Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

As limitações do Cruzeiro voltaram a falar mais alto neste empate com o Vitória

cruvit

Em foto da Minas Arena, Sassá, que tentou, perdeu chance clara e o placar ficou em branco contra o Vitória no Mineirão

Alisson, poupado hoje, faz muita falta ao time do Cruzeiro, que esbarrou no goleiro Fernando Miguel e na falta de um artilheiro eficaz. Dois analistas de credibilidade twitaram após uma das muitas chances desperdiçadas. João Vitor Xavier escreveu: “Respeito quem discorda… mas acho pouco inteligente abrir mão do Ábila, pra contar no ataque com Rafinha, Rafael Marques e Élber no banco”.

Vinicius Grissi, da Rádio Transamérica: “Talvez o Cruzeiro não precisasse mesmo de um atacante que faz gols como o Abila…”.

Mas o clube até que tentou ficar com o argentino, mas faltou grana para isso. Sendo assim, o problema desta noite no Mineirão, que vem se repetindo, vai continuar, já que os definidores que o Mano Menezes tem à disposição são bem limitados.

O Vitória fez um jogo inteligente. Se fechou e levou perigo ao gol do Fábio em rápidas estocadas, em contra ataques. Ainda no primeiro tempo o técnico cruzeirense foi obrigado a mexer duas vezes, por contusão: Rafinha no lugar de Elber e Murilo no de Manoel, que estava voltando de contusão.


» Comentar

Comentários:
65
  • Thiago disse:

    Tiago Neves entra no lugar do Rafinha se tiver condicies de jogo

  • Thiago disse:

    Se o reclamano Menezes ouvir mais a torcida não vai inventar moda no jogo contra o Vasco. Faz o simples e não complica ;
    Fábio, Romero, Leo, Murilo, Bryan (Diogo amarelado ), Henrique, Robinho, Ariel, Alisson, sassa e Rafinha

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Caro Thiago,

      Acho que o Ariel Cabral não terá condições de jogo.
      E o que o Regi.Galo/BH falou abaixo sobre o Bryan, é a mais pura verdade. Um penalty pelo menos o Vasco já pode contar, que esse jogador deverá cometer.

      Pra vc ver como a Diretoria do Cruzeiro é amadora… Contratou esse tal de Bryan , em 3 ou 4 jogos ele demonstrou que não é jogador para o Cruzeiro, mas ainda assim continua no elenco até hoje. O Atlético Mineiro contratou o Danilo, chegaram a se empolgar em 2 ou 3 jogos, depois viram que não passava de um jogador voluntarioso, mas fraco e já deram um jeito de emprestá-lo.

      Abraços

    • Regi.Galo/BH disse:

      Caro Thiago,
      Permita-me o pitaco, mas é difícil alguém escalar o Bryan e sair impune, hein!?
      Não brinque com coisa séria…
      Abraço!

      • Thiago disse:

        Ele e fraquíssimo e o Fabrício que graças a deus foi embora era pior. E vcs atleticanos reclamando do Danilo que é melhor que os dois.
        Mas não tem outro e não da é pra improvisar mais. Fica igual remendo novo em calça velha.

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Comentário do Pedro Henrique, em sua coluna no site do Super Esportes… ( Esse cara sim me representa !! Fala o que precisa ser falado, cobra e critica abertamente. Bem diferente de um Arthur Morais da vida, que só sabe babar ovo do Cruzeiro ):

    – Chegou a hora do Torcedor ser poupado…

    http://blogs.uai.com.br/nossomoscruzeiro/2017/07/31/chegou-hora-do-torcedor-ser-poupado/

    “4 vitórias nos últimos 17 jogos. É isso mesmo. Você não leu errado. Entre todos esses jogos em que o Cruzeiro não venceu, o time não conseguiu praticar um futebol atraente e a tônica não tem sido muito diferente. O que mudou foi a entrega em campo. Nas últimas exibições, os jogadores estão se dedicando mais. De resto, muita posse de bola e pouca efetividade no campo de ataque. Ou time recuado e buscando o contragolpe. Depende da ocasião. E as desculpas já não colam: desgaste, sequência e por aí vai.

    Parabéns aos mais de 12 mil torcedores que estiveram hoje no Mineirão. Eu também estive lá. Enfrentamos o frio, tivemos gastos e vimos em campo um time preguiçoso e que hoje não tinha nem vontade. Os jogadores não tiveram a capacidade nem de se movimentar para receber as bolas. E aí ficou aquele toquinho de lado irritante, aquele “lesco-lesco” que a gente já está cansado de ver. Repito: parabéns aos cruzeirenses que foram hoje ao Mineirão. Ver um time que não conseguiu vencer, em casa, o vice-lanterna do Brasileirão. Uma vergonha.

    Acho que chegou a hora do torcedor ser poupado também. O Cruzeiro vem consagrando os goleiros adversários, vem distribuindo pontos para os times pequenos e vem conquistando feitos absurdos como a primeira derrota na história para o Avaí, os empates com o Palmeiras na Copa do Brasil e míseros 23 pontos no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Então, assim, está na hora do Cruzeiro poupar o seu torcedor dessas coisas. A gente também cansa. Fisicamente e psicologicamente. Não precisa ser atleta para sentir desgaste.

    Vou encerrar o texto por aqui. Quero poupar minha inteligência e meus dedos. Quero também poupar os milhares de leitores que acessam este blog e que já estão cansados de ler as mesmas análises de sempre, porque o Cruzeiro é hoje uma equipe que não apresenta muitas novidades dentro de campo. Fora dele, sempre uma surpresa. Manoel e Arrascaeta de volta ao DM, por exemplo. Veja bem, já estou passando raiva só de pensar. Vou me poupar. Vou te poupar.” ( Pedro Henrique ).

    http://blogs.uai.com.br/nossomoscruzeiro/2017/07/31/chegou-hora-do-torcedor-ser-poupado/

  • Rafael disse:

    E o Diogo Vivo Arrumando o Cabelinho Barbosa dizendo que não ouviu as vaias? kkkkkk

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Coluna do Pedro Henrique, no site “Super Esportes”:

    – Chegou a hora do Torcedor ser poupado…

    “4 vitórias nos últimos 17 jogos. É isso mesmo. Você não leu errado. Entre todos esses jogos em que o Cruzeiro não venceu, o time não conseguiu praticar um futebol atraente e a tônica não tem sido muito diferente. O que mudou foi a entrega em campo. Nas últimas exibições, os jogadores estão se dedicando mais. De resto, muita posse de bola e pouca efetividade no campo de ataque. Ou time recuado e buscando o contragolpe. Depende da ocasião. E as desculpas já não colam: desgaste, sequência e por aí vai.

    Parabéns aos mais de 12 mil torcedores que estiveram hoje no Mineirão. Eu também estive lá. Enfrentamos o frio, tivemos gastos e vimos em campo um time preguiçoso e que hoje não tinha nem vontade. Os jogadores não tiveram a capacidade nem de se movimentar para receber as bolas. E aí ficou aquele toquinho de lado irritante, aquele “lesco-lesco” que a gente já está cansado de ver. Repito: parabéns aos cruzeirenses que foram hoje ao Mineirão. Ver um time que não conseguiu vencer, em casa, o vice-lanterna do Brasileirão. Uma vergonha.

    Acho que chegou a hora do torcedor ser poupado também. O Cruzeiro vem consagrando os goleiros adversários, vem distribuindo pontos para os times pequenos e vem conquistando feitos absurdos como a primeira derrota na história para o Avaí, os empates com o Palmeiras na Copa do Brasil e míseros 23 pontos no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Então, assim, está na hora do Cruzeiro poupar o seu torcedor dessas coisas. A gente também cansa. Fisicamente e psicologicamente. Não precisa ser atleta para sentir desgaste.

    Vou encerrar o texto por aqui. Quero poupar minha inteligência e meus dedos. Quero também poupar os milhares de leitores que acessam este blog e que já estão cansados de ler as mesmas análises de sempre, porque o Cruzeiro é hoje uma equipe que não apresenta muitas novidades dentro de campo. Fora dele, sempre uma surpresa. Manoel e Arrascaeta de volta ao DM, por exemplo. Veja bem, já estou passando raiva só de pensar. Vou me poupar. Vou te poupar.”

    – Esse Pedro Henrique me representa. Esse sim fala o que precisa ser falado, cobra, critica e põe o dedo na ferida. Não é como o baba-ovo de Diretoria como o Arthur Morais por exemplo, que só quer enxergar maravilhas no Cruzeiro.

    http://blogs.uai.com.br/nossomoscruzeiro/2017/07/31/chegou-hora-do-torcedor-ser-poupado/

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Grande Regi.Galo/BH,

    “C tá baum né ??”
    Vi a sua brincadeira naquele meu comentário que fiz antes de viajar, dizendo que ficaria sem acompanhar quase nada de futebol e consequentemente o Blog por uma semana, avisando que caso o Cruzeiro dançasse na Copa do Brasil, não era pra vocês pensarem que eu tinha “sumido”… rs
    Mas não foi desculpa pronta não… rs É que eu realmente, fosse pra comemorar ou pra aguentar zoação, não iria estar por aqui… E se o Cruzeiro tivesse sido eliminado, agora que estou de volta eu teria que aceitar as zoações numa boa, mesmo que as retroativas… rs

    Abraços

    • Regi.Galo/BH disse:

      Caro Claytinho,
      Que bom que está de volta. Já o cumprimentei noutro post e espero que esteja tudo bem!

      Nada! Eu fui mesmo foi brincar com ‘as suas possíveis desculpas’ e desejar boa viagem.
      Nada à ver, amigo. A gente, antes de qualquer coisa, tem outras responsabilidades na vida.
      Estar aqui, ou não estar aqui, é um exercício de direito e, por que não, de disponibilidade.
      E penso, até, que é preciso estar bem consigo, para também participar da melhor maneira e com a mente aberta a novas experiências, não acha!?

      Portanto, quem estiver que venha em paz e quem não estiver que esteja em paz também.
      Um bom retorno e Abraço!

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Fui dar uma conferida no Blog, nos post’s que perdi nessa semaninha que estive em viagem de férias e preferi me ausentar de quase tudo ligado ao futebol e percebi que alguns Atleticanos contestaram alguns Cruzeirenses que comemoraram aqui no Blog, a classificação do Cruzeiro na Copa do Brasil e a eliminação do Atlético Mineiro… Alguns dizendo que o cara tava mais preocupado em zoar o Atlético Mineiro, do que em comemorar a classificação do Cruzeiro… Outros dizendo que o Cruzeirense não tinha o direito de estar aqui zoando, sendo que os dois times estão a mesma draga, alguns dizendo que o Cruzeiro ainda não ganhou nada esse ano e blá…blá…blá…
    Mas aí eu pergunto… O que seria do futebol se não fossem as zoações sadias ??
    E, se fosse necessário ou obrigatório o time ter conquistado algo, ou estar muito superior ao rival, para aí sim o Torcedor estar plenamente amparado para zoar, o que então os Torcedores Atleticanos fizeram quase a vida toda, antes de conquistarem a Libertadores de 2013 e a Copa do Brasil de 2014 ??
    Então gente, a zoação é válida e sempre vai existir. Independente da situação de um ou de outro. O Torcedor de bom senso sabe disso e entende que deve saber como zoar e da mesma forma assimilar quando é zoado. E aquele que não sabe lidar com isso, vai sempre tentar encontrar uma forma que lhe for mais conveniente para tentar contrapor a zoação rival, mesmo sabendo que isso só serve para atenuar a sua dor por não saber assimilar uma zoação…
    Quanto aos dois times, Cruzeiro e Atlético Mineiro, eu comentei aqui mesmo no Blog já a algum tempo, que infelizmente a nossa sina esse ano seria aquela de um esperar o tropeço do outro para zoar, porque se dependesse dos nossos times mesmo, estaríamos lascados… Mas se nem isso for possível, aí que lascou tudo mesmo… rsrs
    Talvez, estou dizendo “talvez” a frustração dos Atleticanos seja um pouco maior que a dos Cruzeirenses, dado o grau de expectativa criado. Quando na visão de boa parte da Torcida Atleticana e de quase toda Imprensa, o elenco do Atlético era um dos melhores do País e favorito a disputar na parte de cima da tabela as prinicipais competições do ano.
    Mas em suma, os dois times estão medíocres, fazendo campanhas pífias principalmente levando-se em conta a folha salarial e simplesmente pagando pelos próprios erros cometidos, seja na formação de elenco, no planejamento ou na administração. Na minha opinião, ambos vão ficar nessa gangorra particular até o final, hora um na frente, hora outro. Se conseguirem se manter na Série A, já será lucro. E infelizmente, vamos continuar nessa sim senhores de um zoar o vexame do outro pelo menos até o fim deste ano. Seria cômico, se não fosse trágico…

  • Frederico Dantas disse:

    Preguiça deste time do Cruzeiro.

    • Regi.Galo/BH disse:

      Caro Frederico Dantas,

      Com a sua licença, não deixe essa sementinha germinar assim não.
      Seja em qual time for, hoje em dia os ‘caras’ lá não querem nem saber o quanto a gente sofre com isso. A gente nunca foi escravo de futebol e acho sensato não sermos também agora.

      Ao contrário da preguiça que realmente insiste, vamos usar é da voz ativa para cobrar o que a gente acredita que merece de cada responsável. Nenhum de nós pode servir de vítima das circunstâncias.
      O futebol está imitando a política e isso faz tudo ficar pior ainda.
      Se a coisa está ruim, temos é que exigir por melhoras.
      Abraço!

      • Frederico Dantas disse:

        Você pode estar certo, Regi.
        Mas na verdade, tenho mais medo da preguiça com a política do que a com o futebol.
        Futebol sempre foi para mim e sempre será entretenimento.
        Já a política, gostemos ou não, afeta diretamente as nossas vidas.

        Abraço e valeu a dica.

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Caro José Eduardo Barata,

    Presumo que vc possa estar acompanhando o Blog, mesmo optando por não comentar. É óbvio que é um total e sagrado direto seu. Porém, mesmo eu sendo um desconhecido pra você, gostaria de lhe pedir que refletisse e reconsiderasse essa sua posição de não mais comentar no Blog. Pois, sua participação aqui engrandece e muito a qualidade dos debates e troca de opiniões. Como Torcedor, as vezes a gente fala alguma coisa no calor da emoção mesmo, que só depois percebemos que erramos ou exageramos. Então, eu quero crer que vc tenha falado aquela vez que iria se afastar do Blog, mais movido por alguma raiva de Torcedor passional que somos mesmo, ou por alguns “chás” a mais ( rsrs ), do que propriamente uma decisão sóbria e definitiva.
    Se em algum momento você se sentiu mal interpretado ou até destratado por algum participante aqui do Blog, inclusive do seu próprio time, releve, ignore ( Ou rebate proporcionalmente também… rs ) e saiba que para a maioria aqui, a sua participação é muito importante.

    Abraços

    P.S.: Desculpe por me manifestar somente hoje. Mas é que eu estava em viagem de férias e nessa última semana, só acessava o Facebook e o WhatsApp.

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Enfim, depois de uma bela semana de passeio em viagem de férias e desligado quase que totalmente do futebol, estou de volta a BH e ao trabalho, mas com as as energias renovadas Graças a Deus !
    Cheguei ontem a tempo de assistir pelo menos o segundo tempo do jogo do Cruzeiro, meu Deus, que coisa horrível !! Não sei como foi o primeiro tempo, mas no segundo tempo o time estava perdido em campo, afoito e sem organização tática nenhuma. E sinceramente, empatar dentro de casa com o Vitória/BA, pode ser considerado como derrota. E será quando o Mano terá peito pra barrar o ex-jogador em atividade Rafael Sóbis ??
    A impressão que tive ontem, foi que os jogadores não estão no Campeonato Brasileiro com a mesma motivação que estão com a Copa do Brasil. Subestimaram o adversário e por pouco não foram derrotados dentro de casa. E é justamente por esta oscilação, por essa inconstância do Cruzeiro que a minha opinião continua sendo de que a nossa luta nesse Brasileirão é somente pela permanência na Série A.

  • célio alvarenga disse:

    12 mil testemunhas em um estádio em que cabem 60 mil!melancólico!

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Independentemente dos 22 pontos que ainda faltam – e eu prometi que só comentaria alguma coisa depois que chegássemos a essa marca – não dá para fazer observações a respeito do Departamento Médico do Cruzeiro.

    Judivan ? 2 anos sem jogar.
    Dedé ? 3 anos ou mais sem jogar.
    Arrascaeta – fatura por estresse – mas para que serve a Fisiologia, os exames prévios, a pré-temporada, etc. e tal ?
    Manoel – esse é o pior caso: uma fratura no dedinho do pé tira o jogador do time por TRÊS MESES !!! E quando volta sente a contusão.

    É demais para mim.

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Caro Raul Otávio da Silva Pereira,

      Lamentável sobre todos os aspectos esse Depto. Médico do Cruzeiro.
      Tudo bem que todo time tem tido seus desfalques por contusões, mas no Cruzeiro a coisa beira ao absurdo !!!
      Dois médicos desse mesmo Depto. Médico pediram demissão há pouco mais de um mês, soltaram nota à Imprensa dizendo que não concordavam com a metodologia implantada e dizendo que eram impedidos de aplicar seus conhecimentos, mas ninguém da Imprensa deu muita importância pra isso. E o prejuízo técnico e financeiro que esse Depto. Médico vem dando ao Clube é imenso.

      Abraços

  • Rodrigo Couto disse:

    A volta do Manoel foi um fiasco, com o jogador sentindo o mesmo local da cirurgia, o pé. Ariel Cabral batalhou o jogo todo e acabou se contundindo e tendo que jogar no sacrificio, pois o treinador já havia mexido três vezes, sendo duas por contusão. Henrique foi regular, Rafinha entrou e melhorou o ataque, mas foi pouco para mudar o panorama da partida. Thiago Neves correu demais, mas perdeu dois gols que não poderia ter perdido. Fizeram diferença no empate ruim. Sassá perdeu um gol com uma finalização de pelada, não de um jogador profissional. Rafael Sóbis péssimo mais uma vez, não faz jus ao alto salário e ao que se espera dele. Merece banco imediatamente, mas para entrar quem, Rafael Marques? Álisson fez falta na partida. Nas últimas dezessete partidas, o Cruzeiro do Money Menezes só venceu quatro, mas só se fala da classificação contra o Palmeiras. O Cruzeiro de 2017 deixa demais a desejar, um jogo bom e três ruins, com o time estacionado no meio da tabela do campeonato brasileiro, não vislumbro nada diferente e se chegar na final da Copa do Brasil vai ser na bamba!!! #benecyalimentoubemasmarrecas

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    22 pontos.

  • Júlio Ávila (Mariana) disse:

    Não é que a turma que tirou uma semana de descanso voltou mesmo rapaz!!! Oque uma vitória sobre o poderoso coxa não faz hein!!!! A turminha saiu da toca,as desculpas são variadas, descanso, Net, trabalho, viagem etc.

    • César de Freitas disse:

      O Cara não falha um post do galo em seus comentários, ai e gente vem dar uma olhadinha no do Cruzeiro e o cara faz um comentário inteiro do galo, e não comenta nada daquele que ele diz que é seu time do coração, vai entender. Se você quer ser torcedor do galo esqueça pois aqui não tem vaga pra você não.

    • Marcão de Varginha disse:

      Como “sairam da toca”, meu caro? sem ofensas, por favor!
      -#benecyternomito

    • Alex disse:

      …não é que vc ainda quer falar do Galo ,mesmo com as costas sapecadas….kkkk….aonde foi parar sua confiança?….kkk….conta comigo, falta 23 pontos pra não serem rebaixados e para de rebolar…..kkk….

    • Jorge moreira disse:

      O mariana não tem jeito com voçê hem , o seu time joga e voçê vem falar da sua maior paixão que todos sabem que é o GALO, pô toma tenencia, volte os seus olhos os seus ouvidos pra sua origem se´´e que voçê tem né, ou então voçê é timido e não quer REVELAR QUE É O GALOkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkko seu time joga de vez enquanto mas quando ele jogar faça comentários quem sabe algum torcedor do seu time possa gostar, Eu nunca jamais comentei e nem comentarei sobre o seu time só comento a sua falta de…………….

    • célio alvarenga disse:

      às 06:58?já acorda pensando no galo,hein?e parabéns pelo empate com o poderoso vitória!

  • Leandro fabricio disse:

    Esse time do enseada é igual assistir filmes do Jason, quando a mocinha consegue escapar e corre corre corre mas aí quando para pra descansar vc já sabe que vai levar uma machadada e morrer, assim é o enseada esse ano kkk daqui a pouco cai durinha na copa do Brasil

  • Leandro fabricio disse:

    Alo João chiabi, vc me afirmara com todas as letras em resposta num post anterior que seu time nessa rodada estaria com 5 pontos de vantagem em relação ao atlético porque segundo vc o coritiba ia bater o Atlético e seu time ganharia do Vitória rsrsrs

    e aí? Tá ruim de previsão hein kkk, é meu amigo a coisa tá feia só do lado de cá não viu, o lado de vcs também tá bao não a diferenca é que para a imprensa esportiva mineira em sua maioria o que dá ibope é tentar implantar crise no atlético e jogar as mazelas do seu time para debaixo do tapete, sinceramente espero que continuem assim

    • Alex disse:

      …Leandro, dá uma olhadinha no blog azul do Globo.com pra vc ver o que os simpatias estão dizendo do Chiabi….nem os azulados aguentam isso….kkkkk

      • Leandro fabricio disse:

        pois é Alex, é a segunda vez que ele dá pitaco nos meus comentários (tem todo o direito ) aí cai do cavalo eu chamo ele pro “combate ” e ele não dá as caras kkk

  • Alex Souza disse:

    LICENÇA PARA MATAR: A torcida do Cruzeiro de raiva. Um mistério a situação do Rafael Sóbis; futebol horroroso, condicionamento mediano e sem raça. Passa a maior parte do tempo parado em campo. Veio para ser a estrela da companhia e não rendeu. E para quem perde tempo tentando explicar porque o Cruzeiro está nessa situação tão ruim uma pergunta: Por que ele a titularidade desse cara nunca foi ameaçada?
    INCOERÊNCIA: Qual a necessidade de voltar Manoel ao time titular, sacando Murilo? O jovem zagueiro vinha bem e foi importante num momento de baixa do sistema defensivo. Não teria sido melhor ir testando o antigo titular aos poucos? O cara voltou e teve, ao que parece, a mesma contusão (DM deve ter uma explicação). Parece que falta habilidade ao treinador para administrar as disputas naturais entre os mais experientes e os jovens; não é legal que haja intocáveis no Cruzeiro.
    ANTIJOGO 1: Élber vinha bem no 1º tempo da partida contra o vitória e foi violentamente atingido no rosto por um jogador do Vitória (nem cartão levou); várias vezes foi acionado em velocidade e ganhou a disputa contra a marcação. No lance que o lesionou ia ganhando mais uma em velocidade e um atleta do Vitória, que ia sendo batido, veio sobre ele na maldade. A arbitragem deveria ser mais rigorosa com faltas intencionais, como a que tirou Élber da partida e não foi punida com amarelo. De Arrascaeta está vivendo uma situação difícil por causa de uma jogada desleal de Copete, que segue jogando. Enquanto isto a arbitragem fica enchendo o saco dos jogadores e treinadores no banco de reserva e punindo autores de gol com cartão amarelo.
    ANTIJOGO 2: O goleiro do Vitória e vários jogadores fizeram cera e retardaram o andamento da partida a todo momento. Várias quedas em campo, simulação de contusão, demora nas reposições de bola e cobranças de infrações. A verdade é que todos os times recorrem a este tipo de recurso quando lhes interessa (os comentárias são sempre de aprovação: “experiente, dá aquela esfriada no jogo, malandro”); o que não pode é um time experiente como o Cruzeiro ficar nervoso quando este tipo de recurso for usado contra.
    CADÊ O ATAQUE: O Vitória, em dois contra-ataques, levou perigo e Fábio acabou fazendo duas boas defesas, uma em cada tempo. É preciso ter cuidado: numa dessa toma gol e perde o jogo. Já o Cruzeiro perdeu três boas chances e quatro gols feitos; Élber desperdiçou boa chance no tempo inicial, chutando para fora e Rafinha perdeu duas conclusões chutando fraco. Sóbis (1º tempo), Sassá (2º Tempo) e Thiago Neves duas vezes (2º tempo) perderam a chance de marcar e colocar o Cruzeiro numa posição melhor na tabela. O time trabalhou e alimentou o ataque, contudo, os goleadores foram incompetentes mais uma vez.
    INCONTESTÁVEL: Qualquer time que vem ao Mineirão e se coloca na retranca coloca o Cruzeiro na prova; quando não é a dificuldade de armação o que prevalece são os gols perdidos. Incrível. Mais incríveis ainda as desculpas: “a bola não quis entrar”; “o pão caindo com a manteiga para baixo”; “dominamos a partida e não fomos felizes”; “não tem time bobo”…
    MUDOU: Os adversários estão jogando contra o Cruzeiro no Mineirão da mesma maneira; só saem na boa. Sempre foi assim e continuará sendo assim. O que mudou foi a capacidade do Cruzeiro de fazer valer a sua força e ganhar os jogos.

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Caro Alex Souza,

      Raramente eu erro nas minhas avaliações de perfil das pessoas… Tenho um lado meio que “psicológico”… rs E eu não tinha dúvidas de por trás desse nome “Alex Souza” havia um ser humano diferenciado. E esta sua divagação abaixo, falando um pouco da sua história e finalizando com James Brown, só confirmou o que eu já imaginava a seu respeito. Parabéns !!

      E deixo aqui registrado também, um “salve” especial para o Renato César, pela ponderação e humildade.

      São participantes como vocês e mais vários outros aqui deste espaço, que dão qualidade ao bom debate e engrandecem este Blog.

      Abraços

      • Renato César disse:

        Meu caro, às vezes a gente erra a mão e bebe esta “água fervendo” mesmo. Mas, nos dias normais, a opção é pela discussão sadia.

        Acho a coisa mais natural do mundo reconhecer os próprios erros. Assim se caminha para frente.

        Após um momento de maior turbulência aqui no blog, as coisas estão se ajeitando e as postagens têm sido cada vez mais sensatas. Uma cutucadinha aqui, outra ali, estão dentro do esperado.

        Nível está melhorando tanto que daqui a pouco o Barata vai acabar revendo sua posição, atenderá aos pedidos e voltará a comentar também. Assim espero!

    • Pedro Vítor disse:

      Rapaz Alex Souza, não sou de ler essa leitura pós jogo mas este papo dos anos 60/70 foi excelente e o final na verdade o gran finale de James Brown você deu um nó tático hehehehehe abraços

    • Renato César disse:

      Caro Alex Souza, como disse ao Claytinho, “ainda bem que ninguém deixa de escrever por conta de opinião dos outros”. Espaço é democrático, cada um com a sua opinião, permite brincadeiras, permite desabafo de muitos, permite até que alguns entrem só para desfazer dos outros quando seu time ganha e o adversário perde e, depois, estes somem de novo.

      Vejo que suas análises são sempre muito parciais. O estilo de escrita tipo jornal popular facilita a leitura. Logo, cruzeirenses e alguns atleticanos gostam. Eu, particularmente, não vejo que acrescenta ao que gosto, que é a discussão produtiva, independentemente de quem tenha jogado.

      Não se importe com a minha opinião e continue escrevendo à sua maneira porque certamente agrada a muitos. Tenho certeza que o Chico Maia atinge seu objetivo quando consegue reunir diversos públicos neste espaço.

      Também peço desculpas pela “água fervendo” que eventualmente, ou não, tenha bebido. Faz parte principalmente deste mundo esportivo.

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Caro Alex Souza,

      Que bom que vc não está nem aí para as opiniões do Renato César… rsrs
      Pelo menos na minha opinião, na de muitos Cruzeirenses e do próprio Chico Maia, que vez ou outra repercute suas análises, suas colocações são sempre muito pertinentes sim.

      Abraços

      • Renato César disse:

        Meu caro, importando ou não com minhas opiniões, bom mesmo é poder dizer que ainda bem que ninguém deixa de escrever por isto!

        Seja bem-vindo de volta!

        • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

          Grande Renato César,

          Isso mesmo ! Vc tem toda razão !

          Abraços

          • Alex Souza disse:

            Abraço aos amigos Chico Maia, Claytinho e Renato.
            O Blog do Chico Maia é um espaço muito democrático e a gente tem prazer na resenha; vez por outra a gente “bebe uma água fervendo” por causa da situação do time, mas são coisas do futebol e suas paixões.
            Esse coisa de gostar de futebol faz parte de minha vida desde 1974; mamãe gostava de falar sobre as brincadeiras do Aldair Pinto, salvo engano na Rádio Guarani, num programa matinal, com as torcidas dos times de MG nos anos 60 e início dos 70 (parece, não sei ao certo, que a maioria levava tudo na esportiva); lá no interior Vovô (faleceu em janeiro com 105 anos), torcedor do Cruzeiro, se reunia aos domingos com um Compadre, torcedor do Atlético. Dois pais de família que apreciavam um bom papo, uma garrafa de café e as jornadas esportivas da Rádio Inconfidência ou Rádio Guarani (eu ficava ouvindo as estórias); depois veio o tempo das “embaixadas” ao Mineirão em ônibus fretado por cruzeirenses e atleticanos (ou vinha junto ou não enchia o ônibus), coisa proibida hoje.
            Depois veio o tempo de acompanhar pelo caderno de esportes do Diário da Tarde, da revista esportiva mineira Terceiro Tempo (sumiu), salvo engano em 1981/1982 e um nº ou outro da Placar ou Manchete Esportiva que tinham matéria de capa do futebol mineiro.
            O espaço aqui do blog ajuda a manter vivas memórias afetivas que ajudaram a construir parte de minha vida. A zoação é a mesma que quem perdia o clássico enfrentava na volta para a cidade no ônibus especial. Faz parte. O Chico Maia a gente acompanha desde os tempos do Minas Esporte, na Band; começava mais tarde, depois dos programas de rádio e dos tradicionais Papo de Bola e Globo Esporte, e sempre havia um olhar diferenciado para os times e as atuações.
            Aos amigos um som de James Brown & The Famous Flames no Programa Tami Show, em 1964:
            Música Night Train ao vivo: https://www.youtube.com/watch?v=ZF_rZrH4yBY

    • Renato César disse:

      Quando digo que os comentários deste cara são sempre fracos, pessoal acha que pego pesado. Este foi um jogo bom para comprovarmos isto: adversário mais organizado em campo, propondo mais o jogo na maior parte do tempo, se fechou mais ao final da partida para garantir o resultado e teve um pênalti escandaloso não marcado a seu favor.

      Isto que falei está em todos os jornais (é claro, não levando em consideração um “super” jornal de esportes do Estado de Minas – Gerais – e uma certa rádio líder em audiência esportiva na capital mineira). Mas a “análise” dele mostra qual realidade?

      Perdi o meu tempo lendo hoje só para mostrar isto. Formatação de resenha de jornal popular não significa (e normalmente não mesmo) boa coisa. Volto a não ler e que leiam os que quiserem.

  • J.B.CRUZ disse:

    A melhor resposta para resultados estranhos que ocorrem neste campeonato (2.017), foi dado por um jogador do Atlético Goianiense(lanterna), depois de seu time ganhar da Chapecoense em Chapecó:
    A série A é composta de 20 clubes, e, todos com a mesma pretensão; chegar no final com uma boa pontuação, visando sonhos maiores…É isso aí…
    Nem todo dia se ganha: sempre pode ser a vez do outro…..
    CRUZEIRO SEMPRE !!!..
    Avida segue e o Campeonato Idem ….
    Rumo ao BI-PENTA !!!..

  • Luiz ibirite disse:

    Vc disse tudo, time limitadíssimo, sobis até quando? E o elber só machucando mesmo pra sair, Thiago Neves sozinho não fará chover, quanto a liberação do abila é só mais uma prova do quanto está diretoria vem errando nestes últimos três anos, e agora? Alisson está sendo poupado, nosso dm precisa se explicar pois liberou atletas que se diziam recuperados e eles jogam dois jogos e voltam pro dm, Robinho, Ezequiel, dede, arrascaeta, Manoel, como não desconfiar que são as mesmas lesões, pois aqui fora não são muito claras as informações repassadas do clube e colocaria a desculpa pelo pessimo jogo de hoje no desgaste de quarta é pura balela.

    • Leandro fabricio disse:

      o Luiz com todo respeito mas vejo que seu time tambem tá numa situação caótica quando vejo em vcs na dependência de um tal de alisson kkk aí vejo o quanto vcs também vão sofrer nesse restante de ano. ..

      • luiz ibirite disse:

        Pois é Leandro, outro dia tive que admitir aqui mesmo neste blog que o Alisson hj é peça fundamental neste time (que dureza, estou admitindo d nv) e ainda por cima disse que se neutralizar o lada esq. ja era, time esta sem lateral ha um bom tempo, nao é possivel q na base nao tenha um lateral, o cruzeiro perde muito pois o romero esta desperdiçado na lateral, o tal do lennon, não comprometeu tanto assim, ja que o mano vai ficar ate acabar seu contrato, vamos ter de aguentar os cadeira cativa.

  • Regi.Galo/BH disse:

    Caro João Chiabi Duarte,

    A coisa não está fácil para o meu lado, e com tendências a piorar, mas o direito de resposta é oportuno.
    Isto é, se antes a questão eram os VASTOS dois pontos de diferença entre um e outro…
    … agora, precisamos mesmo é de uma cartomante confiável.


    (Lembra-se do caso da mandioca no Horto, o Curitiba lá e o Vitória aqui??? Pois é, sô…)

    A Mandioca, o Tomate e o Jiló

    A coisa anda mesmo um desconforto,
    É uma verdade que não quer calar.
    A safra anda muito ruim no Horto,
    E é só a mandioca que tá dando lá.

    Mas, a gente não é tão Galo morto.
    E agradecemos poder dividir a gamela.
    Se, por acaso, aparece Raposa no Horto,
    A gente só repassa a mandioca nela.

    Se no Mineirão, com essa tal Raposa,
    Que lá não deixa os outros plantar.
    A safra é de tomate, jiló e coisa.
    É bem mais difícil de controlar.

    O problema é que na horta entra outros ‘bicho,
    Que só chegam e esculhambam sem dó.
    E mesmo com a Raposa exigindo capricho,
    Pisoteiam o seu tomate; e ainda comem o jiló.

    Mas, sabemos que nem tudo pode ser desgôsto.
    É coisa boa para se refletir.
    Ainda bem que 13º não cai em Agosto!
    E os tais dois pontos, podem até diminuir…

    Então, é justo usarmos da prudência,
    Enquanto Galo e Raposa não tiverem a consciência,
    Para encerrar com essa tal ladainha.

    Enquanto que a sua Raposa nunca quis o Independência.
    No Mineirão, o meu Galo vai cantar de conveniência,
    Porque, ruralmente, é lá que ainda ‘em terra minha’.

    Abraço!

  • Alex disse:

    THALES ROSA
    26 de julho de 2017 às 23:58
    Normal.. Micalle não dura um mês.. Coritiba, coringa, xflamengo… E queda..
    Fogão dando a preferência para o freguês como sempre..
    Ps: daqui a pouco Pinkinho, vc vai ter que mudar a foto do perfil outra vez de tanta vergonha….vai gostar de dar manota…kkkkkkkkkkkkkkk

  • Alex disse:

    JULIO AVILA (MARIANA)
    27 de julho de 2017 às 16:20
    A china azul deu mais um show e mostrou como se comporta a maior e mais linda torcida de Minas,toca 3 é a nossa casa,nós cobramos,apoiamos mas jamais deixamos nosso cruzeirão cabuloso!sempre juntos!!! #Avanteraposa
    Ps; nunca abandona…kkkkkkkkkkkk……..isso é prga por tentarem se passar por time do POVO…..kkkkk

  • Alex disse:

    …CLAÚDIO
    27 de julho de 2017 às 18:44
    está difícil aguentar esta “torcida” nutela, modinha e de simpatizantes.
    só porque colocou 45.000 pessoas pela terceira ou quarta vez no ano, no maior estádio de minas e ganhou do time mais caro da américa latina, acha que tem o direito divino de poder zoar a “massa” que lota o gigante do horto com suas 12.000 e alguma coisa de pessoas.
    ps. ….kkkkk…..kkkkk…..kkkkk…..
    Ps: Cláudio, por falar em 12000, foi isso que vcs conseguiram hoje num estádio pra 60 mil….kkkk…..foi profético isso que vc falou…..kkkkkkkkkkkk….cara, não pode zoar uma LENDA….dá azar….kkkkkkkkkkkkkk

    • Leandro fabricio disse:

      essa fase vaga-lume do enseada ressuscitou nego que não aparecia ha muito tempo por aqui Alex kkk

      mas eles são iguais ao time que torcem, aparecem e somem, aparecem e some torcida vaga lume

      só aparece na boa e olhe lá

      • Alex disse:

        …Leandro, foi impressionante como a arrogância voltou com aquele empate sofrido deles com o palmeiras….na verdade Leandro, eles comemoraram mais a derrota do Galo do que a classificação deles…é a velha tremedeira….já pensou se eles batessem de frente com o nosso time outra vez….eu já fui assim Leandro, viva pra comemorar as quedas azuladas….eles estão sofrendo demais…kkkk

        • Leandro fabricio disse:

          verdade Alex, infelizmente fomos eliminados e adiamos o sonho deles de serem campeões em um torneio nacional em cima da gente kkkk como fizemos com eles em 2014

    • Claudio disse:

      Falou o pombo jogador de xadrez.
      Parabéns por guardar minhas palavras em seu arquivo pessoal.
      Espero que um dia você olhe para sua família e veja o tempo que você desperdiçou em blogs esportivos procurando atenção de estranhos e que este tempo não lhe faça falta.
      Abraço!

  • Alex disse:

    …está de volta o projeto Evaldo braga, vamos sorrir minha gente:
    “o profeta”
    THALES ROSA
    28 de julho de 2017 às 16:40
    tem gente desesperada por 45 pontos logo…
    Ps: tem sim….você….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…..