Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Fracasso em casa foi castigo ao Flamengo e ao Atlético, que conseguiu ficar atrás até da Chapecoense no Brasileiro

Já passamos da hora de acabar com essa bobagem de fogos na porta de hotel do adversário, violência e ameaças contra as delegações visitantes, principalmente estrangeiras. O que alguns grupos organizados flamenguistas fizeram com a delegação e torcedores do Independiente é inaceitável. Além de burrice, já que os argentinos estão mais que acostumados com este tipo de situação. Adoram este ambiente e usam tudo a favor deles.

Dentro de campo, tranquilidade para resistir à pressão do Flamengo, cujo ataque atuou como um sol de inverno, que quase não esquenta.

Título merecido do Independiente e castigo também para o Atlético que fez tudo errado e conseguiu ficar atrás da Chapecoense na classificação, um clube que perdeu do roupeiro ao presidente naquela tragédia e se recompôs ao ponto de deixar para trás um dos cinco concorrentes de elencos mais caros do país.


» Comentar

Comentários:
59
  • Igor Mendes disse:

    Gente, os azulinos insiste em demonstrar que a Massa está sofrendo por não ir a Libertas… Tem 5 anos consecutivos que participamos e este ano não merecíamos estar lá e o mundo não vai acabar por causa disso. Se esquecem que uma das últimas participações deles lá foi através do Galo numa vitória sobre o Palmeiras lá em Sampa.
    Quanto ao nosso maior rival, não mereceu a Sul americana. Técnico estrangeiro no Brasil é uma aposta muito arriscada e os dirigentes brasileiros precisam aprender a contratar, saem gastando a rodo e comprando craques da mesma posição e carências em outras. Éverton Ribeiro tem que ser o camisa 10, ele e o Diego no mesmo time não dá, por isso está rendendo pouco ao ser escalado de ponta direita. O Independiente mereceu o título e batalhou para tal.
    O que a torcida do Fla fez nas adjacências do Maraca e centro da cidade é a cara do Rio de Janeiro. Um Estado sem comando… Aquela cena de um cidadão roubando o celular de um atropelado e outro assaltando o veículo do atropelador é deprimente e nos faz repensar nossa sociedade. Como cobrar dos políticos agindo assim? Cenas mostradas justamente por aquela que mais se empenha em romancear o crime organizado no Rio. Deus passa a frente!
    Estou impressionado como neste blog, a arrogância azul e o desrespeito toma conta, enquanto um atleticano foi escorraçado do blog só porque criticava o Crucru. Entendo que ninguém é obrigado a concordar com tudo, mas vamos discordar com educação e respeito. Outra coisa Robinho ainda não foi condenado e o episódio ocorreu quando nem sonhava jogar no Galo. Portanto, o Atlético não tem nada a ver com isso, embora não concorde com a permanência dele no Galo , mas, por falta de condições técnicas.

  • Horacio V Duarte disse:

    Prezado Chico, não entendi a notícia sobre o Del Nero, a fifa suspendeu todas as atividades do Del Nero relativas ao futebol?
    Como se algum dia este sujeito tivesse tido alguma atividade relativa a futebol? Foi jogador, treinador? Diretor de algum time? Algum dia já jogou bola? Sabe onde fica o Maracanã?

  • Alex Souza disse:

    Olá Chico Maia, O mais incrível dos torneios Sul Americanos é que certas bobagens recorrentes entre boa parte dos jogadores e torcedores do times uruguaios, argentinos e paraguaios (briga em campo e arquibancadas, arremesso de pedras contra delegação visitante, fogos em hotéis, busca de confronto com policiais, spray de pimenta em adversário, pintura de vestiário visitante na véspera de jogo, ofensas racistas, proibição de treino de reconhecimento de gramado, chuva de pedras e objetos nos escanteios e saída de campo, sumiço de bolas e gandulas) foi se espalhando para o Brasil e outros países do continente.
    Todos estão recorrendo a manobras extra campo e nada acontece; alguns ainda dizem: “isto é… Libertadores”. Em 2018 as mesmas coisas acontecerão, como esta encrenca patrocinada no Rio de Janeiro na última terça e quarta. A Confederação Sulamercana permite tudo é acho que só os patrocinadores possuem instrumentos para, na base da coação centrada no corte de verbas financeiras, colocar limites nessa palhaçada.
    O futebol anda sumido dos jogos desses torneios e só se fala de catimba, armações, socos, voadoras, pedradas, fogos, dopping, guerra…

  • sérgio disse:

    Isso aí que a massa do Galo cansou de enfrentar..Em 1980;em 1981;em 1987…e ainda tem torcedor do cruzeiro que diz aqui em Minas sou cruzeiro mas no Rio sou flamengo:https://globoplay.globo.com/v/6358127/

  • Marcão de Varginha disse:

    O Galo para mim não foi “castigado” pelo não-título do Flamengo: simplesmente em toda temporada não fez por merecer estar na TLA 2018. Por mais que apareçam doutores com suas teses mirabolantes justificando a não participação do Galo, para mim tudo isso será balela: é preciso assumirmos que para um bom futebol é necessário um conjunto de situações positivas, justamente o que não entrou em campo em 2017. Simples assim!
    – #benecyeternomito

    • José Luiz disse:

      é isso ai, Macão, faltou acionar mais refletores, em mais jogos…concordo com vc! aqui é honestidade pura!!

      • Marcão de Varginha disse:

        Caro amigo, nunca falei que no Galo só tem honestidade… a “diferença” é que pelo menos por enquanto ainda não apareceu nenhum dirigente alvinegro tão corajoso e íntegro em suas palavras tal como o seu… isso sim, que é “honestidade”!
        – #benecyeternomito

  • José Eduardo Barata disse:

    Eu troquei algumas farpas amenas lá embaixo com o
    ALISSON e me toquei que o futebol está a perder sua
    capacidade de entreter-nos .
    Quisera eu que pudéssemos ter mais distração quando
    estivéssemos nas arquibancadas , a gritar , a xingar , a
    cantar e , simplesmente , torcer .
    E , pela televisão , que nos fosse passado situações de
    jogo , brincadeiras , folclore .
    Mas , qual o quê ?
    Só números , números e números .
    Me vem à lembrança uma brincadeira do Juarez Soares
    em transmissão com o Luciano do Vale .
    No início da partida deixou uma pergunta no ar para que
    os telespectadores descobrissem de quem era a fala .
    ” Chega de Glória
    O que quero é Liberdade ” .
    Deu de tudo , de Lincoln , Churchill , Luther King e
    por aí afora .
    A resposta dele :
    um cara bêbado , alta madrugada , querendo ir pra
    casa , no bairro Liberdade , só via passar ônibus do
    bairro Glória .
    Daí , o grito .
    Jamais esqueci dessa troça .
    Eita ! , tempo bom .

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    quem ironizou o clima entre Cruzeiro e Flamengo na final da Copa do Brasil deve ter ficado satisfeito com as cenas ridículas no Maracanã ontem. Vergonhoso pro futebol brasileiro.

  • Lucy disse:

    Havia sido aventada a volta da competentíssima Adriana Branco ao Galo… parece que o Kalil, que não é bobo, não quis abrir mão de sua fiel escudeira. Essa, além de fazer um ótimo trabalho, muito bem representa as Mulheres Atleticanas. Para ela eu faria uma faixa: Volta Adriana Branco (e Preto)!

      • Renato César disse:

        Numa boa?! Você, seja lá quem for, é mais um idiota que resolveu encher o saco. Cobre do Cruzeiro a demissão do Benecy e a devolução dos títulos que, por ventura, ele possa ter comprado. Sobre a Diretoria do Galo, você, seja lá quem for, viu a entrevista do novo presidente ou as declarações do presidente anterior?

        Acho que o Chico vai ter voltar a moderar alguns comentários para despoluir visualmente um pouco o blog.

      • Lucy disse:

        De novo? Mas não era Helena, agora já é José? Só falta se assumir MARIA.
        Para encerrar de vez essa questão: Não vai ser a opinião de um jornalista (freelancer) do El País que vai mudar o que penso, ainda mais com esse texto superficial, sem fontes, típico de quem quer “jogar para a plateia”… Esse jornalista em questão em abril 2014 fez uma extensa matéria/capa para a revista Placar com o goleiro Bruno, tendo sido alvo da ira das feministas, talvez esteja tentando se desculpar… Sim, porque jornalistas costumam ser incoerentes, haja vista o Fred Melo Paiva (esse sim, eu admiro e respeito) que também fez uma matéria sobre a condenação do Robinho, mas defende com fervor o senhor Luís Inácio Lula da Silva também condenado a 9 anos de prisão em primeira instância.

        Devemos formar nossa convicção baseando-nos em fatos/provas, não em opiniões alheias fundamentadas em “achismos”. Em se tratando de crimes não se pode ser genérico em casos tão específicos. Como ocorreu o crime? Teve perícia? Ele foi indiciado no Inquérito Policial? Por que a suposta vítima só fez a denúncia meses depois? Por que a Juíza não acatou o pedido de prisão? Por que dos 6 homens presentes só 2 foram condenados? Será que, se confirmada a sentença ela vai doar os milhares de Euros a que terá direito? Ele foi julgado à revelia? Enfim, são muitas as perguntas ainda sem respostas. Se tiver essas respostas me diga, por favor, não terei o menor problema em dizer que você está certo(a).

        OBSERVE ESSE CASO,
        Primeiro veja o que uma mulher bêbada amparada por feministas, pela mídia, pela diretoria de vários Clubes e pela sociedade que julga e condena antes da hora, fizeram com esse homem: http://www.todofutebol.com/2015/01/08/a-comocao-popular-contra-ched-evans-apos-caso-de-estupro-e-um-bom-primeiro-passo/

        Depois veja a decisão final do Tribunal local. Quem pagará pelos danos causados a Ched Evans?
        http://esportes.estadao.com.br/noticias/futebol,apos-prisao-ex-jogador-do-city-e-julgado-inocente-de-acusacao-de-assedio-sexual,10000082174

        Permita-se pensar mais, questionar mais, vamos lá, você consegue… não seja tão MARIA vai com as outras.

    • Renato César disse:

      Kalil é um cara explosivo, fala mais do que pensa. A Adriana Branco é quem molda seu jeito de ser, que organiza tudo para ele, inclusive as suas ideias. Eles se completam de forma impressionante.

      Para quaisquer que sejam suas pretensões na vida, ele a levará ao seu lado. Atualmente, parece que ele está mirando o Palácio da Liberdade. Então, ela só sai da Prefeitura agora para o Estado.

  • Carlos Henrique disse:

    Nao torci para o Flamengo , nem vi o jogo.O Atletico perdeu a vaga
    para ele mesmo, planejamento mal feito, tres tecnicos no ano.
    Isso tudo dificulta , mas isso é passado.
    Adorei a posiçao do Sette camara , sobre planejamento
    envolvimento com a base,novo diretor,Marques
    Gallo falando em elenco de força e mais jovem
    tambem é o pensamento do novo presidente
    com Nepo estavavamos um barco a deriva
    sem diretor de futebol
    por mais que Maluf tenha sido muito importante
    amigo de todos
    Nepomuceno teria que contratar outro
    mesmo ele vivo e enfermo
    amizade a parte é o Atletico, que tem que ser gerido como uma empresa
    poderia continuar mais amigo do Maluf
    mas teria que ter contratado outro diretor
    foi ai que a diretoria se perdeu, e até o demitido Andre figueiredo
    que dizem responsavel pela efetivaçao do Micale foi diretor do profissional
    agora nao tem Marques da base outro chegando para ajuda-lo com passagem na seleçao
    Bebeto de freitas experiente e inteligente
    Gallo que conhece empresarios e todos jogadores das seleçoes de base
    Um vice que tem doutorado e tem ótimos serviços pestados ao Atletico.
    mas mesmo contratando vai demorar um pouquinho
    para ir desfazendo de varios jogadores.
    nao é da noite para o dia, tem contratos longos com alguns
    agora é paciência para desfazer de alguns jogadores
    e inteligência para contratar

    • José Eduardo Barata disse:

      CARLOS HENRIQUE ,
      sabe o que eu faria com essas inutilidades que temos
      comendo e dormindo no CT ?
      Passe livre pra todo mundo em troca do distrato .
      Já pensou na economia de salário , gasto com água e
      roupa lavada , almoço e jantar todo dia , as bolas que
      serão economizadas nos treinamentos … e mais uma
      série de pequenos gastos que viram uma despesa de
      respeito ?

      • Carlos Henrique disse:

        É Barata ja tive contrato de Gaveta lembra, você nao poderia sair do clube
        tava preso a ele, abandoei o futebol e so joguei futsal.
        mas recissao é complicado tem que idenizar.
        Sabe Barata , quando chego na cidade a tarde
        ligava a tv. so para ver Silvi Luis e juarez soares
        transmitindo a serie b.
        a mioria dos jogos sao ruins
        mas oque você diverte
        Silvio fica narrado a venda de pipoca da arquibacada
        falando da mulherada que aparece
        do jeito do bandeirinha correr
        do juiz
        puxando a capivara dos jogadores rodados
        a camera nao para nem no jogo nem na arquibancada
        melhor que ficar vendo , esses caras falando em numeros
        abço

  • Márcio Amorim disse:

    O Rio de Janeiro escreveu mais um parágrafo na sua triste história. Maior do que a alegria de muitos e do que a tristeza dos flamenguistas foi o vexame que ficou da atitude de torcedores e jogadores, antes, durante e depois do jogo de ontem.

    As cenas a que assistimos de torcedores atacando o hotel em que argentinos se hospedavam, atacando o ônibus do Independientes nas proximidades do Maracanã, culminaram com o triste espetáculo proporcionado pelos jogadores no momento da premiação.

    Por mais boa vontade que tenhamos ao analisar a decisão dos jogadores de se esquivarem da premiação, não há como fugir da conclusão de que foi a única jogada verdadeiramente ensaiada pelos atletas e pelo clube, para a decisão.

    No campo, foram apáticos e levaram um “baile tático” dos argentinos que, em nenhum momento, nos 180 minutos jogados, sentiram-se ameaçados, tecnicamente, diga-se, pelos cariocas. Entretanto, seguindo alguma mente tão insana quanto inútil, todos, entre os que vimos, foram protagonistas deste episódio grotesco, como se seguissem um esquema previamente traçado.

    De nada adianta a CBF criar disputas por vagas em torneios interestaduais e internacionais como Copa do Brasil, Libertadores e Sul-americana, se as equipes disputantes não tiverem o mínimo respeito pela disputa. Muitos brasileiros, incluindo principalmente torcedores, acham que os torneios foram feitos para eles vencerem a qualquer custo, sem excluir disto a violência. Com o futebol atual, o vice fica de bom tamanho para a maioria das equipes brasileiras.

    Haja vista que as convocações das seleções brasileiras, a despeito de tantos campeonatos regionais e de quatro séries nas disputas nacionais (A,B,C e D) ignoram, em mais de 90% dos casos, os atletas que aqui atuam. O futebol anda curto e carente de craques. Nada tenho, por exemplo, contra o Jô, de cujo futebol até gosto. Porém, daí, a ser considerado craque não convocável de um pseudo-disputadíssimo torneio é prova de que, dentro das quatro linhas, a coisa não anda lá tão boa.

    O que se poderia esperar em um país onde tudo fluísse dentro da normalidade, da ordem e da decência, era uma severa punição ao Flamengo, aos torcedores e aos organizadores do evento deplorável e vergonhoso para o nome do Brasil, já tão enlameado pelos seus governantes.

    • Renato César disse:

      Parabéns pelo texto!

      Problema é que estamos no país da Lei de Gérson! Lembra o que o Renato Gaúcho disse em entrevista durante a disputa da final da Libertadores? “O mundo é dos espertos!” E teve foi gente batendo palma…

      Quando um torcedor do Corinthians matou um torcedor boliviano na Bolívia, CBF e Globo se juntaram para conseguir que a punição se limitasse a apenas disputar alguns jogos da Libertadores com portões fechados. Depois transformaram a punição só em multa mesmo.

      Desta vez quem aprontou feio foi a torcida do Flamengo. E não tenho a menor dúvida de que CBF e Globo se juntarão novamente para evitar uma punição decente.

      Quando a torcida do Boca aprontou com o time do River pela Libertadores, a Conmebol puniu a equipe xeneize com eliminação da competição e disputa de 04 jogos como mandante em torneios da entidade com portões fechados e 04 jogos como visitante sem sua torcida.

      Punição da Conmebol deveria ser até a exclusão do Flamengo de competições da entidade em 2018. Mas aquele pessoal que se reúne em jantares não publicáveis e paga a conta com malas entupidas de dinheiro, não vai deixar isto acontecer. E vai ter muita gente batendo palma de novo…

    • José Eduardo Barata disse:

      MÁRCIO AMORIM ,
      põe na moldura o seu texto !
      p.s.
      O Independiente , super copeiro , ganhador inconteste de
      Libertadores e Mundial , traz a sua torcida em peso para
      festejar mais um título , desta vez a Sulamericana .
      E aqui , o que se faz ?
      Ridiculariza-se todo e qualquer título que não seja aquele
      ganho em série A .

      • Renato César disse:

        O Independiente, de 07 Libertadores e 02 Mundiais, comemorou o título da Sulamericana como se fosse o primeiro título da sua história. E olha que nem a própria Sulamericana foi a primeira vez que ganharam: esta foi a segunda.

        Este desdém nosso é mais uma consequência da nossa falta de educação. Não sabemos perder, não sabemos competir. Não sabemos nem ganhar. Falta muita coisa para ser mudada aqui ainda.

  • Silvio T disse:

    Ah sim, a “imprensa atleticana” já começou a fazer onda dos prejuízos que o galo terá ficando fora da Libertadores. Pois afirmo: basta o time corresponder em campo nas competições de 2018 que a massa responderá na mesma moeda, batendo recordes de adesão ao Galo Na Veia.

  • Marcelo Mineiro disse:

    O que atrapalhou o Galo na minha opinião foram as trocas de treinadores,eu teria deixado o Levir por mais um ano,agora é deixar o Oswaldo trabalhar.Duas coisas que o Galo não deve mais fazer:Contratar treinador estrangeiro ou em início de carreira.Pra mim o Galo deveria tentar trazer o Tardelli,ele faz muita diferença em campo e poderia ser o jogador de velocidade ao lado do Fred.Meu time seria:Victor,Marcos Rocha,Leo Silva,Gabriel,Fábio Santos,Arouca,Elias,Robinho,Otero,Fred e Tardelli.Eu tentaria ainda trazer o Jemerson e o Bernard.

    Falando sobre o futebol de modo geral,enquanto não houver árbitro de vídeo o futebol não será sério.O Galo perdeu os títulos do brasileirão de 77,80,99,2012,2015 por causa do apito maroto.É absurdo a CBF e o STJD serem no RJ e não em Brasília.

  • Rafael disse:

    Por mais que pudesse ter sido bom para o Galo, não consegui e definitivamente não consigo torcer para o Flam…

    Parabéns ao bom time do Independiente, O Rei das Copas. Jogou muito nos dois jogos, com muita intensidade. E tem bons valores tecnicamente. Se junta ao Galo e varios outros grandes como campeão da Conmebol. Não queria ver o Fla ganhar mais um título, ainda mais um que temos, e dois, e os flam… não.

  • Guilherme Gonçalves Costa disse:

    Bom, de nada adiantou a minha “profetizada” aqui neste blog. Deu ruim e o Galo está fora da Libertadores 2018. A sensação que sobra é um misto de decepção e uma certa alegria por ver o nosso maior rival perder um título dentro de casa. Mas o Galo não ficou de fora da Libertadores na derrota do flamengo ontem, não. O Galo está fora por incompetência própria. Não tivesse perdido da fraquíssima Chapecoense e do horrível Vasco, dentro de casa, estaria na Libertadores agora. Bastava uma vitória contra um desses fracos oponentes, mas o Galo conseguiu perder estas partidas. Inacreditável!!! O google está aí para matar a vontade de todos que queiram ver os gols ridículos que o Galo levou destas babas nas duas partidas. Espero que o Galo use o Corinthians de 2017 como exemplo em 2018. A premiação ao campeão brasileiro será a maior da história e o Galo não terá a desculpa de estar participando de vários torneios ao mesmo tempo. Ano novo, vida nova!!! Tudo de bom ao nosso Galão Querido!!! Feliz natal a todos e um próspero ano novo!!!

  • jorgemoreira disse:

    Marques como jogador tudo bem, agora sera que ele se preparou para fazer as mudanças na zona em que a base do Galo foi transformada? sei não, eu teria conversado com o Leo Silva que ao meu ver esta dentro do clube, é um lider nato e ai sim o teria feito diretor da base, e posso até torcer pra que o Marques não seje mais um idolo a ser queimado dentro do clube e tambem com a torcida, eu espero sim ver o Leo Silva um dia ocupando cargos importantes dentro do clube, devido a sua carreira vitoriosa como jogador vencedor que é

    • Renato César disse:

      Marques fez cursos de gestão esportiva na CBF e na AFA. Ele se preparou para assumir um cargo de gerenciamento. Por enquanto, a aposta nele é mais válida do que no Leo Silva.

      Torceremos para que dê certo.

  • Silvio T disse:

    Pela euforia que vejo nas redes sociais e pelo foguetório em vários bairros ontem repetiu-se a estranha fixação da mariada: vibram mais com algo que prejudique o galo do que com as conquistas do próprio time!?!? Que a nova direção do Atlético se empenhe em montar um time realmente forte para 2018. Vem ai Brasileiro, Copa do Brasil e Sul Americana.

  • Horacio V Duarte disse:

    Ter um time de estrelas, o elenco de maior ‘investimento’, foguetório na frente de hotel, ser o time do coração da globo não adianta nada quando os árbitros não estão nem aí para a cbf e o outro time vem para jogar bola. É sem dúvida, a bola pune. Nunca ganhou nada fora, só ganha no Brasil por motivos óbvios.
    A torcida do flamengo parece querer arrombar a festa, assim como fez a torcida do são paulo na última libertadores, vamos ter que rever esta história de futebol gourmet, ou isto vai acabar com o próprio futebol. Ninguém vai carregar a bagaça nas situações ruins e deixar as decisões para o pessoal que sente falta da narração do gaovao já que não conhece ninguém, não fosse a camisa, nem o time que deve torcer.

  • célio alvarenga marques disse:

    classificação para a libertadores seria um prêmio não merecido à quem fez tudo errado em 2017!e que se pense 2018 de maneira diferente sem a “maldição”da competição continental,que leva seus participantes à encarar todas as outras competições como estorvos,como se só a bendita libertadores fosse importante!para o galo o brasileirão tem que ser considerado “a” competição,”o” objetivo!ganhamos a liberta ontem,que tal pensarmos naquele jejum de 47 anos sem brasileiro?e que o planejamento seja feito para formar times de verdade,não grifes com medalhões descompromissados e caros!tchau robinho,tchau elias,tchau fred!e que a própria massa tenha a compreensão de que contratar grandes nomes não significa formar grandes times!se os exemplos opostos do palmeiras da crefisa/galo 2017 e da dupla grêmio/corinthians não serve de exemplo,sinceramente não sei mais o que serviria!olhem as contratações do grêmio no início do ano!e parece que o ano deles foi razoável né?

  • Stefano Venuto Barbosa disse:

    Esse Rueda é muito é ruim, conseguiu ficar dois jogos inteiros sem oferecer perigo pro adversário e olha que ele tinha até qualidade pra trabalhar. Agora o Everton Ribeiro mais uma vez provou que a tremedeira é uma herança maldita que corre no seu sangue desde que pisou na Toca II, jogador que se esconde não pode jogar em time grande.

  • José Eduardo Barata disse:

    ALISSON ,
    vamos atualizar aqui o seu último comentário .
    Rainha de Copas ?
    Julgar primeiro ?
    Links ?
    Estatísticas do Telê ?
    Menos , meu caro , por favor , menos .
    Primeiro que julgar e sentenciar o “próximo” é uma de
    suas características , não minhas , com todo o respeito.
    E , segundo , o que me leva às minhas assertivas foi o
    que vi , vivenciei , ao longo de tantos anos à beira de
    um campo de futebol (e/ou dentro dele) .
    Não , meu caro , eu não abro links :
    abro minhas memórias , minhas experiências neste
    mundo emocionante e fascinante do futebol .
    Um abraço .

    • Alisson Sol disse:

      Assim, vai morrer com o conhecimento adquirido diretamente, limitando a si mesmo…

      • José Eduardo Barata disse:

        Ok , ALISSON ,
        a mim me basta , e posso garantir a você que nada que
        você me traga a respeito de futebol , que é o tema aqui
        em discussão , será novidade para mim .
        Limito-me a mim mesmo , sem dúvida , pois jamais a
        inutilidade que grassa por aí travestida de teorias de
        laboratório irá transformar um jogo de futebol , que será
        sempre onze caras a tentar colocar a bola na casinha de
        outros onze .
        A coisa é tão repugnante que querem até ensaiar como
        se deve torcer ( torcedor faz a sua parte , a torcida joga
        junto , não se deve xingar o goleiro , treinador não pode
        ser taxado de burro , e por aí vai ) .
        Chega de tanta teoria , tanta explicação, tanto blablablá
        teórico .
        Já reparou agora que toda falta cometida é porque o
        defensor “chegou atrasado” ?
        Talvez Harvard possa encontrar um método de se medir
        uma aproximação , aí todo mundo chega junto .
        Fico me lembrando de Joãozinho chamando o lateral pra
        marcação e aplicando-lhe um drible daqueles …
        E Reinaldo partindo pra cima e dando um drible seco e
        deixando o cara no chão …
        Se tomassem “porrada” era porque seus marcadores
        teriam chegado “atrasado” no lance ” …
        É cada uma de doer , meu Deus !!!

    • Alisson Sol disse:

      Pois vi morrer com o conhecimento adquirido diretamente, limitando a si mesmo…

  • RODRIGO COUTO disse:

    NUNCA DEPENDA DE NINGUEM. SEJA INDEPENDIENTE!!!
    #benecyindoparasua17libertadores

  • Ricardo Ribeiro disse:

    o galo escreveu mesmo que indiretamente o seu último capitulo de 2017 na noite de ontem,quem daqui há alguns anos quiser conhecer o que o galo fez de bom em 2017 terá muitas dificuldades de encontrar algo de positivo….
    parte da torcida do galo esse ano,agiu como um marido traído que prefere trocar o sofá a cama e brigar com os vizinhos do que enxergar o verdadeiro motivo da sua infelicidade……parte de uma pequena torcida atléticana que exageram nas bobagens faladas principalmente nas redes sociais atribuíram o fracasso do galo ao presidente nepomuceno(esse tem a sua parcela de culpa)ao diretor de futebol oriundo da base que contratou o mikale e os 3 treinadores que por aqui passaram em 2017.
    ficava me perguntando quando eles iriam culpar e cobrar daqueles que entram em campo e são muito bem pagos pra defenderem o manto alvinegro?os medalhões do galo pouco fizeram em 2017,foram pífios…..jogadores que não conseguiram dar um único chute a gol nos últimos 20 minutos de jogo entre galo x santos no independencia cujo goleiro vanderlei estava contundido e mal conseguia se aguentar em campo,um elenco que foi eliminado por um clube boliviano que tomou 8 de um time razoável do river,um elenco que terminou o brasileirão em 9º lugar………..qual é o tamanho da parcela de culpa desse elenco atléticano?pra mim uma reformulação tem de ser feita e espero que já tenha começado com a saída de robinho,que vai deixar viúvas com certeza!
    resta esperar 2018 e com ele melhores resultados,esse ano o vexame foi tamanho que obrigou alguns atleticanos a torcerem por um rival histórico que nos roubou em 81,eu não passei esse vexame!

    saudações alvinegras

  • José Eduardo Barata disse:

    Pois aí está consagrada a gestão do compadrio !
    Um senhor sem a menor condição de administrar
    um torneio interno de peladas de fim de semana
    é levado ao posto de mandatário de um time que
    está entre os maiores do país .
    Foram três anos ladeira abaixo que culminou com
    a torcida sendo levada a acreditar que uma equipe
    com Réver , Juan , Pará , Arão pudesse fazer com
    que estivéssemos a disputar uma Libertadores.
    Chega de vexame ! Acabou a farra !
    Esses caras que entram têm a obrigação de , em
    um mês , arrumar a casa e limpar a “porcariada”
    em que se transformou a Cidade do Galo .
    A limpa tem que ser total , não somos clínica de
    recuperação de “drogas” , se é que me faço
    entender .
    Já imaginaram quantos “jogadores” temos lá no
    CT , sem produzirem nada pelo clube ?
    Qual é esse custo ? Pra quê tudo isso ?
    Inadmissível termos na folha de pagamentos
    jogadores como Élder , como Capixaba , Plabo
    e sem lá mais quantas inutilidades .
    E ainda termos que ouvir por aí que “ah , sem
    dúvida que eu quero Robinho no meu time “.
    Tenha dó !!!

    • Tonho ( Mineiro ) disse:

      Barata falei aqui a uns 2 anos e pouco que ele ( Nepomuceno )estava destruindo o Galo e que pra subir foi dificil demais, mas ladeira abaixo meu amigo e muito rapido !! os ultimos anos so mostraram o tamanho deste GIGANTE Clube Atletico Mineiro, chegamos aos 100 mil socios no momento que praticamente a luta era para nao ser rebaixado no CAMpeonato.

      • José Eduardo Barata disse:

        TONHO ,
        dirigentes como esse Nepô ( fruto de panelinha ) são
        simplesmente desprezíveis .
        Somos A MASSA , e nós ditamos os rumos de nosso
        time , e não dá para aceitar tanta gente desqualificada
        a querer comandar o Clube Atlético Mineiro .
        Respeito pela torcida , primeira e fundamental atitude ,
        é o que esses caras têm que ter .

  • Herminio disse:

    Parabéns ao Independiente!
    Torcer para carioca para cobrar os incompetente do Atlético jamais!
    E a probabilidade do Atlético dar vexame no mata mata era altíssima.
    Melhor a Sul Americana competição que por ser Internacional é mais importante do que o Brasileiro!

  • Carlos Almeida disse:

    Eu e a quase totalidade dos amigos atleticanos torcemos contra o mais forjado clube nacional.

    Primeiro pq entrar numa Libertadores alçado pelo Flamengo além de não haver mérito algum, é até constrangedor.

    Ademais, esse elenco e principalmente essa diretoria desastrosa não merecem.

    É a tampa no caixão de uma das piores administrações da história do clube, que nos tirou do protagonismo e nos deixou em 9° lugar, isso com uma das 3 maiores folhas salariais.

    Agora obrigatoriamente o clube precisará se livrar dos medalhões que nada produziram.

  • Paulo Cesar disse:

    Brasil teve 40% de participantes da Série A na Libertadores (8 de 20). E o Galo não teve competência para, com o investimento que fez, chegar com as próprias forças. Hora de lamber as feridas, aprender com erros (o principal, na minha opinião: dar a direção do clube a uma pessoa certamente bem-intencionada, mas igualmente despreparada) e olhar para o futuro.

    À minha cabeça, vem um exemplo recente de ápice e queda anunciados, que deveria servir de reflexão: o Internacional. Ganhou quase tudo entre 2006 e 2010. “Moeu” de 3 a 4 técnicos em alguns anos. Manteve “intocáveis” que viviam de passado. E, finalmente, tornou-se um clube bastante prepotente e antipático, a ponto de o Brasil inteiro torcer por seu Rebaixamento em 2016.

    Galo, portanto, só não aprenderá se não quiser.

    • Carlos Almeida disse:

      Paulo Cesar, estive em POA e algumas cidades do Rio Grande em 2014 e fiquei impressionado e decepcionado com a arrogância dos torcedores colorados em matéria de futebol.
      Bem diferente dos gremistas, que eram sempre mto legais e bons de se interagir.

      Mas o pior de todos no cenário nacional é o flamenguista.
      Nada se aproxima.

      • Paulo César disse:

        O problema, Carlos Almeida, em 9 entre 10 fracassos no futebol, diz respeito à vaidade, à arrogãncia. Desisti de postar comentários em outro blog de um atleticano em outro portal, exatamente porque a maioria xiita confunde crítica construtiva com militância do “outro lado”, “infiltrado”, “Maria disfarçada”, etc.

        Entendo que o torcedor provoque e seja provocado. Ainda mais em estados polarizados como MG e RS. Mas a falta de visão crítica não deve ser uma constante. Levir, apesar de abelhudo e “entrão”, foi muito feliz quando, em 2014, disse que o clube estava de salto alto (errou ao se posicionar em público).

        Eu já disse no passado várias vezes: São Victor? Léo Silva? Éder Aleixo? R10? R49? Fred? Marques? Reinaldo? Robinho? Tardelli? Não… Todos têm seu valor. Mas o mais importante é, sempre, sempre, sempre, o clube. Depois, o resto.

  • Guilherme disse:

    Eu ja dizia, como atleticano, se tudo desse errado o Galo iria pra Libertadores. Ficam dois consolos: Flamengo vice e Galo focado só no Brasileiro.

  • João Gomes disse:

    Flamengo 1 x 1 Independiente
    algumas observações:
    .Diego Tres Toques assim como o Robinho são os artilheiros dos gols desimportantes! em decisões eles somem.
    .Já notaram que quase todo jogo o Réver dá uma cabeçada ou trombada em um adversário ou companheiro de time? hoje desmaiou o próprio goleiro…kkk e rachou a testa…kkk só joga de touca!
    .É um desespero pra ir na bola e no último minuto isola a bola perdendo a oportunidade do gol, é muito estabanado o cidadão!
    .Alguém tem um dvd do Luizinho zagueiro do galo e da seleção pra emprestar pra ele? kkk
    .Dá dó ver o Éverton Ribeiro reserva de Viseu, Lucas Paquetá…kkk Bem feito! num voltou pra onde foi campeão… agora fica só no cheirinho…
    .Não entendo porque não entra com o Vinícius Júnior logo de cara… se o cara é bom, põe logo pra fazer o resultado e partir pra cima dos caras.
    .E o Sanches Mino? saiu do Cruzeirão e até que não está mal na Argentina…
    .Esse time do Independiente é considerado o “rei de Copas” por causa de muitos títulos conquistados, mas quantos tiveram o auxilio do apito amigo?
    .O Maracanã continua uma zorra com invasões de catracas: perigo acontecer um desastre com a torcida em um jogo desses, estão facilitando, uma hora ocorre uma tragédia!
    .E o Galão da Massa num vai “participar” da Libertas/2018… é bom que num passa vergonha! tudo tem seu lado positivo! Pensem nisso!!

  • Renato César disse:

    Sobre o resultado do jogo para o Galo, eu particularmente fico tranquilo. É lógico que mais uma participação consecutiva na Libertadores só traria benefícios à imagem do Galo. Mas confio que aconteceu o melhor.

    Estamos reestruturando o clube, incluindo o futebol. Dificilmente chegaremos no final de Janeiro em alto nível. Aí, a cobrança seria ainda maior.

    De acordo com as especulações que chegam, vejo que o elenco está sendo melhor formado para as próximas temporadas. Oswlado vai ter que colocar para jogar para que se ganhe conjunto. Acho que as perspectivas são boas para as competições nacionais e até para a sulamericana.

    Só estou sentindo falta do craque do time, o camisa 10. Será que nem a nova direção vai perceber que falta este jogador no elenco desde a saída do Bruxo?

    Aguardemos a coletiva do novo presidente, que acontecerá daqui a pouco.

  • Renato César disse:

    Sobre o Mundial de Clubes, eu venho dizendo pelo menos desde Outubro do ano passado (http://blog.chicomaia.com.br/2016/09/30/nao-tirem-a-graca-da-libertadores-uma-reflexao-sobre-as-mudancas-na-formula-da-libertadores/#comment-181589) que este ano seriam aumentadas as chances de títulos dos sulamericanos.

    Quem ganhasse a Libertadores deste ano finalmente teria chances reais de ganhar também o Mundial. E vejam só o Grêmio confirmando isto…

    Ainda existe muita diferença entre as duas equipes, mas podemos dizer sim que o título está em aberto.

  • Renato César disse:

    Chico, acho que o que a torcida flamenguista fez foi consequência de dois fatores: falta de experiência em jogos internacionais e excesso de bandidos.

    O mais comum de achar nas torcidas organizadas é bandido. No Rio de Janeiro então nem se fala.

    E o time carioca não tem experiência em decisões internacionais. É muito forte dentro do Brasil e a gente sabe porque, mas fora, é um nanico.

    Nenhum clube que chega a uma decisão fica livre de ter os idiotas que vão para porta do hotel soltar foguetes. Mas o nível dos acontecimentos lá no Rio, só clubes assim mesmo.

  • Marcos disse:

    Tirando o fraco campeonato mineiro a única grande conquista do Atlético em 2017 foi vencer dois jogos o Cruzeiro por 3×1 no Brasileirão, mas o Cruzeiro festeja um título da Copa do Brasil. Mesmo torcendo pelo bem do futebol mineiro o Atlético não merecia ir pra Libertadores, e seria um absurdo se fosse!
    E o Flamengo pra variar só sentindo cheirinho, na hora do vamos ver só se lasca, mesmo sendo um queridinho das grandes mídias. O Independiente por ter know-how para competições sul-americanas superou o time carioca no Maracanã e o estrago só não foi maior pq o time argentino perdeu um gol feito!

  • Raws disse:

    Atleticano falar que não se importava com a vaga na libertadores seria hipocrisia, porém eu fico com um consolo, esse plantel não mereceu nem o nono lugar. Um grupo repleto de “estrelas” descompromissadas e outros omissos por aceitarem essa atitude dos colegas. Robinho é o maior exemplo do que estou falando, enganou todo o ano e ao final do contrato começou a “dar o ar da graça”. Se a palavra não for mercenário, não me lembro de outra. Pior ainda que parte da torcida acredita que foi o atual técnico que o ressucitou.

  • sérgio disse:

    …O Flamengo não ganhou a Sul Americana e o Galo está fora da Libertadores, mas quer saber? É ruim eu torcer para flamengo kkkk

  • Audisio disse:

    A gestão Nepomusono foi catastrófica. A falta de visão na contratação dos técnicos foi decisiva. O nono lugar espelhou a competencia, não da diretoria, mas de um presidente sem pulso, inexperiente, noviço. Alexandre Kalil tambem tem seu grau de responsabilidade nomeando um poste inoperante. O Atletico colheu o que semeou. Vamos observar Setecamara. Alexandre Gallo ja é um prenúncio de indecisão, ânimo dobre, e completa falta de verdsdeira experiência. Fracasso como técnico e uma incognita como diretor. Nepomuceno usou seus sub triunfos com justificativas de sua serie de erros.

    • Carlos Almeida disse:

      Concordo.
      Nepomuceno foi um poste em termos administrativos, não acrescentou nada ao clube.

      Mas pior do que isso.
      Foi uma mistura de incompetência e prepotência na gestão do futebol.

      Tbm acho que o clube não deveria mais fazer apostas, nem no comando técnico e nem na direção do futebol.