Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Luan é o vilão da hora, mas o principal motivo da queda do América foi a troca equivocada de comando durante a Copa do Mundo

Foto: Daniel Hott/América

RenatoAlexandre‏ twittou: @renato7dias: “O He man é o batedor de pênalti e numa decisão aparece esse Luan pra cobrar. Tem que cair mesmo @AmericaMG

O Thiago Reis,‏ da Itatiaia foi mais duro: @thiagoreisbh “Pênalti decisivo no Maraca. Jogo vale 50 milhões! Quem vai pra cobrança? Quem treina todo dia e é o batedor oficial?!? Nãooooo, um curioso que resolve querer bancar o herói. Ok! Ele vai afundar o pé!!! Nãooooo, ele bate a meia altura e recua para o goleiro… vai para putaquepariu”.

Justamente o Luan, o jogador mais antipatizado pela torcida do América.

Mas esse jogo contra o Fluminense foi apenas o desfecho para erros estratégicos cometidos pelo Coelho. Se não conseguiu segurar o Enderson Moreira não deveria ter efetivado Ricardo Drubsky no lugar. Ele não tinha encerrado a carreira de treinador para se tornar diretor? Principalmente naquele período da Copa do Mundo, que serviu de “inter temporada” para os clubes se arrumarem. Perda de tempo e na sequência perda de pontos fundamentais. Adilson Batista foi o menor dos culpados.

Vida segue. Que acerte com o Givanildo Oliveira para que ele monte um time em condições de pegar o elevador retornar para a Série A de 2020.


Deixe uma resposta para Fred Cancelar resposta

Comentários:
28
  • Eduardo Gomes disse:

    Não entendo essa boa vontade da Imprensa com o Adilson Batista, em 2008 a 2010 fez um ótimo trabalho no Cruzeiro, montou um time quase inteiro. OK. Mas e Depois disso? Fracassou em todas as oportunidades e não foram poucas. Corinthians, São Paulo, Santos, Vasco… entre outros. Em todos os clubes saiu com portas fechadas. Será que ele é o menos culpado mesmo?

  • Márcio Amorim disse:

    Caro Chico e amigos!
    Todos os comentários que li são pertinentes. Somos vítimas de acontecimentos imponderáveis. Fui crítico ferrenho das contratações do América e cheguei a preocupar-me com o fato de poder estar cometendo algumas injustiças com alguns profissionais, incompetentes, mas , possivelmente sérios e bem intencionados.

    Não amaciei para o Juninho, jogador de três pulmões e nenhum miolo, talvez o melhor representante de uma leva de inúteis, já faz tempo ; não amaciei para Magrão, Aderlan, Mateus Ferraz, Giovanni e critiquei até o He-Man. E o Luan? Ah! o Luan… o mais criticado… o mais vaiado… pega uma bola, a mais importante do ano, coloca debaixo do braço e vai para a marca do pênalti como a dizer: quem me vaiou vai ter de me engolir…

    Com o Adilson, desculpe-me, meu caro Chico, havia jogos em que todos estavam em campo. O Adilson chegou a colocar à disposição do time de aspirantes as pérolas da base: Zé Ricardo e Cristhian. Como “Adilson Batista foi o menor dos culpados”?

    Quem jogou fora os três pontos que transformariam o jogo de ontem em amistoso, em casa, contra o falecido Paraná? Naquela amaldiçoada tarde, o América caiu. A sequência seria terrível; cinco jogos, sendo três fora, contra dois poderosos que lutavam pelo título entre si – Inter e Palmeiras – e o protegido da CBF, que lutava contra o rebaixamento.

    O jogo contra o Paraná foi o divisor de águas. Pelo time que o autointitulado Prof. Pardal pôs em campo, naquela maldita tarde, tive lampejos de voltar para casa e não entrar no estádio. Um moleque na verdadeira extensão da palavra. Irresponsável que se achava o deus do raio e do trovão.

    Pior: uma diretoria conivente com a molecagem do Adilson, mantendo-o por dez jogos seguidos, sem ganhar de ninguém – nem do Paraná que, àquelas alturas, era menos do que “ninguém”. Uma diretoria sem uma voz ativa e forte, por vezes, necessariamente destemperada, que colocasse o treinador no seu devido lugar, a rua, assim que começou com suas invencionices e os resultados não apareciam. Não! Teve de esperar dez jogos e a vaca ir literalmente para o brejo, depois do vexame contra o Paraná.

    Para não perder o costume, começava ali a sessão chacota para que não se perdesse o costume,

    Como veem, não estou com chororô inútil. Preciso desabafar e, ao mesmo tempo, ajudar. Encerro, dirigindo-me, neste espaço humilde, a quatro personagens, agradecendo-lhes pelos desserviços prestados, pedindo humildemente que desapareçam da vida do América e dos americanos: a diretoria, o Drubscky, que tentou a ressurreição, o Adilson Pardal e este câncer chamado de “empresário” que empurra goela abaixo da torcida atletas medíocres, refugos, e impõem a escalação de suas pérolas.
    Grande abraço!

    • Huener disse:

      Caro Márcio, bom dia.

      Só tenho que discordar de uma coisa: o divisor de águas foi aquele empate bisonho com o Ceará. Se tivesse demitido o Adilson ali, ainda teríamos pela frente o Grêmio reserva do reserva, a Chape, o Cruzeiro, o Paraná…. Espero que a Diretoria nos escute mais. Tem horas que penso que eles acham que a gente quer que o América contrate o Messi, Cristiano Ronaldo…Sabemos bem a realidade do Coelhão… Isso o Salum não precisa nem comentar. Quanto ao ano que vem, estaremos lá na série B prestigiando o time. No mais, já deixei minha lista de sondagens. Penso que uma parte boa desse time que caiu, pode jogar a B pelo América e trazê-lo de volta para a série A. Eles já fizeram isso no ano passado, porque não no próximo ano? Penso que Fernando Leal, com uma provável saída do João Ricardo, deve ser priorizado, pois já mostrou ser um excepcional goleiro, e Norberto e Carlinhos devem ser priorizados na renovação. E claro, vamos dá moral maior para o Cristhiam, Zé Ricardo, Matheusinho, Emiliano, Sabino, Jori, França entre outros que estão no sub-23.

      No mais, é isso. Saudade da comunidade do orkut, do tempo que eu, vc, Wilton, Breno dialogávamos por lá.

      Saudações Americanas

    • Márcio Amorim disse:

      Correção: “impõe” no final. Abs.

  • Alisson Sol disse:

    Eu começei a ver o jogo no início do segundo tempo. O América-MG sai com a nola. O armador dá um passe mais esticado para o ponta direita. Ele nem corre na bola. Ali, eu vi que o América seria rebaixado. Seguiram-se 53 minutos de futebol da pior qualidade possível. E que não reclamem do juiz: ao menos no segundo tempo, foi uma das melhores arbitragens que vi em 2018.

    Há desunião clara no time: em vários lances, não se passa a bola para o jogador melhor colocado. E o time do Fluminense tentou várias vezes entregar o jogo. Mas o América é mesmo time de Série B. Melhor ir para seu nível de competência.

  • Rodrigo Assis disse:

    Me lembrou aquele brasileiro de 2009 quando galo x palmeiras disputavam a liderança, pênalti pro galo que pagava caro pra manter o pentacampeão lateral Júnior no elenco, e ele entrega a bola pro Renan Oliveira bater contra o também pentacampeão Marcos. Cobrança de pênalti tem que ter o cara experiente e treinado já definido e não existe essa de fulano pediu pra bater.

    E o Boquirroto, falastrão e arrogante Alencar da Silveira vai sumir por uns tempos mais uma vez. Bota a cara Alencar, só aparece quando ganha.

  • Roger Campos disse:

    Alguns já questionaram o porquê do Rafael não ter batido o pênalti. Muito estranho.
    Para mim ele refugou. Foi jogador do Fluminense e não queria ser o algoz de um possível rebaixamento.
    Daí sobrou para o Luan, que é fominha e metido o suficiente para bater. Errou e a culpa maior é do R.Moura, baseado nessa minha teoria.

  • Fred disse:

    Aquele jogo de ontem era tão ruim que quem fizesse gol ficava na série A.
    E o América teve um penalti a seu favor, mas resolveu perder.

    Fosse um time argentino ou uruguaio, tinha enfiado o pé na bola no meio do gol, sem vergonha nenhuma, e permanecido na serie A. Mas jogador brasileiro diz que tem que bater com categoria, pega mal afundar goleiro bola e tudo. Porque se o mequinha faz aquele gol, podia ter outros dez tempos ali que o Fluminense não fazia gol, de tão ruim que é. Detalhes.

  • Rafael disse:

    Não foi por falta de aviso que o América iria voltar para onde não deveria ter saído.

    Coitado do Givanildo, agora será mais um a ser crucificado, de novo!

    Merecido o América ter caído. Não vencer o FluminenC, não rebaixar o FluminenC que tinha uns 8 jogos sem marcar um golzinho sequer? Todo mundo torcendo para o Flu cair e nem para isso esse time do América serviu! Vergonha!

    Coloquem esta na conta de Alencar & Cia! Quanta arrogância! E na conta do Enderson também e do Drubscky. Adílson teve sua parcela também – ficou quantos jogos sem vencer? Mas se tivesse assumido antes, talvez conseguisse algo melhor.

    Que o América agora venda seus melhores jogadores – para o meu Galo, podem vir Zé Ricardo, Messias, João Ricardo (para reserva do Victor) e até o Ruy (para ser banco também, jogar com a meninada o Mineiro).

    E os americanos de verdade que abram o olho. Daqui a alguns poucos anos o Galo terá seu próprio estádio e o América não terá mais sua principal fonte de renda, o aluguel do Independência. A falência, se não der um jeito em sua estratégia corporativa e esportiva, estará mais próxima do que imaginam. E que tirem aproveitadores de lá se quiserem sobreviver.

  • Fernando disse:

    Décadas vendo futebol e de saco cheio com a teimosia dos treinadores. Luan infernizou a vida dos torcedores e foi titular absoluto com os 4 treinadores que passaram por lá no ano. Por que???? E Givanildo fala sério, vc sempre via o He Man treinando e na hora agá aparece outro? E vc nada vê nada de mais? E Rafael Moura, veterano, não bateu porque? Covarde!

  • Claytinho do Nova Vista - BH ( Hexa Campeão !!! ) disse:

    Quanto ao meu Cruzeiro, valeu demais por mais um ano vitorioso e com uma grande Conquista !
    Somos Hexa da Copa do Brasil ! Feito exclusivo do Cruzeiro ! Bi-Campeão consecutivo da Copa do Brasil ! Outro feito exclusivo do Cruzeiro !!
    Evidentemente não dá pra conquistar um grande Título sempre. Mas o profissionalismo e a filosofia do Clube, nos permite estar sempre disputando alguns Campeonatos no bolo de cima e uma hora ou outra a conquista sempre vem. E isso se aplica também àqueles times que principalmente no Campeonato Brasileiro ficam sempre brigando da metade da tabela pra baixo, mais dia menos dia o rebaixamento vem. Fato !

    2018 foi ótimo para a Torcida Cruzeirense e tal, mas para 2019 a Diretoria precisa rejuvenescer o elenco e contratar certo. Porque esse mesmo time de 2018, chegou no seu limite e já não tem vitalidade ou fôlego para nenhuma outra grande conquista. Sem falar que além da faixa etária estar bem elevada, a quantidade de jogador fraco ou mediano, também é grande. E por falar nisso, segue a minha lista de dispensa:

    – Ezequiel
    – Marcelo Hermes
    – Manoel
    – Bruno Silva
    – Mancuello
    – Ariel Cabral
    – Rafael Sobis
    – Fred

    E deve ter mais um ou dois que agora eu não lembro nem do nome…
    Vamos ver o que a Diretoria vai fazer. Porque eles têm muita “moeda de troca” e se souberem usá-las, podem ajustar o que precisa.

    No mais, já vou me despedindo do Blog por esse ano, já que a partir de agora é mais especulação atrás de especulação e se Deus quiser lá pela segunda semana de Janeiro/19 estarei de volta.

    Desejo desde já ao Chico Maia e aos demais participantes do Blog, um Feliz Natal e um Ano Novo pleno em realizações, com muita paz, saúde, amor e prosperidade !!!

  • Carlos Henrique disse:

    Rafael Moura bateu o penalty contra o Cruzeiro e marcou.
    poderia ter batido e perdido.
    mas acho que bate bem penalty
    e poderia ter convertido.
    se fizesse o 1×0 o jogo era outro.
    o time do fluminense é pior que o do Coelho,
    e com 1×0 no placar é so segurar.

  • Fred disse:

    Eu sempre digo, enquanto a diretoria do América tiver a cabeça de série B, pensar pequeno, o time vai ser um time de série B. No meio do ano, quando teve a parada, o América tava disputando posição entre os dez primeiros, ou seja, longe do risco de rebaixamento e beliscando uma vaga na Sulamericana, o que seria fundamental pro time conseguir mais patrocínio, mas $$$ e se reforçar um pouco pra ficar de vez na série A. Tava caminhando pro América em 2019 disputar um mineiro com chances de ser campeão, continuar o brasileiro na série A e um ainda torneio internacional. Deslanchar.

    Mas aí vem a diretoria com a cabeça pequena e avacalha tudo, conservadores demais, medrosos. Na parada da Copa era pra ter segurado o Enderson Moreira, e tentar um ou outro reforço aproveitando a “janela”. Ok, o cara queria ir embora, não tinha jeito? Era hora de investir grana, arrumar uns patrocínios malucos (à lá Kailil, que fez essa doideira mas ganhou a Libertadores)… arriscar, e trazer um treineiro tarimbado, já calejado de times de série A pra mostrar como faz. Mas não, o medinho de perder o “patrimonio”, aquele monte de grama plantada e concreto empilhado é mais importante do que o América virar um time grande.

  • Tony Silva disse:

    Torci muito pelo America mesmo nao sendo o meu time! Na hora do penalty vibrei mas quando anunciaram que o Luan ia bater, gelei! Deslguei o radio antes do juiz autorizar com medo de meu mau pressentimento entrasse em campo pelas ondas da Itatiaia e fiz um minuto de silencio rezando pra espantar o mau pressagio mas num adiantou… MG precisa ter 3 times na primeira divsao, o RJ tem 4 com aqueles arremedos de time? Mas este ultimo jogo foi somnte um desfecho triste de erros que o futebol nao perdoa e educadmente discordo do blog pois o Adilson Batista foi pra mim o maior culpado de todos, se tivesse armado melhor o time e o America jogado ha mais tempo igual os ultimos jogos com o Givanildo ja’ teria os pontos pra nao cair. Infelizmente cabe ao America, de novo, a maxima: “Jogou como nunca, perdeu como sempre…”

  • Claytinho do Nova Vista - BH ( Hexa Campeão !!! ) disse:

    Infelizmente, o América realmente pagou pelos próprios erros. Em todas as participações que teve na Série A, essa foi sem dúvida a que ele teve mais possibilidade de permanecer, devido à baixa qualidade de várias outras equipes.
    Eu estava em casa queimando uma carninha e tomando umas com meu irmão e meu sobrinho chegou falando: “Penalty pro América” ! Aí quando fomos ver e eu percebi que era aquele Luan que bateria, eu falei: “Perdeu” !! Jogadorzinho fraco, abaixo da linha dos medíocres, bem ao estilo Pedro Ken, Bruno Silva, Mancuello e outros que eu já peguei no pé por aqui. E jogador assim, sem qualidade e sem estrela, querer ser protagonista de algo, dá é nisso…

  • Ed Diogo disse:

    Um dos problemas e :porque o Liam nunca ficou na reserva com nem um dos 3 treinadores?????
    Rafael Moura não teve coragem de bater o pênalti???
    Estes são os menores problemas.
    Diretoria incompetente e que cai permanecer este é o grande problema

  • Marcão de Varginha disse:

    Estou mt triste pelo grande deca-campeao.. o Coelho merece destino melhor, sempre!
    – #benecyeternomito

  • Roberto Fonseca disse:

    A tristeza e frustacao maior e que num campeonato nivelado por baixo, o America teve a melhor opportunidade de nao somente continuar na seria A, mas tambem se classificar para a Sul-Americana. Como disse anteriormente, enquanto continuarmos a ser administrados por dirigentes amadores, incompetentes, presos a interesses proprios e de empresarios o efeito io-io vai continuar.
    Repito o America precisa de sangue novo, ideias novas e criatividade. Devemos aceitar que somos um clube medio, que nao estamos no mesmo patamar de Atletico e Cruzeiro e criar politicas para crescer a torcida, investir nas categorias de base e mesclar com jogadores selecionados.
    Ao inves de contratar a barca de jogadores nao seria melhor 3-4 jogadores de nivel.
    Acorda America enquanto ainda pode veja o exemplo de Portuguesa, Nautico este e o futuro que almeja?

  • José Esteves disse:

    Galão da Massa pudia pegar os 2 Ricardo – João e Zé – do micro cuei que eles num merecem segunda divisão. Ja o cuei num divia era sair de lá.

  • ORLANDO CARDOSO disse:

    Entendo que era importante a permanência do América na série A e que o time tinha condições para isso.
    No entanto, acredito que o a torcida americana não deve se sentir tão decepcionada e frustrada.
    Quando olhamos a história recente do América vemos que o time evoluiu muito e atingiu um patamar mais elevado. A dez anos o América estava na Série B do mineiro, e graças a grandes americanos da sua diretoria e colaboradores o clube se organizou e falta pouco para estar definitivamente entre os maiores do Brasil.
    A manutenção na Série A era muito importante, mas representa apenas um pequeno atraso, pois hoje com o clube organizado, o América é favorito para subir em 2019 e em breve se fixar na série A.
    No entanto, acredito que a efetivação de Ricardo Drubsky foi realmente um erro, pois apesar da demissão rápida do mesmo, o tempo que se tinha para preparação durante a copa do mundo foi desperdiçada. Porém, os acertos tem sido maiores.

  • Huener disse:

    Senhores, bom dia.

    Tenho dito aqui, há muitas rodadas, que precisavamos de um camisa 10 urgente, após a saída do Serginho. Até nomes eu sugeri. enviei e-mails para a diretoria. Eu sei da dificuldade financeira de contratar. Será que o Mazinho, do Oeste, era tão difícil assim para tentar? Essa história do Drubski de treinador também foi triste. Putz, passamos a parada da copa sem treinador! terrível! e a demora em demitir o Adilson? Não tem nem o que dizer. Já pensando no ano que vem, tem que valorizar a base, o sub-23, os da base que estão no profissional. Em termos de treinador, deveriam tentar o Claudio Tencatti, Leonardo Condé ou o Thiago Larghi. Quanto a dispensas, vamos lá: Luan, Rafael Moura, Leandro Donizetti (salário alto), Marquinhos ( que é do Inter, e pela entrevista já deu para sentir que não fica), Wesley, Wesley Pacheco, Lincoln, Ruy, David, Paulão. Negociar a permanência, com redução de salário: Carlinhos, Gerson Magrão (conhece bem a série b, desde que que jogue em sua posição), Ricardo Silva, Matheus Ferraz, Aylon (que ficará sem contrato com o Inter), Aderlan. Tentar manter o empréstimo de Giovanni e do Robinho junto ao Fluminense. Manter Norberto, Fernando Leal e Ademir. Tentar manter o João Ricardo. E, para fazer caixa, vender o Messias para o exterior.

    Para sondar, olhando sempre a questão salarial e de possibilidade de empréstimo, sugiro os seguintes nomes:

    Mazinho e Raphael Luz, Lídio do Oeste de Itápolis, Alex Santana e Nadson, do Paraná, Alemão do CSA, Renatinho e João Pedro (Atletico pr) atualmente no Botafogo, Felipe Gedoz, Atlético PR, Carlos Henrique, Londrina, e Artur, Palmeiras.

    Em relação a empréstimos, deveriam verificar os seguintes jogadores com o Cruzeiro:
    Para a zaga, caso ocorra muita saídas: Digão e Fabrício Bruno, principalmente este último.
    Para a lateral: Bryan, Pará (que se destacou aqui na subida em 2016), Patrick Brey.
    Para o meio: Bruno Ramires, Nonoca, Alex e Renato Kayser.

    Do Atlético MG deveriam olhar Danilo Barcelos, Lateral e meia.

    Agora é com a Diretoria negociar

    Saudações Americanas. Feliz natal e 2019. Voltaremos em 2020 para a série A.

    ps. No mais, ontem, eu vi um dos melhores árbitros do brasileiro apitar. O Rafael Traci é o mesmo que não se incomodou de dá o penalti em favor do América contra o Santos na Vila. Ontem ele deu o penalti e ainda deu 8 minutos de acréscimo. Merece está no quadro da FIFA. .

  • Guilherme Leôncio disse:

    Maraca lotado, não foi preciso, mas se precisasse o Flu viraria a mesa no 2º tempo. Peguem os posts dos primeiros jogos do América sob o comando do Adilson Batista, todo mundo aprovou, 4,5 ou 6 jogos depois o time desandou e a diretoria demorou a chamar o Givanildo.
    Aqui pra nossa região a TV aberta mostrou Ceará x Vasco, apesar do narrador tentar a todo custo dar um tom de emoção com gols de outros jogos, foi um jogo morno, contra dizendo jogos no Castelão é sempre lotado e com muita pressão do time da casa. Mas ambos sabiam, um 0 x 0 classificaria os dois. Vida que segue!

  • Luiz Ibirité disse:

    Sempre li aqui os americanos questionando a titularidade do Luan, e o q aconteceu já era previsto por muitos deles, o jogador foi tão sacana q não teve nem a coragem ao fim do jogo de pedir desculpas ou dar entrevista!

  • Stefano disse:

    Dá pro Galo pegar uns dois aí desse elenco do Cuei

  • Marcos disse:

    Só mesmo o futebol mineiro pra ressucitar defuntos. Ontem o América tinha tudo pra vencer, pq o Fluminense sequer marcsva gols há mais de um mês! E não foi justamente o América o fim do jejum de gols do Flu? Ontem era matar ou morrer. E como o América não “matou”, acabou “morrendo”…
    Qualquer time de futebol do mundo, quando apanha de todo mundo, só reencontra seu bom futebol quando joga contra times de Minas. Se ontem o adversário do Fluminense fosse de qualquer outro estado do Brasil, era o tricolor carioca o rebaixado…

  • Julio Cesar disse:

    Time com 43 pontos conseguiu escapar do Z4. Galo com aproveitamento tambem pifio conseguiu vaga na pre libertadores. Nivel do futebol brasileiro segue ladeira abaixo.

  • Julio Cesar disse:

    A saida do Enderson não está mal explicada ! Ela não foi explicada ! Disseram que foi pretendido pelo Atletico e recusou a proposta por conta de seu compromisso com o America. E derepente, vai pro Bahia!?!?
    Mas mesmo assim, somente os jogadores pra explicar a troca do cobrador do penalti ! Principalmente Rafael Moura e Luan ! E Luan teve chance cara a cara que desperdiçou.
    Perder a chance da permanencia nestas circunstancias é mais doído ainda. Quem era o capitão do time ontem ?