Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Atlético contra um uruguaio, Cruzeiro contra equatoriano, argentino e venezuelano na arrancada inicial da Libertadores 2019

Imediatamente ao sorteio que indicou o uruguaio Danúbio como adversário do Atlético na Libertadores, o jornalista HENRIQUE ANDRÉ‏, do Hoje em Dia, twittou: @ohenriqueandre “Prometo não fazer matéria com “Terans e Rea ajudarão Levir Culpi a conhecer o Danúbio”.”

Que alívio prévio, pois se ele não fizesse este alerta, hoje mesmo já teria editor pautando repórter para este velho jargão do “anteontem futebol clube”. Aliás, alguém viu este Rea jogar pelo Galo? O Terans até teve lampejos de bom jogador.

Outra bobagem, entretanto continua prevalecendo na imprensa é esse papo de “grupo da morte” ou “grupo mais fácil”. Ora, ora, se o time não estiver bem preparado, qualquer adversário é mortal e vice-versa.

Já na fase de grupos, o Cruzeiro terá pela frente o equatoriano Emelec, o argentino Huracan e o venezuelano Deportivo Lara, no Grupo B.


Deixe uma resposta para Gabriel Júnior Cancelar resposta

Comentários:
28
  • Paulo F disse:

    Trocar Luan por Clayson e Rocha por Papagaio só pode ser brincadeira de mal gosto ou notícias plantadas por empresários… Se isso acontecer, qualquer um desses dois negócios, não acompanharei o Galo esse ano

    • Paulo F disse:

      Liberaram o Luan pro Corinthians… inaceitável… vamos passar vergonha na Libertadores novamente… A estratégia da diretoria é liberar qualquer jogador que seja identificado com o clube, ao que tudo indica. Não sobrou um! Só mercenários e chinelinhos… lamentável!

  • Marcão de Varginha disse:

    10/01/2016: Benecyday
    – #benecyeternomito

  • Robinho Ferreira disse:

    Vamos falar a verdade gente,grupo de cru e atl é uma baba! sim os dois são umas babas danada! Nacional e Penarol faz tempo que não faz mal a ninguém e Emelec tirando o fator casa vira saco de pancada,Huracan é pequeno na Argentina! esses times só vão dar trabalho se Cru e Alt derem vexames! Elevar esses fracos times para desculpas futuras em caso de eliminação não adianta! da parte do cruzeiro eu ja falo logo,estamos nas oitavas!!!!!!!

  • Claytinho do Nova Vista - BH ( Hexa-Campeão !!! ) disse:

    Então lá vai…

    Vou relatar os vários e vários “vexames-day” do Atlético Mineiro…

    Ahhhhh… Pensando bem, deixa isso pra lá… rs Nem carece rememorar, porque a consciência dos caras já os faz lembrar vez ou outra dessas suas mazelas… rs

    Sem falar que ficaríamos nivelando muito por baixo essa rivalidade, disputando “quem já fez pior”… rs Aí chegaríamos até o “rebaixamento-day” e aí que muitos dentes rangeriam ainda mais… rs

    – Bi-Campeão Brasileiro consecutivo, 2013 e 2014.
    – Bi-Campeão da Copa do Brasil consecutivo, 2017 e 2018 ( O primeiro time a conquistar isso ).

    Caaaaaalmaaaa gente… Não tô ofendendo ninguém… Apenas me referi às grandes conquistas do Cruzeiro nos últimos anos… Apesar de saber que isso por si só para alguns Atleticanos, é a mesma coisa que cutucar o diabo… kkkkkkkkk

  • Rafael disse:

    As perspectivas para o Galo são sofríveis e lamentáveis: Clayson em troca de Luan, Papagaio em troca de Marcos Rocha. Marinho? Putz, brincadeira. Falam ainda em Guerra, Camilo, Rafael Carioca… Dos nomes ventilados por aí, Réver pode ser uma boa mas não para jogar ao lado de Léo Silva (este precisa se aposentar, ficar como opção no banco). Igor Rabello parece distante. Agora falam em Zeca, Pottker – bem melhores que Camilo. Não está nada animador.

  • Gabriel Júnior disse:

    Me lembrei do Borússia Day, ganhou com os reservas da seleção que o Perrela comprou. Once Caldas Day, Ipatinga Day e por ai vai.

  • Julio Cesar disse:

    Teve #OnceCaldasday tambem uai !!!

  • Alisson Sol disse:

    Olha aí o que dá este negócio da achar que há “time fraco”. Há uns anos, foi o #RajaDay.
    Hoje, o River criou o #AlAinDay…
    E não podemos esquecer o #TolimaDay que o Corinthians experimentou…

    Fosse só o nome e folha de pagamento, nem precisava os times entrarem em campo.

    • Renato César disse:

      Continue voltando no tempo e lembre o #PaysanduDay, de 2002, quando o Papão da Curuzu ganhou a Copa dos Campeões e tirou um certo time que vive cheio de vaidade da Libertadores de 2003.

      Futebol tem dessas coisas. Folha de pagamento não define jogo mesmo (e eu nem garanto que a do Al Ain seja menor que a do River).

      Vovô Vandick mandou lembranças!

    • Claytinho do Nova Vista - BH ( Hexa-Campeão ) disse:

      Raaaaajjjjaaaaa coração… kkkkkkkkk

      • Walter Galo disse:

        Véron Day! Borussia Day! Bebeto Day, Gonçalves Day! Donizete Day!
        Riascos Day! Once Caldas Day! Quarta feira do Goulart Day! 9×2 Day! Fábio de Costas Day! HoRIVER day! Paysandu Day! Yale Day! Ipiranga Day! Palestra Day!
        ” Eu vivo cheio de vaidades…putz”! kkkkkkkkkk

      • J.B.CRUZ disse:

        Grande Sacada CLAYTINHO:
        ”Matou” todas as outras Gozações!!..

  • Alisson Sol disse:

    Não vejo o grupo do Cruzeiro tão fraco assim. O Elemec já chegou na semi-final da Libertadores, e perdeu para o Grêmio (campeão em 1995). O “Clube Atlético Huracán” também já chegou a uma semi-final, perdendo para o Independiente (campeão em 1974). O único time que realmente deve ter pouco a apresentar é o Deportivo Lara, já que a Venezuela idolatra o beisebol, e qualquer esportista com um pouco de talento já saiu de lá há tempos.

    O problema que vejo é mais o fato de que o Cruzeiro insiste de chamar defesa velha de “defesa experiente”. Aí, aparece uma jogador adversário rápido e dispara do meio de campo e ninguém consegue correr atrás. Acho, sinceramente, que o time do Cruzeiro com melhor chances na Liberadores nos últimos anos foi este de 2018, mas teve o azar do incidente na expulsão do Dedé contra o Boca. Aí levou o segundo gol, se desesperou no Mineirão e não conseguiu tirar a diferença. O Mano vai ter de reforçar a zaga, pois em Libertadores 1×0 é goleada. E eu ainda tenho minhas reservas contra o Fábio e os goleiros brasileiros em geral e sua mania de não sair do gol socando a bola nos cruzamentos.

  • audisio disse:

    Levir Culpi montando o time!!!
    Tomara que esteje errado!

  • audisio disse:

    O Atlético estará cometendo um erro devolvendo o Edinho para o Forteleza!
    Registrando! Não teve uma oportunidade no time!

  • Claytinho do Nova Vista - BH ( Hexa-Campeão !!! ) disse:

    Que grupo têta esse do Cruzeiro hein ??
    A tendência é que consiga se classificar em primeiro. E o ideal seria tentar fazer o maior número de pontos possíveis para depois ter a vantagem de decidir em casa nas outras fases.
    Porém, o Cruzeiro precisa dar uma revigorada no elenco se quiser ir mais adiante nessa próxima Libertadores. Porque, o atual time além de já estar com a faixa etária elevada, carece de algumas reposições urgente. Se for repetir basicamente o mesmo time desse ano, não aguenta mesmo.

    Esse grupo do Cruzeiro é têta… Fortes mesmo, foram os últimos grupos que o Atlético Mineiro participou na Libertadores… rs E não se assustem se não mais que de repente, o Danúbio for elevado ao patamar dos grandes Clubes da América do Sul… rs

    • Renato César disse:

      Danúbio disputa a condição de 3º time uruguaio com o Defensor Sporting (do Arrascaeta). É um time tradicional de lá, uma espécie de Santos deles, revelando grandes jogadores, como Cavani, Forlán e Rubén Sosa. Classificou-se para a Libertadores 2019 por ter feito a melhor pontuação na temporada 2018 do futebol uruguaio. Ou seja, mesmo não tendo sido campeão, foi o mais regular lá.

      O time é um dos grandes da América do Sul? Certamente que não. Mas menosprezar qualquer adversário é o primeiro passo para o fracasso. Nós não vamos cair nesta.

      Sobre a qualidade dos nossos adversários nas últimas edições da Libertadores, segue:
      – 2013: São Paulo (campeão sul-americana 2012), Arsenal de Sarandí (campeão Argentino Apertura 2012) e The Strongest (Campeão boliviano Apertura e Clausura 2012 – mais a altitude);
      – 2014: Nacional-PAR (campeão Apertura 2013), Zamora-VEN (campeão venezuelano), Santa Fe;
      – 2015: Santa Fe (Campeão Finalización 2014), Colo-Colo (Campeão Clausura 2014), Atlas;
      – 2016: Independiente del Valle (foi vice campeão desta edição), Colo-Colo (Campeão Apertura 2015), Melgar-PER (campeão peruano – mais altitude);
      – 2017: Godoy Cruz, Libertad (Campeão do Campeonato Paraguaio 2016) Sport Boys (Campeão do Torneo Apertura 2015).

      Podemos dizer que em 2014 e em 2017 os nossos adversários aparentemente eram menos complicados. Mas não menos que os seus de 2019 (não existe nem campeão nacional e nem a tal da “tradição” neste grupo): Emelec (vice campeão equatoriano 2018), Huracán (4º colocado do Campeonato Argentino), Deportivo Lara (vice-campeão venezuelano).

      Os nossos possíveis adversários em 2019 seriam também um pouco mais complicados: Nacional (vice-campeão Uruguaio 2018 ), Cerro Porteño (Melhor pontuação na temporada paraguaia de 2018, ou seja, o mais regular), Zamora (campeão venezuelano).

      • Claytinho do Nova Vista - BH ( Hexa-Campeão !!! ) disse:

        Ou seja, é um time fraco no cenário futebolístico da América Latina. Pode já ter tido um ou outro lampejo, mas tradicionalmente, é fraco. Obviamente, isso não quer dizer que não deve ser respeitado, assim como qualquer outro time por mais fraco que seja. Mas, a não ser pelo esforço de alguns em tentar elevá-lo, ele ainda assim é mais uns dos times fracos que vão disputar a Libertadores. Fato.

        • Renato César disse:

          Pois é, vocês têm esta mania de falar de fax de 200 anos atrás para definir se o time “é fraco” ou não. Veja que eu disse que não é um time de expressão e que não é considerado um clube grande. Mas, quanto ao time, tem que analisar o comportamento do elenco que tem.

          Sem conhecer muita coisa, apenas que eles fizeram a melhor campanha do futebol uruguaio, “fraco” eu não consideraria de cara. Mas tem que analisar melhor para fazer alguma afirmação.

          • Claytinho do Nova Vista ( Hexa-Campeão !!! ) disse:

            Nobre Renato César,

            Mas eu me referi à sua linha de raciocínio no contexto desse nosso diálogo. Mas enfim, tudo tranquilo !!

            Abraços

          • Renato César disse:

            Claytinho, veja o que eu disse em outro comentário:

            “Veja como as equipes se classificaram para a disputa da Libertadores 2019:
            Grupo B:
            – Emelec (vice campeão equatoriano 2018);
            – Huracán (4º colocado do Campeonato Argentino);
            – Deportivo Lara (vice-campeão venezuelano).

            Grupo E:
            – Nacional (vice-campeão Uruguaio 2018 );
            – Cerro Porteño (Melhor pontuação na temporada paraguaia de 2018, ou seja, o mais regular);
            – Zamora (campeão venezuelano).

            Na teoria, em função da forma como se classificaram as equipes e da temporada de 2018 que fizeram, o grupo E é sim mais forte que o grupo B. Ou está difícil perceber isto?”

            Isto é uma análise superficial das equipes, considerando apenas como se classificaram para a Libertadores. Com esta medida podemos falar que uma chave parece ser mais forte ou mais fraca que a outra. Porém, se o time é fraco ou forte, aí já tem que vê-lo em campo com mais critério.

          • Claytinho do Nova Vista - BH ( Hexa-Campeão !!! ) disse:

            Então, seguindo essa sua mesma linha de raciocínio, poder-se-ia dizer que o grupo do Cruzeiro também não é fraco, sem ver os times jogarem ??

  • J.B.CRUZ disse:

    Sorteados os Adversários; A Torcida passa a Ter um Papel Fundamental na LIBERTADORES….
    Em Março o CRUZEIRO Estará dando sua Arrancada Internacional de 2.019, Na COPA LIBERTADORES DAS AMÉRICAS Rumo ao TRI…
    Não Tenham Dúvidas de que, por Estar no Topo do Futebol Brasileiro, o CRUZEIRO Será Alvo Permanente de Todos Seus Rivais..
    Além Disso, na LIBERTADORES , pela Histórica Rivalidade Entre a Maioria dos Participantes, Pela Qualidade dos Grandes Clubes Nela Envolvidos e por ser um Confronto que, em Muitos Casos, Transcende a Linha de Disputa entre Clubes Para se Transformar em Duelos Futebolísticos entre Países; o CRUZEIRO Terá que contar Não só com a QUALIDADE; a DETERMINAÇÃO; A raça do seu TIME; mas, Com o CLAMOR Permanente de sua Imensa LEGIÃO….(A CHINA AZUL)..
    A DIRETORIA está fazendo a sua Parte, como a Permanência dos Grandes Jogadores; e Procurando Trazer alguns Reforços pontuais, só Para Manter o bom Entrosamento Conseguido Com Muito Trabalho e Esfôrço Pelo Nosso Comandante MANO MENEZES (O Melhor do Brasil)….
    Rumo ao TRI da LIBERTADORES; a SÉTIMA COPA DO BRASIL; ao TETRA CAMPEONATO BRASILEIRO e ao MUNDIAL…;MINEIRO Também será BEM-VINDO…..
    O MAIOR CLUBE BRASILEIRO NA AMÉRICA DO SUL NO SÉCULO XX…

    CRUZEIRO SEMPRE !!!..

  • Pedro Vítor disse:

    Eu não fiquei obcecado com o sorteio, fiquei de boa, resolvi dar uma cochilada, e só hoje vi o que já estava definido.

    Danúbio do Uruguai, é mais forte que o grupo do Cruzeiro todo, vai dar sorte assim, curuzes, como se diz na roça, nasceu com o bumbum pra lua, eita

    Agora é montar o time, fortalecer, e treinar para vencer o Danúbio, e também já ir preparando para tomar aquele vinho uruguaio malbec delicioso.