Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Rogério Ceni deve estar se lembrando do que ele fez com Ney Franco no São Paulo

A frase “aqui se faz, aqui se paga”, entra em cena mais uma vez. Apesar de quê, como disse o leitor Marcelão Alves Souza “… isso nao justifica a panela do Cruzeiro”, que está afundando o time.

Como treinador do Cruzeiro, o ex-goleiro do São Paulo bateu de frente com uma das principais estrelas do time, Thiago Neves, amigo e defensor do principal dirigente do clube, Itair Machado. Para complicar, o zagueiro Dedé, outra estrela de primeira grandeza azul, passou a defender a volta do TN30 como titular. Não tem jeito de aguentar. Aí lembrei-me de 2012, quando Rogério Ceni era ídolo maior e principal “manda chuva” do elenco sãopaulino e peitou de todo jeito ao recém-contratado técnico Ney Franco, que o encarou e teve a solidariedade de muita gente. Notícias da imprensa na época:

ESPN -6 de agosto de 2012

“Ney Franco acusa Ceni de mandar no São Paulo”

***

Agência Gazeta Press – 25/10/2012

“Após bater de frente com Rogério Ceni, Ney Franco ganha parabéns de Emerson Leão”

“O futebol de hoje está esquisito, tem muito clube em que não é o treinador que manda. Hoje é o rabo que balança o cachorro”.

***

Uol – 26/10/2013

Muricy reprova atitude de Rogério Ceni em polêmica com Ney Franco: “tem hierarquia”…

***

Estadão – 09/11/12

“René Simões indica que ingerência o tirou do São Paulo”

Dois dias depois de acertar a sua saída do cargo de diretor técnico do Centro de Formação de Atletas (CFA) do São Paulo, René Simões tentou explicar, em texto publicado na sua página pessoal no Facebook, o que o fez pedir demissão do posto. Ele indicou que houve ingerência no seu trabalho e comparou a situação com o entrevero recente entre Rogério Ceni e Ney Franco…

Na sequência, ele citou o entrevero Rogério Ceni e Ney Franco, quando o capitão pediu a entrada de um jogador durante a partida, o treinador colocou outro e o goleiro expressou seu descontentamento, ainda durante o jogo…”

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro


Deixe uma resposta para J.B.CRUZ Cancelar resposta

Comentários:
13
  • Paulo Sérgio disse:

    Abelão, Dorival, Felipão, ninguém quer vir pro crucru. O ambiente pegou fogo no vestiário lá em Fortaleza e a imprensa mineira tratando apenas como troca de beijinhos. Perrela se une a Gilvan em prol do crucru, mas os caras viraram inimigos ainda a pouco, esses são passageiros e sempre acabam em inimizades. Neste episódio ficou claro, quem manda no crucru é Thiago Neves, o melhor amigo do Itair dentro da instituição.

  • huener disse:

    Caríssim@s, bom dia.

    O perfil de treinador que o Cruzeiro precisa é de alguém que chegue e gerencie as responsabilidades dos mais experientes do grupo, que chegue e fale: fulano, qual é a posição que você mais rende. Então tá, você vai treinar e jogar lá. Vai ser tipo jogar aqueles jogos de simulação mesmo (manager). Assim, só vejo dois treinadores que se encaixam nesse perfil: Marcelo Oliveira e Givanildo. Eu tentaria trazer o Givanildo, pelas experiências dele no América, ele consegue organizar a defesa e não fica inventado. No ano passado, no período que o Giva esteve a frente, o América só caiu por conta daquele último jogo, e porque faltou jogadores com qualidade. Isso o Cruzeiro tem. A torcida cruzeirense já se posicionou: vai cobrar desses jogadores diante da forma que Mano e Ceni saíram. Então, é bom que seja alguém apaziguador. Nomes como Adilson e Felipão, apesar de bons treinadores, vão bater de frente. E não sei se é isso que o Cruzeiro precisa.

    Fica aí a sugestão.

  • J.B.CRUZ disse:

    O único Treinador que pode ”domar” AS feras é o ”FILIPÃO” ..

  • Claytinho do Nova Vista - BH ( Hexa-Campeão !!! ) disse:

    Estava na cara que isto ia acontecer.
    Há poucos dias eu comentei aqui que muito provavelmente o Ceni seria fritado. E não deu outra.
    Quem observa o que vem acontecendo no Cruzeiro com a razão que o momento requer, sabe que a coisa está de mal, mas muito mal mesmo à pior.
    E sinceramente, o que essa gestão bandida e corrupta vem fazendo, será bem feito se o Cruzeiro manchar sua história com uma segundona.

  • Ferreira disse:

    A bíblia diz: “Tudo o que o homem plantar, isso também colherá.” Gl 6.7.

  • Leonardo Campos Teixeira disse:

    Para a Maior de Minas.

    Uma torcida para a qual não existe limite, uma torcida que não só vai ao estádio, como busca e leva os jogadores no aeroporto, uma nação para qual toda partida é um possível passo rumo à conquista

    Um clube de dimensões gigantes, capaz de calar um Maracanã lotado, como também quase um contato com o espiritual e uma compreensão da essência de uma torcida que é ao mesmo tempo composta do mais pobre e honesto trabalhador e do mais rico político envolvido em delações.

    Um time que não pode se contentar com menos do que a vitória, nem pode ser qualquer vitória, porque é preciso vencer não apenas com futebol, mas também com raça, porque fomos mal acostumados. E porque o Cruzeiro não é apenas saber jogar futebol, mas sim querer, e querer muito, e querer até o final, jogar o futebol que for preciso para vencer.

    Esse é MEU CRUZEIRO. É por isso e muito mais que você me cativou antes de nascer.

    Estão me matando aos poucos. Me tiraram o prazer de ir ao estadio. Me confundem com essa corja que está em sua direção, quando em uma padaria ou algum restaurante onde frequento me fazem aquela pergunta: ” e o Cruzeiro”? Não sou responsável pelo Cruzeiro, mas, me perguntam como se fosse.

    Pode me matar Cruzeiro, eu sou mortal. Você, Cruzeiro Esporte Clube, sei que não morrerás. Sei que continuará de uma forma ou outra pois sua imortalidade é garantida pela sua grandeza. Porém, eu os Pedros, Josés, Anas, Vivianes que compõem os 09 milhões que te acompanham, não merecemos.

    Não te abandonaremos. Apesar de machucados, lamberemos as feridas como uma raposa. Iremos até o final, pois esse final há de ser difícil, mas longe de ser impossível.

    Eu sou Cruzeiro. Hoje mais do que ontem, menos que amanhã.

  • Luís Cláudio disse:

    A frase do Marcão ex palmeiras cai bem ao Ceni: cuidado com quem te abraça. Todos sabiam que aquele tratamento amistoso frente as câmeras era falso. A diretoria deveria colocar TN-30 como técnico, gostaria de ver ele derrubando a si próprio. Pega fogo cabaré!

  • Luiz Ibirité disse:

    Quando Rogerio foi anunciado eu me lembro q nao achava o melhor nome, preferia o Adilson batista, Ceni nao tem identificação nenhuma com o Clube, mais um erro da diretoria (omissa diga se de passagem) o momento é tão delicado (mais do q era antes) q esta mesma diretoria deve estar quebrando a cabeça pra achar um nome, pior que quem vier ja tem de estar encaixado numa enorme chance de o planejamento ser a Série B (que fase…).

  • STEFANO VENUTO BARBOSA disse:

    O mundo dá voltas…E vou te dizer, o Ceni só não veio pro Galo por conta do episódio da garrafa d´água com o Ronaldinho. Aquilo machucou o ego dele profundamente e o Galo passou a ser uma mancha negra no seu currículo, na memória. É um sujeito orgulhoso, como jogador foi um vencedor, mas demorou a se aposentar e chegou a correr o risco de apagar da memória do torcedor os feitos notáveis, que ele fez como jogador. O futebol é assim, tudo é um castelo de areia. O primeiro erro do Ceni foi não analisar corretamente os riscos de vir pro cruzeiro. Não se informar. O elenco do cruzeiro foi superestimado, ganhou um mineiro e ao se classificar em primeiro na fase de grupos de libertadores, ninguém avaliou o que realmente de melhor o time tinha feito e não foi nada. O mineiro foi uma decisão polêmica e questionável. Os adversários da libertadores eram times ruins. Além disso, já tem muito jogador com prazo de validade vencido, não falo de idade, de desafios.

  • Roger Campos disse:

    Lá no meu Galo está a mesma coisa, só que o técnico não tem culhões para enfrentar medalhões.
    Atenção diretoria, Cuca está na pista.

  • J.B.CRUZ disse:

    CARO EDUARDO SILVA:
    Comentário Irretocável; Direto e Imparcial.. 10 !!!..