Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Apesar de tudo, tem Galo x Flamengo e rodada completa do Brasileiro. Coisa de “cabeças cozidas”!

A inversão de valores chegou a um ponto em que o ser humano é o que menos importa. Nem falo da violência absurda que toma conta do planeta, aqui, principalmente, mas do dia a dia, daquilo que deveria ser o óbvio, o normal. Não existe mais respeito ao senso comum, ao que a maioria da população pensa. Àquilo que antigamente era chamado de “opinião pública”. Agora, a pública e a publicada nada valem.

Os governos não tomam conhecimento se a vida do cidadão vai melhorar ou piorar se ele não tomar certas medidas ou deixar a coisa desandar. Esta greve dos caminhoneiros, por exemplo. É questão de sobrevivência. Como o camarada vai conseguir tocar a vida dele, pagando para trabalhar? Se o preço do diesel e da gasolina foi represado durante anos, erradamente, também não poderia subir quase toda semana no ritmo alucinado adotado pelos atuais ocupantes do poder. Questão de raciocínio lógico.

Aí entramos em nossa seara, o futebol. Com o país quase parado, por falta de combustíveis, a CBF mantém a rodada do Brasileiro. Idiotamente alega que as companhias aéreas garantem os vôos das delegações. Mas e o que deveria ser o principal? A razão de ser deste esporte que é o torcedor, o “besta”, que paga toda a conta!

Estes dirigentes imbecis não tomam conhecimento se haverá transporte para aquele que quer ir ver o espetáculo.

Atlético e Flamengo, por exemplo, não é uma pelada de amigos do Bairro Horto, para atrair apenas a vizinhança, que pode ir a pé. Os bairros distantes da capital mineira, milhares de pessoas do interior de Minas, do Rio e outros estados não contam? Sem falar naqueles que precisam trabalhar no jogo: imprensa de várias cidades distantes, segurança, polícias, serviços médicos e etecetera e tal.

Os dias atuais são de racionamento geral de combustíveis, para garantir os serviços básicos da população, que precisa ter a coleta de lixo, ônibus, táxis, aplicativos, ambulâncias, rabecões, carros fúnebres, e por aí vai.

A CBF e os clubes não estão nem aí para a presença de torcidas nos estádios porque acredita que só o dinheiro da TV basta para pagar a conta toda. Se esquecem que este desprezo pelo torcedor de raiz provoca um paulatino desânimo em torno do produto, que vai se enfraquecendo. O futebol enfrenta atualmente a concorrência de outros incontáveis atrativos para crianças, jovens, adultos e mais velhos, que vão dividindo este bolo. A audiência de um jogo de futebol na TV vem caindo, apesar de ser, ainda, o melhor filet.

A cartolagem também não leva em conta que a qualidade técnica do Campeonato Brasileiro está muito baixa em relação ao internacional. Na tarde de hoje teremos a final da Champions, cheia de craques de verdade. Mais tarde o torcedor liga a TV pra assistir partidas da segunda, terceira e quarta divisões do futebol mundial.

Pra complicar mais ainda, Atlético e Flamengo jogam no pior dia e horário possíveis para quem gosta de futebol. É pra espantar mesmo até os mais apaixonados.


» Comentar

Comentários:
14
  • jorgemoreira disse:

    Brasil uma Venezuela do futuro, uma vergonha politicos desviando dinheiro de impostos para enriquecimento proprio e uma população sem direito a nada, onde estão os direitos dos pagadores de impostos?claro que não é dificil de imaginar nos paraisos fiscais

  • Gabriel Júnior disse:

    Quanto menos torcedores neste jogo melhor para o Fla. Justamente no jogo contra nosso maior rival ocorre o risco da massa não comparecer.

  • Renato César disse:

    Parabéns, Chico! Esta greve está mostrando que estamos com um idiota muito mais imbecil que a sua antecessora no comando do país.

    E a sua rede de relacionamento, que passa pela principal emissora do país e também pela cúpula do futebol, está ignorando os fatos para tentar continuar manipulando a população.

    O Brasil pode estar acordando. Espero que esteja. Esta greve pode ser o caminho para mudar a história deste país.

    Sobre o jogo, devemos ter um estádio bem vazio justamente em um jogo que vale a liderança e que será fundamental para definir as campanhas de ambas as equipes, talvez até o título.

  • Silvio T disse:

    Chico, vc esqueceu de um ponto fundamental na sua análise, q se baseou numa situação politica normal e democrática. Mas estamos vivendo, desde o absurdo impeachment de uma presidenta legalmente eleita por maioria, um estado de exceção. Quando surgiram boatos na imprensa da possibilidade de adiamento da rodada, disse pra um amigo: isso nunca vai acontecer. O raciocínio é simples. Nas ditaduras, principalmente nos momentos de crise, nunca se deve cortar o circo do povão. Quem viveu os anos 1970 sabe bem do que estou falando. Ou seja, neste momento crítico dessa greve/locaute de caminhoneiros, eles NUNCA tirariam o circo/futebol do povão.

  • João Chiabi Duarte disse:

    Chico Maia,
    Realmente um jogo às 21:00 h de sábado não é horário fácil de comparecer.
    Não bastasse a greve dos caminhoneiros (que parece avançar para o fim), tem que se considerar os horários de funcionamento de metrôs e também a menor disponibilidade dos ônibus nos finais de semana. E se não normalizar o fornecimento de combustíveis pior ainda…
    Mas, dentro de campo, tudo indica um bom jogo.

  • Marcos disse:

    ” o preço do diesel e da gasolina foi represado durante anos”

    Discordo. Se eles são produzidos nacionalmente, não precisam ser vendidos a preço internacional.
    A produção e consumo são internos. O problema é pagar o rombo da corrupção na Petrobrás.

  • J.B.CRUZ disse:

    Apearam Dilma do poder, mas deixaram as Repartições Públicas recheadas de comunistas, apaniguados, exploradores,aproveitadores e mercenários de plantão para saquear o resto das migalhas…
    Falta-nos LIDERANÇAS POLÍTICAS, EMPRESARIAIS e até mesmo SINDICAIS, com capacidade para despertar o PAÍS para seus PROBLEMAS REAIS……
    Somente a utilização das FORÇAS ARMADAS, cuja CREDIBILIDADE permanece INALTERADA, pode trazer TRANQÜILIDADE á POPULAÇÃO, VÍTIMA INOCENTE de uma CRISE promovida por bandidos da pior espécie…..
    Sempre Haverá uma CANETA para Escrever o FUTURO; mas, nunca haverá uma BORRACHA para apagar o PASSADO…
    PRÁ FRENTE BRASIL !!!…

  • Horacio V Duarte disse:

    Caro Chico Maia, o que não falta é absurdo, temos aí um bando se escondendo da justiça, que se acha a constituição, no palácio do governo, vendendo tudo que não é deles, sem serem incomodados, como se fossem os capitães donatários em 1700.
    Sem dúvida, a rede de televisão, dona do futebol brasileiro, acha que o que paga aos clubes, todos quebrados, é o suficiente. E se pagasse bem não haveria como manter jogos quase todo o dia na televisão, afinal os clubes precisam jogar 3 ou 4 copas/campeonatos para permanecer de portas abertas, time B em alta e nível do futebol lá em baixo.
    Se qualquer violência no estádio é amplificada e usada como propaganda para vender tv paga, jogos em dias que poucos sairão de casa para qualquer outra atividade, é audiência na certa. F.-se o torcedor, para eles nem haveria estádio, bastaria um estúdio com jogos arranjados para maior emoção.

  • José Eduardo Barata disse:

    Era domingo e quarta , sem faltar a um sequer .
    Era o prazer , a alegria , a descontração , uma
    festa a cada jogo !
    Hoje, na última vez que estive em campo, com
    meus filhos , deixamos por lá mais de R$ 600 .
    Pra mim, é uma ida a cada dez anos , pois não
    temos condições de bancar essa farra que os
    dirigentes, TODOS ELES , usufruem às custas
    dos idiotas que somos que bancam $5mi para
    pagar um Emerson Conceição .
    Bando de canalhas !!!!

  • João Cavalieri disse:

    A situação é crítica, desmarquei diversos compromissos quinta e sexta, fiquei 4 horas na fila do posto para abastecer, assustador, cenas que nunca imaginei presenciar. Neste momento estamos preocupados em procurar abastecer nossas casas, evitar ao máximo sair de casa, e estes cretinos mantém a rodada deste campeonato de futebol. Nosso país está desgovernado, não existe gestão, não existem políticos minimamente responsáveis e capazes de governar. O cenário é sombrio.

  • Tony Silva disse:

    Um dos maiores clássicos nacionais (e não sou torcedor de nenhuma das duas equipes) que já decidiram finais e sem-finais de campeonatos brasileiros, historicamente marcado pelo jogo da vergonha na semi-final da libertadores em 1981 no Serra Dourada em Goiânia-GO (até hoje não entendo por que esse jogo foi lá…) e se não bastasse esse histórico todo ainda vale a disputa pela liderança do brasileirão 2018! Esse não deveria ser o principal jogo da rodada? E pro CAM um Mineirão com as duas grandes torcidas que os dois times possuem, não $eria mai$ intere$$ante?

  • Paulo F disse:

    Uma pena que milhares de torcedores compraram ingresso antes da greve, ou sem saber da sua real extensão, projeção e gravidade. Muitos devem deixar de vir por falta de gasolina, a não ser que more perto de uma estação de metrô ou na zona leste, nas redondezas do Horto. Isso sem falar no absurdo que é um jogo acontecer 9hrs de um sábado, ainda mais um jogo desta magnitude.

    • Márcio Amorim disse:

      Caros Chico e Paulo!
      Percebo que a turma está brava com a manifestação de tanta inteligência por parte dos dirigentes. Manter a rodada em meio ao caos é ignorar a gravidade por que passa a nossa “Venezuela”. Filas, prateleiras quase vazias, postos fechados, BH sem transporte, corre-corre e tudo mais.

      A cidade parece deserta. Poucos carros, poucos ônibus, metrô reduzido e sem futebol no sábado à tarde e no domingo à tarde. Quem conseguir se deslocar para o Independência a pé ou de carona com os que ainda têm um pouco do petróleo preciosíssima a estas alturas enfrentará o frio da noite.

      Estou assutado, chocado, desiludido! O jeito é fugir para a Venezuela e cruzar com os venezuelanos no caminho, fugindo para cá. Povo sem fibra, sem alma e que desconhece o poder da sua força. Juntos poderiam depor estes canalhas que, lá como cá, assaltam e riem da nossa passividade.

      Grande abraço!