Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

A decadência do nosso futebol, dentro e fora de campo

Filho e auxiliar do Tite, durante o empate com a Venezuela.

Copa América no país. Dentro das quatro linhas a seleção da CBF ganhou com dificuldades da Bolívia e empatou sem gols com a Venezuela. As duas piores seleções da América do Sul. O conceituado jornalista e escritor argentino, Jorge Barraza‏, twittou depois do 0 a 0 de ontem: @JorgeBarraza “Los más indignados con el VAR son los hinchas de los equipos que durante 80 años se robaron decenas de campeonatos. Para los otros es una bendición. Hoy el árbitro, sin VAR, hubiese validado los 2 goles de Brasil, pero la cabina lo fiscaliza, no puede hacer cualquier cosa.”

Não sei se durante 80 anos, mas, dos anos 1980 para cá, lembro-me de muitos jogos em que a seleção brasileira foi ajudada pelas arbitragens. A mais escandalosa foi pelas oitavas de final da Copa do Japão/Coréia2002, contra a Bélgica. Em 17 de junho eu estava lá no Wing Stadium de Kobe/Japão e vi o árbitro jamaicano Peter Prendergast anulando gol de cabeça do Wilmots, sob o argumento de ele cometera falta no zagueiro Roque Junior. Só o jamaicano enxergou essa falta. Se houvesse VAR o gol teria sido validado. Uma vergonha. O time belga mandava no jogo e a partida estava zero a zero.

Fora de campo, fatos sintomáticos que mostram porque não evoluimos, começando pela falta de renovação de quem manda em nosso futebol. Os chefões que mandavam na época dos 7 a 1 da Alemanha foram afastados oficialmente do poder pelo FBI e pela justiça brasileira, mas escolheram seus sucessores, que estão lá.

O país criou até leis anti-nepotismo, que são dribladas nos poderes públicos. No futebol, que é privado, mas que também é público, o bom senso deveria prevalecer e os exemplos deveriam vir de cima. Aí leio o jornalista gaúcho Marcos Bertoncello: @mbertoncello: “Repórter: “Você não acha antiético ter seu filho como auxiliar na Seleção? É um bom exemplo para a sociedade brasileira?” Tite: “Tenho muito orgulho da capacidade do Matheus. Ele tem condições para a posição na qual está. E foi campeão brasileiro no Corinthians comigo.”

Fica a pergunta: para quê isso Tite? Desgaste desnecessário para os dois e para a seleção. Ele poderia estar seguindo o caminho dele em qualquer grande clube, já que é competente, e até chegar à seleção pelo próprio trabalho, em outro momento. Mas…

Pra concluir, o ex-goleiro e atual treinador da Venezuela, reclamou da organização brasileira da Copa América, começando pelo gramado, como fez o técnico da Argentina semana passada e disse mais: “Quando vamos para uma Copa no Brasil, imaginamos o melhor cenário possível, mas fomos surpreendidos. A estrutura logística e de hotéis não está à altura de uma Copa América, muito menos no Brasil. É uma crítica construtiva.”

Continuamos mal, e há espaço para piorar mais.


Deixe uma resposta para Marcão de Varginha Cancelar resposta

Comentários:
17
  • Marcos disse:

    O futebol brasileiro(e sulamericano) do jeito que está, não irá perder lugar só pra Europa. Tem tudo pra se nivelar ao sudeste asiático onde futebol praticamente não existe. E ainda tem o caso do Cruzeiro, que segue ameaçadíssimo de ser atingido por uma “barragem’ bem cheia de denúncias de corrupção, estelionato e lavagem de dinheiro. Se essa barragem se romper, era uma vez o Cruzeiro Esporte Clube…

  • Juliano Salvador disse:

    Tem um advogado do diabo no blog. Ele usa um nome pra atacar a diretoria do Cru Cru e outro pra defender, mas o KKkk é emblemático. Pior de tudo são os argumentos esdrúxulos, outro dia ele disse que o Cru Cru não queria ganhar a CB 2014, pois estava preocupado com o Brasileirão, Kkkk. A cigana que te falou que tu defende alguém só queria seu dinheiro. Maria kkkk, kkkk. Vai morrer de fome coitado!

    • Germano Brás disse:

      Pior de tudo, escreve um jornal para enaltecer os títulos azulinos e começa por título Via Fax.

      • Eduardo Silva disse:

        É isso mermo, Germano Brás!!
        O Cru Cru ganhou esse título com uns pernas de pau chamados Tostão, Piazza, Dirceu Lopes, Raul…como pode esses perebas ganhar do Santos de Pelé de goleada, fora os ameaço?

        Fiquei sabendo que nessa época, sabe quem era o chefe de arbitragem da CBD ?? sabe quem?? sabe quem?? ELE MESMO, meus amigos!! Benecy Queiróz!! Itair Machado também foi bandeirinha nesse jogo!! E Perrela era quem anotava tudo na sumula, comandava o Departamento de Fax e mandou mudar o nome da Copa do Brasil!!Tá tudo explicado!!

        Esse Cru Cru sempre dominou tudo mesmo!! UM ABSURDO!!

        • Germano Brás disse:

          Era Copa do Brasil, regionalizada, sem os melhores times do país, tinha até time amador, o Rabelo. O grande Santos que você fala jogou 4 jogos somente na competição perdendo 3. Ai pagaram uma grana ao ricardo teixeira e ele homologou com tremenda vibração no recebimento do FAX. Cuidado, essa taça nem deve existir mais, lá na Toca eles vendem tudo… Até “minino” de 11 anos.

  • Silvio T disse:

    Como diria o Pinguim: “e o Maduro, heim? Está rindo atoa”. Kkkkkkk
    Estive no Mineirão no jogo galo e Palmeiras e, pra minha surpresa, vi que a torcida do porco também sacaneia a execução do hino nacional o tempo todo. Já passou da hora de acabar com essa palhaçada de tocar hino em toda partida. Deveria ser executado somente em jogos da seleção e em confrontos contra times do exterior. Do jeito que está é uma banalização que só desvaloriza um dos símbolos da nossa maltratada pátria.

  • Pedro Vitor disse:

    Será que a Floresta também está pegando fogo ?

    Tem uma criança desaparecida!

    Ou será que o lobo mau papou

  • TONICO disse:

    Seleção que não representa ninguém! Aliás, o esporte é reflexo da sociedade: Brasil é um Estado que não é Nação! (Renato Russo). Hino Nacional é vaiado nos estádios mineiros na parte “imagem do Cruzeiro resplandece”. Como se o hino tivesse sido escrito para homenagear o clube: o hino é de 1831; o clube já teve várias datas de nascimento, mas acho que consideram 1921 (90 anos depois). Jogo no Itaquerão, jogador do Palmeiras é vaiado. Jogo no Beira Rio, jogador do Grêmio é vaiado. Ninguém se identifica de fato com a seleção, como não se identifica com a pátria. Nosso Estado não é Nação! Aqui é cada um por si e Deus contra todos (Titãs)! Trabalho para reconquistar o público vai muito além de voltar a jogar futebol. É preciso educar muitas gerações ainda.

    • Eduardo Silva disse:

      Oras, Tunico, Você ia tão bem, ia tirar um dez com louvor ai você escorregou em um argumento infantil utilizado por muitos aqui nesse blog: ‘..o clube já teve várias datas de nascimento…” se referindo ao Cruzeiro.

      Oras, SE não sabe da história, realmente o Cruzeiro foi fundado por uma colônia Italiana como Societá Sportiva Palestra Itália, de trabalhadores de fábricas, ao contrário de Atlético e América que tinham o seu plantel constituído de estudantes universitários procedentes das famílias influentes e ricas da cidade. No elenco do Palestra figuravam atletas que exerciam a profissão de pedreiros, pintores, caminhoneiros, comerciantes e marceneiros, que eram os filhos dos imigrantes que vieram construir a nova capital, por isso que veio tbém a frase: Verdadeiro Time do Povo! Depois por causa da 2a Guerra Mundial mudaram para Cruzeiro Esporte Clube.

      O Atlético teve como primeiro nome Athlético Mineiro Football Club e em 25/03/1913 mudaram para Clube Atlético Mineiro e dizem as más línguas que se chamou Higiênicos também…

      E qual o problema em mudar de nome? qual o demérito? Eu sinceramente não entendo porque alguns atleticanos “comemoram” como se fosse um título a frase: meu time nunca mudou de nome! O que eu já ensinei que é uma inverdade, correto?

      Mas talvez a carência de títulos seja a resposta por comemorarem essa infantilidade de seu time já mudou de nome e o meu não…
      Saudações do Palestra Itália de Minas!!
      Segue o jogo!

  • Marcão de Varginha disse:

    Mesmo nadando na mer.. há torcedor por ai querendo alfinetar o adversário, e “esquecendo” que antes de querer se vangloriar deveria se preocupar mais com as mazelas, acusações, suspeitas e outras aberrações que rondam sua própria casa..
    – #benecyetrnomito

    • TONICO disse:

      A arrogância está em vias de ser castigada! Cabaré está queimando lá. Deixem que usem seus perfis falsos e que sejam moralistas tão falsos quanto. A coisa está fora do controle. Casa caiu e não tem volta. Preocupemo-nos tão somente com o Galo.

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, bom dia,

    Eu sinceramente joguei a toalha pra esse Tite Lero-lero após esse jogo de ontem! A Venezuela toda armada lá atrás, tomando sufoco, o time do Brasil entrou com dois volantes e o cara tira o Firmino pra colocar Fernandinho??? PQP, chatura ducarai!!

    Põe mais um atacante, põe o Lucas Paquetá, põe os meninos em cima dos caras pra tentar o gol!! Mas, não, técnico de futebol fala que vai colocar um terceiro zagueiro ou um volante de marcação pra liberar os laterais… pura balela, o próprio time adversário não muda sua postura, ao contrário de vc colocar mais um atacante! Ai o adversário tem que se mexer pra não deixar mano a mano, tem que dobrar a marcação! isso é fato!

    O próprio Galvão perguntou ao repórter de campo: quem vai entrar? ai o cara: Fernandinho! E o Galvão: Hãã ??? e ficou aquele silêncio, ninguém entendendo nada! virou até meme na internet! kkk Que faaasseeeee…kkk Esse Tite com suas explicações empoladas vai acabar morrendo abraçado com seus protegidos! Ele trouxe o Willian pro lugar do Neymala, o cara de férias, poderia tá curtindo a família na Europa e vai passar esse torneio todo no banco? sacanagem com o cara que poderia ter entrado também no lugar de um volante.

    Outra coisa é que esse time da Venezuela é bem armado, jogadores jogam na Europa, boa preparação física e não se intimidaram jogando contra o Brasil! Mas os técnicos dos times brasileiros tbém tem essa dificuldade de furar linhas de defesa bem postadas e além de não ter variações de jogadas e de esquemas táticos, não tem coragem de por o time pra frente, tudo cagão!

    O Fernando Diniz que é uma exceção, terminou aquele jogo contra o Cruzeiro sem nenhum zagueiro e com meninos de 16, 17 anos empatando o jogo em 2a2 e perdendo nos penaltis, um castigo que não mereceu!

    O Tite quando sair da seleção poderia vir treinar o Alt Mineiro, pagar “aquela” dívida e colocar Patrick, Elias, Cachares e Luan pra jogar bola! kkkk Se bem que o interino tá fazendo um bom trabalho, mas já caíram pra QUINTA colocação, será que após a Copa vai ladeira acima ou ladeira abaixo?? kkk

    O Cruzeiro a minha teoria é que nada está tão ruim que não possa piorar, mas não acredito que esse elenco termine na zona de rebaixamento, porque tem muito clube que entra só pra “participar” mesmo como Avai, CSA, Chape, Fortaleza, Alt Mineiro, Ceará, não ganham nada, só se mantem na série A.

    MAS…MAS… na dúvida, já vou ensaiando: Vamu subir Zeroooo…. Vamu subir zerooooo…kkkk

  • STEFANO VENUTO BARBOSA disse:

    E o Galo, quantos brasileiros teria?
    Quanto a nossa seleção, falaram ontem uma coisa certa, essa seleção faz lembrar a última geração da seleção de basquete, cheia de bons nomes, mas sem ninguém decisivo. Nem pela vaia, porque já vi a seleção ser vaiada outras vezes, mas pela péssima organização, time previsível e técnico hipervalorizado.

  • Marcos disse:

    O jogo de ontem deu mais uma certeza de que essa Copa America o Brasil não leva.
    E outra certeza, a da eliminação do Brasil da Copa de 2022.

  • Pedro Vitor disse:

    O Tite é até merecedor de estar lá, coisa que o Dunga não foi quando lá esteve, mas o Tite não tem o perfil da história da Seleção brasileira, obviamente me refiro ao estilo de jogo, e também as preferências de escolher os melhores, já que là tem de levar os melhores e montar equipe com os melhores.

    Do 7 a 1, pagaram o preço o Felipao, o Bernard, e o quem ali estava gastando o dinheiro pois aí está Thiago Silva, Daniel Alves, Fernandinho, e cia.

    Não sou mais um fã de seleção brasileira desde de que comecei a questionar a Cbf das artimanhas pra prejudicar o Atlético, eu sou mais contra que a favor, mas como vivenciamos tudo isso, podemos falar se pronunciar sobre, temos até uma análise mais fria de quem torce e não enxerga tais coisas

  • Pedro Vitor disse:

    Corinthians este que gamhou campeonato brasileiro muito ajudado pela arbitragem em 2015, com Tite no comando, esse aí não me engana, é do time dos corruptos, fica caladinho, e de prêmio vai pra seleção brasileira né

    Tudo de ruim pra compactua com Falcatrua!