Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

As situações distintas de Atlético e Cruzeiro na quarta-feira de Libertadores

Vamos ver se o Galo tem capacidade de reação ou se pode começar a dar adeus a mais uma edição da principal disputa do futebol do Continente. Prova de fogo para treinador, jogadores e por consequência diretoria, responsável pela montagem do grupo para esta temporada. Resultado negativo colocaria uma pá de cal em suas pretensões na competição. O adversário é dos mais fracos entre todos dessa Libertadores; Levir Culpi tem todos os jogadores do elenco à disposição e apoio da torcida com quase 50 mil pessoas no Mineirão. Mas essa pressão pela obrigatoriedade da vitória costuma ser difícil de se controlar.  A bola queima nos pés dos jogadores com menor controle emocional e caso a torcida comece vaiar antes da hora o drama aumenta. As derrotas para o Cerro, em casa, e Nacional em Montevidéu, apresentam a fatura contra o fraco venezuelano Zamora, às 19h15.

O Cruzeiro vive o oposto com as duas vitórias iniciais; em Buenos Aires sobre o Huracán e em casa sobre o também fraco venezuelano Deportivo Lara. Joga em Guaiaquil contra o Emelec, segundo colocado no grupo, porém, que não venceu ninguém. Dois pontos obtidos em dois empates sem gols: em casa contra o Huracán e fora contra o Deportivo. Será um jogo bem ao jeito que o técnico Mano Menezes gosta, para armar seus contra ataques e aproveitar uma ou duas oportunidades, se fechando depois.


» Comentar

Comentários:
16
  • Luiz Ibirité disse:

    Outro dia estreou um volante ai no atletico mineiro q deu chapeu e fez um gol muito bonito, choveram comentarios no post q tinha vindo um craque, q era ele e mais 10, agora vejo muitos comentarioa aqui mesmo desmerecendo o futebol dos volantes (alertei pra esperar pelo menos uns 10 jogos), acho q é melhor vcs esperarem passar o br19, deem tempo pra turma se ajustar q vai dar…..

  • Eduardo Silva disse:

    Ontem vi um jogão de bola entre o Athético Paranaense x Boca Jrs com o Furacão metendo 3a0 no time argentino. E Libertadores é jogo pegado, disputado, o time do Boca jogou muito, marcou, mordeu, chegou ao ataque e não conseguiu nem um golzinho.

    O Boca sempre joga fora de casa pra frente, em busca da vitória e com a costumeira catimba e raça argentina… não é a toa que acumula tantos títulos. Os jogadores brasileiros tem muito que aprender ainda com essa disposição e entrega dos hermanos em todos os jogos. Mas, o Alt do Paraná jogou muito tbém, competiu em alto nível e vai ficar em sua história essa grande vitória.

    O MAIOR DE MINAS trouxe mais um reforço para o ataque, o Pedro Rocha, que jogou muito no Grêmio, cara novo, velocista e que vem pra brigar pela titularidade. O próprio Itair tinha falado no início do ano que iam trabalhar pra ter 2 a 3 jogadores de bom nível em cada posição, pois só assim podiam brigar por títulos. Promessa sendo cumprida!

    Realmente cada jogador titular do clube tem que ter um reserva babando em seu cangote, pedindo uma brecha pra tomar a camisa! Lembro do Fábio mesmo, quando machucou e o Rafael tava voando e ficava a dúvida se ele tinha que voltar a ser titular, mas ai o cara voltou fininho, com excelente preparo técnico e físico e pegou de novo a confiança de todos.

    O Mineiro tem que ganhar ou ganhar hoje, senão o galo cai do telhado, porque ele já está lá tem muito tempo. A torcida tá cuspindo marimbondo porque a Diretoria não contrata ninguém, tem proposta pra alguns come-e-dorme saírem e não negociam e o Lero Lero do técnico não consegue dar padrão de jogo ao time e o PIOR é que o cara tá mal humorado…volta Levir…kkkk

    Agora o discurso é chamar a torcida pra encher o estádio, é doação de ingressos a todo custo e pedir o pessoal pra ir lá gritar o nome de Patrickão da Massa, Elias, Cazares , Usain Bolt, Periquito e cia… se perder, isso num vai dar certo…

  • Silvio T disse:

    Chico, a baixa venda de ingressos já mostra que a torcida do galo não acredita nesse time com o futebol série B mostrado até agora. E, com a vitória do Cerro ontem, o Atlético está virtualmente fora da próxima fase. Ou alguém acredita que esse time vai vencer os paraguaios fora de casa? Vão, fatalmente, mandar o Levir embora prá dar continuidade à longa novela de incompetência e desorientação iniciada exatamente com a demissão dele no final de 2015. E eu pergunto de novo: o que fazem todos os aspones com gordos salários da comissão técnica? Vão continuar lá, mamando grande, enquanto o próximo técnico também se estrepa? Ou teremos uma limpa geral prá contratar gente COMPETENTE, PROFISSIONAL, como o clube não tem desde o destruidor Nepomuceno?

  • Horacio Duarte disse:

    Ontem assisti ao jogo entre o atlético paraguaiano e boca juniors. O time brasileiro com um elenco em que alguns jogadores foram escorraçados do Galo, bem inferior ao boca, deu uma tremenda e sonora sova no estrelado time argentino. E o Galo com um elenco bem superior nesta situação em que se encontra. Já o elenco mais caro da america latina, o parmeiras, perdeu para um time quase rebaixado no campeonato argentino. E ainda tem gente achando que contratações vão tirar o Galo de onde está. Começar a ir no campo gente.
    Vamos torcer para que o Levir acerte o meio sem comprometer o ataque. Acho que o posicionamento dos volantes está ruim, todos os volantes foram expulsos este ano, e o que mais fazem e ficar correndo atrás da bola. O jogo de hoje é previsível, ataque contra defesa, esperando por uma bola. Já deu certo antes. Tem que resolver no começo, e acertar a bola parada.

  • PABLO DE OLIVEIRA disse:

    O maior problema do Galo não é o Levir Culpi.
    Temos um elenco muito limitado e com enormes carências como na Lateral esquerda, Volantes e camisa 10.
    Na lateral esquerda o Fábio Santos vive péssima faze e não tem reserva.
    Os volantes se juntar tudo não dá um, Zé Welisson é botineiro e caneleiro só sabe tomar cartão amarelo ou vermelho todo jogo, Jair é jogador de série B muto limitado, Adilson vive com problema físico não entra em forma nunca e tá sempre machucado e o Elias nem ele nem seu pai nunca quiseram vir para o Galo, só vieram por causa do caminhão de dinheiro que o Nepomuceno ofereceu ou seja joga empurrando com a Barriga escorado no seu alto salário de 400 mil por mês se ganhar ou perder não faz a menor diferença na vida dele, não tá nem aí para o Galo e para torcida.
    O camisa 10 só temos o Cazares que as vezes não vai bem, sem contar o banco que não tem nenhum jogador com poder de decisão para mudar uma partida.
    Por tanto pode mandar o Lervir embora e trazer o Guardiola se não contratar jogadores de qualidade para suprir as carências do time não adianta nada.

    • Audisio disse:

      Não concordo. Tele montava excelentes equipes com jogadores médios. Era muito bom para descobrir talentos. Excelente para fazer uma equipe jogar coletivamente. Trabalhava com muita intensidade npos treinamentos com variações táticas e principalmente repetição incansável nos fundamentos. Técnico faz crescer o potencial dos jogadores. Desenvolve o lado de equipe e impõe disciplina.
      Já vi muitas equipes serem montadas com grandes contratações porém sem a participação do treinador , jamais conseguiram se transformar em times ganhadores e inesquecíveis.

    • Gabriel Júnior disse:

      Pablo, o Levir veta as contratações!!!!

  • Alisson Sol disse:

    Time visitante tem de tomar cuidado. Olha o que o Boca levou ontem de volta para casa. O Athletico nem é lá tão bom, mas descansa o time do rural paranaense.

  • Pedro Vítor disse:

    Como previa, além da limitação do time do Atlético, a derrota para o Cerro Porteño, em casa, frustou e decepcionou bastante o elenco, expôs o técnico experiente Levir Culpi, e ainda colocou um “senão” perante as contratações que a diretoria havia realizado, como por exemplo, a dupla de zaga e o atacante colombiano Chará, que hoje é banco.

    Zamora, pode do ponto de vista técnico, não apresenta ser uma equipe forte, porém, o time do Atlético não passa o mínimo de confiança, e se formos olhar, o futebol Venezuelano, é realmente o mais fraco da América do Sul, mas diziam que o Cruzeiro iria golear o também fraco, Deportivo Lara, e não aconteceu, venceu se utilizando dos méritos de um sistema defensivo bem encaixado novamente, sistema este que no Atlético é péssimo, muito mal treinado!

    Eu posso dizer que o Thiago Larghi tinha uma equipe mais bem encaixada com os mesmo jogadores, e sem os reforços que o Levir tem hoje, apesar de na época a diretoria ter modificado e muito o time, mesmo assim o manteve lá entre os seis do Brasileiro, e realmente não ter um efeito no vestiário, porém, o que era pra melhorar, na minha opinião piorou, criou uma expectativa acima da realidade, e uma decepção maior ainda!

    Levir mexeu no esquema, deu errado, mexeu nas peças, deu errado, e agora já nem sei mais o quem é quem ali no meio de campo do Atlético, e sinceramente, fugir ou procurei coisas a fazer desde a derrota para o Cerro no Mineirão, dói ver o time nesta decadência, mas vou lá hoje novamente, afinal de contas temos que apoiar agora enquanto ainda há tempo de reação, acredito mais hoje na desclassificação, e vaga assegurada na Sul Americana, com reforços de Otero e Romero além da contratação de um lateral esquerdo dando outras opções ao Levir pra poder elevar o nível técnico da equipe. E é sério!

  • Carlos Henrique disse:

    É fazer oque esperar o jogo, contra o Zamora, ver a indefiniçao dos volantes.
    e torcer para esse volante, se vier a ser contratado
    consiga ser titular, nao conheço
    nunca vi jogar, apesar de ser muito novo.
    tem passagem na Europa, e Japao
    o tecnico Levir que pediu, conhece o jogador.
    menos mal, a responsabilidade é dele.
    nao podemos errar tanto em contrataçoes.
    Jair nao é jogador para o Atletico nem Jose welisson
    O Atletico nao tem dinheiro tirando Flamengo e Palmeiras
    ninguem tem.
    MAS OS CLUBES SE MEXEM
    Pedro Rocha veio por emprestimo.
    Jorge foi para o Santos por emprestimo
    e o Atletico trouxe Geuvanio que eu
    acredito que vai recuperar.
    mas nao entendo a avaliaçao de contrataçao no Galo
    juro que nao entendo.
    Bolt pode vingar,papagaio,Geuvanio.
    ate ai tudo bem, o Atletico recupera jogadores.
    mas qual o criterio de trazer dois volantes do Nordeste.
    nao entendo, nada contra jogadores do Nordeste.
    tomara que se vier esse volante de certo.
    vamos dar moral ao Fabio Santos, nao machuca e é bom lateral.
    nao sei por que a birra com ele.
    tanto tempo jogando caiu de produçao.
    e ate hoje nao contrataram outro lateral
    para reserva dele.
    gosto muito do Marques cara serio, bem intencionado.
    mas deveria ser gerente de futebol.
    diretor de futebol tinha, que ser um cara com mais experiencia

  • J.B.CRUZ disse:

    CRUZEIRO 3 X 1 Emelec …Palpite…
    galo 0 x 1 Zamora será.?? ou 1 x 1 ??..Palpite…

  • Creuzer Americano disse:

    Ótima contratação do Cruzeirão! Somente não concordo com essa história de jogar “1/3 do que jogou no Grêmio vai estar de bom tamanho!”Tem que jogar o que jogou no tricolor gaúcho,ou mais ainda!Esses caras ganham bem demais pra quererem vir aqui somente a passeio!

  • Claytinho do Nova Vista - BH ( Hexa-Campeão ) disse:

    A boa notícia do dia para a Nação Celeste, foi a contratação do Pedro Rocha !!!
    Agora sim temos um atacante velocista de verdade e com qualidade !!
    Se ele jogar 1/3 do que jogou no Grêmio, já vai tá de bom tamanho.
    Eu falava desse jogador aqui desde Dezembro. Ele pode chegar e não arrumar nada também. Mas pelo menos a Diretoria tá demonstrando que está atenta ao mercado.

    • Paulo F disse:

      Muito bom jogadoresse PEdro Rocha, dá trabalho pros marcadores.
      Fico me perguntando o que a diretoria do Galo anda arrumando que não se vê nenhuma movimentação de contratação, LEvir deve ter falado que tá satisfeito com o elenco….

      • Claytinho do Nova Vista - BH ( Hexa-Campeão ) disse:

        Caro Paulo F,

        Isso às vezes é fase. Também já vi seu time trazendo Tardelli, Ronaldinho Gaúcho, Robinho, entre outros grandes jogadores, enquanto na ocasião o Cruzeiro não trazia ninguém. E era barra…
        Trazer bons jogadores não é certeza de nada. Mas pelo menos nos mostra que a Diretoria tá fazendo a parte dela. O duro é quando a gente vê nosso time trazendo um “Zé das Couve” qualquer e ainda ter que aturar setorista que cobre o time, fazendo de tudo pra enaltecer, como se fosse uma grande contratação. Vide Arthur Morais pelo Cruzeiro e Cláudio Resende pelo Atlético Mineiro.
        O dia que eu ouvi o Cláudio Resende falando do tal do Natan, eu pensei: “Se eu não conhecesse um pouquinho de futebol, eu ia achar que tava chegando um craque”… rs Depois, quando ouvi ele falando do zagueiro do Botafogo ( Esqueci o nome agora ), destacando que o cara parece que tava no segundo curso superior, eu pensei: “Não deve ser grandes coisas também”.
        Por isso que a gente tem que ter olho clínico e opinião própria, pra não embarcamos na onda desse tipo de setorista.

        Abraços