Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

A “espionagem” do Grêmio. É fato? Boato? Certo? Errado? ou nada a ver?

espn

Assisti ontem um bate boca do vice-presidente jurídico do Grêmio com a bancada da ESPN sobre a reportagem da emissora sobre um espião que teria sido contratado pelo clube para filmar treinos secretos dos adversários do time por meio de um drone. Essas filmagens teriam ajudado ao técnico Renato Gaúcho e aos seus comandados, em toda a temporada 2017.

Futebol não se ganha apenas dentro de campo e o uso da tecnologia para “piratear” informações está em discussão com este episódio. Até que ponto seria válida uma ação como essa. Seria desonestidade como as famosas compras de arbitragens que reinaram no futebol brasileiro durante grande parte da história?

O ex-diretor da Rede Globo, que foi vice-presidente do Flamengo nos anos 1980, Walker Clark disse no livro autobiográfico “O Campeão de Audiência”, de 1994 (relançado em 2015), na página 356, que ele, cuidava, dentre outras coisas do acerto com árbitros para favorecer o time: “… as mumunhas da arbitragem, os acertos com os juízes, o suborno. Todo mundo jura de pé junto que não existe, que são fatos isolados, mas na verdade, acontece, quase às claras, para quem quiser ver.

Assunto bom para saber a opinião dos senhores e senhoras comentaristas aqui do blog

* “EXCLUSIVO: Grêmio usou drone para espionar rivais durante o ano; veja flagra em treino do Lanús”

Gabriela Moreira, para o ESPN.com.br

O Grêmio que disputa a final da Libertadores, nesta quarta-feira, usou métodos de espionagem durante toda a temporada.

Apuração da ESPN revela que uma pessoa foi contratada pelo clube para filmar e fotografar treinos abertos e fechados de todos os adversários. Na Libertadores, no Brasileiro e na Copa do Brasil.

Com o auxílio de um drone ou usando câmeras escondidas em árvores, prédios e muros, a equipe de Renato Gaúcho teve acesso aos segredos e estratégias de todos os seus rivais: escalações, jogadas ensaiadas, esquemas táticos.

Tudo era de conhecimento da comissão técnica e também dos jogadores que assistiam às imagens feitas pelo espião antes dos confrontos.

A reportagem passou os últimos cinco meses monitorando os passos da pessoa contratada pelo Grêmio. Foram algumas tentativas de flagrar o trabalho. Contra o Flamengo e o Fluminense, nas vésperas das partidas do segundo turno, isso quase foi possível.

Até que na última sexta-feira flagramos o exato momento em que o espião se aproximava do CT do Lanús, adversário da final da Libertadores. Para proteção dele, sua identidade será preservada nesta reportagem.

Estávamos há dois dias acompanhando os movimentos dele na capital argentina. De camiseta e bermuda, ele desce do veículo alugado para a tarefa e coloca o drone no chão. Este ponto fica a cerca de 350 metros do CT do time argentino, na periferia de Buenos Aires.

Naquele dia, o time adversário da final fazia mais um treino fechado. O homem a serviço do Grêmio estava na cidade há mais de uma semana – hospedado próximo ao aeroporto, teve hotel, carro e passagens aéreas pagas pelo clube e já havia filmado outras atividades fechadas.

Por algumas vezes, tentamos aproximar, mas o espião ficou alerta. Até que ele coloca o drone para funcionar e volta para o carro de onde costuma controlar as filmagens dos treinos. Em dado momento, ele percebe que está sendo filmado e que vamos abordá-lo. Ele, então, acelera o carro. Mesmo na presença da polícia, que passava pelo local e estranhou a ação.

Após ser perseguido pela polícia, o espião resolve parar. Nossa equipe chega junto e ele nega que estivesse a serviço do Grêmio. O brasileiro, no entanto, confirma que colocou um drone para sobrevoar a região do CT. E não consegue explicar o motivo.

Dali, o espião foi levado para prestar esclarecimentos na Comisaría Seccional Segunda Lanús e lá ficou por duas horas. Os policiais colocaram em documento que ele espionava o treino do Lanús, fazendo filmagens com um drone. Ele foi liberado.

O treino fechado do Lanús está longe de ser o primeiro que o espião filmou. Pela Libertadores, esteve por pelo menos dez dias em Guayaquil, no Equador, espionando o Barcelona; o mesmo ocorreu com o Godoy Cruz, da Argentina – ambos foram filmados com drone.

O Palmeiras – não no Allianz Parque, onde não seria nada difícil para o espião, mas no Pacaembu – teve todo um treino fechado acompanhado. Já o Botafogo, pela Libertadores, teve todas as suas jogadas ensaiadas monitoradas pela equipe de Renato Gaúcho.

http://espn.uol.com.br/noticia/744582_exclusivo-gremio-usou-drone-para-espionar-rivais-durante-o-ano-veja-flagra-em-treino-do-lanus


» Comentar

Comentários:
44
  • Carlos Henrique disse:

    Nossa nem queria falar mal do outro clube, gosto de falar de futebol e do meu
    Mas quando nos anos 90, zoavam o Atletico por dividas salarios atrasados
    da uma vontade no atleticano em revidar
    nao que estejamos nadando em dinheiro
    mas alguns conselheiros, querem que o Dr Gilvan e Vincintin
    expliquem as dividas
    50 milhoes de açoes na Fifa
    divida bancaria que era d 17 milhoes esta em 60milhoes
    ex vice presidente acusando o futuro diretor (Itair Machado)
    de ter sido ameaçado de morte por ele
    nossa o Cruzeiro vai entrar logo é nas paginas policiaias

  • Stefano Venuto Barbosa disse:

    Só eu achei isso uma falta de notícia danada? Será que isso vai influenciar tanto assim no resultado? Para mim o que surpreende numa final é a habilidade, aquele jogador que num lance resolve o jogo. Acho que ao darem tanto destaque a essa bobagem estão desvalorizando a final.

  • Marcão de Varginha disse:

    Espionar adversário não pode; e manipular arbitragens?
    – Com a palavra os eternos coniventes!
    – #benecyetetnomito

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    O conselho deliberativo querer investigar o cenário financeiro do Cruzeiro pode ser positivo.
    A minha dúvida é: porque somente agora?
    Onde estava o conselho deliberativo e o conselho fiscal nos últimos anos?
    Seria meio absurdo se descobrissem o cenário financeiro pela imprensa, como a torcida. que isso não seja apenas mais forma de desviar o foco do futebol!

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Muito ibope que estão dando pra esse fato! o Cruzeiro sapecou o gremio com drone e tudo! agora gostaria de saber dos atleticanos,pra conseguir chegar na liberta será que a turminha vai pegar o controle e assistir os 2 jogos do cruzeiro e gritar zeiroooo? rsrs eu tenho certeza que sim e depois nem vão agradecer a gente!

    • José Eduardo Barata disse:

      Alô , JÚLIO ÁVILA ,
      você deve ter vibrado demais da conta naquela
      vitória nossa em cima do Palmeiras , em pleno
      Parque Antártica , que os levou pra Libertas .
      Deve ter gritado GALÔÔÔ a noite inteira .
      Ah! , e quando Cerezo os livrou da série B ?
      Outra grande manifestação , não foi mesmo ?
      Um abraço .

      • Julio Avila (Mariana) disse:

        Fala Barata,você nunca ouviu o Cerezo falar como ele saiu do atletico não? saiu bem magoado e agradeceu muito o Cruzeiro por ter abrido as portas pra ele! sei que nem atleticano nem cruzeirense vai torcer p o rival,foi só uma brincadeira mesmo,a famosa zuadinha! abraço!

        • José Eduardo Barata disse:

          JÚLIO ,
          cá pra nós , torcer pros azuis é difícil demais da conta .
          Sendo assim , vamos torcer CONTRA o Vaiscão .
          p.s.
          Em que pese a atitude mesquinha da diretoria do Atlético
          na questão Cerezo , você sabe que ele sempre foi mais que
          um jogador do clube , era (é) torcedor mesmo , haja vista as
          declarações que sempre deu .
          Então , a gente entende que ele foi uma ajuda nossa para o
          seu livramento da segundona .
          Não custa brincar um pouco , não é mesmo ?

  • Horacio V Duarte disse:

    Vi a reportagem da ESPN e achei ridícula. Não prova nada, não relaciona o Grêmio a nenhum dos fatos. Existem empresas especializadas nisto, fornecem informações que você precisa se pagar bem. Trabalham para qualquer um. Os times, os mais ricos, têm departamentos para analisarem tudo, esquema de jogo, precisão do passe e do chute de todos os jogadores, de todo e qualquer time. Agente encontra isto até na internet. Sinceramente, uma reportagem ruim.
    Acho que esclarecer o escândalo envolvendo o monopólio de transmissões esportivas da globo seria mais útil. Ou melhor, a remuneração dos times pelo ibope, pela torcida de ibope que nunca foi a um único jogo, do que pelo desempenho das equipes em campo.
    E isto vindo de uma emissora sem capital para enfrentar qualquer competidor por direitos de transmissão, neste modelo, padrão fifa, que estamos vendo.

  • Silvio T disse:

    No final do ano da graça de 2017 ainda tem gente que pensa e encara o futebol como nos anos 50, 60. Prá quem até hoje acha que métodos, táticas e estratégias não funcionam, lembro um jogo só: Brasil 1×7 Alemanha. Se não chega, tenho uma listinha imensa. Por isso, acho que usar meios ilícitos para ter informações do adversário deveria ser encarado como crime e atitude antidesportiva, com severas punições. Ou alguém aqui gostaria de saber que uma pessoa esta fazendo gravações secretas da sua casa, da sua empresa ou de suas atividades cotidianas e profissionais no espaço público? Imagina então no mundo milionário do futebol? Quando esse tipo de atividade for descoberto, como no caso do Grêmio, deveria automaticamente gerar processo e investigação.

  • Carlos Henrique disse:

    Se a moda pega e o povo é criativo, uma hora vao derrubar drones
    já pensou neguinho , mirando em drones e tentando derruba-los
    vai ser legal kkkkkkkkkkkkkkkkkkkki

  • jorgemoreira disse:

    Por falar em esperteza a NET é um caso vergonhoso aparte, cobra dos seus assinantes(e não cobra barato pra APRESENTAR REPRISES durante a semana toda, Claro que não exite neste lugar chamado de brasil ninguem pra fiscalizar e ATÈ MESMO PUNIR, UMA VERGONHA ONDE ANDAM OS DIREITOS DOS CONSUMIDORES, receber dinheiro para apresentar REPRISES VERGONHA NET VERGONHA DE SER ASSINANTE NET

  • luiz ibirite disse:

    pra mim é desrespeitar o direito do outro, será que o futebol precisa disto? treino secreto não ganha jogo, mas se quer saber como o adversario joga, pegue os vts dos jogos anteriores e tera uma ideia, isso so faz alimentar e despertar mais vontade no adversario.

  • Walter Pereira disse:

    Francisco,
    Eitha jornalismo fajuto!!! Quer dizer que a “competente” jornalista, ficou 06 meses, gastando dinheiro e correndo atrás de pelô em ovo? Será que não seria melhor ela fazer jornalismo investigativo contra os chefões da CBF e as empresas de mídia, envolvida até o pescoço com corrupção e compra de direitos de transmissão no futebol. Enquanto isso, a ESPN perde os direitos de transmissão da Champions League e não passa nem perto dos direitos da Libertadores. Quanta burrice e idiotice!!!

  • José Antonio disse:

    Na minha opinião isso sempre aconteceu, só que agora usam a tecnologia para isso…. Falar em espionagem num futebol de resultados arranjados, tabelas manipuladas, arbitragens tendenciosas, distribuição de receitas sempre privilegiando alguns, é, no mínimo, ingenuidade.

  • Frederico disse:

    Arapongagem sempre existiu…
    Agora que já sabem do fato clubes investirão na contra-espionagem para proteger seus segredos.

  • Raws disse:

    Eu só acho que na era da internet fatos pequenos e até irrelevantes, estão tomando muito tempo e atenção das pessoas. Quem dera fossem discutidos com a mesma proporção os problemas sérios que atravessa.

  • Renato César disse:

    Renato Gaúcho reconheceu que fez isto sim e disse que o mundo é dos espertos. Ele deveria ser rebatizado, deveria ser chamado de “Renato Carioca”. Porque, culturalmente, quem mais se aproxima da Lei de Gérson é o pessoal fluminense. Os gaúchos costumam ser honestos e trabalhadores.

    Particularmente não acho correto. Se o adversário proibiu presença de pessoas e captação de imagens e sons (o que normalmente acontece em treinos fechados), então o Grêmio cometeu um crime sim. Se espionagem acontece desde que o mundo é mundo no futebol, não torna legal, só aumenta o número de crimes cometidos.

    Fica a dica para o Galo, quando for inaugurar o campo 3273 da Cidade do Galo: campo fechado, com paredes e telhados. Vai dificultar bastante a espionagem.

  • Julio Cesar disse:

    Um time passa a competição toda com um esquema , algumas variações e jogadas ensaiadas. O que funcionou pois chegou as finais. Foi tudo acompanhado por TV e esta tudo gravado! Sera que vai mudar tudo nas finais ? Jogada ensaiada funciona com aplicação, com repetição. Ronaldinho ensaiou pedir agua pro Ceni ? Penso que tem oba-oba demais !

  • Rafael disse:

    É antiético. Mas comprar arbitragem é muito pior, assim como o árbitro se vender.

    Por essas e outras é que a Libertadores de 2013 e a Copa do Brasil 2014 valem muito, foram contra tudo e contra todos!

  • Pedro Vítor disse:

    Mas o Renato Gaúcho num aprendeu a ser técnico na praia, pra que este desespero?

  • Alisson Sol disse:

    O técnico do Lanús não vê problema, e diz que fez o mesmo (link.

    Não me esqueço de ter visto uma entrevista de um dos olheiros do Brasil na Copa de 2014 dizendo que tinha apresentado um relatório, que teria sido ignorado. Deu no que deu…

  • Tonho ( Mineiro ) disse:

    acha errado qualquer artificio que de vantagem, ate ter presidente de federacao Atleticano que foi claramente COLOCADO la pelo Galo. Acabo de ver um video em que o goleiro Cassio do curintians tira a mao para a bola passar em um dos gols do flamengo, curintians entrou com time reserva, favorece quem ter curintians e flamengo na libertadores ???

  • Thiago disse:

    Rapaizzzz….mas se for provado vai ser um dos maiores escândalos do futebol brasileiro. Digno de perda de pontos, rebaixamento, punição pesada, etc.
    Agora essa é Globo todos nos sabemos que corintians e Flamengo sempre tiveram ajuda extra….

  • jorgemoreira disse:

    Sempre são muita moral pra este babaca do renato, cara chato, fico imaginando se este cara fosse o tal crak que ele e os seus amiguinhos sempre tiveram certeza que ele foi, pra mim nunca jogou nem a metade do que os baba ovo(inclusive da imprensa mineira) juram que ele jogou, e mais a favor dele sempre vale né, que os Argentinos deem o troco que ele merece, Pode ser um pouco mais que fizeram com o Leão quando do jogo da Comenbol, eu vou achar é bãooooooooooooooo

  • Guilherme Gonçalves Costa disse:

    Usar a tecnologia para espionar outros clubes e levar uma possível vantagem num jogo, não é uma atitude bacana, e muito menos ética, mas está longe de ser igual a compra de arbitragens, expediente usado pelo flamengo nos anos 80 e por mais alguns clubes do futebol brasileiro.

  • Alex Souza disse:

    Olá Chico Maia,
    Segundo alguns manuais de gestão de informação uma vez determinadas as necessidades nós produzimos ou compramos a informação onde ela estiver disponível. Muito do que se necessita é coletado em fontes diversas disponíveis para quem desejar monitorar e analisar; os segredos muitas vezes são obtidos por vias que geralmente ninguém admite publicamente.
    É um assunto delicado e tratado com extremo segredo por quem sabe o que quer e precisa. A mídia é o maior exemplo de que se faz coisas “do arco da velha” por informações importantes; não dá para imaginar que algum “anjo”, com extrema regularidade, repasse, por exemplo, informações de processos que tramitam em segredo de justiça (como dados restritos de interceptações de sinais).
    É claro que toda esta festa que se vê nos telejornais de todas s emissoras, por exemplo, tem um preço e não deve ficar barato para os casos de maior repercussão.
    Todos negam, contudo, todos espionam. Governos democráticos ou autoritário, empresas (sobretudo as de alta tecnologia), patrões e empregados, partidos políticos, criminosos, entidades sindicais, pessoas e clubes de futebol. Todos tentam obter alguma vantagem competitiva.
    Este caso que veio a tona, com o Grêmio, vai abrir os olhos de muitos para aspectos da necessidade de proteger melhor o que é estratégico. Treinar num CT ou campo que pode ser observado de um colina, passarela ou de edifícios só é normal para quem quer se expor mesmo; assuntos estratégicos tratados em grupos de whatsapp vão acabar vazando para amigos, parentes, jornalistas, noitadas, amantes…
    O caminho a ser adotado pelos clubes é se proteger; de forma legal ou ilegal todos correm o risco de espionar e serem espionados. A matéria da ESPN nada trás de novo, salvo expor que o Grêmio espiona; os métodos são sempre os mesmos em todos os segmentos.
    As negativas, as contraditas, réplicas e tréplicas apaixonadas faz parte do debate. A nuance ética exacerbada no trato da questão é um “trem de doido”. Espionagem? No futebol brasileiro? Não pode, dizem… Na realidade querem dizer: “faz mas disfarça”… Como somos o país que gosta de uma lei quem sabe a “Lei do Abate” não será invocada contra os drones? Fico pensando em clubes ricos, como Barcelona, Real Madrid, PSG, City, os Chineses: podem até estar rindo do drone e celebrando. “A bagaça aqui é via satélite”…

  • Henrique disse:

    Acho que tudo hoje é polêmico. Por mais repetido que seja, sempre é polêmico. Espionagem deve ser algo que existe desde a existência da humanidade, ou até antes, quem garante que a vida antes da humana não espionava os outros?
    Se é legal, moral, ética, o diabo que seja são outros quinhentos. Particularmente sou contra espionagem. Mas ela está aí e não é só no futebol; guerras, políticas, brigas de vizinhos…
    No caso do futebol, deve existir os mais diversos tipos: do drone a subir na árvore perto do muro do CT…
    Observações: a ESPN não descobriu nada de inédito; O mais fácil hoje é arrumar material com os mais diversos jogos do adversário; Treino secreto, pelo acho eu, não ganha jogo nem campeonato e, por fim, voltando ao início do meu comentário, polêmica demais por coisa de menos. O mundo anda um porre.

  • Juliano Martins disse:

    Jogo é jogado lambari é pescado… Pode até ser que funcione nas jogadas ensaiadas de faltas, mas no campo mesmo, é outros quinhentos. Tem coisas mais obscuras acontecendo por ai…

  • José Eduardo Barata disse:

    Eu nunca vi tanta bobagem nessa história de se fechar
    treino , para “treinar” jogadas “especiais” .
    Me digam aí , e aqui temos muita gente que pesquisa o
    futebol , qual o jogo em que um time conseguiu o feito
    de enganar o adversário com uma jogada “oculta” .
    Não existe nada mais ridículo do que o alerta feito pelos
    locutores de que vai sair uma jogada ensaiada em uma
    falta ou escanteio .
    É tudo igual .
    O que muda o lance é a qualidade de quem o executa .
    Imaginemos um “drone” filmando Pelé e Coutinho , uma
    jogada de Reinaldo , do Joãozinho , um lançamento do
    Gerson , um drible do Dirceu Lopes , as “porradas” do
    Brito e do Fontana , uma antecipação do Luizinho, bom ,
    deixa pra lá .
    Quanto será que custa o passe de um drone ?