Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

A luta do Eurico Miranda contra o câncer

Um dos nomes mais marcantes e controversos do futebol do Brasil e da história do Vasco, Eurico Miranda vive um dos momentos mais complicados da vida. Depois de encarar tumores na bexiga e no fígado nos últimos anos, o ex-presidente do clube e atual presidente do Conselho de Beneméritos, tem batalhado contra um tumor no cérebro.

Reportagem do jornal Zero Hora:

— Espero comemorar mais uns aniversários do Vasco. O tratamento pega muito esse lado emocional mesmo. Não é fácil, mas vamos seguindo. A evolução tem sido boa. Mexe com o coração, mas não com o raciocínio. Acaba afetando a parte motora. Mas estou superando também – afirmou Eurico Miranda, que na última terça-feira se deslocou com auxílio de uma cadeira de rodas durante homenagem da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) pelos 120 anos de Vasco — disse Eurico, ao site UOL.

Durante justamente esta homenagem da Alerj, Eurico Miranda. se mostrou bastante emocionado. Chorando ao menos em três oportunidades durante o seu discurso – algo raro de ser visto ao longo de sua trajetória pública -, afirmou que o Vasco não vai voltar a ser grande por conta de nunca ter deixado de ser grande.

https://gauchazh.clicrbs.com.br/esportes/noticia/2018/08/eurico-miranda-luta-contra-tumor-no-cerebro-cjl5n86ws03j801n0vu29br42.html?utm_source=twitter&utm_medium=egzh&utm_content=esportes


Deixe uma resposta para Antonio da Silva Cancelar resposta

Comentários:
13
  • Amauri Martins Cunha disse:

    cada um tem sua opinião eu como um Atleticano Chico Maia ,sempre via o Minas Esportes não pelo apresentadores ,ma sim pelos comentaristas você o Numero 1 .Eurico sempre defendeu O Vascão fez de tudo á ele o meu respeito minha admiração e que Deus na sua infinita misericórdia o cure ,esse assunto é sério demais e tudo aquilo que desejamos ao próximo retorna pra gente pensem nisso !!

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Por coincidência vi agora que o Vasco ganhou uma Libertadores em 987: https://globoesporte.globo.com/rj/serra-lagos-norte/futebol/noticia/carlos-germano-se-emociona-com-o-vasco-e-recorda-titulo-da-libertadores-de-1998.ghtml

    Nem me lembrava. Mas continuo com o mesmo ponto de vista.

  • jorgemoreira disse:

    Sobre o Eurico Miranda aqui se faz aqui se paga, este com certeza deve estar em dividas com o sono tranquilo, ele não deve dormir tranquilo, porque já fez muita sacanagem, com certeza

  • Carlos Henrique disse:

    Olha sou cristao, catolico praticante.
    Mas o peixe morre pela boca.
    Como gosto de futebol.
    vi todas entrevistas de Kalil na espn e fox sports.
    plemico o ex presidente atleticano.
    é respeitado pelos jornalistas do eixo.
    quando falava, todos ouviam.
    com atençao e diziam que Kalil
    faz falta ao futebol brasileiro.
    Imagina no Atletico.
    Mas tambem vi esse sr , Eurico miranda.
    falar na Fox sports.
    que preferiria, um neto ou filho com essa doença.
    do que torcer para o Flamengo.
    que deus dê conforto e saude a essa pessoa.
    e que oremos todos nos
    pelos portadores dessa doença.

  • jorgemoreira disse:

    Sobre o titulo que os torcedores do outro time reclamam, os dirigentes do Vasco perguntaram aos então raposas expertas Felicio Brandi e Carmine de Furleti, voces concordam com o jogo transferido pro maracá e os presidente e vice do doutro time concordaram, dando o sim agora quem lesou o outro time foi o Sr, Armando Marques este sim antes idolatrado pelo lado do outro time o tirou através de um erro o possivél titulo de 74, os dois raposas si fú eles sim venderam o mando de campo, agora e a venda do Eduardo Gonçalves de Andrade ao Vasco para os mesmos dirigentes vaicainos ninguem fala nada hem

    • Antonio da Silva disse:

      Kkkk, toda vez que o Flávio Carvalho contestava este título, o Chico passava essa venda do mando de campo na cara dele. Bons tempos do programa esportivo da Band Minas!

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Bom, o debate é saudável. Isso não implica em uma das partes concordar com a outra.
    Vou exercer a tréplica, caro Hélio. Com todo respeito.
    Realmente, ter sido o primeiro clube a aceitar negros é louvável. O tal Expressinho da Vitória realmente teve seus momentos de glória. Aceito a ressalva.
    Mas o Vasco da década de 70 prá cá ganhou o quê exatamente ? Se não me engano, dois Brasileiros – esse contra o Cruzeiro em 74 e aquela Copa João Havelange, em que – adivinhe quem ? – o Eurico armou para adiar o jogo da semifinal contra – adivinhe quem ? – o Cruzeiro e conseguiu um efeito suspensivo para o Edmundo, que entrou em campo e acabou com o jogo. Foi 3×1 para o Vasco, que foi para a final com o São Caetano.
    Salvo engano, o time não ganhou outros Brasileiros fora esses dois. Posso estar enganado, mas acho que não.
    Não ganhou nenhuma Libertadores.
    Não ganhou nenhum Mundial.
    Não ganhou nenhuma Copa do Brasil.
    Não ganhou Taça Conmebol ou a Sul-Americana (que é o mesmo torneio com nome diferente).
    Ganhou vários campeonatos carioca e é só.
    Esteve sempre na mídia por ser do Rio e por conta das maracutaias do sr. Eurico Miranda, que sempre fez questão de aparecer e, vamos reconhecer, defender os interesses do Vasco a qualquer custo.

    Agora, qual cruzeirense não gostaria que Eurico, Vicente Matheus (lembra-se ?) ou até o Khalil fossem dirigentes do nosso clube ? Eu gostaria, sem medo de ser feliz.

    • Helio Antonio Corrêa disse:

      RAUL
      Relendo a sua tréplica, ha um outro engano
      O Edmundo consegue o efeito suspensivo é em 97, para enfrentar o palmeiras.
      No primeiro jogo em SP , ele é expulso ao dar um pontapé no Clebão (ele era craque, mas doido né? dar pontapé num cara grande daquele é querer viver perigosamente né?).
      Aí para o segundo jogo no Marca ele não poderia jogar e conseguem (EURICÃO claro) efeito suspensivo para ele jogar a final, que também termina 0 a 0, o o VAXXXCO é campeao.

    • Helio Antonio Corrêa disse:

      RAUL OTAVIO
      Caro amigo do blog, como é gostoso um debate sem ofensa, respeitoso, cordial.
      Aliás, vc. foi p/ tréplica e eu não sei qual é o nome que se dá a seguir, existe quáplica?

      Amigo, quero reforçar aqui, meu total desprezo pelo dirigente e pela instituição, longe de mim, mas longe mesmo, pensar que nutro simpatia pelo CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA, esta antipatia lógico que se deu pós 74

      Mas não tenho compromisso nenhum com o erro, seja ele de que natureza for, e é por isso que nós dois estamos aqui para este debate saudavel.

      Ja falamos na inclusão do negro, em uma epoca que somente as elites brancas, tinham acesso ao futebol, quem ja leu, sabe que muitos mulatos passavam pó de arroz no rosto para se parecerem brancos e poderem assim, praticar nas escolas e nos poucos clubes em que eram aceitos o jogo de futebol, e quem quebra esta tradição é o Vasco da Gama.

      Falamos também da seleção brasileira vice mundial em que a base era o timaço Cruzmaltino, e é bom lembrar também que no time campeao mundial de 58, tinhamos dois titularíssimo, Beline seu capitao e o atacante Vavá.

      Você diz que o clube tem somente dois títulos de campeao brasileiro, o que não é verdade, ele tem 4, a sabe;
      74 contra nós, 89 contra o SP, 97 contra o Palmeiras e 2000 contra o S.Caetano
      Tem 1 C.do Brasil 211 contra o Curitiba
      Tem uma Mercosul contra o Palmeiras no ano 2000, aquele famoso jogo dos 4×3, que o Romario só não fez chover.
      Tem a Liberta de 98 e eu nao tenho certeza, mas acho que ele é campeao do Rio/SP, de 68, me parece que 4 times foram proclamados campeoes desse torneio, nao houve final por falta de data.

      O clube é gigante , tem uma camisa forte, e o que entristece a nós torcedores de outros times, é que lá ha uma produção de dirigentes ao longo dos anos, que mancham a historia do futebol, mas para o torcedor da Cruz de Malta, não é preciso nada melhor, pois quantos títulos eles conseguiram com conchavos e coisas tais?
      Mas embora a conta sempre chega , o seu torcedor tem no Euricão a figura do dirigente que é capaz de tudo pelo seu clube e eu te pergunto, quantos conhecemos que também seriam assim? vários né?
      Valeu amigo,
      Se quiser continuar o debate , manda ver.

  • Stefano disse:

    Gente como essa não tem mais lugar no futebol…melhoras pra ele, mas que vá cuidar dos processos contra ele.

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Uma doença grave é sempre algo de se lamentar. Uma vida é sempre algo que não se pode perder. Desejo de todo coração sucesso e rápida recuperação ao sr. Eurico Miranda.

    Não vou expor nesse momento minha opinião a respeito dele, por respeito ao momento. Apenas um observação em relação à frase “Um dos nomes mais marcantes do futebol do Brasil…”, como está no texto. Talvez seja adequado substituir “marcantes” por “polêmicos”.

    O Vasco sempre foi grande, mas grande da prateleira de baixo. Assim como Santos, Botafogo e outros bem conhecidos….Começou a mudar essa classificação, vamos dizer assim, a partir do Campeonato Brasileiro roubado do Cruzeiro em 1974; quando iniciou conquista de alguns títulos importantes. Nessa época surgiu uma geração de dirigentes – Agathyrno da Silva Gomes, Antônio Soares Calçada e o próprio Eurico Miranda – que dirigiram o Vasco por quase 30 anos. De caráter e práticas questionáveis, esses senhores tiveram o mérito de colocar o time temporariamente num patamar acima, mesmo que a custa de expedientes de pouco republicanos. Mais, conseguiram substituir a grande rivalidade existente no Rio de Janeiro, que entre entre Flamengo e Fluminense, por Flamengo e Vasco.

    Mas eles passaram, e o Vasco voltou ao lugar de sempre. Já amargou três rebaixamentos e se não abrir o olho cairá pela quarta vez esse ano. Eu, como cruzeirense, baterei palmas. E continuarei desejando saúde ao sr. Eurico Miranda.

    • Helio Antonio Corrêa disse:

      RAUL OTAVIO
      Primeiro parágrafo seu, concordo sem retoque algum,idem ao segundo.

      A partir daí, ha controvérsia.
      Passei a detestar o Vasco, a parti de 74, nessa época, seu presidente era o Aghartino, o Eurico era somente diretor de esportes especializados, mas dizer que o Vasco sempre foi grande na prateleira de baixo, por mais que eu não goste do clube ou desejaria que fosse verdade, não o é.
      Entre açoes de relevancia do clube carioca, podemos ressaltar que foi o primeiro clube brasileiro, por exemplo, a aceitar o negro em suas fileiras, e isto nao .

      Lembremos pois, que a seleção brasileira, vice campea mundial em 50, tinha como base o timaço do Vasco, que nao à toa, era chamado de EXPRESSINHO DA VITORIA.

      Vou confessar algo, que hoje é tido como politicamente incorreto.
      Mas na nossa penúria nos anos 80, eu queria que o meu clube tivesse um Eurico, tal a fartura de títulos que com ele o clube carioca conseguiu, um inclusive nos roubando, este sem Eurico, quer dizer, isto lá é semente plantada ha anos e quando brota por um longo periodo o seu torcedor tem realmente muito a comemorar, depois claro vem a conta.
      , Como o meu time vivia numa seca danada, fim dos anos 70 e toda a década de 80, cheguei realmente a desejar que tivéssemos um EURICAÕ por aqui.

      Pergunte ao Torcedor cruzmaltino, se eles não gostam do Eurico? ele apesar de todo mal que hoje se vê no clube, é adorado pelo seu torcedor e de digo mais, os adversários e a imprensa, é que batiam mais nele, mas que sentirão saudades dele com certeza podem esperar.

      Acredito que hoje não ha lugar para os déspotas assim, mas a coleção de títulos e a antipatia nacional , tem muito a ver com esta figura, amado ou odiado, será sempre marcante na vida do Clube de Regatas Vasco da Gama.

  • Zé Neto disse:

    E esse infeliz ainda recebe homenagem! Só no Brasil mesmo!