Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Cruzeiro x Botafogo para tentar entender o péssimo desempenho ofensivo do Galo

CRUBOTA

Obrigado ao Francisco Gabriel que enviou este interessante comentário, com uma novidade que deveria ser copiada por gente demais: comparações táticas entre os maiores rivais do futebol mineiro e não ofensas que não levam nenhum lado a nada.

* “Bom dia,

há poucos minutos terminei de ver o vídeo tape do jogo Cruzeiro x Botafogo. Durante o tape eu fiquei fazendo comparações e indagando porque o Galo não consegue ter os espaços para atacar como os outros times sempre conseguem ter, principalmente jogando em seus próprios domínios. Será que se o time do Galo tivesse os mesmos espaços que o Cruzeiro teve, sem precisar de finalizações apressadas, erraria os gols do mesmo jeito que o Cruzeiro errou? Só vou saber quando o Galo tiver um posicionamento adequado dentro de campo como forma de abrir os espaços do time adversário como o Cruzeiro e outros times têm. Nesse jogo, o Cruzeiro teve espaços até para contra ataques porque conseguiu em alguns momento, tirar o Bota lá de trás. Coisa que os treinadores do Galo não tem estratégia para fazer.  Me parece que o Galo tem obsessão por ser um time totalmente ofensivo, mesmo jogando com três volantes. Isso vem facilitando as ações defensivas dos adversários.

Chico Maia, na minha opinião, se não mudar a maneira de jogar, vai ser rebaixado.

Um abraço, Francisco Gabriel.


» Comentar

Comentários:
29
  • Carlos Henrique disse:

    No ano que vem apostaria em Diego Tardelli, nao vai ter Marlone, Robinho,Talvez Marcos Rocha
    Felipe Santana, Rafael Carioca nao sei, Valdivia acho que volta ao Inter
    Elias nao sei
    ai começaremos com alguns jogadores que vao sobara e os d base
    fazer contrataçoes pontuais e definir um tecnico.
    Esse ano vamos ver Valdivia, entrou bem nas 2 ultimas partidas
    muita água vai rolar embaixo da ponte.
    Eleiçao, planejamento, vamos ver o sinal de esperança deste grupo
    contra nosso maior Rvival no Horto
    na proxima partida
    se jogar com raça é meio caminho andado.
    vamos ver os sinais, como o time vai se comportar.
    e essa zica vai passar
    xô energia ruim
    que os bons fuidos voltem ao Galo

  • Julio Cesar disse:

    Tardelli para o ano que vem ! Rapido ! Começa a negociar ja ! Robinho pode ir ! Fred com Tardelli ainda pode funcionar. Mas foi erro crasso do Micale forçar Fred . Contundido, sem condições. Era Rafael Moura.
    E Luan tem que ser preservado pro segundo tempo ou 30 minutos finais.
    E Micale não era a melhor opção para tecnico neste momento. Errou a diretoria.
    Esse “terço final do campo” é de doer ! Deve ser onde vai “essa bola” do Bob Maria !
    Jose Eduardo Barata lembrou bem os pontas (“bota ponta Telê !” Jô Soares ).
    Ate o Arlem resolveria, quem sabe ate Neto Berola ! Forcei ?!?!?

    • José Eduardo Barata disse:

      Comecei a postar e perdi .
      Pelo celular é complicado demais da conta .
      Mas , meu caro JULIO CESAR , você não forçou nada .
      Até porque nem todos os ponteiros eram craques , como
      os que citei ( Cafuringa era uma incógnita ) .
      Nem precisava de tanto : bastava a velocidade e saber o
      que fazer no cruzamento , ora rasteiro , ora “cavado” .
      Yustrich treinava demais com seus pontas .
      Hoje a jogada é descrita como “pelos lados do campo” .
      É uma graça !
      Os comentaristas a-d-o-r-a-m a expressão , quando não
      usam a “lateralidade” para sofisticar mais a coisa .
      Eu acho que no Atlético de hoje o Otero poderia muito
      bem ser um ponta-direita , bem aberto , pois tem muita
      velocidade . É só treinar , sem muita invenção .
      Quanto ao “terço final do campo” , mais uma novidade
      para nossos ouvidos , que o Bob Faria gosta muito de
      usar para trabalhar “essa bola” (by Mário Sérgio que nos
      legou essa pérola) , ou então aquela outra , a incrível
      “bola quebrada” .
      Como são criativos esses moços , não é mesmo ?
      Para o futebol moderno , narração moderna .

  • Paulo H disse:

    Vendo o jogo de ontem,notei algo curioso:Marcos Rocha NUNCA vai a linha de fundo pra cruzar pra área!Por quê ele insiste em cruzar a bola da quina da grande área?Ninguém ensinou isso a ele?Não consigo entender porque o lateral não avança até a linha de fundo e cruza pros atacantes,como se fazia antigamente…Deve ser,por essas e outras,que,mesmo sendo considerado pela imprensa como o “melhor lateral direito do Brasil”,aos 29 anos ainda está por aqui…Não sei o que acontece com esse rapaz…

    • José Eduardo Barata disse:

      Ele precisa ver o Fagner jogar …
      Nas últimas partidas que vi do Corinthians é
      impressionante como por ali saem jogadas
      que terminam quase sempre no gol .

  • Carlos Henrique disse:

    Contesto Rafael Carioca, mas foi sua melhor partida com a camisa do Galo
    chutou ao gol deu lançamentos, e as vezes tocava para tras oque me irrita muito
    a ENTREVISTA DELE ,FALANDO DO PÓS JOGO , é bacana
    o critiquei muito, mas se realmente mudar a postura, e jogar diferente
    merece aplauso, a massa ta chateada, vamos ter que apoiar
    torcer, por que precisamos,
    para nao ter aquele pesadelo que já tivemos
    Entao amigos, acho que temos que cobrar e apoiar
    Muitos aqui ja colocaram do dedo na ferida
    muitos comentaristas tambem,
    se as vitorias vierem, vai ser ótimo
    nao cobrar G-6 , mas para ficarmos no meio da tabela
    vamos esquecer por um tempo
    o presidente
    vamos dar um credito, vencendo uma duas em casa, a coisa flui
    ou desanda de vez, acho que vai melhorar
    a situaçao é critica, mas vamos vencer essa batalha
    e que esse ano sirva de liçao
    para o futuro presidente da situaçao
    segundo vi via twitter, nao será o Daniel.
    espero que esse ano passe rapido.
    todo atleticano é assim e vive o Galo intensamente
    Por isso somos diferenciados de todas as torcidas do Brasil
    Abraços.

    • José Eduardo Barata disse:

      ‘Tá certinho , o que temos é isso aí .
      Fazer o quê ?
      Deixar de ver o time jogar , jamais .
      Quem sabe aparece lá alguém pra mudar
      a história ?

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Neponussono,o melhor presidente da historia do atletico! eu já li isso aqui hein,rsrs!!
    Jesussssss amado, alô Luiz Ibirité se a gente fosse colocar o projeto Evaldo Braga pra funcionar hein? cada figura viu!passa mais recibo que ta pouco cambada!

    • Alex disse:

      …pois é Mariana, um dia que tinha tudo pra eu ser zoado, passei o dia te zoando e rindo da sua cara….mais uma lição pra vc aprender…..nas adversidades é que se conquista um bom caráter…..se vc quer mesmo ser da zoeira, vá anotando isso aí…..daqui apouco vc fica bom….por que vou te contar, suas piadas são bem fraquinhas….kkkk….e espero contar com sua presença caso o Barça das Américas sofra algum dano contra o pobre Grêmio…..kkkkk

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Mineirão não serve mais, vai pro Horto
    Horto não serve mais, volta pro Mineirão
    Agora o Mineirão não serve mais, vai jogar onde? No Diamond?
    Não da nem pra comparar o futebol apresentado entre cruzeiro e atletico!

    • Alex disse:

      …claro que não dá…fomos campões mineiro em cima de vcs….tornamos a entubar vcs no brasileiro…..até ontem estávamos em torneio internacional…..comparar time da roça como time da cidade é difícil meu amigo….vc tá descendo a ladeira….cada vez mais infantil….kkkkk

      • Carlos Henrique disse:

        Alex esse Mariana é aquele, que me chamava de semi-analfabeto no outro blog
        em que participavamos e mandava eu plantar mandioca, e tudo mais kkkkkkkkkkk
        se for ele ta explicado

        • Alex disse:

          …é o próprio Carlos….aonde eu vou eu arrasto esse menino…..é como se eu tivesse guardado no meu bolso, um antídoto contra a tristeza……vc se lembra que eu avisava pra ele não me seguir que a fixação iria virar paixão?….pois é, ele não me ouviu…..kkkk…..lá no outro blog ele era mais boca suja, aqui ele tá mais comportado…..de vez em qdo ele gosta de jogar gasolina no fogo, mas no geral, a convivência com a gente, tem ajudado ele a se comportar melhor…..ele é galinha que acompanha pato, lá no outro blog ele seguia a o advogado de porta de boteco, aquele que ameaçava processar todo mundo…..ele tem necessidade de se aliar alguém….tem personalidade fraca, vive na aba dos outros….mas em geral, serve pra nos divertir….kkkkkk

  • José Eduardo Barata disse:

    Ah ! , Sérgio Araújo , quanta saudade !
    Cafuringa , que falta você faz !
    Natal , Jairzinho , Joaozinho , Edu , Éder
    e Romeu , você também Eduardo , e o
    maior de todos , o Mané , o que fizeram
    com o caminho que vocês usavam para
    vencer QUALQUER barreira que ousasse
    barrar nossos artilheiros ?
    Por ali não existe mais jogo ?

    • Carlos Henrique disse:

      É isso ai Barata, quando morava em B.H. lembro tambem do Vaguinho no Galo e Ronaldo
      Vi uma pessoa falando que Marcos Rocha nao vai a linha de fundo
      cruza no bico da area, tem que cruzar na linha de fundo
      tanto na esquerda como na direita.
      Você que conhece futebol sabe
      que para abrir times fechado é jogar pelas pontas
      nao alçar bola na area toda hora de qualquer lugar
      isso é treinamento, tomara que treinem cruzamentos indo a linha de fundo
      antes da area é chutar
      coisa que nao acontece com esse time.
      Natal, Joaozinho eram pontas perfeitos, como Sergio Araujo
      Valdivia pelo que vi neste ultimo jogo
      pode fazer isso, é treinar, treinar

      • José Eduardo Barata disse:

        Exatamente ( com a entonação do Gérson , o Canhota ) !
        E , além de tudo , as jogadas eram eletrizantes , davam
        uma movimentação intensa nos jogos , toda hora bola na
        área adversária e a “zagueirada” tonta , batendo cabeça .
        Era bom demais da conta ….

  • J.B.CRUZ disse:

    O segredo do futebol é;
    ENTROSAMENTO – MOTIVAÇÃO E PAGAMENTO EM DIA…
    Não existe mais Gênios, craques, como antigamente…e nem técnicos..

  • Márcio Luiz disse:

    Chico, se você me permite gostaria de replicar aqui esse comentário do seu colega Juka Kfouri sobre os “3 primos ricos” do futebol brasileiro. Comentário conciso e em cima da “mosquita”. Pra mim, o melhor post do Juca este ano.

    >>>>>>>>>>>>>
    Pobre trio rico

    Juca Kfouri
    10/08/2017 12:00

    Flamengo e Galo foram campeões estaduais. O Palmeiras não.

    O Flamengo manteve o técnico e caiu na Libertadores.

    Galo e Palmeiras trocaram e também caíram.

    Galo e Palmeiras foram eliminados da Copa do Brasil. O Flamengo não.

    O Palmeiras está a 15 pontos do líder do Brasileirão, o Flamengo a 18 e o Galo a 24.

    Palmeiras, Flamengo e Galo descobriram que dinheiro na mão é vendaval.

    Competência não se compra na esquina.

    • Renato César disse:

      Meu caro, Juca Kfouri é corintiano doente. A análise dele não é imparcial. Outro dia postei sobre investimento dos clubes. O orçamento do Corinthians para 2017 é de R$ 335 milhões e o do Galo é de R$ 328 milhões. Ou seja, os paulistas gastarão mais dinheiro do que a gente este ano.

      Porém, a maior parte do dinheiro deles teria que ser gasto pagando dívida da construção do estádio e, mesmo assim, parece que a dívida ainda aumentaria.

      Por isto, eles foram obrigados a não poder gastar com contratações e salários. Nem para mandar o Fábio Carille embora quando foram eliminados pelo Inter na Copa do Brasil e contratar outro treinador eles tinham dinheiro.

      O acaso fez sorte parecer competência, simples assim!

  • Vicente Lino disse:

    Olá Chico Maia, parabéns pelo seu excelente trabalho. Tento entender que o problema do Galo não é somente o seu ataque, que de fato, não funciona. A coisa é, também, muito triste quando observamos o meio do campo. Pouco ou nada criativo e nunca repetido. O Atlético contratou muita gente para aquela posição, porém ninguém com a capacidade necessária para fazer a bola chegar ao ataque. Uma lástima. Vários “bonzinhos”. Isto não basta, como estamos vendo.

  • Renato César disse:

    O que falta a este time do Galo é jogar direito. O “Galo Doido” do Cuca era kamikase em casa porque:
    – a torcida jogava para cima;
    – Bernard e Tardelli corriam o tempo inteiro, a ponto do Luxemburgo comentar uma vez que tomou de 4 no Horto com o Flamengo: “pelo amor Deus, quem vai tirar a bateria deste Tardelli? O cara corre o campo inteiro!”;
    – Jô ganhava todas as bolas chutadas para o ataque, escorando para um dos dois velocistas, e ainda tinha um aproveitamento absurdo nas finalizações;
    – Peça chave do esquema: R10! O craque ditava o ritmo do jogo e tinha a capacidade de dar assistências de qualquer lugar do campo. Lembrem, por exemplo, do gol do Leo Silva contra o Fluminense aos 46 do segundo tempo.

    Ser ofensivo não é ter 1, 2, 3 ou 5 atacantes que ocupem espaços no “terço final do campo” (by Roger Machado). Se não houver o mentor intelectual das estratégias de ataque e defesa, o time é só um amontoado em campo que corre desordenadamente.

    • José Eduardo Barata disse:

      Eita ! que o “terço final do campo” é de amargar !!!
      Essa turma desconhece totalmente a linha de fundo,
      que é o melhor lugar pra se municiar os artilheiros.

      • marcelo araujo disse:

        Barata, ontem observei muito o Marcos Rocha. Ele não foi nenhuma vez até a linha de fundo. Só fica ali na intermediária, um pouquinho pra frente, não dá opção pra válvula de escape. e só fica no chuveirinho pra área. Me deu muita raiva ontem. Ele está ladeira abaixo a cada ano que passa. É um que pode pedir o boné.

      • Renato César disse:

        As pessoas mudaram um pouco, mas os discursos não. Rogério Micale é claramente uma situação temporária. Seu contrato até dezembro é prova disto.

        Ver o Marcos Rocha “cruzando” da intermediária toda hora ontem e ninguém falando nada foi uma das coisas que mais me deu raiva. Que saudades fiquei do Telê!

        • José Eduardo Barata disse:

          Teve momento no jogo , caro RENATO , que da
          intermediária até a linha de fundo não existia
          ninguém a ocupar aquele espaço .
          Ah ! Bernard , você também Rosinei , mandem os
          vídeos da Libertas pro CT e passe mil vezes pra
          turma saber como se faz .

    • José Eduardo Barata disse:

      RENATO , com aquela postura do adversário , como os 300 de Esparta dentro
      de sua área , a esperar aquelas bolas “voadoras” que vinham direto em suas
      cabeças ou nas mãos do goleiro , queríamos o quê ?
      E técnico (!?!?? ) e presidente a dizer que tivemos o “domínio” do jogo .
      Não sei se foi pra fazer rir ou chorar .

  • Alisson Sol disse:

    O problema do Cruzeiro, para mim, se resume a contusões e alguns jogadores que correm errado. O meu xará mesmo: o Alisson corre, corre, e 90% das ocasiões, faz uma finalização de que “cansou de correr”, ou um cruzamento do tipo “estou me livrando da bola”.

    Quanto às contusões: existem as normais, dos acidentes de futebol já esperados. E tem aquelas que eram esperadas devido a contratação de jogador já na véspera da aposentadoria. E não é problema do jogador: é de quem contratou Dedé, etc.

    Ao menos comparando os poucos jogos que assisti do Atlético-MG: o Cruzeiro tem mais disciplina tática, mas menos talento individual. O Atlético-MG é um time que “sobre muito”, e também cruza meio na base do “põe a bola na área e vê o que acontece”. Já o Cruzeiro tem falta de confiança na defesa, o que gera um receio danado de subir e ser pego no contra-ataque. Isto gera um problema: haja bola de lado e de volta para a defesa…

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Caro Francisco Gabriel,

    Boa observação essa sua. O Cruzeiro realmente vem conseguindo criar os espaços e consequentemente ampliando as chances de gols. O problema é que por mais um erro da Diretoria Cruzeirense e com o aval do Mano, nós não temos bons finalizadores.

    Abraços