Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Um Atlético totalmente diferente do que a torcida está acostumada. Sem sofrimentos, sem sustos, sem grandes falhas e até Patric jogando bem

Réver comemora o gol dele, primeiro do jogo, junto com Ricardo Oliveira.

No fim, já bem cansado, Patric perdeu uma bola e errou um passe, mas sem comprometer. Aos 26 do segundo tempo Levir Culpi fez o que deveria fazer: tirar Ricardo Oliveira, que com quase 39 anos, obviamente sentia o peso da idade no calor terrível que fazia em Montevidéu. O Atlético vencia por 1 a 0 e precisava dos 11 em campo para desempenhar todas as funções possíveis. Levir corrigiu um erro cometido no primeiro jogo da Libertadores, neste mesmo estádio, contra o Danúbio. Vencia por 2 a 0, o adversário apertava com tudo a que tinha direito e o Galo não defendia com todos. Voltou com um frustrate 2 a 2.

Além disso, menos de cinco minutos depois da troca de Ricardo Oliveira por Zé Welison, o treinador voltou a optar pelo ataque e velocidade com a entrada de Maicon Bolt no lugar do Chará.

Não tomar gols já foi uma conquista, criou muitas oportunidades de gol, poderia ter terminado o primeiro tempo com um placar de três a zero. Ricardo Oliveira e Luan desperdiçaram boas chances. O segundo tempo foi de equilíbrio, mas de muita pressão do Defensor até os 26 minutos, quando Levir iniciou as substituições e arrumou a casa. Jair entrou no lugar de Adilson, para acabar de fechar a defesa atleticana e garantir o placar. Luan mostrou boa condição física e mais uma vez Cazares foi o melhor em campo.


» Comentar

Comentários:
22
  • Paulo F disse:

    O time está no caminho certo. Pra realmente brigar por títulos, precisamos de um velocista de alto nível, Chaŕá não dá conta do recado, muito dinheiro mal gasto. Precisamos também de um lateral esquerdo, a titularidade absoluta leva qualquer jogador limitado a jogar mal. Fora isso, a dupla de volante reserva é bem melhor que a titular. Espero ve-los como titulares em breve.
    A imprensa tá perseguindo o Galo, da pra perceber claramente.

  • Julio Cesar disse:

    Guilherme, posso incluir Tolima nesta lista ? Voce tem razão ! Ontem o Edmundo no canal Fox não parou de detonar o Atletico. Sim, ainda há muitos ajustes pra fazer, principalmente na marcação no meio campo e menos erros de passe. Tambem ainda penso que um meia/atacante diferenciado pra compor com Cazares faça falta. Sei lá, certa vez o treinador Leão apareceu com Jorginho que jogou bem aqui no Atletico. Então Marques tem que garimpar. Não encontraram Cazares ? Quem é esse Cazares foi o que todos perguntaram a época.
    Diretoria, ao trabalho !!

  • Guilherme Leôncio disse:

    O Galo vence um jogo de ida por 2 x 0 e a imprensa mineira dando destaque ao sufoco(?) que o Galo levou ou mesmo o acionamento do Defensor na Conmebol por irregularidades. Eu não vejo time nenhum vencendo jogos sem que o adversário perca gols. Outros chamam o Defensor de timinho, mas ninguém enxerga isso no Potosí, Yuracan, Emelec, Crystal, Once Caldas etc. Um pobre de um comentarista de nossa região disse que o Galo vive um momento irregular, que Levir não para de fazer burradas. Será que esses caras estão querendo é um “cala boca” da diretoria do Galo.?

  • Silvio T disse:

    O Defensor chutou quinze vezes ao gol do galo. Destas, UMA única chance saiu de um erro do Patric. Fica até difícil contar quantas vezes o Adílson, o Fábio Santos, o Elias e o Chará permitiram, com erros de passe, perdas de bola e marcação frouxa, jogadas perigosas do Defensor. É uma perseguição que, parece, nunca vai ter fim. Se eu fosse o Patric conversaria com a diretoria e iria embora. Porque, ao contrário do que dizem os perseguidores, ele já teve sim várias propostas para sair.

  • José Antonio disse:

    Patric jogou bem? O problema desse encosto é que quando ele não entrega dizem que ele jogou bem….. A única chance rela de gol do time deles foi esse sujeito que entregou e o Vitor teve que se virar…. Nada justifica esse jogador ser titular…..

  • Horacio Duarte disse:

    Pois é Chico, um grande jogo do Galo, pena que após a feijoada com pinga do intervalo, o time caia tanto. Achei a defesa mais bem protegida, os zagueiros mais entrosados melhoraram muito a defesa, mas os buracos do lado de campo ainda continuam e o Adilson destoou um pouco.
    No mais foi só Galo, bom toque de bola, saídas precisas, diversas vezes pôs o defensor na roda e a pressão deles na saída não funcionou, o Galo entregou, mas eles não roubaram a bola.
    O Luan e o vei perdendo gol de tudo quanto foi jeito com e sem goleiro. Sem goleiro e o Luan ajeitando a bola… haja! Patricão da massa brilhou apesar das já tradicionais patricadas para deixar agente com dor de estômago. Ninguém precisa falar para ele, mas aquele cruzamento pro gol do Cazares foi maravilhoso, perfeito, uma pintura, Elias foi muito bem e o Cazares demolidor. O Galo tem é que pagar salário para o filho do Cazares, joga muito este garoto.
    Não entendi muito bem a ordem e as substituições, nunca tiraria o Chará, mas quem está no CT o dia todo é o técnico não vou nem discutir.
    O defensor é inferior ao Danúbio, que a imprensa achava uma galinha morta e que o defensor era o bicho, pois é. Mas o Galo tem evoluido, está mais entrosado e algumas falhas estão sendo arrumadas, aos poucos está indo. Parece que está se formando um grupo de jogadores querendo taça, se conseguem, não sei, tem que melhorar muito ainda, mas estou gostando.

  • PABLO DE OLIVEIRA disse:

    O Galo ganhar fora de casa jogando com esse uniforme todo branco já é um efeito enorme a ser comemorado.
    Melhor em campo: Cazares pior em campo: Chará como pagaram mais de 20 milhões do Chará?? jogador comum não vale nem metade disso.
    Tem que arrumar a volancia Adilson e Elias estão deixando os caras chegarem livres.

  • Marcão de Varginha disse:

    Nesses quase 10 anos de funcionário do clube, Patric foi emprestado e ninguém se interessou em comprá-lo.. o sujeito não tem “cacoete” de futebolista profissional.. e durante a partida o Levir ainda inventou de tirar o irmão e colocar um volante, mesmo
    tendo o Elias já amarelado..
    – Nessa pré-Libertadores e temporada, o Galo ainda não foi testado a altura de sua tradição, e classificando ou não para a fase de grupos é preciso reforçar ambas laterais e dar chance ao jovem Hulk..
    – #benecyeternomito

  • Fred disse:

    Mais uma vez o mesmo problema: o combate na intermediária do Galo, que não existe. Zé Welisson precisa ser titular. Esse problema compromete todo o planejado, já que o Galo passa sufoco e quando finalmente toma a bola, o adversário tá marcando no ataque (já está lá) e dificulta a armação das jogadas.

    Patrick fez um ótimo cruzamento na cabeça do Cazares. O que não sei se é bom ou ruim. Bom, porque o time trouxe um placar maior pra BH. Rum, porque aquele cruzamento deu a titularidade pra ele por mais uns 6 meses…

  • Carlos Henrique disse:

    Parabens Patric, nao é um grande jogador nao.
    mas foi titular com muitos tecnicos.
    tem raça, é voluntarioso
    nao tem inimidade com a bola, nao tem.
    Mas Aguirre pediu a contrataçao dele no Sao Paulo
    quando era tecnico.
    no lance que errou feio se o cara faz o gol
    mo vacilo dele hoje ele seria alvo de criticas.
    falando serio , o Atletico jogou bem.
    mas perdeu o meio campo
    e o Defensor so nao ganhou o jogo.
    pela qualidade de seus atacantes
    que nao souberam finalizar.
    tocaram a bola varias veesna entrada da area,
    encurralando o Atletico.
    Ricardo bem de novo, Luan bem.
    Chara ta devendo,vai perder a posiçao para o Bolt.
    Cazares é outro jogador com Levir.
    Adilson ta lento ta mal é fase.
    vai perder a posiçao para Jose Welisson.
    e Jair pede passagem.
    Elias nao marca , ta um buraco no meio.
    e por isso, o Defensor, GANHOU O MEIO CAMPO.
    O ATAQUE TA BEM, FAZENDO GOLS
    CRIANDO JOGADAS.
    MAS O MEIO CAMPO COM Adilson e Elias A marcaçao ta frouxa.

  • Luiz disse:

    Chico Maia

    Para mim só a vitória valeu,pois os erros absurdos continuam acontecendo.
    Os caras pegam a bola. limpa e entregam no pé do adversário. O galo jogou contra dois times medíocres e se igualou a eles. Vitórias sem convencimento. Acho que se o Atlético tentasse contratar o Zé ´Ricardo do América poderia dar uma boa acertada no meio de campo. Esse Adilson é muito ruim.

    • Bruno de Oliveira disse:

      Certeza que o Zé Ricardo será negociado com o Cruzeiro a preço de banana. Os dirigentes do América ideiam o Galo. Nem se o Galo oferecer mais eles vendem.

  • Pedro Vítor disse:

    Galo jogou bem, soube ditar ritmo de jogo mesmo dora de casa, acho que ate que poderia sim marcar mais gols, porém só de não ter tomado, já esta em evolução.

    A imprensa ficou jogando o adversário pra baixo, falando a todo moment que não venceram nenhuma equipe dentro de casa, jogando todo um favoritismo ao Atlético, numa forma clara, de se venceu não fez mais que a obrigação, se perdesse terra arrasada, mas eu sei todos sabemos que Libertadores as coisas não são como a imprensa pinta as coisas, essa imprensa temos que desconfiar de tudo que é dito pois jogam contra o Atlético. Sabem que notícia do Atlético vende muitos jornais, hoje por exemplo vão focar mais neste negocio de cbf, conmebol do que na vitoria do Atlético.

    Esse Defensor aí venceu as Marias lá no Uruguai e também em BH, enfim ainda tem um jogo, tem entrar ligado, matar o jogo, pois um gol aqui no Horto, o Defensor fica entregue a própria sorte

  • Walter Pereira Galo disse:

    Patrikão da Massa!!! Sem técnica nenhuma, tenta dominar uma bola dentro da pequena área e entrega a rapadura. Se houver bicho, ele deveria dar por Victor, que salvou o gol certo. Enquanto esse jogador estiver de titula no Galo, vai ser assim. Cruz credo!

  • Rodrigo Assis disse:

    Segundo tempo do Atlético foi medíocre. Precisamos de jogadores de nível pro banco.

  • Silvio T disse:

    Patric, Luan e – mais uma vez Cazares – foram os destaques. Rever e Igor ganharam praticamente todas pelo alto. Já o trio Adílson/Elias/Fabio Santos..pelo amor de Deus! E o Levir vai viver duzentos anos e não vai aprender a mexer durante as partidas. Porque será que ele tirou o Pastor? Agora é foco total no segundo jogo e entrar em campo com a seriedade de quem precisa ganhar por dois de diferença. O Talleres ontem foi rebolar e sifu diante de sua torcida.

  • Julio Cesar disse:

    Patric no primeiro tempo deu um susto, “patricada” costumeira ! Mas o lançamento pro gol do Cazares vai credencia-lo como titular até o meio do ano pelo menos. Ai meu Deus !

  • Carlos Junqueira disse:

    Bom dia Chico e leitores do blog. Permita-me discordar um pouco. Patric obviamente fez uma partida bem acima da média de suas atuações. Porém só não o estamos criticando hoje, porquê Victor salvou no susto uma trabalhada dele dentro da área no final do primeiro tempo. Continua sendo um jogador limitado, porém esforçado. Concordo que Ricardo Oliveira deveria sair sim. Errou a maioria das jogadas, inclusive lances fáceis. Tem de parar de mimimi quando substituído. Elias ,mais uma vez , insubstituível, inclusive quando amarelado. Não dá para entender. Jogamos contra um Defensor que não defende. Quando enfrentarmos times melhores, a teimosia do treinador em manter o Elias e Patric como titulares vai custar caro. ( Sei que o Patric por ser um jogador carismático, hoje deveria ser só coberto de elogios, mas sinceramente não podemos correr tanto risco).

  • Edson disse:

    Patric jogando bem, você deve tá brincando, né? O dia em que ele vai jogar razoavelmente… Ainda está pra chegar.

  • Igor Mendes disse:

    Bom resultado, mas Patrikão quase estraga tudo quando foi dominar uma bola perto da área pequena no 1º tempo, ainda bem que Victor estava atento; depois fez aquele cruzamento primoroso. Valeu pela vitória sem tomar gols!