Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Aleluia! O VAR anulando gol do Flamengo! Ah, tá! O jogo é contra o Corinthians | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Aleluia! O VAR anulando gol do Flamengo! Ah, tá! O jogo é contra o Corinthians

O comentarista aqui do blog, Fred Bhte, propôs falarmos sobre o VAR, e coincidentemente, acabo de ver gol do Flamengo anulado contra o Corinthians no Itaquerão. Então, vamos lá:

* “Mudando o assunto, Chico, você poderia escrever algo sobre os impedimentos X VAR. Com o uso da tecnologia, em diversos jogos estão sendo marcados impedimentos milimétricos, que o atacante está um pé na frente, o que pra mim é absurdo. O Flamengo colou no Galo com duas vitórias em que isso ocorreu a favor dos cariocas, por exemplo. O Galo também teve, o Santos foi prejudicado…
Não está na hora de o mundo do futebol discutir de novo a regra de impedimento? Talvez passar a considerar impedido apenas o atacante que estiver totalmente na frente? o Brasileiro 2020 poderá ser decidido, ao fim de 38 rodadas, no detalhe do impedimento que está equivocado se analisado com o VAR.”

Concordo plenamente com você Fred. Sobre o VAR em si, continuo achando a mesma coisa desde que foi implantado no Brasil. Chamo-o de “vídeo manipulador de resultados”, de acordo com os interesses inconfessáveis de quem manda no futebol, para ser usado na hora que lhe for conveniente, a favor ou contra dessa conveniência. O que dizer da sacaneada no Grêmio ontem, no jogo contra o São Paulo?

Na Europa e países asiáticos, acredito na seriedade da coisa, nas Américas, não. Aqui, por exemplo: se um juiz togado, Ministro do Supremo, manda soltar um dos maiores e mais perigosos traficantes do país, o que esperar de árbitros de futebol, no gramado ou numa cabine de VAR?


» Comentar

Comentários:
7
  • Luiz Souza disse:

    Estranho. Único erro do VAR no campeonato foi a favor do Atlético.

  • Flávio Azevedo disse:

    Falei aqui outrora que não era favorável a colocarem o var no futebol e sou arbitro. Só seria favorável ao var se quando um jogador perdesse o pênalti, uma máquina fosse no lugar dele e cobrasse a penalidade. Os árbitros sempre foram maltratados, os bodes expiatórios das derrotas e agora com o var, simplesmente acabaram com os arbitros. Espero que um dia descubram que os arbitros são seres humanos.

  • Raws disse:

    Como frisou Alexis, também sou a favor de acabar com a regra do impedimento. O preparo físico hoje é muito melhor, ou seja, diminuiram os espaços por isso. Então acabando com essa regra seria interessante.
    O VAR no meu conceito e benéfico. Ele veio explicitar o erro e quem erra.
    Como falei antes, não acredito em um grande assalto como já ocorreu. O VAR coíbe nesse sentido. O que me entrega são os critérios como na falta dentro da área em Geromel. Porque não rever?

    • Fred disse:

      Pro VAR realmente ser um “instrumento de justiça” teria que ter a possibilidade de o técnico de cada time solicitar o uso, mesmo que um número limitado de vezes em cada tempo (como acontece no vôlei). Do jeito que é hoje, fica a critério do árbitro achar que é ou não é um lance de dúvida em que cabe VAR.

  • Alexis disse:

    Acredito que focar no erro cometido no jogo Atlético x São Paulo seja uma estratégia para “justificar” outros erros que, curiosamente, acontecem com freqüência a favor do Flamengo. Nos jogos contra Botafogo e Grêmio o VAR marcou pênalti para o Rubro-Negro no último minuto, garantindo a ele o empate. Contra o Vasco, Diego cometeu várias faltas passíveis de cartão amarelo, o que deveria gerar sua expulsão. Num programa de TV, José Roberto Whrigt disse que não mudaria suas decisões de 1981, mesmo com o VAR do programa alertando para os equívocos cometidos. Ou seja: o equipamento funciona, o problema é quem o opera.

    Quanto ao impedimento, acho que mesmo se mudarem para um corpo de distância à frente do penúltimo defensor sempre haverá quem diga que a unha estava na mesma linha. Sou a favor da exclusão da regra do impedimento. E os treinadores que se virem pra organizar as defesas.

  • Horacio disse:

    Caro Chico, os clubes nunca deveriam deixar o var na mão da arbitragem da cbf e das federações, duas coisas inúteis que existem no futebol. Mas como são dirigidos pelas subcelebridades da bunda caída ficamos aí discutindo na superficialidade a linha do impedimento, pior, tendo resultados que podem ser manipulados contra eles próprios. Jogo do gremio só demonstrou algumas possibilidades.

  • Antonio da Silva disse:

    Na mesma semana que o VAR decide para o Fla, Garciba disse que errou anulando o gol do São Paulo contra o Galo. Na época eu também considerei normal o gol do Sampa, mas não entendo o porquê de tanto tempo pra assumir erro. Só pra mudar o foco!