Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Sassá ainda não tem noção da força das redes sociais, ou então nem imagina o que é a rivalidade do futebol em Minas

SASSACAM

É a segunda vez em uma apenas uma semana que ele posta fotos polêmicas. Esta, depois de um 3 a 1 foi de talhar o sangue dos cruzeirenses. Reportagem do Globoesporte.com:

* “Sassá curte postagem de rival após derrota do Cruzeiro e provoca ira de torcedores”

Cruzeirenses pedem a saída de atacante do clube nas redes sociais

A derrota do Cruzeiro de virada no clássico de domingo ainda repercute negativamente entre os torcedores do clube. Para aumentar a revolta dos cruzeirenses, o atacante Sassá, que se recupera de cirurgia no joelho direito, usou as redes sociais para curtir a postagem do zagueiro Felipe Santana, do Atlético-MG, feita com os jogadores do rival após a vitória no Mineirão. A atitude do atacante cruzeirense provocou a ira de parte da torcida do time celeste. Irritados, alguns torcedores foram até a página de Sassá no Instagram e protestaram contra o jogador.

SASSA

Outros chegaram a pedir a saída do atacante do clube.

Envolvido em troca pelo meia Marcos Vinícius, que está no Botafogo, Sassá não atua pelo Cruzeiro desde o dia 10 de setembro, quando participou da partida contra a Chapecoense, na Arena Condá. Desde então ele ficou sem treinar, com o Cruzeiro informando apenas que o jogador estava com dores no joelho direito.

Após uma piora relatada pelo clube, o departamento médico optou pela cirurgia, que chegou a ser adiada a pedido do próprio Sassá. O procedimento acabou sendo realizado no último sábado, em um hospital de Belo Horizonte. O atacante não tem previsão de retorno aos gramados. Na temporada, Sassá tem 17 partidas com a camisa do Cruzeiro e marcou sete vezes até se machucar.

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/cruzeiro/noticia/sassa-curte-postagem-de-rival-apos-derrota-do-cruzeiro-e-provoca-ira-de-torcedores.ghtml


» Comentar

Comentários:
28
  • Pedro Vítor disse:

    Cheio de bocó dando sopa

    Aceita que dói menos

  • Guilherme Gonçalves Costa disse:

    Ah! Só mais uma coisa: O placar está Galo 202 x 166 raposa. Batam essa marca e a gente volta a conversar. O resto é falácia! Conversa pra boi dormir. E viva o Galo Forte e Vingador!!!!

  • Pedro Vítor disse:

    Qual o problema do jogador do Cruzeiro curtir a Vitória do Galo em.cima do Freguês?

    Não foi o primeiro e nem será o último!

    Se quiser eu coloco todos jogadores do Cruzeiro que já curtiram a festa da torcida do Galo

  • Lucas H. Nobre disse:

    Vixe, começou as Eras de novo! O correto é analisar desde que se enfrentaram pela 1ª vez até o último clássico. Matemática de cru cru nunca que é exata!

  • Regi.Galo/BH disse:

    Enquanto isso, após o desvio de conduta do Sassá…

    – O Botafogo acaba por incendiar o campeonato novamente com a vitória de ontem. Cabe agora ao Santos ou Palmeiras darem seqüência na missão de frustrar o Corinthians. Espero que o Galo também dê continuidade ao seu nível de jogo como no 2o tempo contra o Cruzeiro e aproveite bem os próximos 24 pontos que restam. Vencer o Bota no domingo já seria fantástico.

    – Muito, muito bacana a belíssima homenagem da FIFA aos momentos que significam muito mais do que futebol, durante a premiação dos melhores. Um momento único, tanto comovente como edificante. Valeu demais pelo propósito!

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Ou então foi proposital mesmo né ???
    Temos que considerar essa possibilidade também.

  • José Aldo Silva disse:

    Vamos desmistificar uma coisa?
    ➡Últimos 100 Clássicos:
    VITÓRIAS:
    Cruzeiro: 43
    Atlético: 29
    Empates: 28
    GOLS PRÓ:
    Cruzeiro: 163
    Atlético: 132
    ➡Clássicos nos Pontos Corridos:
    VITÓRIAS:
    Cruzeiro: 14
    Atlético: 09
    Empates: 04
    GOLS PRÓ:
    Cruzeiro: 49
    Atlético: 41
    ➡ TODOS OS CLÁSSICOS NO MINEIRÃO
    VITÓRIAS:
    Cruzeiro: 83
    Atlético: 73
    Empates: 74
    GOLS PRÓ:
    Cruzeiro: 271
    Atlético: 251
    ➡ Clássicos no NOVO Mineirão:
    VITÓRIAS:
    Cruzeiro: 05
    Atlético: 03
    Empates: 05
    GOLS PRÓ:
    Cruzeiro: 17
    Atlético: 13
    Total de 467 clássicos desde a época do futebol amador, dos tempos em que não existia mineirão, e que América e atlético disputavam a hegemonia no estado!
    183 Atletico MG
    160 Cruzeiro
    124 empates
    Agora tirem suas conclusões!!!! nem vamos falar de títulos…nem de 6a1… nem de rebaixamento…HUGÃO!

    • Marcão de Varginha disse:

      Levando-se em consideração TODOS os jogos, principalmente daqueles que decidiram títulos de campeonatos, quem levantou a taça da CB em 2014? Ademais, devemos considerar dados oficiais nos quais constam a maior goleada de todos os tempos pró a favor do maior de MG, o clube que até agora não surgiu algum membro da diretoria réu-confesso no quesito “comprar arbitragens”, e isso é público e notório, caro conivente!
      – #benecyeternomito

    • Marcos disse:

      Mas no histórico total desse clássico o galo grita e a raposa abaixa a cabeça, principalmente em jogos onde tinha taça ou classificação em disputa. Em 2014 o Atlético ganhou a Copa do Brasil jogando contra um Cruzeiro que nem parecia ter sido campeão no Brasileirão daquele ano. O time azul ganhou tratamento de “time rebaixado” do seu rival naquelas duas finais. E nos clássicos válidos pelo campeonato brasileiro o favoritismo é mais preto e branco do que azul.
      Foi como eu disse, o Cruzeiro é o maior ganhador de títulos nacionais e internacionais de Minas. Mas contra o maior rival do estado não costuma ter nenhuma chance, salvo algumas exceções.

    • J.B.CRUZ disse:

      CARO JOSÉ ALDO SILVA:
      Belo RAIO-X do Confronto entre CRUZEIRO X ATLÉTICO……
      Isso é que é ESTATÍSTICA; e não um ”apanhado” ao longo da História do CLÁSSICO entre os Dois…
      Quanto a Curtida de sassá sobre o Resultado do Jogo: Para mim é Indiferente…

      Obs: Nos Jogos da Era Mineirão, Fica Notória a Superioridade do MAIOR DE MINAS; Caracterizando como Autêntico SENHOR DO MINEIRÃO…A TOCA DA RAPOSA 3….
      CRUZEIRO SEMPRE !!!….

    • DUDU GALOMAIO BH disse:

      Um dia alguém ainda irá entender essa imbecilidade de separar os confrontos por “eras” pra reformular estatísticas de forma a se tornarem mais favoráveis. É muita pequenez de pensamento.

      • jorgemoreira disse:

        Os caras são tão pequenos que sempre foram contra estatisticas, mas agora inventaram uma que vale né, sabe quando este outro time podera ser alguma coisa? primeiro o dia que eles ganharem um titulo nacional em cima do Galo, segundo o dia que eles deixarem de se apequenar preocupando mais com o Galo do que com o time deles(as), a INVEJA É UM TIME DELES(AS), quanto a este ultimo perguntem ao inigualavél riascos, não somos nós que inventamos assim como eles(as) tremen quando jogam contra o GALO, palavras do Paulo Roberto Costa aquele lateral que foi idolo do time de lá

      • Marcus Vinícius disse:

        Dudu, ele não separou nada, colocou todos as estatísticas, a verdade na era do Mineirão o cruzeiro foi soberano, simples assim, o Galo é o clube mais antigo e teve sua hegemonia antes do Mineirão onde o Cruzeiro era a terceira força de Minas, devemos valorizar toda a história de um Clube, quanto a fatos não existe argumentos.

        • DUDU GALOMAIO BH disse:

          Meu caro, o que vem a ser “Era Mineirão”? “Era Independência”? “Era sei lá o quê”?
          Atlético fundado em 1908. Cruzeiro em 1921. Desde então (após o primeiro embate) se enfrentam. Fora isso… qualquer argumento é coisa de mau perdedor pra amenizar a situação. Isso sim é “não discutir com números”.
          Se um dia (e nenhum de nós estará vivo pra ver isso acontecer) o Cruzeiro ultrapassar o Galo nos números gerais, IDIOTA será o atleticano que vier com esse papo de “Eras” pra amenizar isso. É simplesmente ridículo!

          Abraço!

  • Marcão de Varginha disse:

    Falando sério: isso tudo é falta de assunto, de capacidade, de profissionalismo de quem deu publicidade à uma situação tão corriqueira.. isso é “furo” de reportagem de fofoqueiro de plantão!
    – Reconhecer os méritos de quem venceu não é demérito algum pra ninguém…
    – #benecyeternomito

  • Marcão de Varginha disse:

    Sassá apenas torce pro realmente maior de MG… time de tradição é isso!
    – #benecyeternomito

  • Guilherme Gonçalves Costa disse:

    Menos filosofia barata e mais simplicidade pra analisar o ocorrido. Não tem que descer a lenha nas redes socias por causa da atitude desse rapaz. Ele apenas foi sincero e curtiu a vitória do Galo. Natural. É o time que mais vence clássicos em Minas. Ele está apenas comprovando o que escutava la no Rio de Janeiro. O Galo é carismático, o Galo é cool. Cês tão dramatizando demais. Deixem de mimimi. Hahaha

  • Tonho ( Mineiro ) disse:

    ” Foi mal eu tava doidao ” kkkk brincadeiras a parte concordo com o que escreveu Regis abaixo.

  • Fernando disse:

    O Galo sassaricô na rapozinha magricela.

  • DUDU GALOMAIO BH disse:

    A César o que é de César.
    Uma possível renovação do Robinho seria mais pelos 36 gols já feitos com a camisa do Galo, em que pese períodos ruins, do que pelos 2 ontem. O resto é ironia de perdedor.

  • jorgemoreira disse:

    Eu acho isto uma besteira sem tamanho, quantos torcedores do time que ele joga vivem dando palpites,curtem as paginas do Galo? quantos torcedores do time dele se preocupam mais com o time do Galo do que o proprio time deles? aqui neste espaço mesmo quantos comentários são feitos por torcedores do time dele sempre para dar palpites hem, este jogador hoje esta trabalhando neste time quem garante que amanhã ele continuara? palahaçada que cada um se preocupe com a sua vida e que todos sejam felizes, o amanhã a o amanhã o que sera á

  • francisco badaró disse:

    Time de massa, com torcida é assim.Até o Sassa torce!!!!!kkkkkkkk

  • Alisson Sol disse:

    Quando o assunto chega a “jogador curtiu post de amigo em rede social”, o país está chegando à perfeição…

  • Regi.Galo/BH disse:

    Particularmente, acho de uma insensatez, má fé e exagero esta perseguição que a imprensa faz sobre a vida pessoal dos atletas ou pessoas públicas. Uma fofocagem desnecessária e que só mostra a falta de criatividade do próprio segmento. Muitos atletas Atleticanos, Cruzeirenses, entre outros, tem amizades recíprocas, vivem na casa uns dos outros, convivem, são compadres, conversam, bebem e fumam juntos, fazem investimentos juntos, e daí, vida que segue. A rivalidade não precisa ser dentro de campo? Assim como a gente também fica defendendo em outros tantos segmentos acerca do nosso convívio social?

    Ou levamos a rivalidade para o lugar devido ou vamos nos matar em nome de que ou de quem?
    Isto é para nós, pois os caras vão continuar bebendo, fumando, curtindo, investindo e sendo compadres do mesmo jeito. A maioria destes sabem que quem pagar melhor leva e que o escudo à ser beijado amanhã pode ser outro, até mesmo pela indicação dos compadres.

    A nossa bobagem começa quando a insensatez também começa.
    O Sassá mostrou que não é jogador para o Botafogo ou para o Cruzeiro por outros motivos e não propriamente por este. A falta de compromisso dele não se inicia nesta suposta descompostura e já dá mostras de que também não vai terminar apenas nesta.

    – Ah! E se fosse um jogador do Galo, você não falaria isso…?
    Qual? O Cerezo? O Paulo Isidoro? O Éder Aleixo? O Reinaldo? O Caçapa? O Guilherme Alves? O Paulo Roberto Costa? O Nelinho? O Procópio?

    Precisamos (re)diagnosticar qual é o tipo de convicção que queremos defender…
    Essa tal de ‘mídia social’ é de um retrocesso de proporções inimagináveis.

    • Paulo César disse:

      Regi,Galo/BH, a galera prefere o “me engana que eu gosto…”

      • Regi.Galo/BH disse:

        Aos caros Luiz, Allisson e Paulo,
        Das duas, uma. Como diria o pessoal do Engenheiros do Hawaii:

        “Eu (até) presto atenção ao que eles dizem. Mas eles não dizem nada…”
        Ou…
        “A história se repete mas a força (invariavelmente) deixa a história mal contada.”

        Enfim, não sou à favor de anarquia, mas recorro ao punk rock e ao rock engajado para dar mais vazão aos referidos atrasos de hoje em dia. Isso dos tempos em que curtir era na verdade ter uma atitude.

        E concordo, a tendência não aparenta ser de melhoras.
        Abraços!

    • Alisson Sol disse:

      Parabéns pela posição!

      É triste que, na busca do “aplauso fácil”, e do “click para contar visitas”, orgãos de comunicação se deixem levar a publicar tal tipo de assunto. É o que diferencia o jornal sério do “tablóide”. Mas com a imprensa no Brasil perdendo a verba do governo, e as empresas que mamavam no governo também perdendo a capacidade de “pagar matérias” nos jornais, espere mais disto, e não menos!

    • luiz ibirite disse:

      posso assinar aqui tb?