Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Assim como nos casos da Vale e Samarco, será que ninguém será preso pelas mortes no Flamengo?

Imagem: veja.abril.com.br/brasil/quem-sao-as-vitimas-do-incendio-no-ct-do-flamengo/

Por falta de alvará, CT do Fla foi multado 30 vezes e lacrado por prefeitura – Alojamento no centro de treinamento pegou fogo; 10 pessoas morreram”

Essa manchete, que está em quase todos os jornais, portais e demais veículos de imprensa do país, já diz tudo quanto a responsabilidades, crimes, prevaricações  e omissões cometidos nesta situação que teve 10 mortos como consequência.

E imaginar que o Bandeira de Mello, presidente do Flamengo até o fim de 2018 era destacado por toda a imprensa como um grande gestor. Sim! Economista, administrador, conhece tudo de números, “choque de gestão”, corte de gastos, aumento de faturamento. Arrumou as finanças, se esqueceu que o clube é constituído por seres humanos e que jogador de futebol é o maior patrimônio, principalmente os da base, que são o futuro, de onde saem muitos que vão garantir a alegria de milhões de torcedores e também fortunas aos cofres do clube.

Bandeira modernizou e ampliou o Ninho do Urubu, tornando-o um dos melhores do país, onde foram instalados os jogadores profissionais. Os rapazes da base ficaram no antigo e seriam transferidos para o novo quando ficasse pronto. Seriam!

Ouvi o Eduardo Costa dizer na Itatiaia que a atual diretoria da Vale, tão logo assumiu, cortou 44% dos gastos com segurança. Pra sobrar mais dinheiro pra mandar para os acionistas e aumentar os bônus da própria diretoria. Pois é! Para determinado tipo de executivo só o lucro e a soberba interessam. Gente e seres vivos em geral são detalhes, acessórios.

A atual diretoria assumiu no dia 19 de dezembro de 2018. O presidente eleito Rodolfo Landim foi aliado do antecessor até agosto de 2015, quando houve um racha político e Bandeira de Melo exonerou a sua diretoria todo o grupo ligado a ele e que o ajudou a se eleger em 2013 e comandar o clube até então.

Por falta de alvará, CT do Fla foi multado 30 vezes e lacrado por prefeitura

Alojamento no centro de treinamento pegou fogo; 10 pessoas morreram” 

Catia Seabra

RIO DE JANEIRO

Por determinação da Secretaria de Fazenda, a Prefeitura do Rio lacrou o CT do Flamengo em outubro de 2017. A decisão foi tomada após o clube ter sido multado 30 vezes por falta de alvará de funcionamento.

local pegou fogo nesta sexta-feira (8). Dez pessoas morreram no incêndio. Os nomes das vítimas não foram divulgados de forma oficial.

Segundo a Prefeitura do Rio, o clube decidiu reabrir o centro de treinamento em 2017, mesmo depois de ter sido lacrado.

https://www1.folha.uol.com.br/esporte/2019/02/por-falta-de-alvara-ct-do-fla-foi-multado-30-vezes-e-lacrado-por-prefeitura.shtml


Deixe uma resposta para Alisson Sol Cancelar resposta

Comentários:
1