Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

A lamentável queda de dois gigantes do nordeste para a Série C

Lamentável a situação do futebol pernambucano que vê dois de seus gigantes rebaixados para a Série C, o que motivou essa capa com esse estranho título do jornal Aqui em Recife,hoje, publicado pelo Bruno Azevedo na página dele no twitter. Lembrando que o único atual representante de Pernambuco na Série A, o Sport, está correndo sério risco de ir para a B de 2019.

O Fernando Rocha aborda este e outros assuntos na coluna que vai circular amanhã no Diário do Aço, de Ipatinga

… se serve de consolo para  os torcedores, sobretudo neste momento o atleticano, que aqui nos nossos grotões anda desanimado, chateado com o seu time, saibam que ainda existe coisa pior: o futebol pernambucano. Por lá, o torcedor do Sport sofre pois o “Leão” não vence há 11 jogos na Série A; os torcedores do Náutico e Santa Cruz passarão mais uma temporada na famigerada Série C; os do  Salgueiro viram o time ser rebaixado para a 4ª divisão no fim de semana; além disso, três times de Pernambuco já haviam sido eliminados na primeira fase da Série D.

Com moral

A vitória de 2 x 1 do Cruzeiro sobre o Fluminense, sábado à noite, o pior dia e pior horário (21hs) de jogos neste  Campeonato Brasileiro,  serviu para duas coisas: interromper o incômodo jejum de seis rodadas sem vencer na competição de pontos corridos, além de elevar o moral do time, cujo foco total agora passa a ser a decisão de amanhã no Mineirão contra o Flamengo, que vale a passagem para as quartas de final da Copa Libertadores.

O técnico Mano Menezes usou o que tinha de melhor à sua disposição, mas o time não fez um bom primeiro tempo que terminou empatado, para melhorar na etapa final, o suficiente para obter a vitória sobre o jovem time do tricolor carioca.

Se há várias rodadas nítidamente o foco era outro, a Libertadores, agora só se fala e respira esta decisão, onde chega com a expressiva, perigosa e indefinida, vantagem de  perder até por um gol de diferença,  para passar às quartas de final da maior competição continental.

Teatro de horrores

No Barradão, em Salvador, o time de melhor ataque no  campeonato, Atlético,  se deu mal contra a equipe de pior defesa, o Vitória,  proporcionando um  verdadeiro teatro de horrores para os torcedores que pagaram ingresso  para assistir a partida.

Logo a um minuto de jogo,  Ricardo Oliveira perdeu um gol cara a cara com o goleiro baiano, dando o tom do que seria o time alvinegro em toda a partida. Elias também perderia outros dois gols feitos, cabendo ao colombiano Chará a patetada do dia,  ao perder uma bola no meio de campo, que originou o contra-ataque e o gol que deu a vitória ao time baiano por 1 x 0.

É fato que o torcedor atleticano merece uma equipe melhor do que esta, um treinador melhor e mais experiente, mas a realidade é bem outra.

São em jogos assim,  contra times fracos, como é o caso do Vitória, que torna-se possível aferir até onde uma equipe grande, como é o caso do Galo, pode chegar.

Então, diante do que está se vendo, inevitável dizer que, com este time aí, se o Atlético conseguir ficar entre os seis primeiros, ou até o quarto lugar, o que lhe garantiria uma vaga direto na fase de grupos da Libertadores, o torcedor alvinegro  pode levantar a mão pro céu, agradecer, até  comemorar como se fosse título.

FIM DE PAPO

·        A 21ª do Brasileirão disputada no fim de semana registrou algo raro: nenhuma vitória de visitante, apenas um empate, embora sem gols e exatamente no jogo mais esperado, entre Inter e Palmeiras, que sob o comando de Felipão há nove jogos não toma gols. O Colorado gaúcho também não sabe o que é isso há seis jogos, portanto, o placar de 0 x 0 já era esperado.

·        A rodada foi do tricolor paulista, que passou dificuldades mas venceu o vice-lanterna, Ceará, dentro de casa por 1 x 0, sendo beneficiado pelos empates do vice-líder Inter, e do terceiro colocado Flamengo, aumentando a diferença para três pontos à frente de um, e quatro adiante do outro. O Galo manteve a sexta posição com 34 pontos ganhos, o Cruzeiro subiu para o sétimo com 30, o América chega ao nono lugar com 26. A rodada teve 21 gols marcados e 19 mil torcedores em média por jogo. O Palmeiras entrou no G4 e o Grêmio saiu. A Chapecoense foi parar novamente na zona da degola e o Atlético Paranaense pulou fora.

·                   O América conseguiu um honroso empate de 2 x 2 com o Flamengo, e bateu o próprio recorde de público nos seus jogos disputados no Independência: 12.887 pagantes. Poderia ter superado o recorde geral do estádio, mas sua diretoria age de forma amadora e pensa pequeno. Limitou aos dez por cento do regulamento da competição, a carga de ingressos destinada ao torcedor do Flamengo, clube de maior torcida do país e que onde joga leva multidões. O resultado disso é que milhares de rubro-negros não puderam assistir a partida e o América, mandante e dono de toda a renda, ficou no prejuízo. São estes mesmos cartolas que vivem reclamando da falta  de dinheiro ou coisa parecida.·                  

·                    Agora, o mais irônico dessa situação: alheio à draga dos clubes e do futebol no seu estado, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho,  lampeiro e pimpão,  se prepara viajar aos Estados Unidos,  para fazer turismo com direito a todas as mordomias possíveis e impossíveis, escolhido pela CBF  para chefiar a delegação brasileira nos próximos amistosos caça-níqueis da Seleção, contra os EUA e El Salvador, nos dias 7 e 11 de setembro. (Fecha o pano!)

Por Fernando Rocha – Diário do Aço – Ipatinga


Deixe uma resposta para Julio Cesar Cancelar resposta

Comentários:
24
  • Guilherme Leôncio disse:

    Estou percebendo que a Rede Bobo só manda jogos da tv aberta, quando o Galo joga fora e com risco de perder. Foi assim contra Grêmio, Botafogo e Vitória, jogos em casa só manda os do CruCru. Aliás, a “moedinha” da cbf continua viciada, o CruCru só decide mata-mata em casa.

  • Julio Cesar disse:

    Caro Roger Campos, só sugeri que caso fosse o Arrascaeta a imprensa mineira estaria dizendo sobre o “incrivel” lance. Se fosse o Paquetá então!? A salvação pra proxima copa. Quando comento sou tentado a comparar os jogadores com Reinaldo, Luizinho, Tostão, Cerezo, Messi, Pelé, Maradona, Beckenbauer e outros. E sou mesmo muito suspeito pra comentar sobre Reinaldo! Porque ele é minha base comparativa pra atacante. Meu eterno idolo maior! Mas penso que fica “um pouco desigual” comparar aquelas feras com os “quase” craques que brotam por aí todos os dias. Como bom observador que voce é , de quantas “joias” voce ja ouviu falar nos ultimos tempos? Principalmente no Santos. Gabigol, Neilton e o proprio Neymar que pelo faturamento comercial realmente é uma joia ! Lembre-se que Cazares ja deixou esta placa em Porto Alegre, mesmo com a desclassificação do Atletico. Lica, meio campo do São Cristovão que por acaso tem uniforme listras verticais preto e branco (meu time em minha cidade natal, futebol amador ) tambem fez este gol. Pode acreditar eu estava no campo! Mas claro que concordo com voce que Cazares tem que ser mais efetivo e tambem que Pelé não foi um “quase”. Somente este gol ! Este ele realmente ficou no quase !

    • Roger Campos disse:

      Oi, Julio Cesar. Concordo na íntegra com esse seu comentário.
      Quando fiz o meu comentário mais abaixo, não me lembrava quem havia escrito sobre o gol de placa, devido a pressa com que participa do nosso “bate-papo” aqui. Caso contrário teria mencionado o seu nome. Me perdoe se soou como uma provocação.

  • luiz ibirite disse:

    E o Santos hein, depois de reclamar a uns 15dias do rival que nao praticou o “fair play” pq sabia que eles haviam escalado um jogador irregular acaba de ser punido pela conmebol e a CBF nao da nem as caras pra ajudar.
    https://globoesporte.globo.com/sp/santos-e-regiao/futebol/times/santos/noticia/santos-e-punido-pela-conmebol-por-conta-da-escalacao-irregular-de-carlos-sanchez.ghtml

  • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

    Off-Topic…

    https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/santos/2018/08/28/noticia_santos,498904/caso-sanchez-santos-e-punido-com-derrota-por-3-a-0-para-independiente.shtml

    O Santos foi punido pela Conmebol pela escalação irregular de um jogador. Mas aí eu fico me perguntando duas coisas…

    1ª.: Como que um Clube como o Santos, comete um erro amador desse em plena disputa de uma Libertadores ??

    2ª.: Há um precedente ( Não sei dos trâmites mais profundamente ) com um caso bem parecido com o River Plate, em que o o Clube foi absolvido pela mesma Conmebol. Então, como não tive tempo para aprofundar nos dois casos, fico sem saber se em ambos esta entidade agiu dentro da lei e das regras da competição, ou se seria a falta de força política dos Clubes Brasileiros mesmo.

    • Alisson Sol disse:

      Clayton,

      Os casos são diferentes. Mais ou menos como: te peguei colando na prova hoje contra “ficamos sabendo que você colou em uma prova lá no primeiro ano”. O River teria escalado um jogador irregularmente em jogos lá no início da Libertadores. Ninguém notou. Agora, teriam que anular todo o caminho do River, e a solução foi a multa financeira. Já o Santos foi pego com a mão na massa…

      O problema, obviamente, é “que confederação é esta que deixa jogador irregular entrar em campo”?
      Mas, fazer o que? Não será a primeira e nem a última vez…

  • Zé Neto disse:

    Desde a era Perrela o Galo parece “cachorro morto”, é o time a ser detonado. Eles não tem coragem de fazer uma crítica ao time azulado, quando perde é normal. jamais criticam atletas que estão capengando do lado de lá ou que estão na balada, morrem de medo do Mano e dos senadores. Atleticano que é atleticano tem que boicotar essa imprensa tendenciosa e comprada.

    • jorgemoreira disse:

      Faz muito tempo que eu só fico com as imagens, não sei nada de futebol porém ja vi muita coisa boa e escutei pessoas que além de conhecer muito não eram tendenciosas como os desta parte nojenta da imprensa, cujos interesses parecem ser maiores do que a verdade mostrada, na duvida fico com opniões inclusive de pessoas aqui deste blog, más escutar muito pouco ou quase nada

    • José Eduardo Barata disse:

      ZÉ NETO ,
      fato incontestável !!!
      Eu , pra mim , tenho que o Atlético
      feriu interesses corporativos por aí ,
      pois não é possível tanta gente a
      bater direto no time .

  • Roger Campos disse:

    Quanto ao Cazares, alguém comentou aqui que ele “quase” deixou uma placa no Barradão. Este é o ponto, Cazares tem que deixar é o “quase” para trás na vida dele. Quem é lembrado com alegria por gols perdidos é o Pelé (o do meio campo e aquele em que dá um drible de corpo no goleiro – escrevo no tempo presente porque os lances são eternos – não me lembro dos times, mas lembro dos lances). E, mesmo assim, Pelé não era um “quase”. Já tinha resolvido muito para a seleção e para o Santos. Então, já que ele não é, nunca foi e nunca será Pelé, melhor começar a ser mais efetivo.

    Mesmo assim, o Galo ficará no G4. Mais três rodadas e o time vai engrenar.

  • Julio Cesar disse:

    Isso aí José Eduardo ! Isso mesmo, corretissimo ! E ando escutando outras bobagens cornetadas e vou contar uma que ouvi ontem na tal radio de Minas por todos comentaristas e pelo comandante maior.
    Cornetaram mas muito alto, detonando o elenco todo do Atletico, o treinador, e etc.
    Agora todo mundo esquece que o Atletico teve que reformular a reformulação. Porque Adilson reencontrou o futebol que o fez brilhar no Gremio e se lesionou. Blanco pediu passagem e estava formado o meio de campo. E sobre Roger Guedes não preciso repetir o que comentei mais de uma vez aqui. Sim, setor defensivo nunca esteve bem e seria o ultimo ajuste. Faltou peça de reposição. Calma, não estou dizendo que o time esta pronto e é uma maravilha e todos sabem qual é sua responsabilidade nas falhas. Do treinador , do diretor de futebol e do presidente. Ah sim ! Mas o tal melhor elenco não vencia há 6 jogos, mesmo cheio de peça pra reposição. Sem contar os muitos titulares que não esse oba oba todo.
    O Atletico jogou o suficiente pra derrotar o Vitoria principalmente no segundo tempo. Mesmo mal no primeiro, teve as duas chances mais claras. Jogou o suficiente, porque o Vitoria esta mal. Não fez tambem contra o Botafogo aquele jogo muito bom mas finalizou com precisão (Ricardo Oliveira passou em branco). O lance do Cazares que quase deixa uma placa, assim como foi contra o Gremio nem foi lembrado. Parece que foi obra do acaso. Ele talvez teria fechado os olhos e dado um balão pra ver o que aconteceria. Mas como não foi; ele bateu com intenção e precisão . Ah, melhor deixar pra la, nem comentar esse lance. Tivesse vencido, o que aconteceria não fosse a imprecisão das finalizações, estariam dizendo o famoso jogou pro gasto. Ou o suficiente, foi o termo que usei.
    Mas concordei com o comandante da radio de MInas em outro comentario. Chara errou a jogada na entrada da area do Vitoria e eles percorreram o campo todo ate finalizar, mesmo assim de fora da area. Essa recomposição foi falha e Larghi tem fazer as correções.
    Quanto ao futebol pernambucano é lamentavel. Mas Vasco subiu ontem. Coritiba voltou. O proprio Atletico quase volta. Pirangi bateu na trave duas vezes (uma foi salva pelo Cerezzo). O futebol brasileiro esta uma draga. O oba oba sobre Neymar e seus parças, Tite incluido foi desmascarado na Russia. Alias um amigo me disse que escutou um comentario curioso sobre o Tite. Disseram que ele é encantador de serpentes ! Tive que rir porque parece isso mesmo ! Após a eliminado pela Belgica fiz questão de ouvir a entrevista do Tite. Parecia mesmo isso. Ficou naquela de “que jogaço”, “este é o verdadeiro futebol”, e coisas do tipo. E todos ja imaginavem o que seria da seleção contra Belgica, França, que eram as seleções que deixaram melhor impressão ja na fase de grupo.
    Mas o feudo na CBF perpetuando interesses escusos assim como na poltica brasileira continuam, com a maioria do povo adormecida em berço, que não é nem um pouco esplendido pra essa maioria. Deve ser reflexo das “capitanias hereditarias”.

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Concordo em gênero, número e grau com o Horácio.
    Não há o que acrescentar.
    (E pensar que faz muito pouco tempo que o Santinha punha 40, 50, 60 mil pessoas no Mundão do Arruda….)

    A “espanholização” do futebol brasileiro só atende aos interesses da Globo, de mais ninguém. Se depender da emissora, teremos sempre Flamengo x Corinthians disputando as finais e ganhando os títulos. Afinal, a audiência só da cidade do Rio de Janeiro ou de São Paulo é infinitamente maior que o estado da Bahia, Pernambuco, Santa Catarina, Paraná e outros estados inteirinhos. Talvez até desses estados somados.

    A “resistência” por enquanto ainda está sendo feita – os intrusos Cruzeiro, Mineiro, Inter, Grêmio, e até alguns outros times do Rio e SP mesmo continuam dando trabalho, mas a médio/longo prazo isso não será mais possível. Afinal, quem resistirá ao final se a cota de televisão desses dois protegidos é no mínimo 50% maior que a dos outros…ano após ano isso certamente fará muita diferença lá na frente.

    • José Eduardo Barata disse:

      RAUL OTÁVIO ,
      esse câncer conhecido como Rede Globo
      está com seus dias contados , não tenha
      dúvida .
      O mal que esse grupo disseminou Brasil
      afora , em TODOS os segmentos , será
      devidamente extirpado .
      A doutrinação maquiavélica dessa gente
      abjeta moldou a nossa sociedade de tal
      forma que a Nação ficou entorpecida .
      Mas , acabou :
      esses vagabundos JÁ podem IR se
      acostumando , se é que me entende .

      • Claytinho do Nova Vista - BH disse:

        Caro José Eduardo Barata,

        Irretocável !!
        Poucas vezes vi alguém sintetizar tão precisamente o que a Rede Globo representa e o que ela continua fazendo.
        Uma doutrinação maquiavélica sim e imposta com toda a força que essa emissora “ainda” tem.

        Abraços

        • José Eduardo Barata disse:

          CLAYTINHO ,
          bom te ler .
          É bom saber que o que pensamos
          repercute de maneira favorável aqui
          e ali .
          Um abraço !!!

          • Jorge Moreira disse:

            Olha José Eduardo Barata devo dizer que mesmo não estando muito entusiasmado com o momento do Clube Atlético Mineiro, tornou-se quase uma obrigatoriedade pra mim a leitura dos seus posts que até me meto em dar alguns pitácos, é eu sou seu leitor diario aqui neste espaço , sempre com muita clareza e conhecimento das coisas do nosso clube do coração, e que voce continue a nos brindar com os seus escritos bem informados, e como sempre espero que as coisas mudem(eu não acredito que possam mudar em pouco tempo afinal pra se mudar teria que haver uma mudança na sucessão dos novos presidentes, que penso ja estão escolhidos, ai portanto só o tempo, eu gostaria de ver uma mudança no estatuto do clube para escolha de novos conselheiros, com esta mudança pode ser que as coisas mudem, caso contrario continuara do mesmo jeito, entra amigo, sai amigo, e como comentei com minhas duas filhas, como o conselho fiscal aprova as contas dos presidentes se as dividas continuam aumentando e os credores cobrando, a minha ignorancia financeira não me permite entender como as coisas estão piorando, eleição pós eleição, gostaria de saber a sua opnião sempre muito abalizada sobre a renovação politica dentro do Clube Atlético Mineiro, a se me permite vez ou outra farei comentarios dentro dos seus comentários ok

  • Horacio Duarte disse:

    Pois é Chico, não é o futebol pernambucano, se você olhar bem muitos times estão neste caminho e alguns já foram como o america do rio, a portuguesa etc. Seguem neste padrão de desconstrução, muito bem encaminhado, o vasxco, o vitória, o fluminense, bahia etc. O problema é o futebol brasileiro que vai virar uma disputa entre um ou dois times do rio e trẽs em são paulo, o resto é coadjuvante, pode ser qualquer um.

  • José Eduardo Barata disse:

    Que conversa fiada danada !
    O time azul passa seis rodadas sem vencer e basta
    uma vitória para dar moral pro time , pra enaltecer o
    grande comandante com cem anos de bola , há dois
    “montando” um time rodado e apresentando futebol
    pífio ?
    E o Atlético , aos trancos , barrancos e reformulando
    plantel duas vezes em PLENA competição tem um
    treinador inexperiente que merecia ser trocado por
    um “melhor” , jogador considerado um “pateta” por
    ter sido desarmado em um lance ….
    Pelamordedeus !!! , quanta bobagem ….

    • Roger Campos disse:

      Esse jornalista Fernando Rocha, sei lá… deve ter sido a explosão do gasômetro da Usiminas que o deixou meio atordoado. Dizer que foi patetada do Chará, francamente. Mas, fazer o que, a caneta é dele.