Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Nos 2 a 0 do Galo, a estranha suspensão a jato do bandeirinha, o medo de um Dorival Junior e a novela Rithely que seria melhor que o Conca

O que mais impressionou nesta vitória do Atlético em Uberlândia foi a suspensão relâmpago do bandeirinha que anulou o que seria o primeiro gol do jogo, do Uberlândia. Motivo de manchete do portal O Tempo: “Minutos após fim do jogo, bandeira é afastado por gol mal anulado – Presidente da comissão de arbitragem, Giuliano Bozzano fez o anúncio sobre o afastamento de Leonardo Henrique Pereira ainda no Parque do Sabiá”.

Que demonstração de eficiência, hein? Ou seria apenas jogo de cena?

Quanto ao jogo, a história de sempre nos campeonatos estaduais, quando um maior precisa vencer um menor. Por ter elenco muito superior, vence até com certa facilidade, mas erros de arbitragem dão motivo para teorias conspiratórias. O Galo mandou no jogo, desperdiçou oportunidades demais e está classificado para a decisão do campeonato, fato que ninguém duvidava. Ficaria de fora de uma lista de oito entre 12 concorrentes? A verdade nua e crua é que o campeonato começa valer mesmo é a partir dos jogos eliminatórios que vem aí, em que os três clubes da capital decidirão o título.

Enquanto isso, do outro lado do mundo, preocupação dos atleticanos da Galo Australia‏ manifestada numa bem humorada twittada: @GaloAustralia: “Se o Dorival vier pra cá…”

…. e a imagem de um carro sendo incendiado.

Se refere ao medo de que Dorival Junior, em queda no São Paulo, seja contratado pela diretoria alvinegra. Neste caso, também prefiro que o Thiago Larghi seja efetivado:

A novela de possível contratação do Rithely do Sport Recife continua e o Frederico Ribeiro‏ do Hoje em Dia escreveu: @Fredfrm: “Thiago Larghi, que trabalhou com Rithely no Sport, comenta possível vinda do volante: “Grande jogador, sabemos disso. Muita qualidade. Se vier, se tivermos condição de trazer e o clube está fazendo o possível, será muito bem-vindo aqui”.

Se acontecer, que assim seja. Infinitamente melhor que apostar no Conca, que segundo 9 em 10 jornalistas que o acompanham, trata-se de um “ex-jogador em atividade”, prejudicado por contusões.


Deixe uma resposta para Regi.Galo/BH Cancelar resposta

Comentários:
76
  • Carlos Henrique disse:

    Se o ATLETICO ganhar hoje do Tombense
    e ganhar do Figueirense
    por que nao efetivar já o Larghi
    nao é somente o tecnico do Santos ex Botafogo que foi efetivado
    Zé ricardo ex Flamengo hoje no Vasco
    dando certo
    Helman no Inter efetivado era das categorias de base
    o tecnico do Guarani de Campinas efetivado era da base
    Carilhe era auxiliasr edeu certo no Corinthians
    por que nao Thiago Larghi
    Dorival ja passou por aqui
    num momento crucial e foi bem
    gosta de trabalhar com a base
    mas o momento na minha modesta opiniao é do Thiago Larghi
    jovem e como Jair Ventura, quer um lugar ao sol
    é uma nova safra de jovens treinadores
    o Guarani esta na segunda colocaçao da serie a 2 paulista com tecnico da base
    o inter ta indo com o tecnico ex base
    por que a diretoria esta esperando
    se for para esperar o Cuca até intendo
    e aprovo
    mas se for para trazer um tecnico meia boca
    deixa esse cara trabalhar

  • Guilherme Leôncio Saraiva disse:

    ô Renato, sua desconfiança é pertinente. Quando o Flavio Carvalho fazia o programa da Band juntamente com o Chico, ele costumava dizer que tinha fontes fidedignas dentro do Galo e soltava cada furo negativo, principalmente próximo de jogos importantes.
    Meu pai frequentou este blog durante 3 anos desde a sua criação e me disse que já viu muitas contendas entre pessoas que antes se tratavam como “Caros”. Um indica Procópio pra técnico, outro manda vender Victor e Fábio Santos e o alvo principal é sempre criticar a diretoria e técnico. Pega no pé de atletas nas redes sociais jogando a torcida contra até a dispensa do camarada. Teve um que fustigou a vida do R. Machado, quando o técnico foi dispensado ele sumiu do blog e ressurgiu quando começou os fracassos do próximo técnico. Teve gente que reparou isso ai. É de impressionar como os caros conversam e se apoiam entre si sugerindo uma demonstração de intimidade e interesses duvidosos.

  • Victor Maia disse:

    Estou morrendo de medo da turma do time azulado pegar uma Febre Amarela, até que enfim o time vai jogar no interior.

  • Horacio V Duarte disse:

    Caro Chico,
    Não assisti ao jogo contra o Berlandia, nem os tais ‘melhores momentos’, portanto, não vou falar nada só que o resultado era esperado.
    Quanto as contratações acho que já temos gente demais, é preciso ver quem vai ser necessário primeiro. Não chamaria nenhum destes dois. Palavra final tem que ser do técnico, primeiro definir um técnico para depois fazer contratações.
    Ao contrário de muitos comentários aqui não acho o Dorival um técnico ruim, sempre armou times jovens e rápidos, é um Marcelo Oliveira melhorado, o problema é que nosso elenco, é caro, velho e bichado, não é o momento. Mas Dorival é um sujeito que monta bons times com jogadores jovens da base.
    Esta história de contratações de jogadores famosos e rodados é relativamente nova no Galo. Jogadores sempre vinham da base, ou eram jovens promissores de times menores. Já estou farto de contratações de jogadores rodados e que não precisam mais correr, pior, são os jogadores de ‘jogo grande'(aprendi esta outro dia). Escolhem jogos de repercusão nacional para se promover(correr) na televisão, em outros jogos o restante do time tem que jogar por eles.

  • Giovani Coura disse:

    Gostaria de mais oportunidade para o Tomaz Andrade e Gustavo Blanco, enquanto o elias do Coríntians não chega.

  • Pinho disse:

    O problema do Galo está no gol… Já trocou tudo desde Aguirre.. Só não trocou o Vitor.. Tá na hora… Estou falando isso desde 2014!! Se não tirar Vai trocar treinador d’novo!!!

  • Paulo F disse:

    Alguém consegue explicar qual a necessidade de trZer mais un volante???

  • Valmar Azevedo disse:

    Amigos, o lance pró Uberlândia não precisou editar e mostraram repetidas vezes logo após o gol do time do triângulo e mal anulado, daí portanto, a eliminação do bandeira; mas insistir e não perceber que a imagem do gol do Galo contra o América foi editada, não mostrada no ato e sim posteriormente; é pra lá de parcialidade, simbolismo e falta de auto análise, com todo respeito. Considerei que o América foi prejudicado quanto ao seu gol, mas a ação descabida do primeiro evento não descarta a possibilidade do 2º lance também ter sido mudado. Eu jamais contestaria os lances se o Galo perdesse jogando como o América jogou, não fez nada durante o jogo todo.

  • José Eduardo Barata disse:

    Ei , ALISSON ,
    tem uma sua lá no post dos “briguentos” que
    gostei demais da conta , quando você disse
    que quando a ” polícia chega vão dizer que
    é invasão de privacidade “.
    Pois é isso, meu caro, o que temos no Brasil
    para oferecer nos dias atuais .

  • Guilherme Fernando Teixeira Dantas disse:

    Chico, a rejeição de Dorival é unanimidade entre a torcida. Tirar o Larghi agora seria começar tudo do zero a essa altura do campeonato. O Galo ainda tem muito o que melhorar, mas já melhorou demais em relação ao time do Osvaldo e dos seus antecessores no ano passado. O trabalho está numa crescente. Galo ainda precisa de acertar o meio campo, especialmente a criação e buscar um maior equilíbrio em campo. Acho, porém, que para isso o Galo precisa urgentemente encontrar um meia armador que dê esse equilíbrio ao time, coisa que o Cazares não faz.
    Acho interessante uma proposta de contrato por produtividade pelo Conca. Pode dar muito certo. O Galo tem um DM competente. Se ele estiver “bichado”, já nos exames de admissão ele será reprovado. Se ele jogar bola, será um negócio da China!
    Sobre o Rithely, acho bom jogador, mas acho desnecessária sua contratação. O Galo tem mais jogadores pra essa posição. Acho que a prioridade deveria ser trazer mais um meia armador. Desde a saída do Dátolo ninguém mais passa confiança nessa posição. É hora de ter criatividade e priorizar o que realmente pode tornar o Galo um time competitivo para títulos ou um mero coadjuvante.

    • edson dias disse:

      Meu caro Guilherme, tenho MUITAS reticências sobre a tão falada qualidade do DM do Galo, a despeito da presença do Rodrigo Lasmar na chefia da equipe. Tenho pelo menos dois exemplos de zagueiros, que segundo os bastidores da equipe médica, jamais jogariam em alto nível novamente e por isso a diretoria se convenceu a se desfazer de ambos: Réver e Emerson, hoje no Botafogo. Rever passou 2014 inteiro no estaleiro, já tinha virado evangélico e saído da farra (sim… Tinha problemas extracampo antes). Hoje no Flamengo falha mas também faz excelentes partidas. E sinceramente, tenho o mesmíssimo receio em relação ao Luan. O que dizem é que não vai mais jogar em alto nível. Esse ano termina seu contrato e vejo que por essa lenda há sério risco de perde-lo. Ademais, antes um Luan meia boca do que a barca de reforços que cogitam. Conca está há um ano sem jogar. Vai chegar e jogar quando? É o mesmo caso do Felipe Santana… É temerário buscar um jogador que ficou parado por mais de seis meses, sem clube, vindo de lesão e cujo último clube havia sido um obscuro clube da Rússia. Eu não buscaria.

      • Guilherme Fernando Teixeira Dantas disse:

        No caso do Réver, era um jogador caro, valorizado e sua saída rendeu uma grana ao Galo. Depois que ele foi embora ele demorou mais de um ano pra voltar a jogar bola direito. O inter tomou um baita prejuizo com ele. No Galo e ja nao teria espaço pra ele naquela época. Jemerson bem, Leo Sillva bem Otamendi jogando o fino da bola.
        Claro que contratar um Conca é uma aposta com altas chances de fracasso, porém, se minimizar o risco financeiro do negocio, acho que vale a pena, pois se trata de um baita jogador. Se ele conseguir jogar bola aqui realmente será um negocio da China.

  • Regi.Galo/BH disse:

    E aos caro Renato e Barata,

    Na quinta-feira, antes do clássico, antes do Gomide, o Breno já havia afirmado que o lateral Danilo estava insistentemente pedindo ‘pelo amor de Deus’ ao Alexandre Gallo para ser negociado com o Sport, pois havia o interesse do mesmo e era o seu desejo sair para buscar espaço. Por isso a volta do César.

    Portanto, se à nós torcedores for permitido agir com certa prudência para buscar o entendimento dos fatos, vou até além, em dizer que o interesse na permuta com o Rithely pode, talvez, até ter sido uma manifestação do próprio CAM, pois, além disso, o próprio Largui afirmou ontem ter trabalhado com o Rithely e que teria aprovado a sua contratação.

    Sim, estou fazendo suposições mas todas já baseadas em informações também já confrontadas! E agora?

    Com isso, quero apenas dizer que as especulações acontecem, o tempo todo. Mas que, este mesmo tempo, aliado à prudência, pode conseguir melhor tratar de equacionar as reais intenções por detrás da informação.

    Comparativamente à questão, se a cozinha estiver suja e cheia de ratos, colocar a culpa nos ratos não resolve o problema. Culpar apenas a cozinheira também não. Se pensarmos com calma, quando os ratos circulam pela cozinha é porque todo o resto da casa já está comprometido.

    Não é que estejam sobrando repórteres ‘ratos’; o que falta é trabalho sério, compromissado e cuidadoso por parte dos responsáveis pela casa, meus caros.

    • José Eduardo Barata disse:

      REGI.GALO , na boa ,
      a respeito de informações que circulam sem cessar
      nos meios de comunicação , eu só lhas dou crédito
      se , e somente se , ouvir AS partes interessadas .
      Vindas de um lado só não dou bola .
      E até ontem, e eu disse aqui , NINGUÉM do nosso
      lado havia dito NADA a respeito do Rithely .
      Então , para mim , vale o que o Atlético diz .
      Quanto ao fato dos repórteres saírem por aí a toda
      hora divulgando saídas e chegadas , parecendo os
      locutores de rodoviária , pra mim é pura conversa ,
      coisa de “jogar verde pra colher maduro” e , se der
      certo , virar “furo de reportagem” .
      Viu hoje ? ” O Mala quer voltar pro Barcelona ”
      Quem aguenta isso ?
      Não se vive o HOJE , é sempre uma busca louca
      por fatos e versões , pelo que vai acontecer , ou
      por aquilo que alguns querem que aconteça .
      Eu já ando avançado na idade , eu quero mesmo
      é “curtir” o AGORA , bom ou ruim , não dá para
      viver de “especulações” .
      Trouxe pra mim um pouco d’O Poder do Agora ,
      do Eckhart Tolle .
      Tem me proporcionado um bem estar danado .
      Um abraço , parceiro .

      • Regi.Galo/BH disse:

        Mas, aos caros Renato e Barata estou dizendo exatamente isto:

        – Prudência, e não o contrário!!

        Ouvido foi feito para ouvir, seja o que for, necessário ou não, seja de quem vier..

    • Renato César disse:

      Prezado, não sei quem seria este tal Breno. Mas é estranho. O César ficou umas duas semanas no Paraná e não fechou com o Londrina. E o Galo ainda negocia com o Sport, tendo o Inter como concorrente. Como o cara voltou para ocupar o lugar de alguém que não saiu?

      Sobre o setorista em questão, o que condeno é a forma como ele dá notícias. Sempre em véspera de jogo importante, uma “notícia” que mexe com o elenco, torcida e imprensa.

      Já os responsáveis pela casa, estes estão trabalhando. Note que os treinos estão sendo fechados. Isto é uma retaliação elegante à imprensa, que responde soltando “notícias” que não viram informações.

      • Alexandre Assis disse:

        Renato, isso não é novidade. Me lembrei de apenas um dos muitos casos estranhos como esse que você citou. Certa vez, numa véspera de decisão de quartas de finais do Galo na Copa do Brasil, o “defensor” do Galo na bancada do AE soltou uma pérola: encontrou com o Danilinho na balada. Esse furo fez um estrago na torcida e elenco, ambiente ruim, Galo desclassificado e dias depois descobriram, que ainda era cedo da noite e Danilinho havia saído e aguardava uma macarronada num restaurante. Tem muita gente que se diz atleticano, mas trabalha pro outro lado.

        • Renato César disse:

          Por isso que eu digo que tem que tomar cuidado com estas “notícias” perigosas. Não confundir liberdade de imprensa com libertinagem de imprensa.

        • José Eduardo Barata disse:

          ALEXANDRE ,
          sempre que encontro aqui assunto como esse
          de conversa fiada de “setoristas” de futebol ou
          mesmo de “analistas” me reporto ao Romário ,
          em entrevista à Fox,a qual recomendo a todos.
          Ele conta uma quando ele sumiu do clube logo
          às vésperas de uma final ,e a imprensa “caiu”
          em cima , dizendo horrores dele .
          O Zinho sabia onde ele estava e foi perguntar
          pra ele se ele iria aparecer pra jogar , no que
          ele respondeu : ” fica tranquilo “.
          No dia da final “foi pro jogo” e arrebentou na
          partida .
          Eu acho que é assim que jogador tem que dar
          resposta pra esse monte de gente frustrada :
          em campo , e matando o jogo .

          • Alexandre Assis disse:

            É amigo, as Fake News da imprensa, travestidos de atleticanos, não tem dimensão do estrago que a net e a mídia provocam num âmbito da sociedade. Altera sim o desempenho de um atleta, principalmente quanto ao medo de errar. Pode provocar uma noite de sono mal dormida, decepções ou emoções prejudiciais. Todos nós passamos por isso, difícil é enxergar no outro. Romário é diferenciado!

          • Regi.Galo/BH disse:

            É uma pena que não foi o mesmo caso com o Danilinho, não é!!?

            Infelizmente, e curiosamente, as Fake News do Rever e do Danilinho não ‘caíram abaixo’ tão similarmente quanto o caso comparativo com o ‘baixinho’. E por quê?

            Ah, tá! Pode não nos interessar porque queremos ignorar a perversidade da mídia semeadora da discórdia!! (pode ser conveniente?)

            Mas por quê diabos, então, ao time derrotado sempre interessa!!? Que poder desestabilizador é esse, senhor?? Não bastaria à equipe, aos jogadores, agir conforme nós agimos: com máxima indiferença!!?

            Está restando para mim a estranha percepção do quanto os companheiros estão lamentavelmente deturpando o propósito do assunto. Aliás, ou mudamos de assunto e ainda não consegui me aperceber??

            Por gentileza, sendo ou não Atleticano, ou tendo ou não inteligencias múltiplas, a ansiedade não pode jamais dar lugar à própria oportunidade de trocar figurinhas, debates, pontos de vista, divergências, com as várias opiniões tão distintas deste espaço.

            Pode nos ser conveniente, de verdade?

  • célio alvarenga marques disse:

    e o o cone continua com um mísero golzinho!

  • João Cavalieri disse:

    Doutor Sócrates disse certa vez que o futebol é decidido 60% dentro de campo, o restante fora dele. Cada um tire suas conclusões.

  • Gabriel Júnior disse:

    Manchete de uma afiliada da globo antes de Atlético x Uberlândia: Galo pode terminar fora da zona de classificação ao final da rodada. Poderia sim, mas duvido que uma tragédia dessas seria anunciada se fosse para o outro lado.
    Gostaria de lembrar aos atleticanos, que o 2º gol do Galo foi uma roubada de bola do Elias… Que no empate contra o Tupi, Elias colocou R. Guedes, Erik, Patrik e Ricardo Oliveira na cara do gol. Já vi sim partidas ruins dele, mas creio que ele não é o culpado pelo fraco desempenho do time. Ano passado, jogando com dois volantes e atuando mais solto, marcou 10 gols na temporada. Acho que o problema é o elenco fraco. Lógico, não tenho procuração pra defender ninguém é apenas minha humilde opinião num debate onde respeito a todos. Só sei de uma coisa, o Galo no momento é Adilson e mais 10. Os outros se equivalem.
    O gol do Uberlândia foi mal anulado sim, mas não creio que ganhariam o jogo, os gols do Galo foram no 2º tempo e erraram um caminhão de oportunidades.
    Gente, tenho minhas dúvidas quanto a times alternativos do Galo, resultados ruins demais que nos levaram a essa colocação na tabela. Outra coisa, jogadores da base de outros times, antes de chegarem aos titulares já são contratados, outros rendem, porque jogam junto aos titulares e não em times alternativos, mas não dá pra insistir se não mostrar serviço logo, senão vamos parar nas segundonas dos campeonatos.
    Gostaria de dizer aos nobres azulados, que nós também tivemos gols mal anulados no início da competição em jogos que perdemos pontos.
    Se essa diretoria contratar o Dorival, paro de torcer. Já tivemos um experiência com ele bastante vexatória.

  • Julio Cesar disse:

    Pra quem gosta de maracutaia como escreveram aqui, sugiro um bate papo com o Benecy….é cada um viu ! O unico (talvez não o unico mas é prateleira debaixo) pais do mundo em que um dirigente vai a publico dizer que comprou arbitragem, riu, e não acontece nada.
    Tambem, não aconteceu nada com os donos do helicoptero com meia tonelada de pasta base….Nem é cocaina ainda. Imagina quando fosse “industrializada”? De quem era o veiculo mesmo ?

  • Regi.Galo/BH disse:

    Barata,
    Como você gosta de dizer, para atualizar o papo, preciso dizer que as SUAS dificuldades representam as NOSSAS dificuldades. Nas suas, nas minhas, nas palavras do Nobre Claytinho, que recentemente fez referências aos também meliantes desses ambientes virtuais, estamos estarrecidos com a crescente falta de moderação, mesmo com a presença do tal moderador.

    Me refiro à MODERAÇÃO no sentido puro da palavra. No sentido que deveria ser parte inerente da natureza humana. Uma habilidade em desuso, e que percebemos ainda mais a sua ausência, quando notamos a dificuldade de alguns mais afoitos em conseguir controlar o próprio EGO. Quando notamos que a mensagem do sujeito, o diálogo, a presença de espírito, a convivência anti-democrática, é tão somente um compilado do seu próprio EGO. Isso para falar minimamente bem, não é!!?

    Moderação, por si só, estimula diálogos. Ego(s) estimula(m) tudo, menos respeito mútuo. E é assim, creio eu, que se perde todo o sentido do uso do espaço compartilhado. E é assim que começam a se proliferar os ambientes virtuais cheios de gente querendo atrair a atenção, cada um com o seu monólogo de alta repetitividade e de baixa receptividade.

    E, o que é ainda pior, serão por estes tais ‘haters’ de plantão, com os seus EGOísticos monólogos sistematicamente ‘kkktizados’, plenos da mais pura razão ironicamente incorreta, que seremos nós também conduzidos às nossas piores qualidades, para podermos conseguir conviver com as idéias do inimigo. Não se pode jamais subestimar o efeito do ambiente!

    Ou, de outra forma, serão por causa desses, os CRIADORES dos ‘floods’, ou das inundações de idiotices, que qualquer um de nós desanimará de tentar manter ou freqüentar qualquer espaço existente.

    Será a involução do ser humano ao seu estado original? A religião prega que nós viemos do barro; está errado. São esses os caras que nos provam que nós viemos dos animais; a ciência é que está certíssima.

    Mas não se desespere ainda. Virtualmente falando, qualquer semelhança com a realidade é apenas uma mera coincidência!

    Kkkkkkkkkkk!!!!

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Caro Regi.Galo/BH,

      O seu conhecimento e total domínio das palavras, é um verdadeiro dom. E a sua visão traduzida nessas e nas suas demais palavras ao longo desse tempo que já te acompanho aqui no Blog, revelam o ser humano diferenciado que você é. Eu tento sempre aprender, absorver ou me reciclar em algo quando leio um texto seu desse tipo. Parabéns !

      Abraços

      • Regi.Galo/BH disse:

        Não, Nobre Claytinho, mil vezes não!!

        Puxa vida!! Convivo neste espaço pelo aprendizado e pela diversidade de opiniões e, vez em quando, vou compilando tudo o que todos escrevem, apenas agregando os meus pontos de vista pessoais e tentando abstrair ao máximo em cada tema do post ou comentário.

        Acompanho o Blog faz muito tempo e hoje é o único que frequento. As opiniões, os debates, são muito enriquecedores e só me trazem crescimento, juntamente com cada assertiva, cada detalhe, cada observação, cada opinião pessoal e a sua construção coletiva. Não excluo nada e vou procurando compreender, da melhor forma possível, a importância de cada ponto de vista. Como a maioria dos comentários se complementam, fica interessante demais construir conhecimento com base nesta busca da melhor compreensão do pensamento em termos gerais.

        Portanto, sou muito grato pela sua consideração e fica honrado por tal privilégio (mesmo considerando um exagero!). E vindo de você, também uma referência pessoal em termos de produção de conteúdo e informação, se torna para mim ainda mais um compromisso de tentar corresponder de alguma forma.

        Em primeiro lugar esses Parabéns são seus por todas as suas contribuições e sinceridade; e depois, podemos dividi-los entre os tantos companheiros que, igualmente, fazem o Blog ser o que é: tão proveitoso!

        Abraço!

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Marcio Amorim disse tudo!! se não fosse os erros de arbitragem o atletico estaria na ultima rodada brigando pra não cair pra serie b do mineiro!! isso é um fato claro e só não assume quem gosta de maracutaias!

  • DUDU GALOMAIO BH disse:

    Jogo ruim, tecnicamente.
    Como sabemos que irão aparecer alienados com as mesmas ladainhas de sempre, vale salientar que a arbitragem anulou um gol normal do Ricardo Oliveira também.
    Estou esperando as profecias… de que “o Galo nem entre os oito ficará”.

  • Regi.Galo/BH disse:

    Contratar o Dorival seria um verdadeiro Ato Nepomucênico: um mero atestado de incompetência e incapacidade de cuidar do futebol como este merece.

    O trato com o futebol já demonstra claramente as consequências da falta de planejamento: um time que só tem 03 jogadores; a insistente contratação de jogadores medíocres ou em busca de recuperação, para só apenas compor o elenco (inclua-se o ‘Ruimthely’ nas categorias medíocre e em recuperação); o amadorismo evidente na direção de futebol; e a indefinição na condução do aproveitamento dos jogadores da base.

    O Campeonato Mineiro deveria ter sido usado para se fazer experiências com os jogadores em campo. O aproveitamento dos ‘meninos’ deveria ser parte preponderante neste quesito. Qualificar a equipe, qualificar o elenco, qualificar o banco de reservas, qualificar o técnico, para ao fim poder também montar ‘a barca’ e despachar para bem longe.

    A indefinição no caso Thiago ainda traz até mais prejuízos do que propriamente ajuda: sem a sua efetivação, como ele vai conseguir planejar? Conseguir fazer experiências? Impor contratações de qualidade? Exigir recursos?

    O Thiago está mostrando trabalho e precisa de definição, para o bem de todo o resto. Outra coisa, está mostrando trabalho mas já está no limite com esse time medíocre (generalizando). Entra aí até um outro raciocínio: se ele também resolver se abraçar com Victor, Léo Silva, Gabriel, Elias, Roger Guedes e Casares, aí vai cair mesmo. Vai cair o Campeonato Mineiro, vai cair a Copa do Brasil, vai para a Série B do Brasileirão, além de cair ele próprio.

    Coisa que não cai no Galo, de ‘jeito maneira’, é a máscara de gente interesseira e mancomunada. Mas o que precisávamos é que CAÍSSEM na real e fizessem um trabalho melhor e de qualidade. O futebol do Galo está refletindo fidedignamente a vitrine do que é a sua administração. Muito abaixo do esperado.

    – Adilson, SELEÇÃO!!

    • célio alvarenga marques disse:

      com todo o respeito meu caro mas incluir victor,o jogador mais importante da história do clube,em uma relação de jogadores que não devem ser abraçados pelo treinador,sinceramente é o bastante para que eu duvide de sua condição de atleticano!

      • Regi.Galo/BH disse:

        Caro Célio,

        Com a mesma intensidade de respeito, creio piamente no seu direito – e vou sempre defendê-lo – que você possa sempre vir à duvidar do que você bem entender. Particularmente não estou aqui para produzir certezas; do contrário, estou produzindo uma opinião e me responsabilizo por ela, mesmo que você não queira concordar comigo (e acho isso ótimo!).

        Concordar com você não me fará tão Atleticano quanto você, tenho certeza! Se não posso ser Atleticano, poderei ao menos continuar católico, por ter feito tamanha heresia sobre o Santo?

        Pelo jeito, e você não é o primeiro a questionar o fato de eu ter incluído na minha lista, eu não vou ser o Atleticano que você desejaria que eu fosse, nem para te fazer feliz. Se você me perguntasse os motivos eu te diria os meus por quês de ter citado o Victor, até para você continuar discordando deles, pois faz parte.

        Eu só não gostaria que, se por outro lado, alguém vier algum dia à concordar com as minhas opiniões, fosse igualmente tratado como não-torcedor, como você faz questão de sugerir.

        Não estamos aqui para isso, não é!!?
        Sempre recorro a mesma pergunta: Quem necessariamente precisa provar algo neste espaço?

        Como duvidar pode ser também uma via de mão dupla, neste momento, eu DUVIDO que você tenha tanta capacidade de julgar alguém simplesmente pelo que ele escreve!!!!!!!!!

    • Renato César disse:

      Dorival Júnior é um cara que tem demonstrado ser muito bom. Muito bom em tirar times do rebaixamento. Passado o risco da degola, busca outro. Fica com ele é fria. Março está muito cedo para algum time contratá-lo.

      Eu havia dito que, na minha opinião, ele seria efetivado: imediatamente após o clássico em caso de vitória; na véspera do jogo contra o Uberlândia em caso de empate no clássico; após o jogo contra o Uberlândia em caso de derrota no clássico. Vamos aguardar!

      • Regi.Galo/BH disse:

        Algo precisa ser feito, Renato!

        Ninguém ganha campeonato com indefinições não. Quem já ouviu a história contada pela boca do Carille, vai entender que houve planejamento deixado pelo Tite e o Corinthians seguiu a cartilha.

        No nosso caso, se não serve, que mande embora; e se serve – essa é a minha opinião – que efetive-o já. Precisamos de dar um próximo passo e com o Thiago interino este não vai ser dado: precisamos de jogadores URGENTE.

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Caro Regi.Galo/BH,

      Fique tranquilo meu nobre, essa deve ser mais algum especulação antecipada, plantada por algum empresário ou alguém com algum outro interesse. Mas se for verdade mesmo e se concretizar, aí meu jovem, será muita brincadeira de mau gosto da sua Diretoria com vocês viu…
      Dorival está em decadência e mais que ultrapassado. E até o seu discurso que antes empolgava, hoje já não ilude mais ninguém…
      Não sei se vc reparou nas entrevistas dele… Desde a época de Santos, quando ele permitia uma oscilação do time que culminou com sua demissão, em toda entrevista, quando era interpelado sobre o porquê daquele momento ruim, ele sempre respondia inciando a frase com: “Eu não tenho dúvidas que o Santos vai melhorar”… Aí depois que assumiu o São Paulo, quando é interpelado da mesma forma, adivinhe como ele começa a frase de resposta…. rs “Eu não tenho dúvidas que o São Paulo vai melhorar”…
      Então, caso essa brincadeira de mau gosto com vcs se concretize, prepare-se para ouvi-lo muito dizer que… “Eu não tenho dúvidas que o Atlético vai melhorar…”
      Mas não se espante se ele vier, logo em seu início aparecer alguns Atleticanos o elogiando, elogiando seu trabalho, simplesmente por estar no Atlético Mineiro. Exatamente como foi com o Oswaldo de Oliveira, quando todos já sabiam que é outro fraco e ultrapassado.

      Abraços

      • Regi.Galo/BH disse:

        Caro Claytinho,

        O medo do Dorival vir é real, sim. Mas, existe um problema maior a que eu quis me referir: hoje, no Galo, a impressão que temos é que TUDO É POSSÍVEL. O Dorival, o jacaré da Lagoa da Pampulha, o Monstro do Lago Ness, o Pé Grande, todos são possíveis candidatos de assumir o comando do time neste ambiente de indefinições que se instalou após o Nepomuceno.

        Realmente, a gente está a mercê de toda espécie de fantasmas e assombrações!

        Quando se deixa espaço para especulações significa que elas estarão passíveis de acontecer. Falta definição em todos os sentidos. Há muito tempo está faltando estabelecer coesão nos propósitos e nas relações interpessoais, principalmente com a imprensa.

        Neste ponto, o Kalil sabia muito bem fazer marketing positivo e responder ao marketing negativo; depois dele, o que tomou conta foi o marketing do desastre anunciado. Para mim, faltam cabeças pensantes em todos os segmentos. ‘Falta de dinheiro’ não pode servir de desculpa para ‘falta de parar para pensar’.

        As suas considerações estão perfeitas. Apenas estão superficiais frente ao meu pavor super-potencializado.

        Abraços!

      • Renato César disse:

        Para falar a verdade, não vi nenhuma especulação sobre a vinda do Dorival. Nem de um certo setorista aí. O que vi foi só a antecipação do veto a ele por parte da torcida que vislumbrou a possibilidade disto passar pela cabeça do Gallo.

        Vamos de Thiago Larghi pelo menos até a Copa do Mundo.

        • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

          Caro Renato César,

          Vc pode realmente não ter lido, assistido ou ouvido. Mas o simples fato de ter sido repercutido aqui no Blog pelo Chico Maia, obviamente é porque em algum lugar houve tal especulação. Lembro que estou falando de “especulação” e não de notícia com fundamento.

          Abraços

  • Márcio Amorim disse:

    Caro Chico!
    Desculpem-me os colegas se estou manifestando em espaço alheio, mas o assunto não deverá ganhar repercussão em outro lugar. O jeito é participar aqui mesmo.

    Não vi o “jogo da vida” do Uberlândia e só vi o lance em questão. Causam-me estranheza os ataques à punição do auxiliar. O gol anulado, o momento em que foi anulado, tudo fica em segundo plano porque o auxiliar foi punido? Volta-se àquela velha desculpa de que o jogo foi 2 x 0, o que mostraria que o gol anulado não teve influência no resultado? Falso.

    Há pouco tempo, foi-me dito aqui que eu estava brincando com a inteligência dos colegas e com a minha. No mesmo espaço, no mesmo dia, com a foto do gol dado pelo auxiliar, contra o América, com a bola claramente fora, publicada pelo senhor na matéria, disseram que os pés do goleiro do América estavam um metro dentro do gol, ou seja: a chuteira passou completamente a linha? Gol! A bola não interessa. E não interessava mesmo porque ela entrou toda no gol do Atlético e não foi gol. Talvez porque a chuteira do goleiro não tenha ultrapassado toda da linha? Em seguida, aprendi tudo sobre teoria da conspiração contra o Atlético: Globo forjou as imagens; não gosta do Atlético; é possível fazer montagem. Houve quem se mostrasse o maior entendedor de montagem, desmontagem e de fraudes em imagem. Lances idênticos com interpretações maldosamente dirigidas. Pergunta-se: para que tecnologia se elas não são críveis?

    Difícil falar de inteligência de quem você não conhece. Eu brinco com a minha desde que nasci e ela me deu tudo o que tenho e que eu considero muito. Tudo gravita em torno dela.

    Vou apenas refrescar a memória de muitos: naquele jogo, perdendo, o Atlético ficaria fora dos oito classificados, largamente divulgado pela Itatiaia, pelo menos temporariamente; no de ontem, ficaria de novo fora dos oito, não temporariamente, mas perigosamente. Resultado? Ele foi catapultado violentamente para o terceiro lugar, quando, com seis pontos a menos, estaria namorando o Módulo II. Antes dos erros dos auxiliares, os jogos teriam muitas chances de tomar outros rumos porque o Atlético começaria atrás no marcador.

    Muito pior do que punir o auxiliar de ontem foi não punir o outro. E teriam obrigação de fazer uso das imagens em ambos os casos. Afinal, o que queremos? Erro ser tratado como erro e safadeza como safadeza. Que se punam os safados ainda que esvaziem o quadro de árbitros e recorram a juízes de outros estados ou mesmo do DFA. Ou fechem o Departamento de Árbitros.
    Bom dia a todos!

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Grande Márcio Amorim,

      Não vou entrar no mérito da questão, porque como Cruzeirense, qualquer manifestação de concordância da minha parte, seria até redundância.
      A única coisa que gostaria de lhe pedir, é que tente relevar aqueles que aqui, por não saberem dialogar ou debater educada e civilizadamente com quem pensa diferente deles, preferem a evasiva rasa e pequena da ofensa, da depreciação ao outro, do ataque gratuito. Ignore. Ou até responda quando se sentir atacado.
      Quem sou eu pra te dar conselhos… O senhor que tem uma inteligência, educação, maturidade e sabedoria que eu tenho que correr muito atrás ainda pra pelo menos tentar chegar perto. Mas é que, por ser um pouco mais assíduo aqui que o senhor, eu sei um pouco mais como a banda toca por aqui…
      Antes eu respondia quase toda provocação, direta ou indireta. Mas depois de ler alguns conselhos aqui mesmo, dentre eles alguns do J.B. Cruz, eu passei a ignorar e hoje eu não respondo mais nada, ou então respondo com ironia, ou então deixo no vácuo mesmo. A não ser que alguém faça alguma afirmação falsa a meu respeito, aí a coisa muda de figura. Não aceito mesmo é respondo geralmente atingindo a jugular… rs Nesse ponto ainda não aprendi a serenidade, mansidão e sabedoria do J.B. Cruz… rs
      Por isso hoje em dia eu só interajo com quem sabe interagir e com quem eu admiro ou respeito.
      Então, não deixe mesmo de participar e expor suas opiniões aqui por causa de algum ataque, porque esteja certo de que as pessoas que o admiram e respeitam, são em maior número aqui no Blog.

      Abraços

    • Regi.Galo/BH disse:

      Caro Márcio,
      Quero manifestar neste momento uma opinião que já estava definida desde aquele episódio da ‘falta de inteligência’, como você bem citou. Estou aqui para apresentar os meus 100% de apoio às suas atuais considerações.

      Se estive calado não foi por omissão, como em inúmeras outras oportunidades estive também. Mas, apenas para me deixar aproveitar da ocasião mais propícia para poder apresentar recurso.

      Não se pode jamais deixar de observar a importância que o erro traz para as consequências. Erro invariavelmente é erro, e não pode ser tratado diferente, em hipótese alguma. O erro não pode ser considerado inadmissível, pois estamos todos sujeitos à ele; contudo, jamais poderá ser considerado indefensável. Os acertos merecem elogios; do contrário, os erros não os podem fazer por merecer, sob qualquer circunstância.

      No caso, estou priorizando me referir aos erros não só da comissão de arbitragem, e sim de uma forma generalizada, porém mantendo o foco no âmbito esportivo/desportivo. Em qualquer nível desta esfera, seja como vier a acontecer, quero veementemente enfatizar que não podemos viver da sistemática defesa de coisas que favorecem à alguns em detrimento de outros. Erro deve sempre ser tratado como erro, independente do beneficiado, independente da sua projeção.

      E, ainda, deixar claro que tratamos aqui do termo ERRO apenas quando é o caso de se tratar de um acidente, sem a previsão de intenção. Quando o ERRO é pela incidência de intenção, isto é bandidagem, não tem nem o que questionar!!

      Porém, a parte mais grave de todo o episódio, é que os sistemáticos defensores do erro SEMPRE precisam recorrer em fazer JUÍZO DE VALOR para defender o indefensável. Isto não falha!

      Os que reclamam de falta de inteligência são os mesmos que nos brindam com as suas próprias desinteligências. Não conseguem estabelecer um mínimo de diálogo, sem contudo se permitirem deixar de inserir as suas impropriedades, inconveniências, julgamentos, tudo sob o cunho quase obrigatório das suas idéias antissemitistas-antidesportistas-separatistas-ilusórias (tudo um termo só!).

      Portanto, meu caro, quem serei eu para dizer isto à você com tanta propriedade!!? Mas, como sou pleno defensor do equilíbrio de direitos, não poderia deixar de manifestar a minha opinião pessoal. Entendo que o seu direito à opinião é totalmente válido, assim como – e principalmente – a própria opinião em si.

      E, por favor, não tome o todo pela parte. A fogueira da inquisição está aí sim, tentando se manter ativa. Mas nós também vamos procurar manter a água sob pressão na mangueira, apenas para quando precisar.

      Abraço!

    • Renato César disse:

      Voltemos ao “gol/não gol”? Leia bem as palavras antes de repetir opinião previamente formada: congelam a imagem com os pés do goleiro 1m dentro do gol; giram a imagem, ampliam, sobem linha e tudo mais; a bola está fora do gol e, os pés, milagrosamente (já que não houve uma tosca edição), aparecem em cima da linha. A impressão que se tinha inicialmente dos pés do goleiro dentro do gol, estava equivocada, pois a ampliação, giro, tracejamento da imagem real, mostram que os pés estavam em cima da linha na verdade!

      Sobre a punição, em caso de erro, não há desculpa. A comissão de arbitragem naturalmente deve punir. Mas fica muito estranho que a “comissão” tenha avaliado o lance e anunciado a punição ainda no primeiro tempo e dentro do estádio. Ou você acha isto normal? Se é normal, por que no último clássico foi necessário haver uma denúncia do Galo em relação à agressão do Leo e a mesma só foi aceita três dias depois e, ainda assim, não foi anunciada nenhuma punição aos árbitros? Se a comissão age tão instantaneamente, pelo menos o quarto árbitro deveria ter sido punido.

      A questão da inteligência, que foi dita por mim, respondo diretamente para você sem citação velada. Existe a inteligência emocional e inteligência racional. Ambas podem conviver e, quando isto acontece, são igualmente potencializadas.

      Mas elas podem se anular, principalmente quando há a dificuldade de lidar com a emocional. Você tem demonstrado exatamente isto. A emoção está impedindo a sua capacidade de raciocinar. Vocês perderam dois clássicos. E vão perder os próximos. Simplesmente porque existe diferença de qualidade e postura entre os times e as torcidas.

      Busque resgatar o equilíbrio. Inteligências não lhe faltam mas, apenas, a capacidade de conciliá-las.

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    Novidade hein???? alguém acha que o Castelar ia deixar o time do coração de fora do rural? tem uns ai que finge de cego,e o mais engraçado é que existe sempre conspiração contra o “coitado” do atletico mas quando é a favor as teorias somem como fumaça no vento! e pra quem não sabe o arbitro de ontem era o quarto arbitro do clássico viu!? foi escalado justo no jogo do atletico na rodada seguinte? “sorteio” né? E agora??? Já Foi assim com América, Tupi e agora Uberlândia. pra mim nada de anormal,tem coisas que a gente não prova,mas todo mundo vê e sabe!

  • Carlos A . Brito disse:

    Há quanto não leio sua coluna, meu amigo Maia!!! Antes, o que era uma rotina, não sei o motivo, fiquei longe deste site, moço! A suspensão do bandeira é o atual momento vivido pelo país golpeado!! ✊️✊️✊️✊️ Quanto ao interino Thiago, com o Erick e Roger, brigaremos contra o vento, moço!!!. Cazares, Luan e Tomás, o resto é banco!!!✊️✊️✊️ O erro foi trazer o educado Osvaldo de Oliveira e deixar o moço fazer planejamento com Samuel, mostrava azedar tudo! Deus nos Livre do Dorival, amém!

  • Julio Cesar disse:

    Por falar em punição em tempo recorde o Atletico pode ser punido porque um copo descartavel com agua ou refrigerante ou sei la o que, foi arremessado ao gramado.
    Talvez jogue o proximo jogo com portões fechados.
    O Flamengo foi punido com dois jogos com portões fechados pela Conmebol depois daquela praça de guerra na final da Sulamericana. Teve quem pedisse a exclusão da Libertadores desse ano. Aí sim, seria punição exemplar.
    No jogo João X Maria, as duas primeiras intervenções do arbitro ja mostrou a tendencia dele no jogo.
    Por que se o tal “elenco” não conseguir ser campeão mineiro a maionese vai desandar. Principalmente depois do cartão de visitas dos argentinos do Racing logo de cara. A surra ja deixou todos apreensivos pelos lados de Pirangi.
    E teve simpatizante que considerou normal levar uma sapatada de 4.

  • Carlos Henrique disse:

    Eu falei que o Cazares mudou, nos ultimos jogos
    fez gols dando assistencias
    mudou o comportamento dentro de campo.
    é so lembara antes e agora
    que continue assim
    Ricardo Oliveira, é muito bom centro avante
    em 4 chances 3 claras perdeu perdeu 3 e converteu a mais dificil
    é sinal que a bola chegou
    o grande teste começa agora no mata mata
    daqui alguns dias tem o San Lorenzo
    esse sim será o grande teste desse novo time do Galo
    esse time vai evoluir
    Mas o treinador tem que começar
    a mexer nesse time
    colocar , dar oportunidade
    em pelo menos 2 setores
    meio campo e defesa
    testar Maidana ao lado do Leo Siilva
    com o Gabriel ja jogou
    e colocar o Gustavo Blanco no proximo jogo
    um volante moderno, ataca marca e é novo
    Mas em futebol oque acontece la dentro
    é dificil opinar
    Elias foi na minha opiniao uma aposta errada
    Pagar caro por um jogador que estava no Sporting
    e que passou dos 32 anos
    errar no Clayton que veio novinho
    ou até emsmo no Andre Bebezao
    é uma coisa
    PAGAR UMA QUANTIA ALTA
    NUM JOGADOR QUE NAO ESTAVA BEM EM PORTUGAL
    ” VETERANO” É OUTRA
    SO VOCÊ MESMO
    DANIEL NEPOMUCENO

  • José Eduardo Barata disse:

    Nessa história de se trazer o Rithely e boicotar
    o crescimento de atletas jovens que JÁ fazem
    a diferença , quero destacar o que acontece no
    América .
    Eu costumo acompanhar os jogos do Coelho e
    há algum tempo havia visto em campo , juntos ,
    o Zé Ricardo , o Christian e o Blanco .
    Como é possível não dar oportunidades a essa
    turma jovem , muito , mas muito melhor do que
    jogadores já rodados que vêm “chupar manga”
    nos nossos CTs .
    Um absurdo !!!!

  • Julio Cesar disse:

    O que o arbitro marcou no segundo gol do Ricardo Oliveira ? Porque o zagueiro usou o braço assim como ele tambem !
    Continuo considerando onda demais por conta desse Ritheli, que ate agora não entendi por que é Richeli ou Riccelli, como o ator, Carlos Alberto !

  • Pedro Vítor disse:

    “Curiosidade: Um amigo, um pouco acima da minha faixa etária e que já está aposentado, fez uma interessante pesquisa. Ele, que me mata de inveja pela sua disponibilidade de tempo, se ocupou entre segunda e quarta-feira desta semana em pontuar e somar entre blogs, Facebook e comentários decorrentes de ambos sobre o futebol mineiro. Mostrou-me um belo apanhado, mas em meio a todos os números, o que mais saltou aos olhos do blogueiro.

    O Atlético foi tema de 63% das manifestações, o eventual líder do Campeonato Mineiro teve 26%, já o vice-líder, que subiu na árvore e não sabe como descer, com míseros 4% das menções e 7% falaram sobre outros clubes do interior e do país. Donde-se conclui que o Galo é o assunto preferido, tanto por Atleticanos quanto por não-Atleticanos.”

    Retirei esta parte do Blog do Canto do Galo, mas exemplifica a dimensão e a repercussão que é o Galo em Minas Gerais.

    Puuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuulsa Demais!

  • célio alvarenga marques disse:

    com o pupilo do josé maria marín como diretor de futebol todo cuidado é pouco!se ele teve a capacidade de achar que felipão seria uma boa opção é bem possível que pense o mesmo de dorival!sugiro que haja mobilização da massa,daquelas bem barulhentas,antes que o desastre se consolide!DORIVAL NÃO,FELIPÃO NÃO,LUXA NUNCA,MARCELO JAMAIS!é melhor apostar no thiago larghi!

  • José Eduardo Barata disse:

    Iria vencer de qualquer maneira , mas que foi
    um erro injustificável do bandeira , lá isso foi .
    Errou para favorecer o Atlético ?
    Não creio .
    Errou porque é ruim mesmo .

  • José Eduardo Barata disse:

    Apenas ontem ouvi alguém do Atlético se referir
    a uma possível contratação do Rithely , que viria
    em troca de atleta que não está sendo utilizado .
    Já disse aqui e o RENATO CÉSAR vai na mesma
    linha , que a vinda desse jogador pode tirar ótima
    oportunidade para o Blanco se firmar .
    É uma pena ! Essa diretoria bate cabeça demais .

  • Pablo Oliveira disse:

    Bom dia Chico e amiGalos do blog!!!
    Ganhar sempre é bom, e precisávamos muito dessa vitória!!
    A cada jogo fica mais evidente o que a maioria vem falando a muito tempo, nossa defesa é fraquíssima principalmente a zaga e os volantes de marcação, e do meio para frente temos boas opções.
    Apoio o trabalho e a continuidade do Thiago Larghi afinal de contas não é fácil dar padrão a um time com uma defesa tão fraca.
    Precisamos de reforços mas não dá para esperar os reforços chegarem para mexer no time, a zaga Leo Silva e Gabriel não dá, o Maidana precisa de oportunidades e ritmos de jogo, como o TL não vai tirar o Leo Silva que desloque o Gabriel para primeiro volante, fazendo dupla com o Adilson e tire o Elias desse time.
    No momento só temos o Adilson de volante de marcação o TL poderia aproveitar essa carência do elenco e testar o Gabriel por ali, acho que daria uma estabilidade melhor para a defesa.
    Ficou claro que não podemos abrir mão de jogar com o meia camisa 10, Cazares, Tomás Andrade e Bruno Roberto são as opções.
    O TL completou 7 jogos ontem, vem fazendo um bom trabalho mas tá na hora dele ser um pouco mais ousado e mexer nessa defesa, com os reforços chegando ele vai qualificando o elenco, para o momento meu time é:
    Victor, Patric, Leo Silva, Maidana, Fábio Santos, Gabriel, Adilson, Luan, Cazares, Otero, Ricardo Oliveira ou Erik de falso 9.
    Opções para o segundo tempo, Roger Guedes, Tomas Andrade, Erik, e os meninos Bruno Roberto, Marco Tulio, Alerrandro e Marquinhos.
    Na minha opinião temos um bom time do meio para frente o que falta é estabilizar a defesa, precisamos de um a zaga forte e jogar com 2 volantes marcadores.
    Leo Silva e Maidana pode ser uma boa zaga, o Leo Silva é bom para ensinar os mais jovens.
    Gabriel e Adilson fica uma dupla de volantes rápida e marcadora com o Adilson um pouco mais a frente e com qualidade para sair jogando.
    Jogando com o meia camisa 10 ajuda a distribuir o jogo e sair rápido para o Contra ataque usando os pontas Luan e Otero e o centro avante tem que se movimentar o tempo todo como o Ricardo Oliveira fez ontem, o que não pode é perder os gols que ele perdeu, se fosse contra um adversário mais qualificado ia fazer muita falta.
    Enfim tem que CONTRATAR e MEXER NA DEFESA, O ELIAS TEM QUE SAIR DO TIME.
    Saudações!!

  • Carlos Henrique disse:

    O jogo foi aquilo que este time do Atletico tem apresentado
    com alguns pontos positivos.
    que vem acontecendo.
    Luan pedindo passagem e entrando bem nos jogos
    Cazares esta mais participativo é fato.
    fazendo gols entrando na area
    joga muito
    todos sabem, é aquilo alguma coisa mudou dentro dele
    que bom
    se for chamando a responsabilidade , querendo
    nao precisa de camisa dez
    como dizia Muricy, que dizia ao Ganso
    camisa dez tem que entrar na area
    Cazares ontem entrouna pequena area, e tocou
    para tras , perdeu o angulo e Luan fez
    Ricardo Oliveira fez um golaço
    mas teve mais 4 chances claras
    duas perdeu o gol
    so perde quem ta la
    se perdeu gols é que o time criou
    Quanto ao Ritlely, é uma boa, nao é novinho nem velho
    ta no auge da carreira, marca bem e sabe sair jogando
    é uma boa, jogando com Adilson dá certo
    mas sera que tiram o Elias do time
    nao sei
    e por que nao colocam o Gustavo Blanco no time
    OLHA ESSE CARA TEM BOLA,
    Opasse é do Bahia, ate o meio doana fica no Galo
    vai estourar em outro time grande
    futebol é assim
    tem que agarrar a oportunidade
    quanto ao lider, o campeonato começa agora
    e aqueles que entram aqui , para zoar
    e comemorar a liderança sabem disso
    quando ta valendo ta valendo
    todo mundo sabe quem disse essa frase
    vamos aguardar
    elenco melhor nao é sinal de vitoria em disputa de titulo
    por isso vi o Cruzeiro com Bendelat, Toby
    e outros jogadores que nem seus torcedores nem lembram
    ganhar do Galo com Toninho Cerezo
    Reinaldo , Éder, Luizinho
    esperem
    quando ta valendo tá valendo

  • Pedro Vítor disse:

    Eu não vi o jogo pra falar com propriedade se o time foi ou não foi melhor que no clássico, mas vi o gol, e várias chances desperdiçadas.

    Na minha cabeça, o time ideal para o Atlético é;

    Victor, Patrick, Leonardo Silva ( Gabriel), Maidana (Matheus Mancini) e Fabio Santos; Adilson e Elias ( Yago); Otero ( na ponta direita), Cazares ( solto pelo setor ofensivo), Erik (fechando a linha 4, pela esquerda); Ricardo Oliveira, também solto sem guardar posição a lá Lucas Pratto!

    Roger Guedes reserva do Erik, Luan do Otero, Carlos do Pastor, Tomás do Cazares, além das nossas promessas, que poderiam entrar nos planos como o Marco Túlio poder brigar com Roger Guedes, Marquinhos com Tomás e Bruno Roberto; Yago e Blanco com o Elias. Arouca com Adilson; Carlos Cesar com Patrick;

    Onde vejo mais necessidade de reforços é na zaga, volante, meia.

  • Marcão de Varginha disse:

    Salvo engano uns anos atrás o Galo procurou contratar Conca que foi para o Fluminense.. agora que esse argentino tá literalmente no estaleiro vão atrás dele novamente? Há alguns anos toda diretoria faz boas e más “contratações’ e Conca se enquadra nessa segunda hipótese, infelizmente! Falam que estão pagando dívidas passadas e vão atrás de atletas que “teimam” em jogar futebol? A atual diretoria já tá gastando fortunas com jogador afoito, sem fôlego, que não sabe usar o básico de sua posição, e ainda quer trazer atleta que vive no DM? Sugiro que dêem uma olhada na categoria de base que lá tem jovens ávidos para aparecer no futebol!
    -#benecyetetnomito

  • Juca da Floresta disse:

    Ganhar do lanterninha Uberlândia roubado??? A FMF continua sendo do time de lourdes.

  • Pedro Vítor disse:

    E o Cazares jogou bem, não que tenha resolvido o problema da criação de jogadas, mas ajudou bastante a equipe. Pra mim o candidato a sair do time chama-se Roger Guedes.

  • Silvio T disse:

    Qualquer fato negativo do galo vira destaque nacional. Basta conferir as manchetes do Uol. Como esse clube incomoda, meu Deus..rs. Quanto ao jogo, dá prá ver o dedo do técnico tentando implantar um esquema, uma filosofia. Funcionou a maior parte do tempo mas, com jogadores que não conseguem fazer o básico fica difícil. Gabriel, Fábio Santos e Adilson a todo momento fazem jogadas de peladeiros que comprometem qq equipe. Nao dá p entender pq os caras, do nada, complicam os lances mais fáceis da face da terra. E vamos rezar para que um Dorival Jr da vida nao caia por aqui. Aí teríamos que mudar o nome do diretor para Alexandre Burro.

  • Pedro Vítor disse:

    Como perdeu gols o Ricardo Oliveira, será que pegou a doença do Fred?

  • Pedro Vítor disse:

    Muito suspeito esta atitude da Federação de afastar o bandeira.

  • Renato César disse:

    Na troca pelo Rithely, talvez estejam indo Dodô e Hyuri, quem sabe o Roger Bernardo. Acho que não é um reforço. Inclusive, deve tirar espaço do bom jogador Gustavo Blanco.

    E este papo de Conca, se é para tentar trazer jogador da China, talvez eu tentaria o Óscar Romero. É um meia armador canhoto, que joga centralizado distribuindo jogo. De repente eles pagam 5 milhões de Euros no Cazares e ainda mandam o paraguaio para cá.

    Gallo, perguntar não ofende. Liga lá para os chineses.

    • Carlos Henrique disse:

      Muito bem lembrado Renato, o Romero é muito bom
      futebol é engraçado o Corinthians contratou o Romero errado
      foi o irmao gemeo ponta esquerda pra la
      o bom é o irmao meia.
      seria uma boa sim ele no Galo o meia

  • Renato César disse:

    Sobre a punição ao bandeirinha, não me impressiona a Federação “Atleticana” de Futebol (FAF). Ouvi o jogo pela Rádio Super e, no intervalo, o Roberto Abras dizia que o presidente do Uberlândia invadiu o campo e disse ao árbitro que já tinha conversado com o Giuliano Bozzano e que o bandeirinha estava fora do Mineiro.

    Também, apesar da imagens claras, a “FAF” não se pronunciou sobre o clássico. As denúncias do Galo demoraram 3 dias para serem aceitas (Edílson, Léo e Mano Menezes) enquanto a do Cruzeiro demorou 2 minutos (alguma coisa que caiu no gramado, que só foi vista nas imagens da TV e, na hora do jogo, ninguém percebeu – nem o jogador que teria sido o alvo).

    É por mandar e desmandar na Federação “Atleticana” de Futebol que o Galo é soberano no Estado e nenhum outro time tem vez!

  • Renato César disse:

    Começa agora uma sequência de cinco jogos decisivos para o Galo, jogando quarta e domingo, em caráter eliminatório: definição da última rodada do Mineiro; Copa do Brasil; quartas de final do Mineiro; semifinal do Mineiro (ida); semifinal do Mineiro (volta).

    Eu mandaria uma equipe alternativa no próximo jogo, com a seguinte formação: Victor; Carlos César, Maidana, Mancini, César; Arouca; Gustavo Blanco, Luan, Tomás Andrade, Marco Túlio; Carlos (Alerrandro). Minha dúvida fica só no ataque porque não sei a condição física do Carlos. Também não estou considerando que alguns jogadores podem estar com dois amarelos e, de repente, seria bom pelo menos deixar no banco para forçar o terceiro amarelo.

    Depois do último jogo da semifinal do Mineiro, haverá uma semana livre. Aí volta a sequência com final do Mineiro (ida), Copa do Brasil (ida), final do Mineiro (volta), Sulamericana (ida), Brasileiro (1ª rodada), Copa do Brasil (volta), e por aí vai, até o dia 13/06 quando disputa a 12ª rodada do Brasileiro e para para a Copa.