Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Classificado em primeiro no grupo, Cruzeiro fica sabendo dia 4 quem será o próximo adversário na Libertadores | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Classificado em primeiro no grupo, Cruzeiro fica sabendo dia 4 quem será o próximo adversário na Libertadores

Cruzeiro e Racing fizeram um grande jogo, concluindo a fase de grupos e terminando em primeiro deste grupo 5. Partida foi mais difícil do que se esperava e o time argentino confirmou que também é candidato a voos mais altos na competição.

Detalhes e comentário, do Alex Souza, especial para o blog, a quem agradecemos:

* “Jogo disputadíssimo pela necessidade de vitória dos dois times. O Cruzeiro, depois de um começo arrasador, foi cedendo espaços ao time argentino, que por pouco não empatou. O time azul voltou a crescer ofensivamente e teve a chance de liquidar o jogo em duas ocasiões, no fim do 1º tempo, quando De Arrascaeta perdeu duas chances claras. No tempo final o Racing rondou a área, mas não conseguiu chegar com grande perigo, salvo em cabeçada de Centurion bem defendida por Fábio. O Cruzeiro se retraiu e contra-atacou com perigo chegando a perder chances perigosas com Sassá, Raniel e Léo…”

CRUZEIRO 2 x 1 RACING (Argentina)
Copa Libertadores da América – 2018 – 6ª rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores
Mineirão, em Belo Horizonte (MG) – 22 de maio de 2018 (terça-feira), às 21h30

Gol do Cruzeiro – O time azul começou a partida marcando a saída de bola e pressionando os argentinos. Pela direita, Robinho fez boa jogada com Sassá, que se movimentou para ser opção. O atacante fez o cruzamento para o meio da área e Thiago Neves apareceu livre para abrir o placar: Cruzeiro 1 a 0.

Chance clara – Lançado por Thiago Neves, a 4’ e 20’’, Sassá entrou livre na área do Racing e concluiu de forma equivocada, perdendo a chance de abrir mais vantagem antes de 5’ do tempo inicial.

Foi falta clara – Sassá, a 8’, recebeu a bola pela direita e disparou em velocidade perseguido pelo zagueiro. O defensor deu um carrinho quando ele ia entrando na área, tocando o atacante que caiu. O árbitro, a poucos metros do lance, tudo viu e mandou seguir o jogo, nada marcando.

Gol do Cruzeiro – Lucas Silva, a 10’, marcando a saída argentina, roubou a bola, driblou o marcador e finalizou forte no canto direito do goleiro Musso. Bola rasteira indefensável. Cruzeiro 2 a 0.

Travou Egídio – A 14’ Lautaro Martinez recebeu a bola em frente á área do Cruzeiro e fez um bom passe na direita para Solari. O jogador recebeu livre e quando iria concluir Egídio fez o bloqueio do arremate, com a bola saindo pela linha de fundo.

Melhora o Racing – O time argentino chegou ao ataque a 21’, pelo lado esquerdo do ataque. Lautaro Martinez fez o passe a Soto pela esquerda e ele tentou o cruzamento. A bola cruzou perigosamente a frente do gol do Cruzeiro e saiu pela linha de fundo.

Gol do Racing – A 27’o Racing atacou pela direita, com apoio do lateral. Solari chegou em velocidade e cruzou. A bola bateu em Dedé, que dividiu a jogada com dois atacantes, e sobrou para Centurion que livre chutou e fez o gol argentino.

Na trave – A 39’, depois de perder um ataque pela direita, com Robinho, o Cruzeiro foi contra-atacado em velocidade. Lautaro Martinez dominou e lançou boa bola para Solari. Ele entrou livre na área e deu um leve toque, tirando de Fábio. A bola bateu na trave direita e a defesa azul fez o corte.

Cartão amarelo – Solari, a 41’, deu um carrinho faltoso em Robinho e recebeu catão amarelo do árbitro da partida.

Chance de ampliar – Sassá disparou, outra vez pela direita do ataque azul, a 42’. Ele deu um passe na medida para a conclusão de De Arrascaeta. O atacante perdeu a conclusão e a bola sobrou para Sassá que marcou, contudo, estava em impedimento.

Cartão amarelo – Robinho, a 43’, por derrubar um adversário numa entrada mais forte no centro do campo.

Chance de liquidar – A 44’ De Arrascaeta voltou a ter grande chance de marcar. Dedé fez lançamento perfeito e o atacante, partindo quase do meio campo, chegou sozinho diante do goleiro Musso. De forma inacreditável ele vacilou ao tentar o drible e desperdiçou a 2ª chance clara de gol em 2 minutos. Musso agradeceu a displicência e defendeu.

Resumo do 1º Tempo: Partida bem movimentada, com grandes chances desperdiçadas pelo Cruzeiro e uma bola na trave chutada pelo Racing. Depois de abrir 2 a 0 o Cruzeiro deu espaços e Racing conseguiu chegar com perigo também. Não fossem as duas chances desperdiçadas no fim do tempo inicial o Cruzeiro poderia ter terminado com ampla vantagem no marcador.

Pela esquerda – No 2º tempo o Cruzeiro voltou forçando o jogo pela esquerda. Egídio fez boa jogada com De Arrascaeta, a 2’, e cruzou, mas a bola bateu na defesa e saiu pela linha de fundo. Na cobrança a defesa cortou o perigo.

Bom toque de bola – Lautaro Martinez, Soto, Solari e Centurion tocavam a bola e tentavam articular jogadas, contudo, o Cruzeiro passou a diminuir os espaços que eles tiveram depois do primeiro gol argentino no tempo inicial, quando deram trabalho e chegaram com perigo.

Sobre o gol – A 6’ Egídio chegou de frente para o gol e disparou de perna esquerda. A bola saiu forte e passou com perigo sobre o gol defendido por Musso. O Cruzeiro voltou em velocidade pela esquerda, com De Arrascaeta, a 8’, quando limpou a marcação e acabou sendo prensado pelos defensores, perdendo a jogada.

Salvou Musso – A 12’ De Arrascaeta puxou nova jogada em velocidade pela esquerda. Ele partiu sobre a defesa argentina e deu o passe a Sassá. Ele arrematou rasteiro, no canto direito, e Musso espalmou para escanteio, evitando o gol azul.

Cruzou mal – A 15’ Thiago Neves foi limpando a marcação argentina e deu bom passe a Robinho na direita do ataque. O meia tentou o cruzamento, mas acabou chutando muito forte, pela linha de fundo.

Saiu Thiago Neves – A 18’ Rafael Sobis foi a campo no lugar do desgastado Thiago Neves, que voltava ao time depois de longo tempo machucado.

Ataque e contra-ataque: A 22’ Robinho teve a chance de levantar uma falta da direita para a área argentina. A defesa cortou o lance e o Racing contra-atacou em velocidade pela direita. Centurion disputou corrida com Egídio e foi fominha, chutando à esquerda do gol de Fábio, quando deveria passar a companheiro melhor colocado.

Cartão amarelo: A 22’ Lautaro Martinez, por reclamação intensa contra o auxiliar que marcou falta clara sobre Henrique, recebeu cartão amarelo.

Saiu Robinho – A 26’ Robinho saiu no Cruzeiro e deu lugar a Bruno Silva, já que o time estava perdendo espaço no setor de melo campo.

Cartões amarelos: Barbieri, a 24’, agarrou De Arrascaeta de forma acintosa, cortando um bom taque do Cruzeiro; cobrada a falta Léo disputou com o defensor pelo alto e acabou recebendo um cartão amarelo por bater o braço no rosto do jogador.

Saiu Sorali – A 28’ o bom Solari, que tinha levado cartão amarelo no tempo inicial, foi substituído por Matias Zaracho no time argentino.

Muito espaço: A 31’ o Cruzeiro ficou marcando de longe e a bola chegou à área. Na rebatida o lance ia ficando para Lautaro Martinez, contudo Léo chegou forte e cortou para escanteio. O Racing pressionava e mantinha a posse de bola; no contra-ataque o Cruzeiro chegava com perigo.

Saiu Sassá – A 32’ Raniel foi a campo no lugar de Sassá, que muito lutou e se cansou depois de grande atuação em que muito se movimentou pela direita e deu grande contribuição ofensiva ao time.

Salvou Fábio: A 33’ Centurion cabeceou perigosamente depois de receber cruzamento da direita, em jogada de Pillud. A defesa azul, de novo, marcando de longe e Fábio salvou com grande defesa. O Racing continuou atacando e Fábio saiu bem do gol a 35’ para cortar uma cobrança de falta pelo alto.

Saiu Cardozo – Tentando mudar o jogo o Racing mandou Mansilla a campo na vaga do meia Cardozo, a 36’.

Concluiu mal – Egídio, a 37’, recebeu jogada de Sobis e tentou arrematar de primeira. O chute saiu errado, sem perigo para o gol de Musso.

Saiu Barbieri – A 39’ o zagueiro Orbán foi a campo pelo Racing no lugar de Barbieri, que se machucou,

Cortou Sobis – A 40’ Rafael Sobis, ajudando a defesa, cortou cruzamento vindo da direita, feito por Mansilla, e tirou a jogada de atacante que se preparava para marcar de cabeça. O Cruzeiro contra-atacou em velocidade com Egídio que deu o passe a Bruno Silva, que teve o chute interceptado para escanteio. Na cobrança da direita Léo subiu de cabeça e quase marcou, com a bola batendo no chão e passando rente à trave esquerda de Musso.

Cartões amarelos – Gonzalez, a 43’, recebeu cartão amarelo; a 44’ cartão da mesma cor foi exibido a Lucas Romero.

Perdeu Raniel – Nos acréscimos De Arrascaeta deu um passe na medida para Raniel concluir em gol, contudo, o chute saiu sem direção, perdendo ótima oportunidade o Cruzeiro.

Resumo do 2º tempo: O Racing igualou o jogo e, em desvantagem, tentou buscar o resultado. O Cruzeiro procurou o contra-ataque e teve as melhores chances, desperdiçando as jogadas. No final conquistou o resultado que precisava para se classificar em 1º lugar.

FICHA DA PARTIDA:
CRUZEIRO: Fábio, Romero, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Bruno Silva) e Thiago Neves (Rafael Sobis); De Arrascaeta e Sassá (Raniel). Técnico: Mano Menezes.

RACING: Musso, Donatti, Pillud, Gonzalez e Barbieri (Órban); Lisandro Lopez, Carsozo (Mansilla), Solari (Zaracho), Lautaro Martinez, Centurion; Soto. Técnico: Eduardo Coudet.

GOLS: Cruzeiro: Thiago Neves, a 2’ e Lucas Silva, a 10’ do 1º Tempo. Racing: Centurión, a 27’ também do 1º tempo.
CARTÕES AMARELOS Cruzeiro: Robinho, Leo e Lucas Romero; Racing: Solari, González, Lautaro Martínez e Barbieri.
PÚBLICO: Presente: 43.276 torcedores – Pagante: 38.564 torcedores
Renda: R$ 2.213.676,00
ARBITRAGEM: Andrés Rojas com auxílio de Alexander Gusman e Eduardo Diaz, todos da Colômbia.

Por Alex Souza


Deixe uma resposta para Helio Antonio Corrêa Cancelar resposta

Comentários:
20
  • J.B.CRUZ disse:

    COMUNICADO URGENTE: SORTEIOS:
    CRUZEIRENSES: O Sorteio das Oitavas da LIBERTADORES será dia: 04/06/18…
    e e das Quartas de final da COPA DO BRASIL será em 17/07/18…..
    ————————————————————————————————————-
    ATLETICANOS; O Sorteio da Tele-Sena de SÃO JOÃO Será dia; 26/06/18 e o Concurso 1.183 da TIME MANIA em 24/05/18…
    ATENÇÃO !!!!..(BOLA MURCHA-25/05/18.).

  • Jorge disse:

    cec Maior de Minas! Kkkk. Nunca será! O Maior, o Gigante de fato é o Galo Forte Vingador.

  • Júlio Ávila (Mariana) disse:

    Jogo é jogo e treino é treino!!! Por isso não teve cruzeirenses chorando e lámentando clássico, ninguém gostou de perder o clássico mas todos estava cientes do objetivo principal do cabuloso esse ano! Atlético deu tanto vexame esse ano que nem tô zuando os atleticanos do blog e amigos meu!

  • Marcos disse:

    “necessidade de vitória dos dois times”
    Racing só precisava empatar.

    Engraçado que Fábio, Arrascaeta, Robinho, Bruno Silva, Rafael Sobis, Sassá, Raniel jogaram o clássico também.
    Sem contar que o Dedé não podia jogar o clássico.
    Ou seja, perderam o clássico com 8 jogadores titulares jogando.

  • Tonho ( Mineiro ) disse:

    Como o ssaunto do texto nao tem interesse nenhum, vou sair fora e postar com sua permissão um link de um video, ja foi assunto aqui antes o abandono do park Olímpico no Brasil, pois bem 18 anos após os jogos olímpicos de Sydney, o estado vai revitalizar o Park Olimpico inclusive o estádio Australia, motivo e um dos principais pontos turísticos de Sydney. ta ai o link do video
    https://www.youtube.com/watch?v=E_FjelY0_Hs

  • luiz ibirite disse:

    acho eu que foi a melhor apresentação do cruzeiro este ano, e concordo com o que disse o Helio e tb o alisson sol, pra frente ai vai vir chumbo grosso.

  • José Luiz disse:

    Alguém já ouvi falar daquele filme Velozes e Furiosos?
    Deve estar passando o número 100 dessa série, a coisa não acaba nunca!
    Assim foi o CRUZERÃO CABULOSO ontem!
    Passou o rodo nos minutos iniciais e depois acomodou e o Racing foi pra cima,
    pois perdido por 2, perdido por mil, como diria o poeta.
    Isso é Libertadoreeeess, amigoooo! by galvão bueno, o amado.
    Os comentários do Alex Souza dissecam todos os aspectos dessa peleja, quem falar depois só vai repetir o que o tostão do blog escrevinhou.
    Fico imaginando os coments do pessoal do outro lado da lagoa, que vem aqui diuturnamente, após o jogaço de ontem:
    .foi obra do benecy, o mitu.
    .aquele lance foi falta, o outro foi penalti, Racing foi garfado.
    .o helicóptero sumiu, e a coca? vou querer.
    .esses dirigentes azuis são “os mais” desonestos, os meus são “onestos”.
    .e a torcida de papelão? só 43 mil?
    Homem magoado é uma durez, viu? ninguém aguenta! kk
    Mas, mas, mas, essa é a nossa atleticanidade, né? dá linsenssa.
    vamos que vamos: TRI-CAMPEÃOOOOO. TRI CAMPEÃOOOO

    • Antonio da Silva disse:

      Uai camarada, seu time venceu e você preocupado com atleticano? É por isso que sempre digo, azulino não sabe vibrar com alegria nas vitórias. Ô fixação sô!

    • Victor Maia disse:

      Amigo João Gomes, Rafhael, Marcos Ribas, Fátima, digo José Luiz; essa palavra “viu” é conhecida noutros posts. Nem seu time ganhando você esquece a turma do lado da lagoa. Kkkk!!! Sai Neura!!!

      • José Luiz disse:

        essa é uma boa tática: qdo não tem argumento, ataca e desqualifica a pessoa que escreveu.
        boa idéia essa!
        vou utilizar isso também!

        • Antonio da Silva disse:

          Zé, eu tenho muitos argumentos sim, basta ver o placar do último clássico… Acho normal quando um rival perde e o outro zoar, mas futebol é momento e neste momento, o Galo é o 1º no Brasileirão, ai seu time ganha e você lembra de quem? Moço, vai curtir a vitória do seu time e deixe zoeira para o momento certo. Abraços!

  • Helio Antonio Corrêa disse:

    Ganhamos., na verdade é isto que importa.
    Mas temos que melhorar muito para termos voos mais altos.
    Se queremos jogar reativamente, no contra ataque, então temos que ter jogadores velocistas pelos lados, pois ontem, era tudo que a maioria dos técnicos gostam, vantagem no placar, trouxe o time para o seu campo e quis jogar no contra golpe, nao tendo velocistas para isso.
    Ainda assim, perdemos gols, que quase nos custava a primeira posição.
    Vejam bem, Rafinha nao é uma Brastemp, mas ontem fez uma falta danada pois o Robinho esqueceu o futebol que tinha lá nos anos 16., pois não anda jogando nada.
    Que bom que veio a classificação, agora se recuperar no brasileiro e ver se leva este BICHADO do EDILSON a um bom pai de santo. Acho que é especialidade nosso, contratar jogador Bichado, Vai ter falta de sorte com contratação assim lá na China.
    Valeu Cruzeirão, mas não precisava ser tão sofrido.
    Com os 2 x 0 iniciais, achei que golearíamos novamente, mas não aconteceu, felizmente veio a classificação em primeiro.e isto é o que conta

  • Renato César disse:

    Eu já havia cravado esta classificação antes mesmo de começar esta fase. E não era torcida, era só análise (quase) imparcial.

    Como eu disse, o problema poderia começar só agora. Mas, vendo os possíveis adversários, acho que ainda não será nesta próxima fase. Vejam eles: Cerro Porteño, Colo-Colo / Delfín / Bolívar / Atlético Nacional, Atlético Tucumán, Flamengo, Racing, Nacional-URU, Independiente, Boca Juniors (O grupo 2 está totalmente indefinido e ninguém está classificado ainda faltando só uma rodada).

    Desta lista, acho que só o Flamengo poderia representar algum perigo. E não é pela qualidade do time mas, sim, pelo risco de conseguirem arbitragem nacional. Aí vai um Wright da vida apitar e já era.

    Mesmo risco na fase seguinte. Os times que podem assustar são Palmeiras, Corinthians e Grêmio. Porém: Palmeiras é o time do Roger Machado; Corinthians perdeu o técnico agora; Grêmio, além de freguês, é o atual campeão e dificilmente alguém fica com o bi seguido.

    Ainda não vi todos os times em campo. Pode ser que algum que eu não tenha visto mostre serviço, mas acho difícil.

    Este ano o título deve ficar com algum brasileiro. Espero que não fique em Minas.

  • Thales rosa disse:

    La bestia negra: Cirúrgica. Precisa. Letal..

    Primeirao do grupo.. Rumo ao TRI

  • Raul Pereira disse:

    Agora começa a Libertadores de fato. A vitoria de ontem na prática só garantiu o segundo jogo em casa; a chance de pegar um “fumo goiano” já na próxima fase é enorme.

  • Alisson Sol disse:

    Não entendi o Centurion pegando aquela bola livre, quando havia um defensor que “fez que foi mas não foi” em direção a ele, e acabou ficando e atrapalhando a visão do goleiro. É Libertadores: vai na bola e depois se explica!

    Fica uma ressalva: eu escutei o jogo (só vi o vídeo depois) e o nome do Lucas Silva era citado toda hora. Alguém fez um comentário de que o time é um com o Arial Cabral, e outro com o Lucas Silva. Como é muito difícil que ele fique depois da Copa, vamos ter de nos contentar com um time com menos qualidade na segunda parte da Libertadores. É torcer que a dedicação da maioria continue.