Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Em disputa das mais acirradas da história chapa apoiada pelo Dr. Gilvan vence e mantém o poder no Cruzeiro

wa

Esta eleição marca o fim da hegemonia do Zezé Perrella, que sofre a sua primeira derrota no Conselho do Cruzeiro, depois que assumiu o comando do clube em 1995. Cobertura do Thiago Nogueira para o SuperFC:

* “Wagner Pires tem 235 votos e é eleito presidente do Cruzeiro”

Empresário era o candidato da situação, apoiado pelo presidente Gilvan de Pinho Tavares

Candidato de situação, o empresário Wagner Pires de Sá, de 76 anos, é o novo presidente do Cruzeiro. Em eleição apertada na sede do Barro Preto, nesta segunda-feira, Sá recebeu 235 votos contra 200 do advogado Sérgio Rodrigues, candidato de oposição apoiado pelos ex-presidentes Zezé Perrella, Alvimar de Oliveira Costa e César Masci. Ao todo, 465 conselheiros estavam aptos a votar neste pleito.

A Chapa União, de Wagner Pires de Sá, elegeu ainda Hermínio Lemos como 1º vice-presidente, e, Ronaldo Granata, como 2º vice-presidente. O empresário assume o clube pelo triêncio 2018-2020.

Wagner Pires de Sá teve o apoio de Gilvan de Pinho Tavares que, há dois mandatos no clube, não pôde concorrer à reeleição. Graduado em economia, trabalhou em várias empresas como a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e a Vale do Rio Doce, além da Secretaria de Fazenda do governo de Minas.

No Cruzeiro, Sá foi diretor de planejamento na gestão de Benito Masci no início dos anos 90. Tornou-se conselheiro nato em 1992. Durante nove anos da era Zezé e Alvimar Perrella, atuou no conselho fiscal da Raposa.

http://www.otempo.com.br/superfc/wagner-pires-tem-235-votos-e-%C3%A9-eleito-presidente-do-cruzeiro-1.1527048


» Comentar

Comentários:
8