Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

E o Cruzeiro continua flertando com novo rebaixamento

Foto: twitter.com/AvaiFC

Como disse o Alexandre Simões, do Hoje em Dia/Rádio Itatiaia: “Não subir seria um novo rebaixamento”. Mas a situação é pior, já que além de distante da parte de cima da classificação, está cada vez mais próximo da zona da Série C.

O motivo é óbvio: falta assumir que está disputando a Série B e disputar cada partida como tal. Sem falar que a qualidade técnica dos jogadores deixa a desejar. A uns falta experiência, a outros, futebol e muitos já estão com a data de validade vencida. Mais uma derrota, em casa, contra o também sofrível Avaí, mostrou isso ontem à noite.

O Samuel Venâncio, repórter que cobre o dia a dia do clube, postou uma frase do técnico Ney Franco, após a derrota, que diz tudo: @samuelvenancio “Ney Franco disse que nos treinos tudo está funcionando. Só não está conseguindo trazer pro jogo.”

Aí entra a famosa frase do Didi, campeão do mundo com a seleção em 1958: “      Treino é treino; jogo é jogo!”.


» Comentar

Comentários:
34
  • Luiz Rossi Filho disse:

    Este Renato Gaucho já está enchendo o saco, pois toda derrota ele arruma uma desculpa. Está na hora de reconhecer que o trabalho dele já deu o que tinha de dar no Grêmio, ele não consegue mais tirar nada dos jogadores, e joga a culpa no calendário, no VAR, no Juiz, que a bola bateu na trave chega de desculpas esfarrapadas e reconheça que não está conseguindo fazer o time jogar. E esta mídia carioca e paulista apoiam, quando o time joga sem um, dois titulares e colocam a culpa da derrota nisto, então eu pergunto, e os outros jogadores não servem? Vai chorar na cama que é lugar quente.

  • Walter Pereira Gallo disse:

    Chico, só digo uma coisa:. A culpa não é do técnico!!!!

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, boa tarde,

    Como alguns aqui estão pedindo, lá vamos nós, repercutir a derrota do MAIOR DE MINAS:

    Esse seu post sobre o CRUZEIRO teve 25 comentários postados até agora as 15:53 h e o seu post do Alt Mineiro teve míseros 4 comentários, ou seja, a derrota do gigante, repercute mais que a vitória do pequeno! FATO! Só pra lembrar, mesmo…

    Na minha humilde opinião o que tem acontecido ao time do Cruzeiro é por obra do “sobrenatural de almeida”, fantasma do Nélson Rodrigues que está a nos assombrar em TODAS essas derrotas na segundona. É PRAGA DE CACHORRO MAGRO!! Ou outra ave caseira que v6eis sabem quem…

    Tem gente que antes de começar o jogo já coloca a culpa no Ariel Cabral e agora eu fico prestando atenção no cara e NÃO vejo nenhuma ação ou jogada dele que leve o time a derrota ou sofrer um gol, mera birra ou procuram uma cabeça pra crucificar! O Cabral não é nenhum Sergio Busquets do Barcelona, mas também não podemos fazer ele virar um Patrickão da Massa como fizeram os adeptos de Vespasiano, ai é SACANAGEM! Parem com isso!

    Já que o time martela o jogo inteiro, não consegue fazer gols nos adversários por pior que sejam ou imaginam, sugiro ao Ney Franco fazer um esquema 5-4-1, com treis zagueiros, dois laterais, quatro volantes e um atacante, pelo menos fecha a casinha e não deixa levar gols, arruma lá atrás e depois pensa em fazer gol e ganhar alguma partida… Vamos empatar TODAS as partidas em 0a0.

    Os outros times estão jogando assim contra o Cruzeiro: deixa a bola com eles e depois jogam por uma bola em contra ataque e lá vamos nós perdendo pro CSA, Avai e outros Ibis da vida… Vergonha que num tem fim… Agora eu vejo como é sofrido torcer pra time ruim como outros ai estão acostumados por longas décadas e não ganhar nada..

    Os VERDADEIROS Cruzeirenses vão continuar firmes porque a guerra continua contra aqueles que SAQUEARAM o clube, contra todos os percalços do caminho e contra os secadores de plantão!

    CRUZEIRO CONTRA TUDO E CONTRA TODOS!!

    Forçaaaaaaa Cruzerãooooo…

    • Alisson Sol disse:

      Eduardo,

      Não sei como você pode escrever que Ariel Cabral esteja sendo perseguido. Já assisti jogos ao vivo também e pude ver que a qualidade do passe dele é horrível (às vezes, na TV se tem uma impressão diferente do “ao vivo”, mas não neste caso!). A marcação e desarme: faz o esperado. Mas depois erra o passe, e põe a perder qualquer desarme que tenha feito.

      O problema do Cruzeiro, conforme eu e outros falamos por anos, era o seguinte: “empresários” de outros ramos, como frigoríficos, vitaminas e supermercados, viram que existia na cidade um clube com boa visibilidade, onde poderiam colocar jogadores para serem valorizados. O empresário entrava com parte do passe e, às vezes, até parte do salário+direitos de imagem. O jogador se valorizava rápido, e era vendido para a Europa (onde, sabemos, o futebol lava bastante dinheiro). Isto atraiu empresários de vários ramos, por vários anos, em detrimento do clube. Junte-se a isto o fato de que os que deveriam vigiar, os conselheiros, foram aliciados por contratos de serviço com o clube, votando para colocar dirigentes “amigos” no poder. Tal ciclo que gerou alguns títulos, mas também as dívidas, feitas em nome do clube. Contaram, com a impunidade nacional: no exterior, veja que há dirigentes de futebol presos por menos do que foi levado do Cruzeiro.

      O torcedor vai continuar fazendo sua parte, mas vai ter de entender uma coisa: a recuperação vai levar anos. E só vai começar quando se quebrar o ciclo que levou ao buraco. Com o time continuando a escalar Ariel Cabral, Henrique, Fábio e outros que não conseguem se colocar em outros clubes, nada vai mudar. Se nome e feitos do passado fossem o suficiente, era melhor colocar Raul e Tostão em campo!

      • Eduardo Silva disse:

        Grande Alisson, boa noite,

        Sobre o Cabral também concordo que ele erra passes laterais, erra desarmes e é muito lento, o que eu quis dizer que temos OUTROS problemas além dele, ou seja, as derrotas não são só na conta dele.
        A zaga e o Fábio nos dois últimos jogos tomaram gols de bola aérea, falhas gritantes de marcação e posicionamento, marcam a bola e não o atacante e o ataque do time é um verdadeiro ataque de nervos, não consegue converter em gols as muitas jogadas de ataque durante o jogo.

        Quando a fase é ruim tudo dá errado! Já tinha escrito aqui que sempre vai ficar a dúvida se os caras que estavam no rebaixamento do clube seriam aqueles que deveriam ficar na subida para a série A, vamos ficar sempre na dúvida com Henrique, Léo, Fabio, Manoel, Cabral e outros mais velhos, por mim mandada todos embora.

        Quanto ao Fabio eu fico imaginando que o cara quer chegar a mil jogos e encerrar a carreira jogando ainda, ou seja, os seus objetivos pessoais podem não ser os mesmos do Cruzeiro e ai? Demite um ídolo e o cara sai brigado do clube? Ele aceita ficar no banco? Olha lá o Victor na reserva e não sabem o que fazer com ele e o cara não aposenta… é osso…

        Sobre os bastidores acredito que a ÚNICA solução é a mudança de estatuto e criar o clube-empresa, criar uma SA e lançar ações na bolsa de valores, gestão profissional e transparente, auditorias externas, não pode continuar esse amadorismo e os caras SAQUEANDO o clube diuturnamente.

        Grande abraço!

    • Juliano Salvador disse:

      A praga é do MACUMBEIRO Maria!

  • jeremias disse:

    “Coitadim” do Advogado do Diabo, dormiu abraçado com o Avaí, Sampaoli, Mênin e R10. Será que dormiu? Lá vem textão!

  • João Brás disse:

    Será verdade o que me contaram? O cru cru voltou pra ZONA?? V9cês vão ver é o ano que vem!

  • Rodrigo Galodoido disse:

    Tem que ter um Bilu como jogador importante… KKKK
    Acho que se cair pra Série C antecipa até a inauguração do estádio. Se o Galo for campeão brasileiro já é como mais um rebaixamento… Vão viver tudo que o Galo passou por quase duas décadas em dois anos… E o pior ainda está por vir.

  • Renato César disse:

    Chico, também poderia entrar a frase do bruxo: “quando tá valendo, tá valendo”.

    Agora, muito me preocupa o que tem acontecido. Tenho percebido que sou um ser humano da pior qualidade. Porque estou adorando ver o sofrimento dos celestes.

    Chegou o castigo para toda aquela arrogância. Precisam “só” de 70% de aproveitamento para voltarem à série A. E praticamente com o time que caiu.

    Ano que vem vão pagar folha de série A na segunda ou terceira divisão. E eu estou muito feliz com isto. Preciso fazer um retiro espiritual com urgência.

  • José Antonio disse:

    Flertando??? Isso já virou namoro há muito tempo!!!!! E parece que vai virar casamento!!! Sassá voltou!!!! E é a solução!!!!!

  • Julio Soares disse:

    Ainda bem que torcedor não entra, senão o Mineirão só estava as ruínas.

  • Jose de Arimatheia disse:

    Enquanto não pagar o Pai de Santo, vai ser essa inhaca ai.

  • Germano Brás disse:

    Como já foi dito aqui, o Mineirão agoniza vendo seu filho pródigo virar caixa de pancada dentro de casa. O Íbis quer marcar um amistoso valendo troféu, chances altíssimas de vencer. TIME GRANDE NÃO CAI!!

  • Nilo Nogueira disse:

    Para entrar na zona de rebaixamento, o time entra sozinho. Para sair, não depende mais só dele, já passa a depender de uma combinação de resultados.

  • Márcio Luiz disse:

    Ou, como diria o genial Garrincha:
    “Faltou combinar com o adversário”, menino Ney. Quá quá quá!!!

    Aguardemos, pois, mais um “testamento” prolixo (ou seria pro LIXO) do fake REI DOS BOBOS que habita por aqui; cada post com nicks diferentes para tentar “engordar” a sua minguada torcida. Quá quá quá!!!

  • Raws disse:

    Chico em cima da fala do Ney Franco olha a resposta no Twitter:
    https://twitter.com/fabioms_93/status/1309687028330762240?s=19

  • Alexandre (de Curitiba) disse:

    Chico, deixando um pouco a azaração futebolísitica de lado e aproveitando o momento em que a discussão parece querer começar a esquentar pra valer, gostaria de fazer algumas reflexões a respeito das propostas de retorno de público aos estádios de futebol. Hoje a notícia mais nova é a de que nove jogadores do Fluminense estão contaminados com COVID-19. Até ontem a noite eram 22 do Flamengo, fora outros integrantes da comissão técnica e diretoria.
    Há uma pressão enorme dos clubes junto à CBF para que a partir de novembro (e não início de outubro, como quer o Flamengo) o público volte aos estádios brasileiros, com capacidade reduzida, protocolo sanitário, blá,blá,blá…
    Aí eu fico pensando: jogadores de futebol, assim como membros de comissões técnicas, diretorias de clubes e até muitos políticos em Brasília que defendem o encerramento do isolamento social (ainda tem isso?), têm normalmente toda uma estrutura médica à disposição 24 horas por dia (há certos políticos que, pela liturgia do cargo que ocupam, têm até um departamento médico no local onde trabalham e moram…). Jogadores de clubes como os que disputam a Série A tem até jatinho fretado para voltar de outro país quando se infectam com esse maldito vírus. Daí a pergunta: e o cidadão comum que for ao estádio? Se por acaso ele se infectar, apesar dos prometidos protocolos de segurança sanitária (alguém realmente acredita que isso vai existir?), terá algum tipo de auxílio para além daquele que a imensa maioria da sociedade brasileira tem hoje à disposição (será mesmo?)? O clube mandante vai disponibilizar ambulância, assistência médica e até indenização financeira à família de algum torcedor que eventualmente vier a óbito em decorrência de ter sido contaminado ao ir assistir uma partida de futebol em algum desses estádios? É pra pensar…

  • Alexandre (de Curitiba) disse:

    Difícil mesmo vai ser encontrar notícias do Cruzeiro em 2021. A maioria dos sites esportivos só tem abas com links para série A e B…

  • Fred disse:

    Sobre a situação do Cruzeiro, acho que o risco de queda é exagero. O time ainda vai se organizar, tem estrutura, etc.. pra vencer uma dezena de partidas e fazer a pontuação que dê distância do Z4, zona que tem time bem pior e limitado.
    Mas também é pouco provável que suba pra série A. Pra isso, precisa conquistar 2 pontos a cada 3 pontos disputados, até o fim do campeonato. Isso dá, em 27 jogos, algo como no mínimo 16 vitórias e algumas poucas derrotas. A não ser que o time celeste faça um proeza à lá Fluminense de 2009, muito difícil voltar pra A.

  • Fred disse:

    “O motivo é óbvio: falta assumir que está disputando a Série B e disputar cada partida como tal.” Perfeito, Chico!
    Me lembro que o Levir Culpi, no Galo na série B, não tinha vergonha nenhuma de retrancar, jogar por uma bola, pra quando vinha pro Mineirão colocar pressão com a importância que um jogo em casa deveria ter. Isso com um elenco que misturava garotos da base e jogadores “típicos da segunda divisão”.

  • jeremias disse:

    Engraçado, todo mundo que faz gol contra o Crucru coloca a bola por dentro da camisa por cima da barriga. Significa que todos estão udendo com o Crucru e daqui 9 meses nascerá o SÉRIE C azulino da Silva.

  • Juliano Salvador disse:

    Quando o Galo caiu a torcida aplaudiu o time e ali assumia a queda. Os Crucrus morreram de rir se dizendo uma torcida exigente e quando caíram quebraram o Mineirão e a cidade. Agora estão sentindo o gesto da torcida do Galo que abraçou junto ao time aquele momento de tristeza. Até hoje não caiu a ficha dos azulinos. Disputam a SÉRIE B rotando caviar como se estivesse na elite e vivendo do passado. Uns se recusando e mudando de nome no blog, mas não admitem participar como um “SEGUNDÃO”. Falta de identidade… Outro dia o presidente engomadinho e falastrão disse que está tudo ok, porque na 11ª rodada o Galo estava na rabeira. Eles não fazem nada se não for olhando pro nosso quintal. Não esquecem o Galo e o fumo está entrando. Que v9cês continuem assim preocupado com o Galo, que a SÉRIE C está aproximando. Timinho HORROROSO!!

  • Humberto disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkķkkkkkkkkkkkkķkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, espera ai, deixa eu rir mais tiquim kkkkkkkkkkkkkkkkkkkķkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Silvio T disse:

    Chico, se o Atlético realmente oficializar essa loucura inexplicável pelo tal de Cavani, jogo a toalha. O papo dos próprios responsáveis pelo clube é sempre de salários atrasados e situação financeira delicada. Entra administração, sai administração e a história é a mesma. Meia dúzia enchendo a pança de grana com essas gordas e indecentes comissões! E o clube e a torcida que se lasquem. Vai fechar as portas também. Tô fora

  • Jean disse:

    Avaí, horroroso, conseguiu ganhar do cruzeiro.
    Que o cru cru continue assim.

  • Marcos disse:

    A tendência é virar um outro Fluminense versão 1998 isso sim. Ou até pior que o Flu.
    Ou ao menos virar outro Hamburgo: até 2018 esse time alemão nunca havia sido rebaixado em seu país. Mas tão logo sofreu seu primeiro rebaixamento o Hamburgo nunca mais voltou à primeira divisão da Alemanha.

  • José Antonio disse:

    Flertando??? Isso já virou namoro há muito tempo!!!! Basta olhar contra quem é o treino pra saber porque está funcionando!!!!!

  • Andre Pelli disse:

    @samuelvenancio “Ney Franco disse que nos treinos tudo está funcionando. Só não está conseguindo trazer pro jogo.”

    É óbvio que nos treinos funciona… O time titular treina contra o time reserva do Crüzeiro…

  • Amaury disse:

    Do jeito que vai seria o caso de encerrar as atividades, deixar esse esse clube com seus verdadeiros donos, os 400 conselheiros e a torcida criar um Novo Cruzeiro, começando do zero, série D, sem dívidas, mas pelo menos com a oitava torcida do Brasil, enquanto tem, pois caminha para virar um Ameriquinha, com todo respeito, pois dizem q já teve mais torcida q o Cruzeiro, mas hoje tem média de 3 mil torcedores por jogo, em tempos normais. A ganância, roubalheira, vaidade, orgulho, brigas internas têm destruído meu Cruzeirão a cada dia .

  • Amaury disse:

    Léo, Cabral ( q ficou um mês procurando time na Argentina, mas ninguém quis), Henrique q não serviu para ser banco no fraco Fluminense, agora Marquinho Gabriel, Sassá, Ney Franco… O q esperar? Fracasso! Ney deixou Jadson e Régis no banco ( pelo menos têm juventude e correm. Foco imediato, permanência na segundona, imediato, montar um time competitivo para B no centenário. Estamos quebrados, falidos, sem grana, sem moral e não podemos dar lugar a arrogância querendo agir como grande. Não estamos conseguindo pegar uma gata pelo rabo. Dentro de campo nós tornamos a geni da B (todo mundo bate em nós); fora de campo passam a perna em nós facilmente. Não dou mais nenhum real para esse time q tanto amo. Parece uma conspiração. Torcedor não tem voz, voto e nem vez.