Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

A empolgação forçada de parte da mídia com a seleção e o aperto que o Palmeiras passou com o Santos

A seleção brasileira venceu por 1 a 0 a seleção reserva da Alemanha em Berlim. Fez um bom jogo, mas dá preguiça ver o entusiasmo forçado de muitos colegas e veículos de comunicação. Alguns, que não são do ramo, pagam mico ao cumprir o script teatralmente, como o Heraldo Pereira, apresentador do Jornal da Globo. Tentando fisionomia de empolgação lascou lá que foi uma vitória “consagradora”, que espantou o “fantasma” dos 7 a 1.

Eu, hein!?

***

O caríssimo time do Palmeiras passou muito aperto nos jogos eliminatórios contra o Santos, pelo paulista. O que gerou um comentário do Andre Rizek‏, do Sportv, que merece reflexão: @andrizek “Palmeiras gastou milhões e montou provavelmente o elenco mais completo do país, repleto de bons jogadores. Também jogou o melhor futebol do Paulista até aqui. Mas, na soma de dois jogos contra o Santos, passou graças a Jaílson, The Monster. História desse goleiro é sensacional.”

 


Deixe uma resposta para Pedro Vítor Cancelar resposta

Comentários:
35
  • luiz ibirite disse:

    Pra mim existem situaçoes no futebol que nem precisava julgamento, jogador foi flagrado agredindo o outro, já foram analisadas as imagens, punição nele (este é um destes casos) não foi relatado na súmula e daí? as imagens já falam o que aconteceu, ha mais fulano me provocou, jogador ja tem de estar vacinado contra este tipo de situação, a pena ja esta la definida e não caberia recurso devendo ainda ser o jogador multado, e quanto a ausencia ou não do leo nas finais, deixa o dede jogar que estamos bem servidos tb.

  • Marcão de Varginha disse:

    A empolgação do eixo para com a seleção de protegidos justifica, afinal, a “goleada” aplicada no adversário reserva foi numa semi-final mundo; como disse o poeta Gabiru: todos otários!
    – #benecyeternomito

  • Silvio T disse:

    De vez em quando, já na cama, eu me lembro e custo a pegar no sono. No início de 2014 a globo levou trinta milhões para organizar o sorteio das chaves da Copa. TRINTA MILHÕES! Aquele mesmo sorteio em que o cozinheiro star da época borrou tudo. Pois então imaginem o que a emissora não ganha no total com uma Copa. Ou seja, vão sempre fazer de tudo para tentar transformar um evento que há muito tempo já não empolga a galera na maior festa das galáxias. Como estão fazendo com as ridículas chamadas dos estaduais, que rodam irritantemente em todos os intervalos da tv aberta e dos canais fechados. É só money, money, money no bolso de alguns e dane-se o torcedor, o nível das competições, os clubes, as federações etc

  • João Cavalieri disse:

    Não sei quanto a vocês, mas não sinto a mínima empatia por seleções. No mundo de hoje, sem fronteiras e globalizado não faz sentido disputa entre seleções.

  • Julio Cesar disse:

    O Leo não vai jogar !!! Nossa que “grande” desfalque ! Eu tambem prefiro ele em campo !
    Lamentar a ausencia do Leo, “o trem ta feio” !
    A caminho de casa, liguei CBN pra saber o resultado do jogo. Estava terminando e ao fim o Luiz Penido, narrador, parecia que tinha vencido um campeonato.
    A proposito, Luis Penido é aquele do “mengaço classificadaço”?

  • Rafael disse:

    O jornalixta carioca que se acha mineirox entrou nessa de que o 1 a 0 afastou o fantasma… ai ai, e puxar demais o saco da CBF.

    Selecinha! Elenco com Ederson, Cassio, Marquinhos, Miranda (bom mas não passa confiança), Thiago Silva, Filipe Luis, Fernandinho, Renato Augusto, Diego Souza, Taison, Talisca, Firmino, Fagner, Ismaily…

    Tite é igual a um padre. O comercial de TV do Itaú com ele é insuportável. Titengana, Titengodo.

    Torcendo para alguém que não ganha a Copa faz tempo levar esta. Poderia ser a Inglaterra. Quem sabe a Argentina, apesar da vergonha de ontem ou com a ajuda da vergonha de ontem?

    Podia pintar uma surpresa como Uruguai, Dinamarca.

    Ou até mesmo a Alemanha ganhar de novo.

    Tá na hora da selecinha perder de novo e torcer para os atuais dirigentes serem enxotados de lá. Se ganhar, ganharão força e vão continuar por muitos anos com seus desmandos no futebol brasileiro.

  • Regi.Galo/BH disse:

    Chico,

    Sobre a forçação de barra da mídia em idolatrar o ‘cosa nostra’ nunca foi novidade, mas agora está ultrapassando limites do absurdo. Se antes era até mesmo para fomentar a rivalidade interna e centralizar os olhares externos no fortalecimento do ‘produto local’, no momento atual excede a nossa completa capacidade de entendimento.

    Enquanto esse movimento toma conta apenas da mídia, ainda vá lá. A parte complicada é quando essa tal idolatria atinge e contamina o âmbito dos favorecimentos ilícitos, pelas arbitragens, pela CBF, pelos julgamentos do STJD, etc. Daí, meu caro, é Palmeiras Campeão de tudo e a mídia é quem estava certa o tempo todo.

  • Bernardo Montalvão disse:

    E olha que o Jailson jogou sob Efeito Suspensivo. Esses recursos a justiça só concede conforme o simbolo e a cor da camisa.

  • Horacio V Duarte disse:

    Vou repetir o que ouvi de gente que tem idade para redes sociais: placar de 7×1 vai ser devolvido como o brasileiro gosta, parcelado… a sumir de vista

  • Carlos Henrique disse:

    Quase deu Santos e queria que tirasse o Palmeiras
    como vou torcer e muito para o Sao Paulo hoje.
    Ha mas você nao é Atleticano
    sou sim e dai gosto de futebol
    e vou falar o seguinte, gostei da entrevista do Sette Camara
    tranquilo pés no chao
    pensando a frente
    equacionando dividas
    e os frutos serao colhidos
    mais a frente chegarao uns tres reforços segundo ele
    sem loucuras
    explicou , a situaçao de Marcos Rocha
    Masvou falar o seguinte dos sete jogadores contratados
    so o Ricardo Oliveira ta jogando
    e o Erik que entra bem nos jogos
    OUTRA COISA AS CATEGORIAS DE BASE
    vai ser o diferencial do Atletico
    voltaremos a revelar craques
    por que agora tem ex jogadores trabalhando
    procurando meninos
    e diminuindo a participaçao dos empresarios
    do meio do ano, “depois da copa”
    teremos um time mais entrosado
    com algumas caras novas
    e quem sabe,beliscando uma sul americana
    ou uma vaga na libertadores do ano que vem

  • Luiz ibirite disse:

    Chico quanto a seleção, os 7 a 1 já passaram, nós esperávamos mudanças fora das 4 linhas como vc já disse, hj vc acha que o tite está querendo dar troco na Alemanha, duvido, são 4 anos depois, outro momento, outra história, porém a seleção não é mais brasileira faz tempo!
    O palmeiras tem time pra disputar o br18, já para as copas as forças se igualam basta cair a concentração em um jogo e tudo vai pelos ares, inclisive o roger é treineiro fraco!

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Temos que tirar o chapéu para esses profissionais do jornalismo dessa rede de televisão.
    Fazem o que lhes é pedido, sem contestação. Não se deve, em minha opinião, criticá-los; eles têm que viver, manter seus empregos. Infelizmente, não dá para fazer omelete sem quebrar os ovos.
    Desafortunadamente, aquela parte em que a carreira do jornalismo trazia “no pacote” a consciência política, o caráter e a opinião própria do profissional foi engolida pelos novos tempos orwellianos que vivemos.
    Tempos esses que tentam resgatar – não adianta, senhores, vocês não conseguirão – o fascínio e a empolgação que verdadeiramente contagiava toda a população brasileira durante uma copa do mundo. As pessoas realmente se envolviam. Pintavam e decoravam ruas, vestiam a camisa (para torcer pela Seleção, não para destilar um pseudo patriotismo elitista e excludente como hoje em dia) e se reuniam felizes para torcer e celebrar.
    Ainda tinha o componente especial de, no fundo da alma, escondidinho, também torcer para que o jogador do seu time que tinha sido convocado “arrebentasse”, ao mesmo tempo em que o jogador do adversário convocado se estrepasse (se um fosse reserva do outro, aí seria a glória !!!).
    Mas o que temos hoje ? Temos o “time da CBF”, formado por bons jogadores, é verdade (outro detalhe importante – os “craques” não existem mais), mas bons jogadores que não têm qualquer ligação emocional com clubes ou torcedores do Brasil. Não dá liga, não empolga, não fascina – por mais que os profissionais do jornalismo gritem, pulem, soltem foguetes, toquem musiquinhas patrióticas, etc. e tal.
    Na minha opinião, não passam de jogadores estrangeiros que por um acaso qualquer nasceram no Brasil. Não têm qualquer envolvimento com o país, não possuem (e isso não é culpa deles, são profissionais também, buscando o seu ganha-pão) qualquer vínculo que os conecte com a realidade brasileira – a não ser a certidão de nascimento.
    Façamos um teste: se montássemos um time com 11 Messi’s, ou então 11 Cristiano’s Ronaldo e colocássemos a camisa da CBF neles, faria alguma diferença, além do time ser imbatível ? Não faria nenhuma em termos de mobilização; nem Messi e nem Cristiano Ronaldo tem nada a ver com o Brasil. Isso, mal comparando, é o que acontece com esse time de camisa amarela.
    Hoje, como já disse anteriormente, Copa do Mundo não passa – e aí falo por mim – de alguns momentos em que aproveitamos para enforcar o trabalho, nos encontrar com amigos, tomar uma bela cerveja e comer um belo churrasco. O resultado do jogo pouco importa. Não haverá mais comoção nacional como houve em 1950, como houve em 1982.
    Chego a achar que nem o 7 x 1 para a Alemanha incomodou tanto assim como alguns tentam deixar transparecer. Foi chato, desagradável, anti-clímax, etc. e tal, mas a festa continuou, o churrasco continuou, as pessoas mudaram de assunto e a vida seguiu normal no dia seguinte. Sem maiores traumas.

    • Horacio V Duarte disse:

      Caro Raul, realmente não tenho qualquer identificação com estes jogadores, nunca vi nenhum deles em campo. Mas o que me deixa mais surpreso é esta história da ‘venda dos direitos de transmissão’, as próximas 2 copas já foram ‘acertadas’ e pagas, não resultarem em nada. Toda a antiga direção da cbf estar sendo processada, está presa ou será presa se for ao exterior, aqui continuamos como se nada tivesse acontecido, estão tão seguros como se estivessem no palácio do planalto. Mais interessante ainda são os processos, que nunca deram em nada na justiça brasileira, estarem proibidos de ter documentos enviados aos EUA, acho que é segredo de justiça, como é segredo de justiça a globo não vai vazar, nunca fez isto antes.

  • Pedro Vítor disse:

    E por isso que falo, não com certeza, porque certeza teremos apenas dentro de campo agora na final do Mineiro, que a diferença técnica é de elenco entre Atlético e Cruzeiro, e mesmo assim, o que faz diferença mesmo no Cruzeiro é o trabalho a longo prazo do Mano Menezes, porque a diferença técnica dentro de campo no futebol brasileiro e sul americano é encurtada pelo nível baixo de nossos jogadores e a “super valorização”, de alguns que vem da Europa ou que já brilharam em outros clubes e foram elevados a craque sem que sejam “necessariamente” um craque.

    Basta ver aí que o Palmeiras investiu milhões, se preparou durante as fases iniciais do Paulistinha, e empata com o Santos em duas partidas de ida e volta, sendo salvo por um pênalti defendido.

    Santos, no momento vive uma crise maior que a do Atlético, em termos de orçamento, praticamente joga todas as suas fichas no técnico, Jair Ventura, que acabou de surgir no Botafogo, e ainda não ganhou nada e nem conseguiu vaga em Libertadores, mas diante do atual momento do futebol brasileiro em que os técnicos “experientes” já não conseguem mais resultados, virou grande nome.

    Tem um time de garotos do sub-20, aliados ao Gabigol, que foi passear na Europa e voltou com o rabo entre as pernas, entre outros nomes bons, alguns experientes como o goleiro Vanderlei ex Coritiba, e zagueiro David Brás ex Flamengo.

    Aí hoje, o Cruzeiro de Mano Menezes, esta no patamar do Palmeiras aí, ate mais acima devido a conquista da Copa do Brasil e longevo trabalho do técnico.

    E o Atlético esta tentando se ajustar, mas em termos de elenco, hoje o Atlético esta no patamar do Santos, existe uma desconfiança devido ao treinador interino, quanto a sua capacidade de fazer esta equipe crescer ainda mais sem os reforços que ainda não chegaram, somente aí o Ricardo Oliveira podemos dizer que foi reforço dos 7 jogadores contratados.

    O Cruzeiro ate tem a vantagem dos resultados iguais, mas isso costuma mais atrapalhar que ajudar, raríssimas vezes foi trunfo, mas o ultimo título mineiro do Cruzeiro foi assim em 2014, com polêmica já que nos dois 0 a 0, o Atlético jogou melhor e só não venceu o ultimo jogo porque o Pedro Vuaden deixou de marcar um penalti no Jô aos 45 minutos do segundo tempo, em que o Dedé fatalmente seria expulso já que era o ultimo homem!

  • Julio Avila (Mariana) disse:

    E não que a turma conseguiu suspender o Léo por mais 2 jogos? avisando eu to faz tempo se a diretoria não agir vai ter que jogar demais e fazer uns 5 pra valer 1!

    • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

      Grande Julio Ávila,

      Meu nobre, desculpe-me por te dar minha opinião sem vc pedi-la. Mas aqui, sinceramente, não dê vazão a esse seu pensamento não. Senão poderá vir a parecer, que é o Cruzeirense que já tá começando a criar uma situação antes da bola rolar.
      O que está acontecendo com o Léo, é o resultado frio das leis que imperam no nosso futebol Mineiro. E se essas mesmas leis foram aplicadas para o Fred ano passado, igualmente devem ser aplicadas e respeitadas agora neste caso do Léo. O Léo errou, quase comprometeu aquela partida e se temos que reclamar de alguma coisa, que reclamemos da atitude covarde e irresponsável dele. E não das leis.
      Vamos tentar nos ater ao futebol dentro do campo e concentrar todo nosso apoio e Torcida no Cruzeiro, sem embarcarmos na onda que alguns podem tentar criar.
      Se após os jogos, observamos algum erro absurdo que beneficiou um ou outro time, aí sim poderemos ter um demanda de opiniões. Mas antes da bola rolar, a gente mesmo já começar a fazer essas suposições, acho que pega mal é pra gente mesmo. Soa como desculpa antecipada por um possível fracasso.

      No mais, força para o nosso Cruzeirão !!

      Abraços

      • Carlos Henrique disse:

        Grande Clayton, a verdade é que o Atletico no atual momento esta longe do Cruzeiro
        muitos jogadores reservas da equipe celeste seriam titulares em varios clubes do Brasil
        A midia fala de Cruzeiro Palmeiras e Flamengo
        e falam do Atletico em ascenssao
        Mas futebol é dentro das 4 linhas
        E VOCÊ vai torcer como eu
        mas o pensamento do Cruzeiro será o Vasco
        esse é o foco do Cruzeiro
        e é logo depois do classico
        so acho que o Cruzeiro é favorito
        tem 4 meias jogando muito
        e o Atletico, vai na raça e na velocidade
        é o Dn.a. desde menino quando pisei no Mineirao
        para ver um classico
        e esse D.n.a. nao mudou amigo
        e já estou com 60
        que oque jogar melhor
        dentro do seu proposito de jogo vença
        ai depois ganhando ou perdendo
        estaremos aqui
        você nao foge da raia
        vai estar aqui tambem
        abços

        • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

          Caro Carlos Henrique,

          Eu penso que em clássicos as coisas quase que se equivalem. Você já deve ter visto algumas vezes seu time mais fraco, ganhando do Cruzeiro. Assim como já vi times sofríveis do Cruzeiro, ganhando do Atlético Mineiro.
          Temos visto aí times alardeados pela Imprensa Nacional como os candidatos a tudo esse ano, passando apertos… O Palmeiras só foi se classificar em cima do modesto Santos, na bacia das almas dos pênaltis. O Flamengo ontem foi desclassificado pelo mais modesto ainda Botafogo. E esse é o futebol… Um dos poucos esportes onde nem sempre vence o melhor.
          Mas é isso aí, vamos ficar cada um com a sua Torcida e esperar no que vai dar…

          Abraços

        • José Eduardo Barata disse:

          CARLOS HENRIQUE ,
          esses jogadores reservas aos quais você
          se referiu como tendo a possibilidade de
          serem titulares em vários clubes do Brasil
          creio ter sido uma figura de linguagem, só
          pode ser .
          Ou não ! Talvez no Audax , no Nacional ,
          no Bonsucesso , no Madureira ….

          • Carlos Henrique disse:

            Eh Barata é verdade, escutei tanto isso esse ano
            que resolvi compartilhar
            nao Gosto da postura do T. neves
            fala muito, e ta jogando muito
            Arrascaeta , Rafinha e Robinho
            esses 4 estao bem
            mas isso , nao é certeza de vitoria
            Veja o time Modesto do Botafogo
            desclassificou o Flamengo
            o Flamengo tem um ótimo elenco
            e deu Botafogo
            como vai dar Atletico no primeiro confronto
            na raça, na velocidade e nos contra ataques
            no outro jogo nao sei

      • Renato César disse:

        Comentário totalmente coerente! A agressão foi registrada por câmeras (e sem edição). O judiciário celeste desqualificou a agressão alegando que não foi relatada pelo árbitro e isto passou num primeiro momento. Mas a tese caiu no Pleno, como deveria ser.

        Léo pegou a pena mínima. Se for réu primário, talvez consiga ser liberado para a segunda partida. E isto é seguir a regra, que deveria ser considerado o certo, independentemente de camisa.

        • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

          Caro Renato César,

          Penso exatamente como vc.
          Sem falar que, se queremos e temos esperança de um Brasil melhor, a consciência e iniciativa tem que partir da gente primeiro.
          Lei é pra ser cumprida. A infinitas brechas que têm sido o câncer deste nosso País…

          Abraços

    • Bernardo Montalvão disse:

      Uai, é nós que somos chorões????

    • DUDU GALOMAIO BH disse:

      Daqui da Terra, mandaram informar duas coisas no seu planeta:

      1 – A pena mínima pra agressão é de 4 jogos. (Com base no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva – CBJD), a seguir:
      “Art. 254-A. Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente.
      PENA: suspensão de quatro a doze partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de trinta a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código.”

      2 – A punição é semelhante a sofrida pelo atacante “Cone Anti-redes”, quando este defendia o Galo, ano passado, em um lance até mais brando (e menos covarde) que o praticado pelo Léo.

      Mais do mesmo: muita ironia, pouca referência.

      Post Scripum: Caso ainda assim, não entenda, podemos solicitar a tradução desse texto para Klingon ou algo semelhante.

    • Renato César disse:

      Incrível como as pessoas defendem coisas erradas e não tem a menor vergonha disto! Ignorando o fato do jogador estar na folha salarial do seu clube, você entende que o Leo NÃO agrediu o Ricardo Oliveira?

      Pelo amor de Deus! Quanta inversão de valores… É por isto que este país não vai para frente!

  • Tonho ( Mineiro ) disse:

    Vou sair fora do ” assunto ” neste post para concordar com O Sr Jose Eduardo Barata, a uns dias peguei pesado com o Galo, concordo que extrapolei muito ao falar que o time hoje e uma bagunca este interino esta fazendo um grande trabalho, perdi um pouco as estribeiras pq nao concordo com esta conversa ( ou falta dela ) do nosso presidente, o time esta precisando muito de no minimo uns 3 reforcos pontuais, o time esta sim engrenando mas ainda esta muito fraco e meu medo e que vamos ganhar ate com uma certa facilidade este mineiro e vao achar que esta tudo bem. Feliz pascoa a todos, estou saindo para uns dias de merecido descanso, ehhehehhe ninguem e de ferro.

    • José Eduardo Barata disse:

      TONHO ,
      somos torcedores , portanto , toda e qualquer
      manifestação que possamos ter vem sempre
      carregada de muita emoção e paixão , não é
      mesmo ?
      Hoje xingamos , hoje mesmo aplaudimos , e
      jogo que segue .
      Ah ! , sugiro a entrevista do Sette Câmara .
      Serenidade e noção de responsabilidade de
      há muito “sumidas” na classe dirigente .

    • Renato César disse:

      Na entrevista do presidente ontem ele disse que o time buscará até três reforços para o Brasileiro. Mas serão três reforços, ou seja, jogadores para serem titulares e não para comporem grupo.

      Eu também o alertei sobre a influência que a mídia e os celestes exercem. Tem que tomar cuidado. O clube e o time estão no caminho certo. O nosso objetivo vai muito além de ganhar mais um Regional ou mais um clássico.

      O planejamento está correto e está sendo bem executado. Temos pessoas sérias e determinadas à frente do clube. Pode ter certeza que nosso caminho é sem volta, apesar de tanta torcida contra.

      • Carlos Henrique disse:

        Segundo um jornalista mineiro
        o Sr Alexandre Gallo
        esta na Europa
        pode ter certeza
        se vier alguem, nao vai ser jogador
        do perfil do Roger Bernardo e Felipe Santana

      • jorgemoreira disse:

        Cada vez entendo menos, veja bem contrataram um diretor de futebol em novembro, em novembro para fazer o planejamento do time, ex treinador com experiencia nas categorias de base conhecedor do futebol brasileiro, estava desempregado e acompanhou tudo inclusive conhecia o time do Galo certo, não tudo errado o cara conhecia , planejou e vai contratar pro brasileiro que começa daqui a duas semanas? (desculpe) pqp, manda todo mundo embora inclusive e principalmente o presidente e o seu vice que mais uma vez contrataram o cara errado, não houve planejamento algum o time ra fraco e continua, afinal as doações feitas pelo Palmeiras de nada serviram, e o Ricardo Oliveira esta com o prazo vencido, porque não ser artilheiro deste ruralzão pode parar

        • Renato César disse:

          Conforme sugeriu o José Eduardo Barata ao Tonho, assista à entrevista do presidente. Verá que existe sim planejamento e que as coisas estão sendo feitas da maneira correta.

          Entre os quatro ou cinco clubes que vão sobreviver no futebol brasileiro nas próximas décadas, estará o Galo, graças ao presidente que está lá e seu grupo. Essas pessoa têm trabalhado correta e honestamente pelo nosso clube.

      • José Eduardo Barata disse:

        RENATO CÉSAR ,
        que equilíbrio de nosso presidente , hein ?

        • Renato César disse:

          Eu entendo que sim. Sinceramente, tem um estilo muito diferente do que normalmente vemos no futebol. Já havia elogiado na sua primeira entrevista. E ele tem se mostrado muito centrado, muito dedicado e confiante no resultado que obterá a partir deste trabalho.

          Eu acredito nele e continuo dando meu apoio.

          Ele foi na raiz dos problemas até agora. Está baixando a folha salarial, equilibrando as finanças, tirando os passivos. Mas também está atento às outras situações, pois afastou abutres que cercavam o clube, criticou explicitamente os setoristas e twitteiros que se dizem atleticanos mas que tentam derrubar o Galo a toda hora, vai voltar a fazer clássico com torcida “dividida” no Mineirão e coisas assim.

          E também deu um recado claro para a turma que está conversando abobrinha na internet: prepara o lombo porque tomará processo nas costas um atrás do outro.

          Isto tudo de forma serena, bem articulada, embasada e sem apelação midiática. Sem dúvida, estamos no caminho certo.