Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

O fim da linha do Alexandre Tadeu Gallo no comando do futebol do Atlético

O comentarista do blog, Pedro Vitor, me pergunta o que acho do presidente Sérgio Sette Câmara. Respondo já falando sobre a demissão esta tarde do diretor de futebol Alexandre Gallo, que foi o único erro do presidente neste quase um ano à frente do Atlético. Infelizmente, justamente no coração do clube, que é o futebol, com mais uma temporada perdida. Sette Câmara é sério, está administrando muito bem as contas atleticanas, mas errou na escolha do comandante do futebol alvinegro. Gallo não se deu bem como treinador, como diretor da CBF e agora fracassa como executivo de um dos maiores clubes do país. E teve plenos poderes. Contratou mal, renovou contratos por tempo exagerado e o time está aí correndo o risco de não conseguir nem chegar à Libertadores. Acelerou a própria queda quando saiu da sua calma característica e foi grosso com o Roberto Abras, repórter correto, cuja história se confunde com a do Atlético, que o acusou de palpitar nas escalações do técnico Thiago Larghi.

Mas foi elegante na despedida, conforme publicado no site do clube: “Agradeço ao presidente Sérgio Sette Câmara pela oportunidade que me foi confiada e, principalmente, por ter a chance de conhecer de perto a pessoa que é, seu caráter e sua honestidade.

Saio com a convicção de que foi um ano difícil e de mudanças, mas com a proximidade do objetivo de voltar a disputar a maior competição Sul-Americana, que é a Libertadores, lugar onde os grandes têm que estar.

Todos sabemos que o Atlético é gigante, principalmente quando a sua apaixonada torcida o abraça. O momento é agora. Joguem juntos, falta pouco”.

Abraços,

Alexandre Gallo”


Deixe uma resposta para Rodrigo Assis Cancelar resposta

Comentários:
25
  • Renan Rodrigues disse:

    Galo perde mais uma de forma melancólica.Coitado do Levir, tentando fazer mudanças, mas o elenco é fraquíssimo. É duro ver a sonolência da defesa tomar um gol daqueles no início do jogo. Bola quase dentro da área pequena e alta e o Victor não sai. Acho que é ruindade misturado com pirraça pelos salários atrasados.

  • audisio disse:

    Hora de Levir dar chance para Terans, Edinho, Leandrinho, Natan. Até mesmo Chará não está entregando o futebol esperado. Péssimo na finalização. Cazares a velha estória e apesar de problemático Alerrandro merece uma chance. Simplesmente Ricardo Oliveira passou do ponto!
    Marques não tem as habilidades administrativas nem a experiência para ser um diretor de futebol
    Esse Gallo, passou uma imagem pouco transparente de suas atividades, exemplo típico o contrato de 5 anos de Edilson.

  • Fernando disse:

    Chico, tomara que dê certo mas Marques tb nada é cara. Nenhuma experiência mas uma experiência maravilhosa como jogador. Tomara que funcione. Impressionante o amadorismo das gestões do Galo depois do Kalil.

  • Joao Reis disse:

    Carlos: A vidinha de cruzeirense é essa mesma! Vive preocupando com o Galo e vive também dizendo asneiras tipo: Maior de Minas, Maior Torcida e outras bobagens. Na realidade todos sabem que o Galo é que é o Maior de Minas, tem a maior torcida, é apaixonado pelo clube e tudo mais. No mais é apenas balela azul.

    • Thales Rosa disse:

      Rapaz Maior de Minas? Com 1 titulo nacional de 1971, 1 copa do Brasil e 1 libertadores..
      O que podemos falar entoa do time que tem 4 nacionais, 6 copas do Brasil e 2 Libertadores??
      O maior de que? nem se compara ne…

      • Jefferson Cruz disse:

        Nossa Copa do Brasil vale por mil, vencida em final sobre o Cru Cru. Vencemos as duas partidas, fomos campeões merecidamente com sobra e sem a ajuda do VAR.

  • Pedro Vítor disse:

    Boa Tarde, Chico Maia, só agora eu vi a repercussão de uma simples pergunta, confesso que não esperava primeiro o “anúncio da demissão do Alexandre Gallo”, e segundo que haveria uma resposta sua, e terceiro que meu nome fosse citado. Agradeço e comento:

    Bom, respaldado da sua palavra, que pra mim conta muito, vou ate pegar mais leve com o referido presidente (hoje de manhã o grupo de zap, pegou fogo, criticas e mais criticas em cima do Sette, elogios ao rival, e por fim vai ter até cerveja sendo paga a quem tocar o nome do rival sem a devida explicação), porém o erro dele nos custou por enquanto um ano de reestruturação de um elenco que foi muito mal montado desde o início.

    Eu não sei se o Sette Câmara, enxerga futebol como a grande parte da torcida do Atlético enxerga.
    Seja os mais exaltados, que jogam tudo pra cima, os mais pessimistas, que fazem tempestade em copo d’água, os mais corneteiros, que tenho minhas dúvidas se entendem de futebol ou se só comemoram resultados, enfim. Todo mundo é atleticano, todos cobram pra que o time melhore, pelo menos é o que acredito, todos erram, ninguém é perfeito.

    Mas uma coisa eu tenho certeza, o Sette Câmara tem de ter ao seu lado quem entende de futebol, pra evitar alguns erros fatais no futebol, principalmente no Atlético!

    Um deles é o barato que sai caro, este é um dos males!

    Outro é a escolha de técnico e de trabalho.

    Porque tem técnico que por mais competente que seja, chega no Atlético já com a data de validade vencida. E olha que até defendi o Larghi, mesmo ele errando nas substituições, acho que ele teve muita competência na frente do time do Atlético, o problema é que ele não é um técnico. Mas teve sua competência, o time só esta ali no bolo da Libertadores por méritos dele!

    Outra é o Gallo. Não era um diretor, nunca foi, nem bom e nem ruim, não era a dele fazer aquele tipo de função, errou tudo!

    O Levir esta aí, vai ter que reconstruir praticamente tudo, e o tempo é nosso inimigo. Infelizmente pelo que esta acontecendo depois da saída do Larghi, o time caiu ainda mais de produção, afinal o Levir não conhecia o elenco, que foi muito mal montado e perdeu seus destaques e mais uma vez a corda sobrou para o técnico, no caso o Larghi, independente dele ter ou não competência, a culpa do time cair de produção pra mim é da diretoria. Ponto!

    Se pegar Libertadores terá nosso apoio, e se não pegar terá também afinal torcemos pelo Atlético!

    Agora queria que você ou alguém perguntasse ao Sette Câmara. Se o Atlético não se classificar a Libertadores, o presidente irá boicotar a “Sul Americana novamente em 2019”?

  • Pablo de Oliveira disse:

    Boa Tarde Chico Maia!
    O que você chama de administrar bem? sabemos que o Sette Camara pegou o Galo quebrado por causa do Nepomuceno.
    Mas eu te pergunto que administrar bem é esse com salários atrasados? segundo informações do Fael Lima a folha de pagamento aumentou de 10 para 11 milhões esse ano.
    As rendas de bilheteria foram pífias nem 8 milhões enquanto nosso rival entre bilheteria e renda já arrecadou mais de 100 milhões.
    Deu um contrato de 5 anos para o Denilson, Renovou com o Luan por mais 4 anos, Renovou com o Ricardo Oliveira em péssima faze e com contrato em vigor ou seja sem precisão.
    Não jogou nenhum jogo no Mineirão, brigou com o torcedor nas redes sociais,não ganhou nem um título e corremos sério risco de ficar fora da Libertadores.
    Desvalorizou e foi eliminado da Sulamericana, enfim péssimo ano do Galo.
    Na minha opinião a administração Sette Camara é até PIOR que a do Nepomuceno é PÉSSIMA.
    Mas gostaria de saber da onde você tirou que a administração dele é boa, quem sabe eu não mude de opinião.
    Por favor me responda Chico Maia.
    Saudações

  • Julio Cesar disse:

    Conmebol cedeu (mesmo sendo lance criminoso do Dede) e este conseguiu ser expulso nos dois jogos.
    Tomou baile no mineirão e caiu de Boca.
    Agora Gremio vai ao tapetão com seus 34% de posse de bola e mal-mal meia duzia de chutes ao gol do Armani. Lembrou Pirangi contra este River certa vez. Venceu la 1X0 ; subiu no salto alto do ja ganhou e tomou uma tamancada de 3X0 no mineirão.
    Tem um Atleticano feliz não pela copa do brasil do Pirangi, mas porque no inicio do ano liberou um “vale” de 60 milhões. E banco todo mundo sabe, recebe mesmo !!!

  • Paulo César disse:

    Tudo reflexo de uma administração medíocre, até agora, em se tratando das quatro linhas. Tomara que, pelo menos, fora de campo, haja realmente um rearranjo financeiro, para compensar tantos erros, despreparo, falta de ambição, empáfia e arrogância desta turma que lidera o Galo. Aliás, fosse um Galo um clube mais sério, NUNCA, um ex dirigente caótico como o presidente anterior estaria à frente das tratativas do estádio. Chama-se premiar a incompetência. Segue o jogo.

  • Thales Rosa disse:

    ano apos o ano o atleticano tem vivido as seguintes fases
    1 Fase
    Sonho: ate março tudo que se faz e se contrata é magico e a imprensa eleva tudo, trouxeram Arouca e se dizia o cara vai voltar a seleção. Contrata Roger Guedes sem passe fixado, tras Ricado Oliveira com 39 anos e se fala em seleção…
    Realidade: tecnico demitido apos alguns jogos e quase ser eliminado pelo atlético do acre.. entra o estagiario Thiago Larghi, que diziam ser formado em Harvard…

    2 Fase
    Euforia: Time fica em 2 lugar antes da parada da copa, dizendo que o fim do jejum de 44 anos acaba agora! Roger Guedes é artilheiro do Brasileiro…

    Realidade: Ja perdeu o mineiro de virada, foi eliminado pela Chapecoense na Copa do Brasil, eliminado na Sulamericana so resta o Brasileiro, Roger Guedes é vendido pois foi contratado sem passe Fixado…

    3 Fase
    Realidade nua e crua: o time é vice lanterna no returno, demitem o técnico estagiário, demitem o diretor de futebol, renovam 4 anos com Luan, renovam 2 anos com um jogador de 39 anos, Ricardo Oliveira, contratam Denilson do vitoria com um contrato de 5 anos, contratam pai veio(?), Nathan(?), Xara(?), entre outros..
    Gastam 40 milhões em contratações em um ano que se diz de austeridade.
    Para piorar a situação estão com salários atrasados, correm o sério risco de ser flanelinha da vaga da libertadores para o Santos e ainda viram o Rival ser Hexa Campeão da Copa do Brasil…

    Este é o resumo de 2019 para o Atleticano,., É duro mas é apenas a realidade… ai nao tem Fake News…

  • Silvio T disse:

    Quando da eleição do novo presidente e a expectativa de uma mudança radical na administração do galo, disse aqui que só funcionaria se essa mudança atingisse TODOS os setores. O que não aconteceu. Alguns cânceres de segundo e terceiro escalões, que na maioria das empresas mandam ou influenciam mais que os cargos de ponta, continuam lá, com altos salários e incompetência á toda prova. Sette Câmara tem que ter coragem e promover a limpa completa em todos os escalões do Atlético! Ainda dá tempo de salvar a temporada e se preparar bem para 2019. Vaga na Libertadores e uma equipe NOVA e COMPETENTE no ano que vem!!

    • Paulo César disse:

      Prezado Sílvio, acho que o problema precisa ser sanado, também, dentro do vestiário. Tem Poder Paralelo no gupo de jogadores, e não é de hoje. Alguns “decidem” lá se fulano fica, sicrano sai, se beltrano fará dupla de ataque com outro… Basta olhar para 2016 (gestão Marcelo Oliveira, por exemplo) e todo o ano de 2017, quando um verdadeiro bando decidiu que perderia jogos bisonhos contra adversários teoricamente inferiores dentro de casa, ou simplesmente não chutar a gol, por exemplo, num jogo contra o Santos no Independência, estando o time paulista com o goleiro machucado, e duas expulsões. Não era somente ruindade. Havia sacanagem também.

      Para não gastar meu latim rebatendo os xiitas, serei muito prático: se, eventualmente, tem jogador que tenta controlar o vestiário, sou de opinião que seria hora de agradecer, e dizer “até logo”, independentemente da sua história, títulos e trajetória no clube. Porque o clube continua, a vida continua. Quem vive de passado é museu, e um cidadão destes, por mais venerado que seja, na verdade, sempre colocará os interesses próprios à frente dos interesses do clube.

  • Horacio Duarte disse:

    Estava para desligar a televisão quando o River marcou um gol. Resolvi continuar e logo depois o penalti. Pois é, futebol, no campo, é uma caixinha de surpresa, um jogo controlado, perdendo gols incríveis.. Vai sobrar pra nós no sábado, vão vir com tudo para tentar o brasileiro. Vai ser um bom jogo.
    Acho que o Gallo foi mais um diretor de futebol ruim como todos que já tivemos, não excluo nenhum. O ideal agora é formar uma equipe de avaliação de jogadores, desempenho em passes, numero de jogos, tempo de jogo, contusões, cartões etc no estilo do corintias e do grêmio. Chega de contratações exóticas, estrelas decadentes, caras e desnecessárias, chega dos vitinhos. Futebol não é coisa para curioso, diretor de futebol não pode decidir sobre equipe de avaliação e equipe técnica.

  • Renato César disse:

    – Treinador bate de frente com setorista e é demitido.
    – Clube limita a atuação da imprensa, interino bate de frente com setorista e passa a existir forte pressão para que seja demitido, até cair de fato.
    – Diretor bate de frente com setorista e “torcida” faz até campanha na porta do clube pedindo saída do diretor, até que ele caia.

    Coincidências? Acho que não. Papel prático da imprensa não é de informar, mas de formar opiniões. E ela tem conduzido assim a experiente, inteligente, racional e assertiva torcida atleticana: comportando-se contrariamente aos interesses do clube.

    Tenho a impressão de que as contas do clube estejam sendo realmente bem administradas (principalmente depois de ver notícias sobre a reunião do conselho celeste para aprovação de contas lá. Parece que precisaram maquiar as contas para não ferir regras do Profut. Quero ver se haverá com os celestes o mesmo rigor da Receita Federal e da Justiça que eles têm com o Galo). Nos não devemos ter problemas com o Profut.

    Quem erra para mim é a torcida, que idolatra narrador e setorista mais que ao próprio clube.

    Que venha o Marco Aurélio Cunha para atender aos anseios da “torcida”. E que a TORCIDA, volte a se comportar como a Massa de outrora, que tinha como ídolos quem trabalhava com a bola e não com o microfone.

    Os resultados vão voltar quando a torcida trabalhar pelo clube e não contra o clube. Que venham os Dinossauros com seus discursos igortepianos da vida. Minha defesa será sempre o Clube Atlético Mineiro!

    • Horacio Duarte disse:

      Prezado Renato César, depois que o Kalil se elegeu, com votos da torcida do Galo, mas não apenas dela, o Atlético passou a ser palco de disputa política. Não espere treinador, presidente etc ter tempo para qualquer tipo de resultado. Não vão ter. O grupo politico que controla as redes de notícias nunca vai permitir um Galo Campeão novamente. Porque um GALO campeão pode eleger um outro político fora da caixinha. E tem gente achando que com a saída do Gallo as coisas vão melhorar. Sei.

  • Julio Cesar disse:

    Demorô !! Sette Camara não deveria ter contratado. Questinonamento foi geral quando anunciada sua contratação. Então Sr. Sette Camara tem sua culpa por este ridiculo e lamentavel futebol do Atletico. E aos poucos Levir vai resgatando Patric. Daqui a pouco é centro avante novamente. Menos Levir !
    Choradeira do Renato Gaucho ! Primeiro tempo Gremio deu dois chutes a gol e um entrou. River tomou conta. River priorizou o ataque e fez substituições pra isso e abriu espaços para o Gremio que não soube aproveitar. A rigor, uma chance com Everton cara a cara desperdiçada.
    Pior pro Atletico ja que eles não vão poupar ninguem !!

  • Carlos Henrique disse:

    Que Alexandre Tadeu Gallo , seja feliz, como tecnico, ou diretor.
    Mas sua passagem pelo Atletico foi lastimavel.
    Como disse o Chico que conhece
    Sette Camara É CORRETO.
    SE peucupa com o futuro do Atletico
    pagando contas de 20 anos atras
    pensando no futuro é isso mesmo.
    o mal foi delegar o futebol ao seu diretor ja demitido.
    Kalil conhece futebol
    muita gente vai rir de min.
    Eurico Miranda conhece futebol.
    afundou o Vasco nas questoes financeiras,
    mas na epoca das vacas gordas
    ganhou varios titulos, grandes no Vasco.
    Sergio Sette Camara, deve sim preucupar com
    a parte financeira, é bom nisso.
    mas eu traria uma pessoa mais nova
    que conhece o mercado, para ajudar o Marques.
    Trazer gente de fora, nao é o ideal.
    um cara que conhece futebol o mercado.
    com Marques no comando.
    é melhor que trazer um, Paulo Angione da vida.

  • filipe disse:

    Fala chico maia…dê o palpite para contratar o marco Aurélio cunha…O atletico não pode errar novamente…oferecem o que pagavam para o maluf que tenho certeza que ele vem…é melhor ter um executivo bom(custa caro é verdade) do que ter um sem experiência e pessimo como alexandre gallo…Depois que o maluf adoeceu o atletico desandou literalmente…O palmeiras tem muito dinheiro mas sem um mattos lá não da em nada tbm…É preciso abrir o cofre e contratar o marco aurelio cunha…chega de amadorismo

  • Richard Dias disse:

    FRACASSOcomo jogador na Portuguesa, São Paulo e Galo.
    Aqui o auge foi em uma final que rachou a cabeça, sagrando colocou uma touca. Para Torcedor idiota, virou ídolo!
    Seguiu, treinador de time FRACASSO, treinador de seleção de base, FRACASSO, aí o prepotente e arrogantemente Sette Câmara Deus a Gallo um prêmio, Diretor de Futebol, não poderia deixar de ser como toda carreira, FRACASSO.

  • Rodrigo Assis disse:

    Antes tarde que nunca. Problema é que ficam Edinho, Denilson, Terans, Maidana fraco, Juninho entre outros. Só deixou prejuizo.