Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Sem mudar muito e com um reforço de verdade, Cruzeiro deverá brigar de novo na prateleira de cima

Em foto do FOX Sports, Mano Menezes e Rodriguinho em tempos de Corinthians

O Cruzeiro além de manter a comissão técnica e quase todo o time de 2018 deve se reforçar com Rodriguinho, ex-América, principal jogador do Corinthians campeão brasileiro de 2015 e 2017. Em condições normais joga até mais que o uruguaio Arrascaeta. Resta saber se está bem fisicamente, se está sendo profissional e se cuidando devidamente fora das quatro linhas. Ficou apenas uma temporada no futebol egípcio, para onde foi apenas para ganhar dinheiro, já que dentro de campo não teria nada a aprender por lá.


Deixe uma resposta para Walter P Gallo Cancelar resposta

Comentários:
9
  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Vejam que comentário excelente !
    Isso que dá o Cruzeiro não ter tradição de colocar os “meninos” para jogar.
    Espero que em 2019 seja diferente.

    https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/colunistas/kelen-cristina/2019/01/18/se-coluna_kelen_cristina_interna,562037/as-voltas-que-a-bola-da.shtml

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Meu colega de blog Alisson mais uma vez tem razão.

    Salvo engano, os valores de multa contratual são baseados em múltiplos do salário pago ao jogador. Não sei se 50 vezes, 100 vezes ou outro fator.

    Isso significa que, se a multa do Gabriel Brazão é de 45 milhões de euros, ele tem um salário bem alto.

    A pergunta que não quer calar é se esses 2,5 milhões de euros – proposta ridícula; inaceitável – se aceitos, vão cobrir os meses em que esse tal salário foi pago.

    Nunca é demais lembrar que o lateral esquerdo Maxwell foi vendido à preço de banana para a Holanda quando era jovem. Lá se firmou e chegou à Seleção Brasileira, embora nunca tenha passado de um jogador mediano. O Cruzeiro tentou trazê-lo de volta recentemente, já em fim de carreira, e mesmo assim esbarrou nos valores.

    Acontecerá o mesmo com Gabriel Brazão ?

  • Alisson Sol disse:

    Alguém me explica: como pode o Gabriel Brazão ter uma multa contratual de 45 milhões de Euros, e agora o Cruzeiro “estar considerando” uma proposta para vender 70% dos valores do jogador por 2,5 milhões de Euros? (link).

    Talvez eu tenha estudado pouca Matemática. Qual empresa séria sequer escutaria uma proposta por menos de 10% do “valor anunciado”? Aí tem…

  • AMAURY ALKIMIM disse:

    A todos, BOM DIA! Há quem pense que se o Cruzeirão contratasse Messi e Cristiano Ronaldo Mano os escalaria mais atrás, segurando a marcação. A imagem dele fazendo gesto com as duas mãos para baixo e para trás quando os laterais avançam chegam a ser engraçados. Por outro lado, sou grato a ele que mesmo infartando meio mundo celeste foi importante na conquista dos dois títulos da Copa do Brasil. E claro que prefiro ser campeão jogando feio a não ser, jogando bonito. Mas é possível (e necessário) um equilíbrio entre esses dois extremos. Um tio meu me disse algo no fim do ano passado que o Cruzeiro “está cheio de “galo veio”. Realmente temos jogadores no limite da idade e capacidade física. Nossos dois volantes titulares, Henrique e Cabral não aguentam mais a correira do futebol moderno e jovial, chegando atrasados e deixando o pé, cometendo faltas que sempre geram cartões. Nossa zaga precisa de pelo menos mais um zagueiro acima da média para compor o elenco. Mas no geral, só quando a bola rolar e depois de cinco jogos importantes é que teremos uma ideia mais precisa de como será meu Cruzeirão querido, tão combatido…

  • Walter P Gallo disse:

    Tenho até medo, quando o Ruimdriguinho, se encontrar com Cachazares. Ai BH, vai ser pequeno para esses dois. Ainda tem o TNC30. Só falta o André Bebezão, vir para o Ameriquinha. Ai F….!

  • Raul Otávio da Silva Pereira disse:

    Acho que dessa vez o Itair está indo razoavelmente bem. Ele está “se virando”, como eu pedi faz uns 15 dias.
    Time mais barato – e nem por isso mais fraco – e espaço para os jogadores da base (Renato Kayser, Rafael Santos, Cacá, Éderson, Murilo, etc. – mas repito: eles têm que jogar e ter sequência. Não podem entrar só na fogueira e serem queimados por um ou dois jogos ruins.

    Só penso que:

    1 – Está demorando demais para anunciar oficialmente o que eu considero as cerejas do bolo – Marquinhos Gabriel e Rodriguinho

    2 – Parou de falar no lateral esquerdo (era o Dodô, do Santos). Só Egídio e o menino da base, se não me engano Rafael Santos, não vai dar.

    3 – Tem espaço para o Judivan nesse time. Ele pode sim ser testado durante o ano para vermos se é um foguete molhado ou se realmente tem futuro.

    Já está passando da hora de fechar os negócios, fechar o elenco e encarar 2019 com altas expectativas. Continue “se virando”, Itair. Ainda não tá pronto o time.

    • Helio Antonio Corrêa disse:

      RAUL
      Permita a intromissão
      Sério, vc. considera o M.Gabriel um reforço? jura ?
      Tirando o Santos que na epoca tinha Neymar e Ganso, onde ele conseguiu jogar?
      Se nem o Corinthians que está laçando jogador o quis, como esperar que venha nos ajjuddar?

      Outra, vc. acredita ainda no Judivan? penso que infelizmente para ele, que tinha uma grande futuro, o futebol em grande nível, passou, não conseguiu se firmar no America e CRB, como poderiamos imaginar que poderia ser util aqui.?

      No mais, estou 100% com tudo que disse,
      Desculpe pelos pitacos.

  • Alisson Sol disse:

    Manter a comissão técnica: positivo.
    Manter quase todo o time de 2018: negativo. Futebol não é xadrez, onde mais experiência gera melhores resultados. E jogador de futebol não é vinho, e não fica melhor com o tempo. Principalmente o jogador brasileiro, que não se cuida. O time tem uma defesa lenta, meio de csmpo lento, e atacantes velhos. Precisa ter coragem de promover jogadores da base, colocando-os para jogar no Rural. Sem isto, chega à Libertadores já cheio de cones quebrados, como ano passado…