Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Estádio do Galo começa se tornar realidade e torcida fez festa na Olegário Maciel como se fosse um jogo

CAMFIDUSI

Conselheiros e torcedores do Atlético começaram chegar em grande número às 8 horas à sede de Lourdes, na Avenida Olegário Maciel. A partir das 10 uma multidão se concentrava lá.

CAMMOVIMENTO

Por volta das 14 horas saiu o voto 260, que garantiu a aprovação para o início de mais negociações para a construção da tal sonhada casa própria do Galo.

Mais detalhes na reportagem do SuperFC:

* “Com voto decisivo de Kalil, Galo aprova construção de seu estádio”

CAMAK

O projeto de lei para autorizar o empreendimento já está pronto e, nos próximos dias, será encaminhado à Câmara Municipal para a votação dos vereadores

 CAAMVOTOAAK

Reportagem: Thiago Nogueira e Bruno Trindade

O Conselho Deliberativo do Atlético aprovou, na tarde desta segunda-feira, a venda de metade do shopping DiamondMall para viabilizar a construção do estádio próprio. Recheada de expectativas, a votação começou às 9h e, por volta das 14h30, o número suficiente de “sim” chegou aos dois terços necessários (260) para a aprovação, segundo estabelece o estatuto do clube. O clube deve homologar o resultado somente às 21h, quando se encerra o período estipulado para discutir o assunto.

CAMGALO

O projeto de lei para autorizar o empreendimento já está pronto e, nos próximos dias, será encaminhado à Câmara Municipal para a votação dos vereadores (é necessária a maioria simples). Posteriormente, o clube entra com o processo de licenciamento ambiental. O estádio será construído no bairro Califórnia, região Noroeste da capital, com capacidade para 41.800 pessoas. Orçadas em R$ 410 milhões, as obras devem começar em março do próximo ano, com previsão de conclusão até o fim de 2020.

Clique aqui e dê um tour de 360º pelo novo estádio do Galo

Com a aprovação do conselho, 50,1% do DiamondMall será repassado à Multiplan, empresa que já administra o complexo de compras e que o devolveria ao clube em 2026. Com o novo acordo, o contrato de arrendamento vai ser prorrogado até 2030. Para chegar aos R$ 410 milhões, a diretoria vendeu os naming rights para a MRV por R$ 60 milhões. Os outros R$ 100 milhões serão captados com a venda de cadeiras cativas. Caso não forem vendidas, o Banco BMG garante 60% do valor.

E agora?

Com a aprovação do projeto do estádio pelo Conselho Deliberativo do Atlético, nesta segunda-feira, o empreendimento, agora, segue os procedimentos burocráticos.

O projeto de lei municipal do estádio já está pronto e deve ser encaminhado à Câmara Municipal nos próximo dias. Para a aprovação, é preciso o parecer favorável da maioria simples dos vereadores.

Depois, o processo segue para a prefeitura para o processo de licenciamento ambiental. Após o aval das autarquias, a proposta será levada ao Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam) para, depois, ser apreciada pela Secretaria de Regulação Urbana (Smaru), que emitirá o alvará.

O Atlético estima o início das obras para março de 2018, com o término da construção até o fim de 2020.

O plano de negócios

A obra está orçada em R$ 410 milhões. O Atlético já vendeu os naming rights para a MRV Engenharia, do conselheiro Rubens Menin, por R$ 60 milhões durante 15 anos e, por isso, o estádio já nasce batizado de Arena MRV.

O clube também pretende levantar pelo menos R$ 100 milhões com a venda de cadeiras cativas (4.700 unidades a R$ 25 mil cada, a serem pagas durante a construção, sendo que o comprador terá direito de uso por 15 anos) e camarotes (36 unidades, com 25 lugares cada, ao preço de R$ 1,3 milhão cada, também por 15 anos de uso). O Banco BMG, do ex-presidente atleticano Ricardo Guimarães, dará garantia de compra de 60% das cativas.

A maior fatia do bolo virá justamente do dinheiro de parte da venda do DiamondMall. Segundo avaliação do clube, o complexo de compras estaria avaliado em quase R$ 500 milhões a preços de hoje. A Multiplan, atual administradora do estabelecimento, se comprometeu a adquirir 50,1% do shopping por R$ 250 milhões.

Assim, o arrendamento, que terminaria em 2026, foi prorrogado por quatro anos, até 2030. Durante o período das obras, o Atlético manterá o recebimento dos atuais 15% da receita. Depois, o valor cai pela metade, já que o clube só será todo de metade do shopping.

Extra

Além dos R$ 410 milhões orçados para a obra, o clube conta ainda com uma espécie de “cheque especial”. São os naming rights setoriais. Empresas do ramo de alimentos, bebidas e estacionamento se comprometeram a pagar para vender seus produtos no estádio. Essa grana pode representar 5% no valor da obra.

O empreendimento está sendo orçada na forma de preço máximo garantido, ou seja, independentemente do que aconteça, o valor precisa ser respeitado. Para isso, o Atlético vai exigir a contratação de um seguro pela construtora.

* Kalil vibra com ‘sim’ e promete: ‘vamos mudar o Atlético de patamar’

Ex-presidente foi responsável pelo voto de número 260, que decidiu o pleito

Ainda eufórico pela aprovação do conselho deliberativo para a construção da Arena do Galo, o ex-presidente Alexandre Kalil afirmou que “tem um compromisso histórico com o clube”, e que jamais o colocará em uma “aventura”.

“Acho que o Atlético está de parabéns. É um passo muito importante para o futuro. Vamos mudar o patamar do Atlético. Tenho esse compromisso com o Atlético,  que é eterno. E nas horas importantes, quem quer o bem, tem que vir, tem que comparecer. É um passo importante, vamos iniciar um processo com carinho, com capricho e com calma. Não vamos colocar o Atlético em nenhuma aventura”, prometeu o ex-presidente alvinegro.

Responsável pelo voto de número 260, que decidiu o resultado do pleito, Kalil agradeceu a homenagem que lhe foi prestada.

http://www.otempo.com.br/superfc/atletico/kalil-vibra-com-sim-e-promete-vamos-mudar-o-atl%C3%A9tico-de-patamar-1.1521394


» Comentar

Comentários:
103
  • audisio disse:

    Continua dono da metade do Shopping, continuará faturando alto e ainda tera um estádio de mais de 40.000 de capacidade absolutamente 100% do clube. Sem comentários.
    Comentários pejorativos deixarão uma impressão de inveja.
    A Minas Arena continuará morcegando os recursos e drenando força dos seus inquilinos
    A diferença projetada de recursos numa sequencia linear será uma covardia nos próximos 5 anos. Isso será refletido nos gramados em breve.

  • Regi.Galo/BH disse:

    Está na hora de planejar o 2018.

    O que não pode se repetir na Cidade do Galo em 2018?
    Por Matheus Eduardo, do Galo de Ouro

    (…)

    Talvez o maior problema do time do Galo hoje seja a falta de identidade. Quando assistimos um jogo do Atlético, é bem fácil perceber que a equipe joga de um jeito meio esquisito: “o Fred não consegue acertar uma finalização”, “por que o Cazares não toca a bola?”, “o Fábio Santos é muito lento”… parece que a culpa é sempre de algum dos jogadores, quando, realmente, todo o entorno está mal. E tudo isso tem explicação. Existe lógica para que tudo esteja tão instável. Como esperar que o time renda se não existe tempo e/ou paciência para firmar um trabalho? E muito disso cai na responsabilidade da diretoria do clube. É dever dela garantir ao treinador e aos jogadores condições para um trabalho contínuo, sem demissão em meio de campeonato ou desmanche de elenco com o passar dos meses.

    (…)

    É curioso pensar que, mesmo com tantas melhoras estruturais no clube desde 2011, ainda há tantos empecilhos para que o Atlético consiga ser, de maneira constante, um sinônimo de regularidade dentro e fora do Brasil. Ganhou torneios – especialmente em um sistema diferente no mata-mata -, mas não consegue ser a equipe sólida de um ano inteiro, por mais que ainda invista forte para isso. É o que fica, mais uma vez, de lição – já para a próxima diretoria, sem Daniel Nepomuceno como presidente – para planejar o 2018: não basta ter as armas, precisa saber usá-las.

    http://espnfc.espn.uol.com.br/atletico-mineiro/galo-de-ouro/16489-o-que-nao-pode-se-repetir-na-cidade-do-galo-em-2018

  • Regi.Galo/BH disse:

    A mais nova polêmica agora é a implantação do tal árbitro de vídeo.
    Mas nem superamos ainda a polêmica do árbitro atrás do gol!!?

  • Thales Rosa disse:

    Engraçado q o projeto do estadio denegrir bastante a rentabilidade do shopping. Porem conforme esta reportagem da IstoÉ da conta q a múltiplam mais q depressa ratificou a compra do shopping bem como revelou números do negócio, números bem.positivos por sinal..

    “”Em comunicado divulgado nesta quarta, a Multiplan mencionou que o Diamond Mall apresentou, historicamente, um dos maiores desempenhos em vendas do portfólio. No período de 12 meses encerrado em junho de 2017, o shopping center registrou vendas totais de R$ 28,8 mil por metro quadrado, a segunda maior venda nesse quesito do portfólio no período. No final de junho de 2017, a taxa de ocupação era de 98,7%, 100 pontos-base acima da média do portfólio”

    http://istoe.com.br/multiplan-confirma-aquisicao-de-fatia-de-501-do-shopping-do-atletico-mineiro

    Vamos aguardar ….

  • Alexandre Bertoldo disse:

    “Garota eu vou pra Califórnia…”

  • Guaraci Lima disse:

    Caro Chico,
    Boa tarde.

    No meu ponto de vista o preço pago por metade do Diamond foi irrisório, estamos falando de metade de um excelente shopping no bairro com o metro quadrado mais caro de BH. Penso que pela metade do Shopping a Mutiplan deveria construir o estádio às suas custas. por outro lado o Kalil falou que se shopping fosse bom o barcelona e o atlético de Madri tinham 5, tudo o que o Kalil diz vira unanimidade e é mantra para os atleticanos. O Nelson rodrigues já dizia que toda unanimidade é burra. O prefeito e ex-presidente do atlético pode estar com alguma razão, mas não podemos deixar de lado o fato de que ter estádio próprio não é sinônimo de vitórias e conquistas. Veja o caso do São Paulo, ele pode ser rebaixado esse ano e é dono do Morumbi desde 1970, um estádio com capacidade para 77 mil pessoas. Além de estádio próprio o clube tem que ter administração profissional e time bom.

    • Regi.Galo/BH disse:

      Caro Guaraci,
      Permita-me, que belo comentário.

      Como é gratificante poder constatar o exercício do bom senso nos tempos atuais.
      Também penso que não se aplicou a devida análise ao caso.
      Toda unanimidade é retrógrada, sim. No sentido de só ter serventia às mãos de quem manobra.

      A Multiplan pagou muito pouco por 50,1% da consciência da maioria, muito fácil, sem esforço e perda de tempo.
      Isto, porque os outros 49,9% já pertenciam ao Kalil.
      E, olha, o Kalil é o garoto propaganda da marca!!!
      Assim, se o Kalil falar, amanhã foi ontem, obedeça sem juízo.

      Coincidência???
      Não. Coincidência foi em 2010/2011 com a fórmula para salvar o Galo.

      Então, conveniência???
      Não. Conveniência foi ser logo o R.G. a se prestar à ‘esclarecer’ o projeto para alguns conselheiros.

      Ah… Conivência???
      Não. Tem gente que acredita em tudo o que ouve mesmo.

      Vamos esperar por ‘aqueles que falam em terceira pessoa’, para que perdoem as nossas falhas até lá. Se é que pode existir perdão possível para a razoabilidade.

      O que tinha que ir já foi. Por saudosismo, que venha então um Time, um Presidente, uma Direção de Futebol, um Técnico, um Comprometimento, e tudo o mais que perdemos para aprovar um projeto.
      Abraço!

  • Geraldo Magno Carneiro Cordeiro disse:

    Como fica o copntrato firmado entre o atrético e a BWa por alguns anos para exploração da arena indepa.Esta história está muito mal contada.

  • Ronaldo Luiz disse:

    O jornalista peteba Chico Pinheiro falou que não devem colocar o nome de Arena porque lembra do partido político e que deve colocar o nome de Puleiro do Galo! ele se “esquece” que a MRV quem está colocando dinheiro no negócio e quer essa contrapartida chamando o estádio de Arena MRV! perdeu a chance de ficar calado esse lunático…. hahaha

  • Raws disse:

    Estou feliz com esse novo projeto “aprovado” para crescermos cada vez mais. Fica uma ponta de tristeza pela saudade dos bons tempos de Mineirão e aumenta meu oceano de ira quando lembro que o senador corrupto que foi “dono” de Minas, com sua ganância desenfreada, foi o responsável mor, junto a outros que deveriam fiscalizar, divulgar e barrar tal aberração na época. Pelo visto o sujeito ainda tem muito poder aqui, pois Bob Faria como exemplo se diz emocionado pelo que Mineirão pode se tornar, porém sua indignação não foi o suficiente para apontar o culpado.

    • Vinicius Campos disse:

      Muito bem dito Raws. Empolgação exacerbada pelo Estádio do nosso grande Galo (verdadeiro time do povo). E realmente era uma vez o Mineirão. Que o cruzeiro faça muito bom proveito dele.

      Saudações Atleticanas.

    • Regi.Galo/BH disse:

      Caro Raws,
      Boa observação.
      O detalhe é que você me fez lembrar do Jorge Kajuru “saindo” do ar ao vivo, assim que criticou a postura desta mesma personalidade em jogo do Brasil no Mineirão.
      Não sou muito fã dele e me apego à sua razão, mas creio que o Bob não está sendo é bobo mesmo.

      Abraço!

      • Raws disse:

        REGI.GALO, esse fato que você lembrou, é um entre poucos que ficamos sabendo, isso porque envolveu alguém da imprensa, imagina as centenas de casos que o ditadorzinho aspirador, cometeu com pessoas com menos notoriedade? Abraço.

    • Aloísio Tanure disse:

      Raws,
      Se o Governo do Estado tivesse entregado o Mineirão para ser administrado pelo Atlético e pelo Cruzeiro em uma parceria, assim como fez com o América no caso do independência, teria ajudado muito o futebol mineiro. Seria um incentivo econômico e esportivo, talvez as torcidas vendo os clubes administrarem o estádio em conjunto poderiam parar com essas agressões idiotas. Mas a corrupção não enxerga o povo e o que pode ser bom para ele.

  • Luis Cláudio disse:

    Do que é capaz um Eclipse… Digo, eles não podem nos ver festejar! Eles não sabem e querem nos impedir. Inveja pura!

  • Márcio Luiz disse:

    Buemba buemba, kkk!
    Furacão MARIA ameaça devastar o Califórnia, local do Terreiro do GALO.

    QUÁ QUÁ QUÁ!

  • Regi.Galo/BH disse:

    Olha que legal!
    Pelas lógicas recentes, o Galo já tem a sua Arena, o Cruzeiro herdou o Mineirão e o América reina absoluto no Indepa. Bacana! Muitas conquistas de uma ‘vezada’ só. Creio que fica tudo resolvido e para todos os gostos…
    Cuidemos só para não nos confundirmos o que foi realmente um orgasmo ou o que foi só uma câimbra.
    O ponto sem nó era o futebol e estamos todos aqui à mercê.
    Marketing é a bola na casinha. já dizia o filósofo Kalil.
    Se o primeiro passo para a redenção está dado, pretendo festejar com a volta olímpica.

    • Renato César disse:

      Pessoal fica com entendimento equivocado das coisas, né?! Parece até que BH vai ter a Arena MRV no Califórnia, a Arena Independência no Horto e a Arena Marião na Pampulha!

      • Regi.Galo/BH disse:

        Caro Renato,
        Nem me conte…

        Pois está tudo aí, só não vê quem não quer!? O amanhã foi ontem e a situação por si só definida.
        Cada um na sua Arena desde já, neste fim de semana, e tomem os seus lugares. Apesar de que alguns se esqueceram de fazer um time de futebol adequado ao evento. Mas, releva-se.
        Cada um deve é vestir a sua faixa de Campeão Arena e disparar o buzinaço.
        Todos os Vivas!

        Esperto foi o nosso Presidente, amealhando já nesses últimos anos alguns tijolos, cones e fundos de obra. A prova inexata do quão inequívocos e entendedores nos tornamos.
        Abraço!

  • Guilherme Gonçalves Costa disse:

    Grande Renato César!!! Sua eloquência com as palavras é brilhante! Meus parabéns! Bela explicação aos invejosos. A inveja é realmente uma merda! Gostei da idéia do Bob Faria. Em tempos de severa crise, como os atuais, o Mineirão poderia sim virar uma horta comunitária. Iria ajudar muito a população. Alem de fazer a Massa do Galo rir de novo, e de novo, e de novo…… Bica elas, Galo!!!!

    • Regi.Galo/BH disse:

      Caro guilherme,
      E pegando carona, vale aqui também engrandecer ao grande e caro Carlos A. que forneceu, sem dúvidas, grandes contribuições ao bom entendimento da questão. Foram ambos gigantes e minunciosos!
      Abraço!

      • Renato César disse:

        Prezados Guilherme Gonçalves Costa e Regi.Galo, agradeço as palavras!

        A turma tem contribuído bastante com um bom nível de debates. Claro, tem ainda aqueles que aparecem aqui para encher o saco. Mas estes em breve verão os tropeços do seu time e voltarão para a batcaverna.

  • célio alvarenga marques disse:

    thales rosa já não se aguenta de inveja!

  • Renato César disse:

    Seguem alguns dados para os grandes entendedores das contas atleticanas:
    – Arena MRV será construída com dinheiro privado;
    – Como não há nenhum centavo público e os envolvidos estão entre os maiores empresários do país, haverá garantias contratuais para o custo;
    – Na hipótese de considerar a doação do terreno como parte dos naming rights, a MRV estaria pagando R$ 120 milhões por 10 anos de contrato, ou seja, R$ 12 milhões por ano. A título de comparação, a Allianz Seguros fez acordo de R$ 300 milhões por 20 anos de contrato com a WTorre para compra dos naming rights, ou seja, R$ 15 milhões por ano;
    – O Diamond Mall está em valorização. O Galo receberá R$ 250 milhões pela metade do Shopping hoje e, ao final do contrato, será dono de metade de um shopping que deve valer cerca de R$ 1 bilhão.

    Sugestão para os celestes então:
    – vendam metade da sede do Barro Preto para algum investidor, façam uso do tal terreno do Olhos D’água que o senador tanto falava que o clube tinha ganhado para construção do estádio e façam sua arena também. Combinado?

    • José Eduardo Barata disse:

      Caro RENATO ,
      envie seus dados para a colunista RAQUEL FARIA , d’O Tempo ,
      que publicou uma coluna “descendo a lenha” no projeto e , claro ,
      usando de argumentos falaciosos , quando deixa a entender que
      haverá participação de recursos públicos na empreitada .
      Foi no facebook .
      Eu não tenho paciência para isso .
      E nem a sua elegância .

  • Pedro Vítor disse:

    Kalil é uma pessoa visionária um cara que enxerga longe, ele mudou completamente o Atlético, primeiro os clubes de lazeres Villa Olímpica e Labareda, fez o time alçar das intermináveis disputas pra não ser rebaixado pra três conquista efetivas reformou a Sede, e agora vai fazer um estádio, pessoalmente ainda conseguiu ser prefeito de Belo Horizonte que mostra a sua competência mais uma vez.

    Barrou o Nepomuceno, que mostrou ser frágil as cobranças da torcida.

    E o bom que ele não é mafioso como outros por aí, não vou citar nome todo mundo já sabe do beijoqueiro do pó.

    A receita do Galo irá crescer bastante e iremos alçar vôos mais altos

    Único estádio quitado do país com todas as receitas ão clube será de fato um empreendimento que servirá como base a outros clubes porque não existe outro caminho para um clube de futebol!

  • Luiz disse:

    California Dream!
    Vamos lá Galo, mudar a sua história!

  • Pedro Vítor disse:

    Que desespero é este gente, agora podem fazer parceria com o América, aposto que o Alencar vai entender até tapete vermelho pra Marias:

    DEIXA ARDER!

  • Bruno disse:

    Rapaz mas a Mariada tá se rasgando de inveja kkk

  • Julio Cesar disse:

    Eu ja imaginava o impacto desse acontecimento nos simpatizantes de Pirangi. Mas tenho que reconhecer, imaginei mal. ô dó !!! Ja estão sonhando com os 10% de torcida visitante pra poder visitar. Mas vão la antes disso tenho certeza.

  • Ronaldo Luiz disse:

    É engraçado como o “mundo paralelo” do Mineiro de Vespasiano aflora de tempos em tempos… o Menin da MRV disse que será a MELHOR arena do mundo! já tiveram tiveram o melhor elenco do Brasil, o melhor CT, o melhor preparador físico, melhor contrato de fornecimento de camisas com a drayuordi, com a Lupo foi excelente tbém, melhor contrato de parceria com a BWA para gerir o Majelão… OU SEJA, estamos vendo mais do mesmo… o tempo é senhor da razão ( criei essa frase agora) quem viver verá… mais ma canoa furada! tô avisando!

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Bom, pelo pouco que vcs me conhecem, vcs sabem que eu falo o que penso. Então, depois de ler muita coisa interessante que alguns participantes trouxeram aqui no Blog, que nos levou à reflexão, eu entendi que um estádio por si só realmente não é redenção pra time nenhum. No entanto, ainda assim eu tenho que reconhecer que a Diretoria do Atlético Mineiro está fazendo uma jogada de mestre e presenteandoi a sua Torcida com um belo estádio. Se isso vai fazer do Atlético Mineiro mais vencedor dentro de campo ou não, é outra história e o tempo dirá. Mas creio que o simples fato de ter um estádio próprio, aliado a outras receitas, a tendência do Clube / Time se fortalecer aos poucos é bem maior. Um Clube com o CT que tem, daqui a algum tempo com seru estádio próprio e tendo uma boa administração, qualquer bom jogador se interessará por jogar lá. Isto é fato. Não quer dizer que ter estádio seja sinônimo de grandes Títulos, mas só do Clube poder melhorar sua receita ano, a probabilidade de sobrar dinheiro para montar times melhores, só aumenta.
    Da minha parte, tenho que reconhecer e parabenizar a Diretoria do Atlético Mineiro, porque se fosse o Cruzeiro que estivesse prestes a construir o seu estádio, mesmo não tendo certeza se isso fortaleceria o Clube financeiramente, ainda assim eu estaria muito contente sim.
    Cabe a nós Cruzeirenses agora, esperar pra ver se com isto a Diretoria do Cruzeiro teria meios legais para renegociar suas condições junto ao Governo de MG e a Minas Arena, uma vez que o Atlético Mineiro já não terá mais interesse em fazer jogo nenhum lá. E penso ainda que, como a BWA já se posicionou, informando que devolverá o Independência para o Governo de MG, quem sabe o Cruzeiro não poderia estudar uma parceria com o América, até mesmo pra pressionar o Governo de MG. Porque, já que o Atlético dentro de 03 anos mais ou menos já não terá mais interesse no Mineirão, se o Cruzeiro estudasse a possibilidade de uma parceria com o América no Indepa, o que seria do Mineirão ?? Viraria um Coliseu ou seria demolido ?? Sei não, mas começo a desconfiar que essa jogada de mestre da Diretoria Atleticana possa acabar indiretamente beneficiando o próprio Cruzeiro…
    Mas quanto ao estádio do Atlético Mineiro, só posso agora dar-lhes os parabéns !! O que vai me restar, é torcer pro Cruzeiro ganhar de vcs lá de vez em quando… rs

    • ivan junior disse:

      Companheiro Clayton,

      Como sempre muito sensato em suas palavras. Mas também pudera, com um filhão atleticano como o seu é de se antever que voce com certeza comprará duas cadeiras cativas: uma para voce e outra para seu filho. Abraços e saudações alvinegras.

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Grande Ivan Junior !

        Vc não desiste mesmo de tentar “Atleticanizar” um dos meus filhos hein ?? rsrs
        Ali tem jeito não sô… Sangue azul purinho…
        E lá em casa foi tranquilo para meus dois filhos… Deixei eles super a vontade para escolher… Entre torcer para o Cruzeiro… Ou sair de casa… rsrs

        Abraços

    • Renato César disse:

      Qualquer negócio é uma aposta. Uns têm risco maior, outros têm risco menor. E nenhum tem garantia de sucesso. As arenas são o caminho para os clubes, mas podem acabar levando ao fracasso sim se as coisas não forem bem feitas, se o extracampo estiver desorganizado e se o dentro de campo não funcionar.

      Acho que o seu clube vai ter que caminhar para isto também se quiser competir com o Galo. Porém, terá que ser como o Galo está fazendo. Esta ideia de Mineirão, pode esquecer. E não estou falando de paixão, estou falando de questões legais.

      Existe um contrato seus com a Minas Arena com multa rescisória alta. Também existe um contrato da Minas Arena com o Estado com multa rescisória mais alta ainda. E a empresa não vai querer abrir mão de nenhuma das multas. São centenas de milhões de Reais envolvidos nesta brincadeira e não tem nenhum torcedor bilionário lá disposto a fazer uma gracinha.

      Até 2043 o Mineirão ficará com eles. E até Dezembro de 2037 vocês têm contrato de fidelização com eles (fora uma ação na justiça que eles cobram cerca de R$ 10 milhões).

      Então, para conseguir construir uma Arena, o custo para vocês será muito maior (em função de ter que somar todas estas questões contratuais e judiciais). O caminho deverá ser o pagamento de todas as multas e uma parceria com o América.

      O tão desdenhado estádio do Horto, poderá ser a nova casa a partir de 2023, já que a BWA/LuArenas não vai renovar o contrato lá. Coelho sozinho não gera receita e a alternativa será chamá-los para ajudar. Aí, se vocês forem espertos, vão assinar um contrato de 100 anos de exploração, dividindo as despesas e os lucros de outros eventos, mas cada um ficando com a integralidade das receitas dos seus jogos.

      Mineirão deverá receber shows, jogos de seleções e jogos com público acima de 60 mil e ingressos médios superiores a R$ 200,00 senão quiser virar realmente uma horta comunitária.

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Caro Renato César,

        Suas colocações e cifras parecem que estão todas corretas. O tempo de contrato com a Minas Arena / Mineirão também. Eu realmente não conheço os contratos, mas pelo que já foi veiculado na imprensa, parece que é por aí mesmo. O que eu fico pensando é se, na eventualidade do Mineirão ficar mesmo jogado às traças como alguns já preveem, se a Minas Arena vai preferir sucumbir juntamente com o mesmo ou se eles, juntamente com o Governo e o Cruzeiro vão sentar e estudar uma saída menos danosa para todas as partes. Só sei que, qualquer coisa que eu fale agora, não vai passar de mero achismo da minha parte. O jeito, é aguardar pra ver como esse imbróglio vai se desenrolar.

        Abraços

        • Renato César disse:

          Existe uma cláusula contratual (Minas Arena / Governo do Estado de Minas Gerais) que prevê lucro líquido em torno de R$ 3,5 milhões. Se o Mineirão não render isto, o Estado tem que pagar a diferença. Logo, a Minas Arena não tem prejuízo. Desta forma, não é preocupante para os investidores a subutilização do estádio.

          Caso o Governo queira assumir financeiramente a rescisão, aí enfrentará problemas maiores. O governador que fizer isto terá que enfrentar Legislativo, Ministério Público, Justiça e sociedade (eleitores).

          O que está lá hoje nós sabemos que é cruzeirense, mas o que estará em 2022 nós não sabemos ainda quem será. Talvez só o senador carioca JBS teria disposição para comprar esta briga.

          O caminho mais curto seus parece que passa pelo Independência mesmo (a diretoria americana sempre “abre as pernas” para vocês). Aposto que conseguiriam fazer um bom negócio com a “coelhada” (só não vão ficar livres das multas e indenizações junto à Minas Arena).

          • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

            Caro Renato César,

            Ontem eu vi um vídeo na internet, da participação de um Diretor da Minas Arena no Seleção Sportv e pelo que puder perceber, existem muito mais coisas do que essas que já sabemos. Ele disse inclusive que por contrato, o Mineirão tem que receber um mínimo de 60 jogos / ano e que mesmo com o Atlético Mineiro ainda fazendo um ou outro jogo lá, nem agora eles estão atingindo isso. Ou seja, para que a Minas Arena seja realmente indenizada pelo Governo, há também essa contra-partida. Pois, se não cumprirem, também não têm o direto legal de pleitear indenização do Governo. Mas isso, é o que eles debateram no programa. Como já falei, não sei de muita coisa. No meu “achismo”, o que eu penso é que no frigir dos ovos, vão acabar dando aquele famoso “jeitinho”… Onde tem político envolvido, infelizmente podemos esperar de tudo… E também, o que nasce errado, a tendência é de morrer errado…

            Abraços

    • Regi.Galo/BH disse:

      Caro Claytinho,
      Aproveitando o gancho do caro Barata, a sorte foi lançada e vale para ambos os casos.
      Indo direto ao ponto, a mexida do Galo foi um verdadeiro xeque neste xadrez entre ambos.

      Mas é o tipo de jogo que está num nível diferente do que imaginamos como simples mortais.
      No fim, mesmo que se queira ignorar a verdade: “memento mori”.
      Abraço!

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Caro Regi.Galo/BH,

        Acho que você foi no “X” da questão…
        E como já foi dito… “Há mais coisa entre o céu e a terra do que pode imaginar nossa vã filosofia”…

        Abraços

    • Tonho ( Mineiro ) disse:

      acho nao sei com certeza que o seu time assinou um contrato de preferencia de 30 anos no mineirao, se nao estou enganado nao pode jogar em outro estadio, outra coisa a minas arena nunca vai dexiar esta mina de ouro que o governo de minas deu a ela antes de vencer o contrato.

      • José Eduardo Barata disse:

        TONHO ,
        mina de ouro na cabeça do Aécio , quando entendeu que
        poderia enfiar goela abaixo as suas alucinações .
        Imagine uma forte resistência do time azul quanto ao fato
        de ter que pagar para jogar !!!
        O Mineirão está com seus dias contados …

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Acho que estádio é bom para qualquer clube! agora dizer que banqueiro “doou” isso ou aquilo é ser inocente demais pra não dizer bobo! qual empresa ia fazer “contribuição financeira” sem pegar nada lá na frente? não sei nada como vai ser feito e nem a maioria sabe,tem muita coisa debaixo do tapete ainda,onde tem muito dinheiro no Brasil sai coisa errada e nesse estádio não vai ser diferente! muita gente vai sair rico com esse estádio!

  • Thales Rosa disse:

    MRV doou terreno uhum..
    Vamos aos números namimg rights mais doação do terreno somam 118 milhões.
    São 15 anos de namimg rights 118 /15 são 7,8 milhões por ano o coringa estava pedindo 30 milhões por ano de name rights.. a Alianz paga pro palmeiras 40 milhões por ano.. realmente o Atléticano acha q banqueiro e construtor fazem doações milionárias por aí…

    • Tonho ( Mineiro ) disse:

      Ta com as contas na ponta do lapis hein Rosinha ? num tem dormido nada ne ??? kkkkkkkkkk preoculpa nao, como voce tem muitos ai, uma ” china azul ” kkkkkkk

    • célio alvarenga marques disse:

      e por falar nisso,por onde anda aquele grupo português que iria construir um estádio para o cruzeiro lá pelas bandas de nova lima?

    • Pedro Vítor disse:

      Vou te receitar uma pumadinha e você passa no bumbum e no cotovelo vai arder menos.

    • Heitor disse:

      A MRV teria naming rights do estádio por 10 anos, o que ( pela sua conta de terreno mais acordo são 110 milhões) daria 11 milhões/ano. Prorrogáveis por mais 5 anos…que seriam 30 milhões a mais.
      O “coringa” pediu 30 milhões/ano, e conseguiu quanto até agora? Nada. Ora, pode-se pedir até 100 milhões/ ano, quero ver é encontrar quem pague.
      O contrato da Allianz Park (que é com a WTorre e não com o Palmeiras) foi de 300 milhões, com duração de 20 anos, 15 milhões/ano.
      Não, banqueiros e construtores não fazem doações milionárias, fazem bons negócios. Empresários bem sucedidos buscam parcerias inteligentes para aumentar seus lucros, o fato de ambos serem Apaixonados pelo Galo é só um detalhe… pois, são profissionais, assim como o Pedrinho/SupermercadosBH, mesmo sendo do lado azul, costuma investir no Galo porque sabe que o retorno é certo.

      FREUD EXPLICA O CIÚMES, NESSE CASO SERVE TAMBÉM PARA A INVEJA QUE TEMOS VISTO POR AQUI:
      “É fácil perceber que essencialmente se compõe de pesar, de sofrimento causado pelo pensamento de perder o objeto amado, e da ferida narcísica […] de sentimentos de inimizade contra o rival bem-sucedido e de maior ou menor quantidade de autocrítica, que procura responsabilizar por sua perda o próprio ego do sujeito (FREUD, [1922] 1976, p. 271).”

      PS. fique calmo, desde 2010 dizem que alguns libaneses estão chegando para negociar a construção do Marião. A demora é porque estariam vindo montados a camelos (emprestados pela Arábia Saudita).

    • Giovanne disse:

      ah, o naming rights é por 10 anos.

    • Giovanne disse:

      Na verdade são 300 milhões por 20 anos, ou seja, 15 milhões por ano.
      É bastante diferença, mas não é tanta.
      http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/dinheiro-em-jogo/post/de-volta-estadio-do-palmeiras-gera-r-340-mi-por-ano-em-receitas-para-wtorre.html

    • Valdemar Marcelo disse:

      Thales, deixe-me corrigir alguns equívocos:

      O Namming vale por 10 anos. O Rubens Menin disse que se o clube arrumar uma proposta maior, ele abre mão do contrato. Quer ajudar.

      O terreno não foi doado pela MRV, e nem poderia porque ela é uma empresa de capital aberto, tem outros sócios. O terreno foi doado pela pessoa física do Rubens Menin,

      O corinthians não conseguiu nem a metade do valor do atlético e estão vendendo desde que começaram o projeto a uns 7 anos.

      Não tem como comparar o valor do Palmeiras, que esta em SP. Um estádio que centraliza todos os shows do estado mais rico do país.
      Mas de qualquer forma o namming do Galo são 60 milhões. O que é isso? nada. 60 milhões de “vento”.
      Chico porque meus comentários não tem sido mostrados? Ja tentei com dois e-mails.

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    O Chico Pinheiro esta bem “euforico” hein? rsrs raposa sempre fica a vontade no terreiro onde tem muito galo! parabéns ao atletico pela aprovação do caixotinho!

    • Marcão de Varginha disse:

      Na “cadeia de alimentos” do futebol, a mãe-natureza sempre contrária os mais afoitos, arrogantes e sempre vaidosos… Vide ambas partidas da decisão da CB 2014: vencemos as duas partidas, a primeira no puleiro e a outra no nosso eterno salão de festas e palco dos incontáveis vexames celestes…
      #benecymito

  • José Eduardo Barata disse:

    Off topic
    ======
    Correndo o olho pelos jornais me deparo com uma pesquisa
    entre torcedores de Grêmio e Botafogo , que são chamados
    para escalar jogadores que fizeram história com a camisa do
    clube .
    Para meu espanto , ou talvez por não entender como era pra
    se fazer tal escolha , não vejo os seguintes nomes na lista :
    Nilton Santos , Gerson , Garrincha , Amarildo , Quarentinha ,
    Jairzinho , Carlos Alberto , Zagalo , Didi , Rogério , …..
    Sei lá , jogaram pouco esses caras aí .
    Só pode ser isso .

    • Jorge moreira disse:

      Cada vez mais eu fico convencido do quanto é bom ser chamado de saudosista, eu vi estes otimos jogadores e poderia até se me permite acrescentar o nome do goleiro Manga, o mascarado Paulo Cesar cajú, é saudade ainda bem que voçê me faz lembrar de coisas boas, quanto aos jovens de hoje, cada geração com os seus idolos né

      • José Eduardo Barata disse:

        O Manga e o Paulo César aparecem , daí o meu maior
        espanto .
        Como podem se referir ao Manga sem citar Garrincha ?
        Quem viu um , viu o outro .
        E citar o Caju sem citar Jairzinho ?
        A mesma coisa .

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Caro José Eduardo Barata,

      Imagino que talvez seja porque geralmente quem mais se dá ao trabalho de participar dessas pesquisas virtuais assim, geralmente é o público mais novo, a chamada “Geração Y”… E infelizmente essa geração não deve nem ter o interesse de estudar a história do seu próprio time.

      Abraços

  • J.B.CRUZ disse:

    As águas correm para o MAR….
    ”UNS NASCERAM PARA MANDAR; OUTROS PARA SEREM NADADOS”..
    ”UNS PARA ADMIRAR; OUTROS PARA SEREM ADMIRADOS..” ALEXANDRE KALIL é LÍDER NATO…( e um BOM PREFEITO por Sinal)…
    ( TIO GIGGIO)…

    • Tonho ( Mineiro ) disse:

      Mais uma vez Parabens J.B Cruz, bonita a atitude sua e do Clayton, aplaudir o certo indiferente do clube, tem gente ai que nao esta se aguentando de inveja.

      • J.B.CRUZ disse:

        CARO TONHO (MINEIRO)..
        Gozações à parte;
        A VIDA é feita de RISCOS..Cada um tem Seu DESTINO; SEU CARMA; SUA SORTE..
        Uns Nascem ESTRELAS, outros PLANETAS…Somos Incrivelmente Semelhantes e Terrivelmente Diferentes..Considero que Somos Iguais em Direitos e Deveres…A VIDA é a Eterna Luta pela Sobrevivência…E só sobrepomos aos Nossas semelhantes através da Bondade, do Bem e da Justiça…
        Ao Longo da Vida Sempre Teremos Dificuldade em Manejar Estes dois Senhores( O BEM E O MAL); que Habitam Dentro de nós..
        Nascido nos moldes da Tradicional Família Mineira; aprendi com Minha QUERIDA MÃE; DONA ODETE (IN MEMORIAN); BONS COSTUMES E RESPEITO AO PRÓXIMO…Com Meu QUERIDO PAI (IN MEMORIAN SR. JOÃO ( IN MEMORIAM), a Acreditar nos PENSAMENTOS POSITIVOS (mesmo em tempos de dificuldade e Sofrimentos)..Mas Sempre Acreditei na AÇÃO POSITIVA,Nas Minhas Convicções e Decisões: Sempre para o BOM; PARA O BEM e PARA O JUSTO…Posso Ter ”Inimigos” ocultos; mas, Declarados; NÃO !!..
        VIVO LIVRE, LÚCIDO E EM PAZ…VIVO SÓBRIO DE BEBIDAS, DROGAS E REMÉDIOS INÚTEIS..
        Eu Sou Rico em Todos os Sentidos, e Tenho uma Riqueza, que nunca me poderá ser Roubada..Que Nunca Poderei Gastar toda, que não Pode ser Afetada pelas Crises Econômicas,Inflações, Desempregos ou Preços altos..Esta Riqueza é a Alegria de VIVER…Com Meu AVÔ PATERNO SR: SEBASTIAN FRANCESCO CRUZ ( IN MEMORIAM) Treinei a RIR (é o melhor Remédio, ele falava), até nos Obstáculos, Revezes e dificuldades.. A ALEGRIA e o RISO atraem tudo de BOM; até o DINHEIRO..A RAIVA e as LÁGRIMAS Espantam a BOA SORTE, a SAÚDE; os AMIGOS e a PROSPERIDADE..O mau Humor é um Veneno..Por essas e outras, agradeço a todo Momento ao CRIADOR: NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, Sempre me Ajudando, me Protegendo, me Iluminando, dando-me FORÇA e SAÚDE; e me Proporcionando PAZ DE ESPIRITO em todas as CIRCUNSTÂNCIA….AÇÕES POSITIVAS E BONS PENSAMENTOS, Ajudam a manter a DISCIPLINA; a HONESTIDADE: e o TRABALHO em RESPEITO AO PRÓXIMO e aos Nossos PAÍS e ANTEPASSADOS…VIVO TRANQÜILO Com a Minha CONSCIÊNCIA; que é o meu JUIZ..

        VALEU TONHO (MINEIRO)..

  • Renato César disse:

    Se Deus quiser, em 2020 Belo Horizonte registrará a concretização de um de seus maiores passos das últimas décadas. O “Terreiro do Galo” representará muito mais do que simplesmente um estádio de futebol. Será o maior empreendimento da nossa cidade feito com capital exclusivamente privado.

    Estamos tendo o privilégio de presenciar a história sendo construída. Muitos vivem cheios de vaidade e invejosamente destilarão seu veneno, tentando nos fazer acreditar que estamos fazendo a maior burrada de nossas vidas.

    Mas, ATLETICANOS, a Arena MRV representa um passo gigantesco história do Galo. Continuaremos tendo receita com o shopping e até passaremos a ser, de fato, um dos donos do Diamond. Além disto, teremos um espaço para mandar nossos jogos, com nossa cara, nossa alma. Neste espaço, poderemos oferecer também outros eventos.

    Quem conheceu estádios de clubes pelo mundo, sabe o tanto que isto representa.

    Acho que precisamos aproveitar o momento para agradecer a algumas pessoas essenciais na construção do novo Galo. A contribuição financeira que Ricardo Guimarães e Rubens Menin estão dando é digna de homenagem até do chefe do Estado. Rodolfo Gropen, Antônio Anastasia, Wilson Brumer e Fuad Jorge Noman, pelo excelente projeto administrativo e de equalização de dívida tributária, que permitiu ao Galo chegar onde chegou. Alexandre Kalil pela visão e determinação em fazer o Galo ser um dos maiores clubes do mundo.

    Muitos outros contribuíram à sua maneira e dentro da suas limitações. Também reconheço a importância!

    Agora é esperar os trâmites burocráticos e acompanhar a obra. Bica bicudo!

  • Walter Pereira Galo disse:

    É verdade que do shopping Oiapoque ao Chui, as calcinhas azuis, se esgotaram? Que o estoque de purpurina pro carnaval, também acabou?
    Somos o MELHOR de Minas e não o maior. Porque ” Torcemos por orgulho, não por vaidades”.

  • Julio Cesar disse:

    Ué, tem phd analista financeiro, de investimento, economico, social, e o “escambau” desperdiçado aqui no blog !!! Li em algum lugar: “se há invejosos é porque estamos fazendo algo certo” !

  • Márcio Luiz disse:

    Marcão, agora vc falou pouco, mas falou bonito.

  • Luiz ibirite disse:

    Acho que vcs estão no caminho certo, gasta-se tanto com certos investimentos ruins, este não, é bem sólido, vejo que é como uma empresa que está no ramo a muito tempo pagando aluguel e que fica refen do dono do imóvel sofrendo com reajustes e imposicoes que na verdade só limitam e impedem seu desenvolvimento! Quero que o Cruzeiro de seu jeito tb!

  • Marcão de Varginha disse:

    Visão do futuro é tudo… boa sorte, Galo!
    – “Nossa” arena vai arrecadar incontáveis milhões que serão empregados no clube, no time, na torcida, mas jamais na compra de arbitragens!
    – Sim, temos vergonha na cara!

  • Rodrigo Assis disse:

    Que Deus abençoe este estádio, que durante a construção não tenhamos acidentes fatais, e após concluído seja um local de alegria e confraternização, e não de violência e ódio. E claro, Deus abençoe que seja palco de muitas vitórias e conquistas. Belo Horizonte merece, a massa merece, e o clube mais tradicional de Minas merece.

  • Regi.Galo/BH disse:

    Cedo ou tarde, de toda as formas, começa uma nova responsabilidade a partir de agora.
    Enfim, chegou a hora e a vez!!!!

    (Aqui vai uma das antigas, para quem curte e, principalmente, para o meu Pai, que seja onde estiver sei que está radiante neste momento.)

    CHEGADA
    Chico da Silva

    Quem foi que disse que eu não chegava,
    Se a minha meta era de chegar.
    Ora não sai primeiro. Mas chegar já é vencer,
    Eu posso me orgulhar.

    Quem foi que disse que eu não vencia
    Com a força de vontade minha de vencer.
    Mesmo sendo por mania,
    Completar a minha parte era meu dever.

    Agora com um clima diferente o meu mundo se modificou.
    A vida está mais perto e o presente foi o tema que vingou (vingou).

    Agora vou sair no mundo afora,
    Pra cantar o novo samba que saiu de mim.
    Resultado de um tema,
    Renegando a falsa sorte e a chegada ao fim.

    Hoje o samba floresceu nos caminhos da idade.
    Hoje o samba floresceu nos caminhos da idade.

    https://www.youtube.com/watch?v=AT6Vpg0oDFk
    Youtube

  • Carlos Henrique disse:

    So agora vi as noticias , e que foi aprovado o estadio , e vi Chico Pinheiro( terreiro do Galo)
    na verdade será Arena M. R.V. como o Allians Park do Palmeiras
    a ARENA M.R.V. sera um marco na historia do clube.
    pelo que vi, quem sentar embaixo na primeira fila, ficaráa 4mts e meio da lateral.
    nao vai ganhar jogo, mas vai ajudar muito mais que o Independencia.
    o mineirao o maracana, sao campos neutros.
    todos dizem como é dificil ganhar do Boca em La bombonera.
    ja fiquei em alambrado vendo jogos no interior
    já fui em geral no mineirao e arquibancada.
    e um estadio como vai ser esse, a pressao é muito grande
    e com um time bem montado, os jogadores proximos da torcida e o e o dobro
    do Independencia, a pressao e muito maior
    vejam o caso do Corinthians em Itaquera.
    Atletico pr, e mesmo o Santos na vila
    todos que conhecem a vila Belmiro, sabe a dificuldade de jogar lá
    o alambrado fica perinho, o time da casa se doa muito mais.
    Além de ser moderno e do Atletico.
    se forem fazerem mesmo setores, populares em uma parte
    ai sim a torcida nao será descaterizada
    logicamente outra parte a maioria será mais elitizada.
    mas enfin é Galo
    um novo futuro, que venha esse estadio, como um presente.
    para todos atleticanos, principalmente os que ja sofreram demais
    como eu, na decada de 70 garoto e nos anos 80

  • Tonho ( Mineiro ) disse:

    Torcer pra dar tudo certo e o Galo continuar crescendo !!! Tem muita gente do outro lado da lagoa torcendo contra eu votaria nao pela venda do diamond como foi feita, mais ganhou a maioria e tem que ser respeitada, ganhou a maioria nos votos pq na verdade quem esta ganhando eo Galo !!!! Agora como sou Galo na veia, quero comprar minha cadeira cativa e aproveitar uma nova era de vitorias do verdadeiro maior de Minas !!!! Da-lhe Galo !!!

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Parabéns ao Mineiro.
    O futebol de Minas crescerá muito com essa obra – no dia em que ficar pronta, claro.
    Resta ao Maior de Minas fazer algo semelhante – ou então passar no cartório a Toca 3 para o nome do clube.
    Mas, quer saber de verdade ? O Mineirão não dura nem vinte anos mais. O Maior de Minas também construirá o seu estádio, e aquele espaço vai virar um grande shopping-center ou área de lazer. Os custos que o governo que o reformou embutiu no uso são inviáveis.

  • Thales Rosa disse:

    Comemorem hoje e chorem daqui 5-6 anos.. assim.como foi no independência. Falaram q era o melhor acordo do mundo, q tinham passado a perna no cruzeiro e blá blá blá.. outro dia apareceu a verdade jogar no horto trás prejuízo.. no Brasil é assim não fazem viabilidade econômica de nada não colocam cenários lado a lado.. aí fazem as burradas. Economicamente é um erro mas como eu disse a torcida era para que aprovassem quero motivos para rir daqui uns anos..

    • Vinicius Campos disse:

      A inveja é uma merda mesmo.
      Negocio bão vocês fizeram é com a Minas Arena né. Como andam a divida co seu time com eles? Já está em dia? Vai cuidar da economia do seu time que lá sim a coisa ta preta. Porque devolver jogador por falta de pagamento ao fim da picada. Abilão agradece. Rsrsrsrs.

      Firma o corpo porque a tremedeira vai ser grande.

      Aqui é Galo. E roubando a celebre frase do Marcão de Varginha, não compramos arbitragem.

    • célio alvarenga marques disse:

      a diferença caro thales é que o atlético não é dono do independência,tem apenas um acordo com a bwa para a exploração comercial do espaço!e não tenha dúvidas,o cruzeiro tem muito à ganhar com a construção da arena mrv,uma vez que se tornará o único cliente do mineirão,o que aumenta o seu poder de barganha com a concessionária minas arena!

    • Jorge moreira disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk aproveita que voçê tem tempo e procure o deputado falastrão quem sabe voçês consigam fazer um hotelzinho tipo rua são paulo, tempo eu sei que voçê tem, a conta da BWA já chegou pro mequinha daqui a pouco chega a da minas arena pra voçêskkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Gabriel Júnior disse:

      A inveja é Mierda!!

    • Alisson Sol disse:

      Pior não foi terem aprovado ao construção do “Borradão“. Pior foi o borrador mor dizer que “Se Shopping fosse bom, o Barcelona tinha cinco e o Real Madrid tinha cinco. Então shopping não é bom. Bom é estádio“. Ou seja: acha mesmo que o segredo do Real e do Barcelona são os estádios. Não deve ainda estar sabendo que o Barcelona está reconstruindo o atual estádio… Em alguns anos, vai dizer que bom não é estádio: “Bom é ficar reconstruindo o estádio…”. Vamos torcer para algum acabar com esta derrama do dinheiro público logo…

    • ivan junior disse:

      A inveja é um sentimento deproravel, mas o que esperar de uma pessoa como este rosado vaidoso. O galo está no caminho certo para uma nova era em nossa historia centenaria. Como diz o ditado: os caes ladram e a caravana segue em frente.

      26/11/14 eterno
      #cruzeiroeternofregues
      #choramaria
      #mariaeuseiquevocetreme

  • Jorge moreira disse:

    Agora fazer esta baba deste time jogar pra fazer os 46 pontos, chega de festas, só uma pergunta onde anda o come e dorme do tauzinho erazo hemmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm ganhando dinheiro facil as custas da incompetencia desta diretoria né

  • José Eduardo Barata disse:

    Alea jacta est !!!
    O Clube Atlético Mineiro acaba de atravessar o Rubicão .

    • Renato César disse:

      E o Júlio César desta história moderna seria o nosso prefeito?

      Dadas as manifestações contrárias, colmadas de inveja e vaidade, acho que o desfecho será o mesmo e, ao final desta guerra, a República será nossa!