José Eduardo Barata disse:

    “…filosofando e passando aperto …”
    Boa essa , hein ? , Chico Maia .
    “… começou a gastança desenfreada …”
    Com a entrada em cena dos inescrupulosos que
    viram no futebol a galinha dos ovos de ouro .
    E que , com muita grana , alimentaram setores da
    imprensa para jogar areia nos olhos do torcedor e
    com essa atitude têm feito todo mundo acreditar e
    aceitar que jogador de segunda divisão na Europa
    e em fim de carreira vale qualquer sacrifício para
    tê-lo de volta ao Brasil .