Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

O exemplo de quem não tem medo de apostar na base, em emergentes e detectar rápido “foguetes molhados”

FOGUETEMOLHADO

Ilustração extraída do dacsap.bandcamp.com

Senhoras e senhores do blog, vejam que ótima avaliação do Alex Sousa, participante permanente deste nosso espaço. Melhor que a de todos os colegas da imprensa nacional que li até agora. Em momentos pontuais de suas histórias, Atlético, Cruzeiro e América já tiveram essas virtudes apontadas por ele no Corinthians:

* “Olá Chico Maia,

há coisas no Corinthians que parecem merecer algum acompanhamento dos demais clubes, sobretudo a base e o investimento em alguém que começa a se destacar em pequenos clubes. É difícil que haja um ano sem que algum jogador jovem, de qualidade, não suba para o time principal. O clube parece trabalhar bem esta questão de lançamento de novos jogadores e a maioria logo entende o que o torcedor espera: qualidade básica no passe, disposição e raça para enfrentar adversários, busca incansável pela vitória.
O Corinthians é ousado quando se trata de lançar novos jogadores e o cabra sabe que, se entrar e não corresponder com raça e empenho, já era. É um clube que não fica paparicando “eternas promessas & foguetes molhados”; parece que esse negócio de “paparicar marmanjo e chamar barbado de garoto que pode ser queimado” eles preferem deixar para outros clubes.
Do atual elenco, de 36 jogadores, 15 são da base: o volante Warian, o zagueiro Pedro Henrique, o meia Pedrinho, o volante Maycon, o goleiro Vidotto, o volante Marciel, o zagueiro Léo Santos, o lateral Léo Príncipe, o atacante Léo Jabá, o atacante Jô, o volante Guilherme, o lateral Guilherme Arana, o lateral Fágner, o atacante Carlinhos e o goleiro Caíque.
O zagueiro Pablo foi repatriado do Bordeaux, por empréstimo e opção de compra, o volante Camacho foi contratado junto ao Audax ano passado, o zagueiro Balbuena junto ao Nacional do Paraguai ano passado, o volante Fellipe Bastos veio dos Emirados Árabes este ano, o volante Gabriel Girotto junto ao Monte Azul (interior de SP) assinou este ano por 4 temporadas, o meia Marquinhos Gabriel veio do Al Narss e assinou contrato por 4 temporadas, o rodado volante Paulo Roberto foi contratado por empréstimo este ano junto ao Audax, o jovem atacante Romero foi contratado em 2014 junto ao Cerro Porteño: muitas apostas que não comprometeram o trabalho e outras que assumiram a titularidade. Ainda há, no banco, o meia Danilo, o meia Giovanni Augusto e o atacante Clayton.
Às vezes a gente aborda a questão de divisão de cotas de patrocínio, arbitragem, força na CBF, contudo, acho que o Corinthians parece ser bem competente nas escolhas de atletas para defender sua camisa. Como poucos, eles sabem infundir nos jogadores o espírito aguerrido que o torna o clube, que nunca foi um primor em escola futebolística, em um dos adversários mais difíceis de serem batidos nas competições. Noutros times, Jadson, Rodriguinho e Danilo seriam perseguidos, contudo, como evoluíram e se tornaram indispensáveis jogando lá.
Tirar a vantagem do Corinthians, que acumulou 10 pontos de vantagem para o quarto colocado, não vai ser fácil para qualquer time que esteja atrás de Flamengo e Palmeiras; é claro que pode acontecer e que eles, em algum momento, perderão jogos, contudo, os outros terão que melhorar demais.
Eu espero que o Cruzeiro mude radicalmente sua postura em relação ao lançamento de jogadores da base e invista em gente competente que monitore jogadores que possam vir e render no time; é preciso urgentemente rever o prazo de validade de determinadas promessas. O receio de liberar determinadas “promessas” que nunca vingam (cujos empresários vivem alardeando interesse estrangeiro que nunca se concretiza em proposta de negócio) acaba inibindo o lançamento de novos jogadores. Algumas vezes parece que o Raul Seixas dá ideias de investimentos ao clube: “vô rasgar dinheiro, tocar fogo nele, só pra variar”…”

Por Alex Sousa


» Comentar

Comentários:
53
  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    hahahahahahaha…

    Quem conhece o conceito psicológico do pombo enxadrista, sabe muito bem o que eu falo sobre o “mais do mesmo”… kkkkkkkkk

  • Alex disse:

    ….meu caro Chico Maia,(estou me dirigindo a chefia e não a subalternos puxa-sacos), se me permite, gostaria de te perguntar 3 coisas:
    1) pra eu continuar sendo aceito no seu blog, eu tenho que ter algum post meu reproduzido por vc ?
    2) quem tem a honra de ter um post reproduzido por vc, passa a ter “status” de moderador do blog?
    3)quem ainda não teve a honra e a felicidade de ter um post reproduzido por vc , perde o direito de discordar de algum post que vc tenha reproduzido?
    Ps:não sei porque, passei de uma hora pra outra ter essas dúvidas…..

    • Marcão de Varginha disse:

      Concordo com vc em GNG, afinal, há um caboclo que rotineiramente digita nestas páginas utilizando palavras difíceis provavelmente pesquisadas em dicionários e textos de autorias do grande Paschoal Cegalla e outros escritores capacitadíssimos, mas invariavelmente se trai por comentários recheados de má respostas.. nota-se ser ranzinza, mau humorado e distante da realidade, mas nunca proferiu qualquer comentário contestando um dirigente de seu time que espontaneamente disse ter comprado arbitragens…
      – #benecyeternomito

      • Alex disse:

        …é Marcão, só que comigo, as máscaras caem……kkkk…….os moralistas fingidores”que se acham “donos do blog”, de vez em sempre , acabam se contradizendo…é só dar corda que o intelecto curto deles , acaba os traindo….kkkk…..cobram respeito e coerência mas chamam os outros de burro e por aí vai…..mas qto ao benecy, eles o tem como MITO….kkkk

        • Marcão de Varginha disse:

          É preciso nominar que esse sujeitinho é metido (e põe “metido” nisso!) a moderador, e não raras vezes dá a entender que é bem relacionado, que é de dentro de casa de dirigentes de seu time que compra arbitragens, que possui amizade com certos atletas, e por aí vai… um outro garganta com toda essência!
          – #benecyeternomito

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Caiu aqui…

    Não espalhem não…

    Mas vcs já repararam que, em posts mais introspectivos, que trazem as opiniões mais à tona, os “mais do mesmo” do Blog geralmente não se manifestam ?? Kkkkkkkkkkkkkkkk
    Por isso que eu sempre falo… O histórico e a postura de cada um aqui, falam por si só… rs
    Ou muda o disco, ou lutem contra essa inteligência limítrofe… kkkkk

    • Clóvis Mineiro disse:

      Uai, lá embaixo você cobra respeito do Renato César, aqui em cima você faz o mesmo que o Renato? Coerência!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Caro Clóvis Mineiro,

        É sério mesmo que você conseguiu fazer uma comparação entre o que eu disse para o Renato César e o que escrevi aqui acima ??

        Na sua opinião então, ao salientar o que eu salientei, é falta de respeito minha para com os “mais do mesmo” ?? Mesmo sem classificá-los como se escrevessem só “bobagens” ?? rs

        Eu já poderia logo agora mesmo falar-lhe que tudo bem, que vou respeitar a sua opinião e direito de pensar assim. Mas antes disso, se não for pedir demais, se vc quiser e tiver tempo pra isso, poderia por gentileza me responder, explicando qual a co-relação que vc fez neste caso em questão, pra concluir que eu fui incoerente ?? Aí se sua resposta me convencer, terei que me desculpar contigo, falar que vc observou bem, aprender com isso e procurar não repetir mais. Mas se não conseguir me convencer, aí só poderei respeitar o direito da sua opinião mesmo. Ou, se sumir sem responder nada, aí eu posso até acabar entendendo que seu comentário foi mais um desabafo sem base e raivoso à toa.

        Abraços

        • Clóvis Mineiro disse:

          Quando você declara que uma pessoa escreve “mais do mesmo”, está criticando os posts alheios. Quando você declara os postulantes daqui de “inteligência limítrofe”, entendo como chamar de limitados ou até mesmo de “burros”, o que não é muito diferente de escrever bobagens. Saudações!!!

          • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

            Caro Clóvis Mineiro,

            Primeiramente, obrigado por ter se dado ao trabalho de me responder.
            Vou ter que te dizer então que, o que eu posso fazer, é somente respeitar a sua opinião e o direito de emiti-la. Porém, como sempre falo, eu sou responsável por aquilo que eu escrevo e não como você interpreta.

            Quando me refiro aos “mais dos mesmo”, é também uma opinião minha, que da qual eu também tenho direito ou até motivos pra pensar assim.

            Abraços

  • Luiz ibirite disse:

    Acho que nem o mais otimista esperava os 3×0 do primeiro tempo e nem o mais pessimista esperava tomar os mesmo 3 no segundo tempo, o empate é um bom resultado, poderia ser pior, poderíamos voltar com a derrota, sei que as circunstâncias não nosfavorecem comemorar o empate, mas foi acima de tudo um bom jogo e o cruzeiro vem mostrando evolução é que pode jogar melhor do que tem jogado. Borá Cruzeiro jogar o clássico pra vencer, temos condições.

  • Renato César disse:

    Outra “ingenuidade” que tenho visto nos comentários aqui: clube ter que revelar 20 jogadores por temporada. E é só o Galo que é obrigado. Uns aí até fizeram lista de jogadores formados na base que fracassaram no profissional.

    Que clube do mundo revela pelo menos um craque por ano? E olha que profissionalizam talvez mais de dez jogadores por temporada.

    Qual o último craque revelado pelo Corinthians? E pelo Flamengo? Pelo Fluminense?

    Critérios são diferentes para formar opinião.

  • Guaraci Lima disse:

    Boa tarde Chico,

    Perfeito o comentário do Alex Souza, no Corinthians os empresários de jogadores e os dirigentes empresários não tem vez. Aqui em Minas Gerais nos grandes times da capital empresário fala mais alto que qualquer diretor de clube e ainda existem os dirigentes de clube que tem direitos econômicos de jogadores, por isso alguns pernas de pau continuam nos times apesar de todo torcedor ter certeza que o “jogador promessa” foi enganado pela cigana. Cruzeiro e Atlético contratam argentinos, paraguaios, uruguaios, chilenos, peruanos, equatorianos e pro ai vai, depois gastam milhões contratando brasileiros acima dos 30 anos que já ficaram ricos na europa, na china ou no oriente médio, mas revelar jogadores das categorias de base………acabou.

  • Regi.Galo/BH disse:

    Muito boas observações e comentário.
    Agora, mudando de assunto, nessa contratação do Gustavo Blanco, será que significa que o Carioca vai embora? #partiuCarioca?

  • Bernardo Montalvão. disse:

    Um dia eu ouvi de políticos que o sistema eleitoral do Brasil é o mais transparente do mundo e outros países já queriam importar nosso modelo; hoje, os próprios dizem que as urnas eletrônicas decidem eleições. No Brasil de hoje é difícil manter uma unanimidade sobre tudo, as coisas acontecem rápido demais e a regra do jogo muda do dia pra noite e quem sobe não olha quem cai. A arrogância dos paulistas em cima deste time é demais, mas nada como um dia após o outro.
    Este sucesso momentâneo do Corinthians é passageiro, estão precisando fazer caixa e vão vender suas joias e Carille será o vilão de amanhã, quando começar a perder. Também considero o Grêmio um mero aventureiro, deverá vender muitos atletas.
    Pela ordem dos apadrinhados da cbf, achei que este ano seria a vez do São Paulo ou do Flamengo e agora me deparo com estas duas equipes apresentando reforços quase todos dias. Devem crescer. Os outros como Atlético e Cruzeiro já jogaram a toalha e seguem seus sobe e desce.
    Agora, querer colocar um time que já ganhou estádio do poder público como exemplo de gestão, é o mesmo que eleger Luxemburgo o melhor palestrante do país.

  • Renato César disse:

    Para variar, este cara escrevendo suas bobagens por aqui. Vejam meu comentário de outro dia: goo.gl/VhTR87

    O Galo tem hoje 36 jogadores no elenco profissional. Destes, 16 foram formados na nossa base. E dos 20 que não formamos, 5 são sub-25 (ou seja, nada de medalhão). E com mais de 25 anos ainda temos: Danilo, Adilson, Roger Bernardo, Rafael Carioca e Luan, nenhum destes badalado antes da contratação (ou seja, também nada de medalhão).

    Apesar deste volume de jogadores no time principal, nos três anos passados a base rendeu mais de 40 milhões de Euros aos cofres do clube.

    E este mesmo Corinthians ainda pagou caro ao Galo para levar André, Guilherme e Giovani Augusto. Para você ver como monitoram bem jogadores.

    Então, meu caro Chico, a avaliação desta pessoa aí passou longe de ser ótima. Confundir resultado atual com excelente trabalho de longo prazo é um grande erro!

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Caro Renato César,

      Você já começa perdendo, a partir do momento que vc se refere à pessoa, como se ele só escrevesse “bobagens” como vc colocou. Pra vc querer reafirmar sua opinião ou posicionamento, vc não precisa diminuir o outro.
      Outra coisa… Se não me engano, não é a primeira vez que o Chico Maia repercute um comentário dele. E algum comentário seu ?? Algum dia teve a mesma repercussão pelo dono do Blog ??
      Que vc não concorde com a opinião dele, tudo bem, é um direito seu. Mas daí a classificar como “bobagem”, é no mínimo uma falta de respeito. Ou inveja mesmo.
      Lamentável !!!

      • Sávio Mendonça Spínola disse:

        Camarada você chama o Caicedo de Desgraça e chama o Léo de Medíocre e cobra ética do colega de blog?

        • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

          Caro Sílvio Mendonça Spínola,

          Entendo seu questionamento e também respeito o seu direito de pensar como queira.
          No entanto, porém, todavia… Há uma diferença muito grande entre a pessoa extravasar a sua raiva com o seu time por algum motivo, xingando jogadores de tudo e quanto é nome e fazer o mesmo com alguém num espaço nosso de convivência diária. A maioria dos Torcedores são passionais mesmo e eu não sou diferente. Mas não convivo com jogador nenhum, não pertenço a nenhum espaço de convivência diária deles e quando algum me faz raiva, xingo mesmo seja com o palavrão que for. Agora aqui no Blog, no nosso espaço de convivência diária, por mais que eu discorde de alguém, eu jamais vou replicar a pessoa já a ofendendo ou diminuindo com palavras, no ledo engano de sobrepor a minha opinião à dela. Exceto óbvio, com uns 02 ou 03 aqui que eu classifico como os “mais do mesmo”, que com esses eu fui obrigado sair da linha, mas os próprios sabem muito bem os motivos. E que não me arrependo mesmo. A palavra falada e a flecha lançada, não têm volta !!
          Não sei há quanto tempo você participa aqui do Blog, sinceramente acho que nunca tinha lido algum comentário seu, mas se você já estiver participando há mais de 01 ano por exemplo, você já deve ter percebido minha postura aqui né ?? Tento ser o mais racional, coerente e educado o possível com todos. Mas com quem não merece isso de mim, aí meu nobre, não tenho obrigação mesmo. Tento ser correto, jamais santo… rs

          Abraços

      • Renato César disse:

        “Bobagem” é uma questão de opinião. Na minha, este cara gosta de escrever bobagens sim. Normalmente faz aquelas análises mais parciais possíveis de comentaristas de jornais impressos mineiros. Bem uma linha “Jaeci Carvalho” de “jornalismo”.

        Em relação ao texto do autor, veja se as minhas ponderações não procedem. Pessoal vai muito no modismo e esquece de analisar direito. E, claro, não precisa concordar comigo.

        Sobre dar mais visibilidade a algum comentário meu, já aconteceu algumas vezes sim nestes vários anos que frequento aqui. Durante um período parei de escrever e ficava apenas lendo. Depois, voltei a escrever.

        Não concordo sempre com as opiniões do Chico Maia, mas é um jornalista que eu respeito bastante.

        • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

          Caro Renato César,

          Me desculpe mesmo, tenho que respeitar então sua opinião se vc entende que, falar que o Alex Souza “Só escreve bobagens”, pois é a sua opinião. Só tentei te mostrar que pra você discordar dele, haveria necessidade de falar como falou. Até porque o histórico do Blog corrobora com uma postura dele totalmente contrária à sua opinião. Mas ainda assim reitero que, se é mesmo a sua opinião, só me cabe respeitar e me desculpar contigo.

          Abraços

          • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

            Ops… *não haveria…

          • Renato César disse:

            Se entendeu que eu quis dizer que ele não escreve coisas coerentes, consistentes, imparciais, lógicas e racionais, então entendeu o que eu quis dizer com “bobagens”. Não é desrepeito à pessoa, mas, sim, apenas uma classificação dos seus comentários sob o meu ponto de vista.

            Não concordo com muita coisa que é escrita por aqui. Às vezes mudo de opinião até em relação a coisas que eu mesmo escrevi. Mas, deste cara, não me lembro de uma só vez que tenha concordado com ele.

            Se o pedido de desculpas foi seguindo esta linha, não precisava nem se desculpar. Divergência de opinião é natural.

  • Carlos Almeida disse:

    O Corinthians teve que mudar radicalmente a gestão no futebol diante da sua nova realidade financeira.
    É notório que o clube há anos busca os profissionais destaque em todas as áreas que envolve o futebol.
    Fica o exemplo.

    Tbm questiono mto o ímpeto do Atlético em contratações tão incertas como André Bebezão e Clayton.

    Em termos de gestão creio que Atlético, Palmeiras e Flamengo, só pra citar os maiores gastadores do futebol nacional na atualidade, estão atrás de Corinthians e Grêmio.

  • Carlos Henrique disse:

    Concordo Plenamente, o Corinthians foi campeao brasileiro sub 20
    o Fluminense tem o artilheiro do campeonato
    e uma mulecada que corre por ele.
    o Vasco esta lançando jogadores,
    perdeu de goleada, para o Palmeiras vi o jogo.
    o volante Douglas é muito bom jogador
    diferenciado
    18 anos falaram na transmissao, o Atletico venceu a Chape
    e nessas coisas do futebol
    perdeu Giovane e entrou Kleiton, grande surpresa
    um goleiro que pegou 3 penaltys contra o Fla
    que é muito bom e tem que ser trabalhado, para ser titular no futuro
    perdeu Rodrigao, e entrou Bremer que foi bem demais
    a Chape segundo escutei pelo radio, lançou somente
    52 bolas na area atleticana
    12 cruzamentos certos, e os zagueiros deram conta do recado
    por isso que digo, Jesiel foi bem na Florida Cup
    foi bem contra a Caldense estava no estadio esse dia ate machucar
    era o melhor do jogo, entao,
    o que faz, um clube buscar, um zagueiro , como Feleipe Santana
    se na base tem melhor, se contrataram um jogador de 22 anos
    filho do tecnico Vagner Mancini, que jogou muito contra a chape
    se nao der oportunidade, a Jesiel, Mancini , Bbremer
    no futebol tem que mesclar jovens e experientes
    abaixar a media de idade, a do time titular do Atletico é alta
    a do elenco todo nao é.

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Que absurdo a PM querer vetar a torcida do cam no clássico. Sem as caixas de som, quem vai cantar? Só os Cruzeirenses? Injustiça!
    “Isso infelizmente aconteceu no Campeonato Mineiro, foi uma observação da Polícia Militar in loco. Solicitamos duas medidas para o clube: uma que a colocação de cânticos provocativos no estádio de uma torcida para outra torcida pode verificar crime previsto no Estatuto do Torcedor. A segunda recomendação é para que os clubes não coloquem caixas de som voltadas para a torcida de menor número com objetivo de abafar o barulho dessa torcida”, disse o militar.
    A discussão terminou quando Marcelo Machado, representante do jurídico do Atlético, solicitou que o telão do Mineirão também não exiba vídeos provocativos à torcida do Galo no duelo do segundo turno do Campeonato Brasileiro. Em clássicos anteriores realizados no Mineirão, com mando do Cruzeiro, o clube exibiu, por exemplo, os gols da vitória por 6 a 1 sobre o rival pela última rodada do Brasileirão de 2011. “Pedimos, então, que façam o mesmo no Mineirão. Lá eles passam vídeos que provocam a torcida do Atlético”, disse.
    Como dói na alma deles! É uma ferida aberta que sangrará todos os dias, até o fim dos tempos.

    • Silvio T disse:

      Não amigo, a PM tá advogando em causa própria. Um dia desses um rapaz foi violentamente espancado numa casa noturna pq um soldado, com camisa enseadense, achou que estava sendo provocado. O rapaz simplesmente chamava pela amiga MARIA. Ou seja, parece que a corporação toda fica nervosa quando ouve MARIA. Mas não adianta, já pegou, e no Brasil inteiro..hi hi hi

      • Lucas H. Nobre disse:

        O problema Mariana é que vocês provocam o tempo inteiro e apelam durante o revide. É a torcida mais sensível do mundo! Outra coisa, se vocês não se incomodam com 9, nós vamos pensar em 6? noVeadois eterno!

  • J.B.CRUZ disse:

    Já vi esse filme antes; aguardem !!..Ainda mais em tempos de futebol altamente mercenário e já há bem tempo, niveladíssimo por baixo…
    O próprio Grêmio, vinha sendo um exemplo de tudo que ALEX SOUZA diz em seu Artigo..Em futebol é aconselhável ter um pouco de Prudência para avaliar a performance de um time com o campeonato em andamento..
    Aguardemos !!!…

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Caro Alex Souza,

    Vc realmente foi cirúrgico, principalmente com o que vem acontecendo ultimamente com o Corinthians. Digo ultimamente, porque não foi sempre que ele foi um primor de administração, planejamento e revelação de jogadores. Tanto que já frequentou a segundona.

    O Neymar, se não me engano estreou no profissional do Santos aos 16 anos. E isso aqui no Cruzeiro seria inadmissível !! Tirando o Ronaldo Fenômeno que jogou no profissional do Cruzeiro com 17 anos, eu nunca ouvi falar de outro jogador que tivesse jogado e muito menos se firmado no Cruzeiro com essa idade. Mas o fenômeno nem serve de parâmetro, porque aquele ali era um “extra-terrestre”.

    E os poucos que o Cruzeiro chegou a revelar nos últimos anos, estão mais pra essa classificação muito bem colocada por você de “foguete molhado” mesmo, do que revelação de fato. Aquele tal de Élber mesmo, eu não suporto ver aquele cara com a camisa do Cruzeiro. Enquanto isso, alguns jogadores que realmente se destacaram na Copa São Paulo por exemplo, estão desaparecidos ou sendo emprestados pra time de Portugal.

    Abraços

  • Pedro Vítor disse:

    Vamos analisar as contratações que dizem ser de pouco investimento.

    Gabriel Girotto veio do Palmeiras, ele foi do Botafogo e o Atlético antes do Elias vir, tentou ele, que não veio porque o Corinthians ofereceu mais ão empresário, Palmeiras não quis pagar, fechou com o Felipe Melo.

    Camacho é uma aposta que o Corinthians sempre faz, já fizeram com Elias, Paulinho, Petros, Cristian, Bruno Henrique, Tem a competência do time já ter essa filosofia e padrão e técnicos que não inventam moda como aqui no Atlético e no Cruzeiro onde Mano e Roger querem mudar a história dos times!

    Jadson também o Atlético tentou, fechou com o Corinthians deve receber no Corinthians o que o Robinho recebe no Galo, o tratamento idêntico, a diferença é que o Jadson encaixou lá já não é a primeira que isso acontece, é caso semelhante ao Tardelli no Atlético e Marcelo Moreno no Cruzeiro só jogam e rendem o que se espera render em outras equipes o que rendem nos respectivos times.

    O que falta no futebol brasileiro é competencia de técnicos, diretorias,análises.

    Mas pra acertar tem que errar, o caminho é este

    Quando erra não se destaca, quando acerta aí sim

  • Pedro Vítor disse:

    Acho que concordo discordando. Porque o Corinthians, Santos e Fluminense, Grêmio fazem isso realmente mas fazem porque a fonte secou e não porque tem o planejamento re fazer isso, e mais, O Corinthians patinou, na Sul Americana, na Copa do Brasil ou seja nem tudo é flores meus amigos

    Concordo que apostaram no barato, mas porque num tinha de onde tirar dinheiro. Se tivesse iam torrar como as outras equipes torram!

    E o melhor exemplo nem é o Corinthians, é o Grêmio que ganhou a Copa do Brasil ano passado, mas quem está no auge hoje é o Corinthians.

    Atlético faz diferente, aposta na base mas não pra resolver problemas de falta de planejamento aposta pra dar ão jogador de base complemento de formação, exemplos são muitos logicamente tem que aprender a lapidar lá atrás quando o garoto tem 15 anos, que aí quando ele chega no profissional com 18, 19 anos, já estará pronto e com um ano de profissional já estará despontando.

    Agora quanto a paciência vai me desculpar isso não existe, o que existe é uma expectativa pra cada investimento, quando se investe bastante a expectativa aumenta, quando se investe menos a expectativa abaixa.

    Por exemplo em 2014, com a saída de Cuca, Ronaldinho Gaúcho entre outros a expectativa era menor que em 2013, e o time comendo pelas beiradas assim como Corinthians e Grêmio chegou a conquista!

  • Thiago disse:

    Alex Sousa, concordo com vc. Por isso ainda vamos demorar pra sair do 7×1!!!
    A base do Cruzeiro e Boa mas precisa ter a vontade da diretoria e coragem do técnico pra lançar essas promessas. Ex; Murilo e mais zagueiro que Leo e caicedo, e o técnico isiste em deixar no banco.

  • José Eduardo Barata disse:

    A destacar a parte do texto que nos traz a realidade patética
    de grande parte da imprensa esportiva que trata jogador de
    22, 23 anos , como GAROTOS , como bem dito pelo ALEX .
    O ÉLBER , por exemplo , só é chamado de “menino Èlber” .
    O moço já deve ter uns 30 anos ……

  • marcelo araujo disse:

    É verdade! Curioso é ver quem está lá na reserva, de ‘molho’: “Ainda há, no banco, o meia Danilo, o meia Giovanni Augusto e o atacante Clayton.” dois que estiveram no Galo, contratados a peso de ouro. Com Giovani augusto inclusive houve conflito. Enquanto houver lobby de empresários e dirigentes sorrateiros também sempre veremos bondes sendo contratados. Esse mal assola o brasil em todos os campos. Investir corretamente na categoria de base é a redenção e literalmente a promessa pra qualquer clube se dar bem!

  • mauricio souza - serrano disse:

    Momento oportuno, para comentarmos a categoria de base, do Galo, que só produziu foguetes molhados, que pelo menos faz com que times caem para a segunda divisão, exemplos não faltam:
    – Edson (seis dedos) está no Vila de Goiás;
    – Renan Ribeiro, consegue ser reserva daquele goleiro horrível do São Paulo;
    – Rodrigo Dias, está no River do PI
    – Sheslon, está no grande BOA Sport de Varginha;
    – Thiago Feltri, é reserva do Bragantino, e olha onde o Bragantino está na tabela da 2ª;
    – Rafael Miranda, está no ABC de Natal, na 3ª ou sei lá na 4ª;
    – Serginho, já caiu com Criciúma, com o Vasco, e este ano vai cair com o Sport,
    – Werlei, bem provável que caia com o Figueirense;
    – Leandro Almeida, bastou ele ir para o Inter para ele despencar na tabela era 1° já é o 8°;
    – Renan Oliveira, coitado do Náutico que tenta subir para a 1ª, com ele envergando a 10 do time;
    – Welton Felipe, está no grande Mirassol;
    – Lima está no coitado do Fortaleza, na 3ª;
    – Zé Antônio, está no Guarani, meu Deus… rs rs;
    – Kim, já caiu com o Vasco;
    – Quirino, está no Japão;
    – Enrico, eu acho que caiu com o Vasco também, já deve até ter parado, ou então começado, pois vai ser ruim assim, lá na categoria de base do Galo;
    – Marcio Araújo, muito querido no framengo… rs.rs;
    – Tchô, sei lá onde anda, deve estar na 2ª ou na 3ª;
    – Eder Luiz, caiu com o Vasco 2015;
    – Ramon, alguém falou pra ele que ele era jogador e ele acreditou.
    – Renato, outro da categoria do Ramon, só que bebia mais que ele;
    – Felipe Souto;
    – Eron;
    – Sidimar;
    – Nikão;
    – Pedro Paulo;

  • Antonio Eugênio Sepúlveda disse:

    O tema tem um desfecho redundante, mas não vou aprofundar, porque quem faz isso no Brasil atual é invejoso, estressado ou adepto da teoria da conspiração. É como textos que abordam a violência atual e falta de segurança, são muitos os escritos e achados, mas todos sabem que tudo se resume à impunidade.
    O discurso da mídia nacional de 2017 é o mesmo utilizado para o Palmeiras em 2016. Um clube com diretoria e comissão técnica diferenciados, que contrata um elenco com atletas da 2ª divisão mas que jogam com garra, justificam o sucesso do clube. E os anônimos de antes como Tchê Tchê e Róger Guedes viraram expoentes do elenco mais caro do Brasil. E agora, Jô que está caindo os dentes de tão rodado virou da base. Romero que o Curingão cansou de ofertar e ninguém quis virou craque. Carille dispensado ano passado, saiu do anonimato e já é o melhor técnico do país. Cássio que fez de tudo pra sair, foi banco e treinava à parte, já é citado para a seleção. Marciel que veio ao Cru cru e foi devolvido virou brastemp. Rodriguinho também muito criticado e quase negociado aprendeu a jogar futebol em 2017. Todos sabem que o Corinthians vem de situação financeira caótica, principalmente depois do Itaquerão. Ninguém sabe onde foi parar tanto dinheiro depois de inúmeras transações de jogadores após o título de 2015. É um clube cheio de atos obscuros de diretores e agora surge como exemplo para os demais. Precisa renascer das cinzas para rechear os cofres e que me desculpem, tudo factóides criados para justificar a liderança de um clube amplamente conhecido por suas fortes ligações com o poder.

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Concordo com o comentário.
    Corinthians, Fluminense e Santos são exemplos de times que verdadeiramente colocam a base para jogar. Dão tempo para o garoto se explicar; se não der certo, tchau.
    Já aqui em Minas, ficamos “alisando” demais, esperando demais…
    Das últimas safras do Cruzeiro – que todos falavam que tinham ótimos jogadores – até agora só o Alisson se firmou – Élber não para em pé; Judivan, coitado, nem sabemos se joga mais; o Murilo não tem sequência para se firmar (ou não)…quem mais ??? Onde estão as dezenas de jogadores que começaram com 14, 15 anos, ficaram anos na Toquinha, ganharam títulos e mais títulos, e de repente – nem um lateral direito, nem um lateral esquerdo, por exemplo, o time tem para colocar no jogo.

    • Rezende disse:

      Raul, o Corinthians, Fluminense, Santos e São Paulo são forte na base porque tem o “poder” para atrair os procuradores e os pais dos garotos. Pelo que li na imprensa o Cruzeiro tentou trazer o Luiz Araujo e o São Paulo atravessou o negocio. O Vinicius júnior do Flamengo os pais não quiseram vir com o garoto que preferiram o Flamengo. Alem disso aqui em Minas o ministério publico é muito severo com relação ao aproveitamento de jovens menores de 14 anos, Tudo isso dificulta o aparecimento de jogadores com qualidade.

  • Silvio T disse:

    Vazou ontem a avaliação do médico do Bahia sobre o Carlos Eduardo. Aqui no galo, o departamento que garante ao clube o recorde de contusões mundiais, bancou mais de um ano de boa vida prá esse ex-jogador em atividade. E ainda deu aval prá renovação!

    • Renato César disse:

      Márcio Luiz e José Eduardo Barata, vou transcrever um trecho da declaração: “Um Cleiton Xavier 2, acho que não vai render. Vai jogar, mas não vai produzir muita coisa, tecnicamente. Como é Cleiton Xavier, não frequenta o DM, mas não rende.” (Gilson Meireles, diretor médico do Vitória-BA)

      O Carlos Eduardo foi aprovado nos exames médicos sem ressalvas. O que este tal de Gilson Meireles fez foi dar a opinião dele de torcedor: “Vai jogar, mas não vai produzir (…) não frequenta o DM, mas não rende.”

      Ou seja, não teve erro algum de avaliação do departamento médico do Galo. Se alguém errou (e errou mesmo na minha opinião), foi o Eduardo Maluf (responsável pela contratação). Maluf acertou muito no Galo, mas também cometeu erros como este.

      Não é SUS, não há o que se explicar neste caso. Cobrança sobre rendimento de atletas tem que ser feito à diretoria de futebol.

    • Renato César disse:

      Mas você viu qual foi a avaliação? Ele disse que o Carlos Eduardo estava aprovado do ponto de vista médico, só que não renderia tecnicamente em campo. Você queria ver o Rodrigo Lasmar ou o Carlinhos Neves dando esta opinião de torcedor?

    • Márcio Luiz disse:

      Pois é, Silvio.
      Sempre questionei aqui esse departamento médico/físico do CAM que é simplesmente inquestionável por quase toda a nossa imprensa esportiva e também grande parte da nossa torcida.

    • José Eduardo Barata disse:

      O Atlético virou agência do SUS .
      Quem tem paciência pode listar aí quantos jogadores
      vivem (viveram ) essa situação do Carlos Eduardo .
      E ninguém explica nada .

    • marcelo araujo disse:

      Nó! Eu li isso e fiquei abismado. É no Vitória na verdade, e não no Bahia. Mas fato é que o cara tem alta chance de sofrer lesão e o Galo ficou bancando esse fanfarrão por mais de 1 ano. Aí que está o que falei no outro comentário sobre lobby de empresário e dirigente sorrateiro. Alguém saiu ganhando uma boa $ nessa transação, além do jogador. O Galo é que não foi. Tomou prejuízo.

      • Renato César disse:

        “Um Cleiton Xavier 2, acho que não vai render. Vai jogar, mas não vai produzir muita coisa, tecnicamente. Como é Cleiton Xavier, não frequenta o DM, mas não rende.”

        Ou seja, não disse hora nenhuma que o cara tem alta chance de sofrer lesão. Apenas disse não vai acrescentar tecnicamente. Opinião de torcedor. Não cabe a ele fazer este tipo de avaliação.

        • marcelo araujo disse:

          oi Renato, no que li, está escrito que “Médico do Vitória sobre Carlos Eduardo: ‘Pode estourar o joelho a qualquer momento’. isso pra mim é ter alta chance de lesão e ficar no estaleiro. Olha aí: https://glo.bo/2uexI8k . O negócio é: os médicos do Galo não tiveram a mesma percepção? porque? exames diferentes, diagnosticos distintos, outra situação…

          • Renato César disse:

            Na verdade, meu caro, veja esta parte do depoimento: “Eu, pessoalmente, não contrataria o atleta por uma preferência minha. Eu, como torcedor. Eu tenho o direito de preferir A ou B. Mas, como médico, tranquilizo e adianto que o atleta não vai dar trabalho ao departamento médico”. Não é uma questão de “exames diferentes, diagnosticos distintos, outra situação”. Foi só a opinião do torcedor que, por acaso, é médico do clube.