Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Pressão sobre a arbitragem vai marcar estas semifinais da Copa do Brasil

O presidente e o técnico do Flamengo estão deitando falação contra as arbitragens e CBF, numa manobra de bastidores que costuma dar resultados. Mas tem pela frente o Corinthians, especialista no mesmo assunto. Cruzeiro e Palmeiras não entraram nessa e estão mantendo clima de cordialidade, por enquanto. Certamente teremos ótimos e nervosos jogos nesta reta decisiva da Copa do Brasil.

O site do Cruzeiro trás boas informações sobre a história deste clássico entre os “Palestras”:

* “Semifinal: Cruzeiro leva a melhor em confronto geral entre os Palestras”

Angel Drumond

Nesta quarta-feira, quando entrarem em campo para o 93º confronto da história, Cruzeiro e Palmeiras estarão decidindo os primeiros 90 minutos da disputa que leva à final da Copa do Brasil 2018. O jogo acontecerá no Allianz Parque, em São Paulo, às 21h45. A segunda partida está marcada para o dia 26 de setembro, no Mineirão.

Nos 92 duelos entre os Palestras, o de Minas Gerais leva a melhor com 34 vitórias contra 31 do rival paulista e 27 empates. O Cruzeiro marcou 133 gols e sofreu 137.

Pela Copa do Brasil, foram oito disputas, quatro delas pelas finais de 1996 e 1998. Na primeira delas, vitória celeste e na segunda, triunfo do Palmeiras. Em 2015, o time paulista levou a melhor nas oitavas de final do torneio. Já em 2017, pelas quartas de final, a Raposa se classificou com dois empates para mais tarde se tornar pentacampeã da disputa.

No estado de São Paulo foram disputados 46 jogos na capital e apenas dois deles no interior, na cidade de Araraquara, no estádio da Fonte Luminosa, com um empate e uma vitória do Palmeiras. No total, foram 11 vitórias do esquadrão celeste, contra 22 do rival e 14 empates. O Cruzeiro marcou 64 gols e sofreu 92.

Inaugurado em 2014, o Allianz Parque já recebeu quatro partidas entre as equipes, com uma vitória para o time da casa e três empates. Contabilizando com o antigo estádio, houve 30 clássicos palestrinos no local, com nove triunfos da Raposa, seis empates e 15 derrotas. Foram 43 gols marcados pela artilharia celeste contra 61 sofridos.

Na última partida entre as equipes, pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro desse ano, no Mineirão, o Cruzeiro venceu por 1 a 0, gol marcado pelo atacante Rafael Sóbis, aos 26 minutos do segundo tempo.

Os principais artilheiros da Raposa no confronto com o time paulista:

10 gols – Marcelo Ramos
8 gols – Fábio Júnior
5 gols – Tostão
4 gols – Alex Alves
3 gols – Alisson e Geovanni

 


Deixe uma resposta para Helio Antonio Corrêa Cancelar resposta

Comentários:
5
  • Marcão de Varginha disse:

    Uai.. mas não é mais a tal da “imprensa atleticana” que reclama de arbitragens? estão tremendo por antecipação:
    – #benecyeternomito

    • Jorge Moreira disse:

      Marcão agora encheu o s…co tamo juntos ok, até agora eu fiquei calado com os malas, chega, eles querem brincar então vamos brincar juntos, o Alex esta descansando , más estaremos juntos bacana, vamos ver quantas historias eles tem pra contar, sem sitar o nome do Clube Atletico Mineiro , aos dois que gostam de provocar, agora vai ficar bão, blz

  • Marcão de Varginha disse:

    Somente “O presidente e o técnico do Flamengo estão deitando falação contra as arbitragens e CBF, numa manobra de bastidores que costuma dar resultados”? Não são só Flamengo e Corinthians que são “competentes” nos bastidores, no grito.. há outro “especialista” neste quesito, e pelo segundo ano consecutivo com o mesmo adversário: https://www.msn.com/pt-br/esportes/copa-do-brasil/pelo-2%C2%BA-ano-cruzeiro-pressiona-%C3%A1rbitro-antes-de-enfrentar-o-palmeiras/ar-BBNexoM?li=AAggXC1&ocid=mailsignout
    – Forte abraço, Hélio!
    – #benecyeternomito

    • Helio Antonio Corrêa disse:

      BOBAO DE VARGINHA
      É, o sofá deve mesmo estar machucando a bunda do torcedor ARCO IRIS.
      Junte , sofá maldoso, controle de tv. descontrolado,muda de canal toda hora, na esperança que quem sabe em outro lugar o resultado esteja diferente, secadores ligados a mil, conta de energia alta e este time azul que não para de fazer resultado, é Bocó de Varginha, compreendo que a sua agonia , nao está sendo fácil ser ARCOIRENSE, ultimamente nao.
      Olha, tome uns chás de descarrego, apronte bem o corpo, pague as dívidas com a parceira CEMIG, pq. quarta feira, só mudará o time, agora será um outro vestindo azul, mas a secação, sabemos, será a mesma.
      E um forte abraço fraternal para vc. também.