Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Mais duas vitórias e o América deverá assegurar a volta à Série A

AFC.jpg-large

É o que garantem os especialistas nestes cálculos. Vitória sensacional em Campinas contra o Guarani desesperado pela vitória na luta contra o rebaixamento. O artilheiro Bil voltou a dar a alegria maior aos americanos, que foram bem representados nas arquibancadas do Brinco de Ouro.

afctot

Os detalhes deste 1 a 0 na reportagem do Raphael Vidigal para o SuperFC:

*  “O América pôs fim à série de três empates seguidos e encerrou a invencibilidade do Guarani que era também de três jogos, ao vencer a equipe bugrina, fora de casa, por 1 a 0.
Com o triunfo a equipe mineira chegou aos 60 pontos e se consolidou na vice-liderança da competição, apenas dois pontos atrás do líder Internacional. Na próxima rodada, o Coelho recebe o ABC, que ocupa a última colocação, no Independência. Já o Guarani sai para visitar o Ceará, que está em terceiro lugar.

O jogo. Com objetivos opostos, América e Guarani entraram em campo no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, neste sábado (4), em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da série B. Enquanto a equipe mineira lutava pela vice-liderança da competição, os paulistas seguem sua saga contra o rebaixamento.

Num jogo corrido e muito disputado, com muitos erros de passe, quem chegou com mais perigo foi o América. Logo na primeira chance clara, o Coelhou abriu o placar.

Aos 14 min, após bela jogada de Felipe Amorim pela direita, o meia-atacante cruzou na medida para Bill antecipar a zaga adversária e desviar para o fundo das redes, sem chances para o goleiro Leandro Santos. 1 a 0 para os visitantes.

Quatro minutos depois, o Guarani assustou o goleiro Fernando Leal, que substituía o titular João Ricardo. Os experientes Richarlyson e Fumagalli tabelaram no meio de campo antes de acionar a velocidade de Caíque pela esquerda. O atacante superou o zagueiro Messias mas acabou parando no travessão, após desferir um forte chute no alto.

Enquanto o América aproveita as chances de contra-ataque, principalmente com Felipe Amorim e Neto Moura pela direita, o Bugre aumentava a pressão. Aos 29 min, Fumagalli parou novamente no goleiro americano, ao cabecear da marca penal para uma excelente defesa. Aos 33, o Leal saiu mal do gol após cobrança de falta pela direita, mas a bola passou por cima da meta defendida por ele.

Segundo tempo. Na volta para a segunda etapa, o técnico Lisca apostou na juventude para tentar empatar o jogo, ao sacar Richarlison para a entrada de Elias, garoto da base do Bugre.

O América administrava a vantagem, e praticamente abdicou de atacar. Com isso, o Guarani esteve perto do empate aos 15 min, quando Luiz Fernando completou cruzamento de Lenon. O zagueiro Messias desviou a bola para fora, evitando que o América sofresse o gol.

O Guarani continuou em cima. Aos 26 min, Lisca já havia queimado as três modificações, lançando o time ao ataque. Em resposta, Enderson Moreira promoveu duas mudanças no América, com as entradas de Juninho e Zé Ricardo nas vagas de Neto Moura e Renan Oliveira, mas o panorama não se alterou.

Apesar da insistência da equipe paulista, o América conseguiu levar três pontos para casa e manter-se à frente do placar, com a contagem mínima, até o final da partida.

FICHA DO JOGO

GUARANI 0 X 1 AMÉRICA

AMÉRICA
Fernando Leal; Christian Sávio (Willian), Messias, Rafael Lima e Giovanni; Ernandes, Neto Moura (Juninho), Felipe Amorim, Renan Oliveira (Zé Ricardo) e Gerson Magrão; Bill. Técnico: Enderson Moreira.

GUARANI
Leandro Santos; Lenon, Ewerton Páscoa, Willian Rocha e Salomão; Baraka, Betinho (Luiz Fernando), Bruno Nazário, Fumagalli (Bruno Mendes), Richarlyson (Elias); Caíque. Técnico: Lisca.

Gol: Bill, aos 14 min do 1ºT.
Cartões amarelos: Baraka (Guarani); Messias, Giovanni e Zé Ricardo (América)

Motivo: 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Árbitro do jogo: Rodrigo Batista Raposo (DF)”


» Comentar

Comentários:
4