Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Chuva de gols perdidos pelo Galo e o equívoco do treinador em achar que pontos no Brasileiro são recuperáveis

Rodrigo Santana em foto do www.atletico.com.br

Amanhã tem Atlético x Botafogo no Independência e o empate garante o Galo nas semifinais da Copa Sul-Americana. Claro que o Rodrigo Santana não pode escalar o time pensando em empatar, mas também não pode se jogar todo ao ataque porque os cariocas não estão mortos e são aguerridos. Nessa maré de incompetência nas finalizações do Ricardo Oliveira e Alerrandro, não dá para entender o por que do técnico atleticano não “oportunizar” (alô Celso Roth) ao Papagaio, que teve poucos minutos de chance desde que veio do Palmeiras.

Rodrigo Santana precisa também se atualizar e melhorar o seu discurso em termos de cobrança e motivação do elenco que comanda. Depois do absurdo empate no Horto com o Fortaleza, após estar vencendo por 2 a 0, ele disse que diferentemente da Copa do Brasil, no Brasileiro é possível recuperar os pontos perdidos. Nada disso, recuperar como? Num campeonato que pode ser decidido por saldo de gols ou número de vitórias, um único ponto vale ouro. Então que história é essa de recuperar? Aqueles pontos perdidos em casa contra o Fortaleza teriam amenizado os perdidos contra o Goiás em Goiânia, mas jamais recuperados. O Atlético está em quarto lugar no campeonato. Não fossem esses pontos desperdiçados “bobamente” estaria brigando com o Santos e o Palmeiras no topo da classificação.


Deixe uma resposta para Silvio T Cancelar resposta

Comentários:
2
  • Silvio T disse:

    Chico, se o estagiário 2 conseguir a façanha de ser desclassificado pelo Botafogo amanhã, tenho certeza que já sai do Indepa demitido. Falta de vergonha na cara tem limite, até para os burros incompetentes que dirigem o galo. Vou repetir: Dorival Júnior está solto no mercado. Quando lembro do que os come-dorme do Atlético fizeram contra o Fortaleza e Goiás, me dá uma saudade do Carlos Alberto Silva. Aquele sim, perdia o emprego mas dava porrada na cara de jogador vagabundo que não honrava a camisa que vestia!

  • Horacio disse:

    Prezado Chico, o Galo perde muito tempo trocando de técnico, atendendo ao ‘clamor’ de um bando de gente que não entende nada de futebol. Não tem uma equipe bem treinada, os buracos na defesa continuam, e a bola não chega redonda na frente. O elenco não é lá estas coisas e aos trancos e barrancos, já disputou-disputa, mal, 4 torneios, jogando quase sem treinar.

    Vão cair na real gente, não tem dinheiro, e gastou o que não tinha com um monte de velhos que não jogaram nada, sendo obrigado a vender o pouco que surgiu de bom. Contratações muito aplaudidas na época, diga-se de passagem, por se tratarem de ‘cracks’. Resumindo, é o que tem e não vai fazer milagres. Está em uma posição muito acima do futebol que apresenta. Esta é a realidade.