Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Ansiedade, arrogância e incertezas na expectativa do recomeço do futebol no Brasil

Foto: twitter.com/Mineirao

Impossível dizer qual a atividade econômica e qual categoria profissional está sendo mais prejudicada, somando mais prejuízos em função da Covid-19.  Certamente as que estão no “fim da fila”, para receber o sinal verde das autoridades sanitárias, para retornarem. O futebol é uma delas.

E quando você pensa que este terror pelo qual passa a humanidade faria as pessoas refletirem mais, dialogarem e serem mais solidárias, brotam rompantes de arrogância e insensatez, aos montes, Brasil e mundo afora, no futebol inclusive. No Rio, Botafogo e Fluminense têm posições diferentes de Flamengo e Vasco, quanto à hora de voltar aos treinos e às competições. Mas o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, que até hoje não resolveu a questão das indenizações às famílias dos jogadores da base, mortos no incêndio do Ninho do Urubu, saiu com essa frase, em entrevista à Fox Sports: “… além do tamanho e da importância que o Botafogo hoje tem, é um indicador que, se eles (Botafogo) discordam, é uma indicação muito forte que estamos no caminho certo…”.

Certamente este presidente ainda não experimentou na vida a adaptação da frase do Nelson Rodrigues, de que “toda a arrogância será castigada”. Deve desconhecer que o Brasil é o segundo no nefasto ranking de mortes no mundo: 23.522 e que o Rio de Janeiro contribui com inacreditáveis 4.125 pessoas, disputando com São Paulo qual estado é o primeiro.

A volta do Campeonato Alemão aumentou a ansiedade de quem aguarda essa volta no Brasil, mas a realidade de cada país é completamente diferente. Começando pelo início da pandemia. Lá, começou dois meses antes, sem falar no comportamento da população. Para ficar em um único exemplo, o técnico Heiko Herrlich, 48 anos, do Augsburg, não pôde dirigir o time no jogo contra o Wolsfburg (que venceu por 2 a 1 ), porque deixou hotel da concentração para dar uma chegada num supermercado e comprar uma pasta de dente. Esqueceu a máscara e teve que ficar “preso” no quarto do hotel por alguns dias, para cumprir os tais protocolos e refazer exames.

– Cometi um erro ao deixar o hotel. Mesmo que eu tenha seguido todas as medidas de higiene tanto ao sair do hotel quanto na volta, eu não posso desfazer isso. Nessa situação, eu não agi como um modelo para o meu time e para o público, disse ele.

Convenhamos, não teríamos muitos exemplos como este por aqui. Neste esboço de retorno dos nossos times em Minas, as notícias são muito positivas no que se refere aos cuidados de Atlético, Cruzeiro e América, porém, o reinício do Campeonato Mineiro e começo do Brasileiro continuam cercados de incertezas.


Deixe uma resposta para Germano Brás Cancelar resposta

Comentários:
14
  • Eduardo Silva disse:

    Chico, boa tarde,

    Estamos vendo que os clubes da capital, Cruzeiro, Atlético e América, os jogadores já voltaram aos treinamentos físicos, em grupos separados por horários, cercados de muitos protocolos de saúde.

    Sinceramente na minha opinião tinha que declarar encerrado o Campeonato Mineiro, SEM campeão, porque se voltar a disputar os restantes dos jogos, será prejudicial aos times do interior que já dispensaram seus jogadores e mesmo assim se fosse retomado, estariam atrasados em sua preparação física em relação aos três da capital.

    Sobre a questão da TV e patrocinadores que já pagaram esses jogos, tem que compor para campeonatos futuros, todo mundo tá saindo perdendo, todo mundo tá tempo prejuízo, então não adianta esse argumento que tem que jogar os jogos faltantes.

    O Campeonato Brasileiro de todas as séries poderiam ser disputados em turno único e intercalado pela Copa do Brasil e Libertadores. Se não tiver datas que retomem no ano que vem essas copas.

    O Brasil como é um país continental existem diferenças entre os estados no grau de contágio dessa pandemia, pois tem cidades mais controladas que outras e com maior capacidade de atendimento hospitalar e também diferença entre os países vizinhos.

    Não vejo como ser diferente essa retomada da forma que citei, pois já estamos encerrando o mês de maio e entrando no sexto mês do ano, ou seja, metade do ano já foi pro espaço.

    Vamos aguardar, mas o trem continua feio com buraco no meio!

  • Márcio Luiz disse:

    Chico,
    sinceramente, fosse eu o presidente do Galo não renovaria o contrato do Blanco e do Jair ao término destes. Ou até buscava uma rescisão “amigável” (isso existe?)
    Não tem cabimento o número de contusões seguidas que esses dois jogadores têm; sobretudo o Blanco.
    Pelo que se sabe, trata-se de atletas muito profissionais, porém parecem “condenados” fisicamente pra a prática do futebol. E o clube vai pagando, pagando… e esperando algum retorno. Não dá!
    “Remember” o ex-volante Seginho, um craque, mas que após tanta cirurgia simplesmente desapareceu da prateleira de cima do nosso futebol.

    Claro, essa é a minha opinião.

  • Germano Brás disse:

    Pai Pedro disse que pagará a dívida do Zorya e cru cru não perderá pontos mais. Um dia o Mecenas vai querer receber de volta com juros e correção.

  • Raws disse:

    Já que foi tocado o tema pandemia, a maior constatação é:
    A humanidade não tem concerto!
    Esperar o que de pessoas, que aumentam os preços aproveitando de um grave momento de saúde e caos social?
    Esperar o que de pessoas que mesmo sendo extorquidas com essas elevações dos preços, ainda correm e compram quantidade exagerada sem se preocupar com os outros?
    Esperar o que dos seres que, aproveitando da almejada calamidade pública, superfaturam até respiradores artificiais?
    Esperar o que de uma nação dividida ideologicamente, que nem nesse momento marcam trégua?
    Esperar o que dos personagens ligados ao futebol, que recebem tudo dos torcedores, retribuem uma centésima parte e em meio a tanta tragédia, deles, os abastados, quase não se percebe solidariedade?
    Quem sabe pelo menos resultados positivos apareçam,
    que o povo perceba quão indevida se faz essa idolatria.

  • mauricio souza - serrano disse:

    Tem razão de ganhar vários títulos:
    https://www.otempo.com.br/superfc/cruzeiro/falcatruas-no-cruzeiro-podem-cassar-titulos-proibir-registros-e-desfiliar-clube-1.2341943
    Olha aí Marcão de Varginha, como é feita as coisas lá, um abração

    • Marcão de Varginha disse:

      O clube celeste jamais será um exemplo à não ser seguido!
      – Já está na eternidade as palavras confessas “daquele” dirigente, e isso ninguém tira!
      – #benecyeternomito

    • Eduardo Silva disse:

      Ansiedade, arrogância e inveja realmente é uma praga…kkk Isso aqui tá parecendo revista de fofoca!
      O Super FC faz uma matéria em tese, uma narrativa, mas o pessoal da “torcida sem título” fica querendo desmerecer os títulos que o Cruzeiro ganhou DENTRO DE CAMPO!

      Aponta ai qual título que o Cruzeiro ganhou na mão grande e fazendo alguma atitude anti desportiva ou que seja contra as regras do futebol.

      O futebol de Minas realmente daqui pra frente é só vexame porque tem clube que não ganha nem de Afogados da Ingazeira, fora que estão com tres meses de salários atrasados, dívida de mais de 700 milhões e o pessoal preocupado com o crucru??

      sabem de nada, inocentes…kkkk

      espaço reservado para os adevogados de vaginha: _______________

      • Jeremias disse:

        Pior é o grande time das galáxias que perdeu dentro do Mineirão para o CRB 2 x 0. Memória curta em Advogado do Diabo!

      • mauricio souza - serrano disse:

        Eduardo, não sou eu que estou falando, é o Super, pergunte a eles, não é a mim que você tem que perguntar, mais que ficou meio estranho aquela copa do Brasil em cima do curinga ficou, pois nunca vi anular um gol daquele que o Pedrinho fez, ainda tem aquele pênalti do Leonardo Silva, meio estranho em que perdemos o mineiro

    • Jeremias disse:

      Novidade nenhuma Maurício. Esse é o time NEBULOSO!

  • Ed Diogo disse:

    O meu modo de ver a humanidade não aprendeu a lição com o covid-19 quem não foi atingido continua com a mesma ganância egoísmo arrogância.
    Não enxergaram ainda que nos temos que mudar no jeito de pensar e agir.

  • Silvio T disse:

    A maior interessada na volta do futebol no Brasil é a rede globo. E com o Sport TV sendo espancado por ESPN e Fox na audiência com os jogos do campeonato alemão, o desespero da globo aumentou ainda mais. Ou seja, o futebol VAI VOLTAR rápido por aqui. Ela é que manda.