Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

O clássico numa imagem que fala por si

Não sei quem me enviou esta foto, mas agradeço muito e compartilho com as senhoras e senhores que gostam de futebol. Lamentavelmente não veio o nome do autor dessa obra prima que retrata Dario e Tostão nos áureos tempos do Mineirão, em meados dos anos 1960. O comentarista do blog, Cláudio Machado acha que é de 1970. Realmente, pode ser. Eu era criança e jogadores fantásticos como estes, com essas camisas mágicas formavam a personalidade futebolística de milhões Minas, Brasil e mundo afora.

Jornalística e tecnicamente notem a qualidade da imagem. A nitidez e brilho das cores, o momento certo do “clic” para pegar o exato momento da expressão saudável dos ídolos alvinegro e azul. Num tempo em que os profissionais da fotografia nem sonhavam que algum dia os seus sucessores teriam câmeras com recursos tão poderosos como agora.


Comentários:
25
  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Nuuuuuuuuuuu…
    14:51 hs e o nível de chá, já tá bem maior que o de torradas…
    Tô achando que num vou guentaaaa assistir o jogo…
    E se aguentar, tomara que eu durma logo após, pra não vir aqui pro Blog depois e falar m… kkkkkkkkk

  • jorgemoreira disse:

    Um eterno Genio da bola e tambem das letras o outrokkk kaneludo artilherio, e hoje um bobão falastrão opnião de um Atléticano da velha guarda e que conhece algumas historias deste falastrão ex jogador do Galo, quanto ao Eduardo Gonçalves de Andrade, era e se manteve uma pessoas diferente muito acima de muitos que a imprensa e torcida promulgam de craques

    • Carlos Henrique disse:

      Dario arilheiro nato, que começou a jogar com 19 anos
      uma infancia dificiil demais
      fez o gol do titulo de 1971
      tricampeao mundial
      campeao nacional com o Internacional
      campeao e artilheiro onde passou
      no nordeste no sul no rio
      Simples, Humilde, que dizia que feio é nao fazer o gol
      era dificil nao fazer ou perder gol
      queiram ou nao está na historia
      do futebol Brasileiro
      como um dos maiores artilheiros
      e todo o País gosta do Dadá
      pelas suas frases folcloricas
      seu jeito engraçado
      da sua simplicidade
      foi o meu idolo de criança.

  • DUDU GALOMAIO BH disse:

    Chico, nosso rival já teve grandes craques. E como são respeitáveis. E como respeitam o Galo. Tostão, Dirceu Lopes, Zé Carlos, Piazza… Esses mereciam ser ídolos. Hoje… Basta chegar e fazer um “seis” com a mão (resultado aplicado também pelo Galo em outras oportunidades) que já é amado pela torcida adversária.
    Veja como mudaram as coisas e como a mediocridade tomou conta do pensamento dos torcedores, de forma geral.

    • Carlos Henrique disse:

      Como disse Kalil, se os cruzeirenses soubessem
      oque aconteceu depois do 6×1
      nao comemorariam
      O Atletico parece que acordou
      V ieram titulos, em sequência
      Libertadores, Recopa, Copa do Brasil em cima do rival
      a Copa do Brasil, todo mundo lembra
      foi épica, fascinante, a mais empolgante que ja teve
      e a final mostrou o melhor time
      em cima do cruzeiro

  • Ed Diogo disse:

    Estes foram bons tempos de verdade (apesar de ser americano desde que nasci ) não deixava de ir ao Mineirão para ver bons jogos.Epoca em que nos subíamos a pé a Av Antonio Abrao Caram (e este o nome certo neh) com atleticanos e cruzeirenses todos com as suas devidas camisas dos respectivos clubes e não tinha brigas . Eram todos torcedores não inimigos

  • Gabriel Júnior disse:

    Dadá, foi goleador, nos deu o Campeonato Brasileiro, é fato; mas quando ficou pobre e retornou a Minas, associou aos Perrelas.

  • José Eduardo Barata disse:

    Que emoção !
    Que privilégio ter assistido os jogos
    com esses caras em campo , a nos
    trazer alegria e encantamento que
    estão em falta hoje em dia !!!!

  • Thales rosa disse:

    Correção
    6×2 no Santos de Pele..

    • Helio Antonio Corrêa disse:

      TALES ROSA
      Taí, nao entendi nada.
      Sou Cruzeiro igual a vc. mas o que tem a ver a foto com o jogo Cruzeiro e Santos 6×2?
      Será que eu é que perdi algum ponto da conversa?
      Ou é piada mesmo pelo 1º de abril?
      Se for, me ajude a entender.

      • jorgemoreira disse:

        Este é o Helio que eu tive a oportunidade de conhecer, vindo de voçê esta observação pra mim nada de anormal, voçê grande Helio é diferente dos outros, mas tem uma coisa Helio partindo do Rosa é normal
        ainda bem que existe pessoas que pensam kkkkkk, mas que este rosa é um sei lá o que isto é

      • José Eduardo Barata disse:

        HÉLIO ANTÔNIO ,
        que belo entendimento sobre
        a matéria e a foto que a ilustra!

  • Juca da Floresta disse:

    Caro Chico Maia,

    Excelente foto, época em que eu e meus primos íamos ao Mineirão com meu pai e meu tio (já falecidos) as torcidas entravam juntas e saiam juntas sem nenhum problema. Muita civilidade para os dias de hoje.

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Bela foto !

  • Cláudio Machado disse:

    Essa foto deve ser de 1970.

  • J.B.CRUZ disse:

    Um GÊNIO e Um Goleador: …
    Clássicos Naquele Tempo era Garantia de Bons Espetáculos..

  • Alisson Sol disse:

    Outro fato a notar: como era melhor assistir jogos quando as camisas não tinham patrocínio. Claro que hoje é necessário, mas deixa algumas camisas poluídas demais.

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Dadá = Goleador.
    Tostão = Craque.

    Agora, esse Dadá é o que falou essa semana no Alterosa Esportes, que tá tremendo porque tá impressionado com o toque de bola do Cruzeiro ?? ( Tenho o vídeo… )

    • Nivaldo Santos disse:

      Tai o porquê de a torcida do Galo não gostar dele. Tem que satisfazer a linha do programa, assumidamente azulina.

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Caro Nivaldo Santos,

        Vc tem razão. As vezes a gente nem acredita nas coisas que o Dadá fala.

        Abraços

      • Helio Antonio Corrêa disse:

        NIVALDO SANTOS
        Diga somente por vc. Sou Cruzeiro, mas dizer que a torcida Alvinegra não gosta do Dario é um pouco demais nao?
        E tempo;
        Que saudade desses tempos

    • José Eduardo Barata disse:

      CLAYTINHO ,
      dá um tempo , moço !
      Deixe a saudade dos bons tempos
      nos enlevar por alguns instantes .

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Caro José Eduardo Barata,

        Pior que é meu nobre…
        Um registro da história do que era o verdadeiro futebol de qualidade não merecia uma brincadeira como essa. Pelo menos nesse post. Me desculpe !
        Abraços