Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
América com personalidade, não estranhou o gramado sintético nem o time milionário do Palmeiras | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

América com personalidade, não estranhou o gramado sintético nem o time milionário do Palmeiras

Bem disse o Thiago Reis da Itatiaia “@thiagoreisbh “A maturidade do jogo do América segue surpreendendo o Brasil. Para quem acompanha, nenhuma novidade! Tirando o vacilo no último lance do primeiro tempo, Coelho faz mais um bom jogo enfrentando de igual outro gigante… #Snsb

***

É isso. O jogo foi tenso. O Palmeiras viu, de cara, que não estava diante de uma “zebra”, que eliminara por acaso concorrentes como Corinthians e Internacional. No primeiro vacilo, aos 19 minutos, o zagueiro Emerson Santos fez o que nunca se deve fazer: atravessar uma bola pela extensão de sua própria área. Deu a bola de presente para o Ademir, que abriu o placar.

O time paulista passou a pressionar mais, porém encontrou um sistema defensivo sólido e o goleiro Mateus Cavichioli em ótima noite.  O empate saiu aos 48 minutos, depois de vacilo da zaga e uma cabeçada certeira do Gustavo Gómez. O segundo tempo foi  de muito respeito mútuo, uma partida sem motivos para grandes esperanças e emoções.

O Cândido Henrique, do O Tempo, fez uma observação interessante:@candidoh : diferença de vontade do time do América versus o que apresentou o time do Galo contra o SP é abismal! O comprometimento dos jogadores do América com o clube parece ser bem maior do que o que é visto pelo Atlético.”

Falou e disse!


» Comentar

Comentários:
21
  • Huener disse:

    Boa tarde. Se fosse o Lisca, escalaria Airton, Joseph (lateral), Arthur, Eduardo Baueman, Lucas Luan, Leo Gomes, Sabino, Alê, Toscano, Leo Passos, Berola. Reserva: Jori, Vitão, Carlos Alberto, Lohan, Geovani, Felipe Augusto. Empate hoje contra o CRB é um bom resultado.Tem que priorizar quarta mesmo. É uma chance para chegar a final, buscar libertadores e projetar ainda mais o Coelhão no cenário nacional e internacional. No mais, desejo a todos um ótimo 2021. Que uma vacina segura venha e que a economia e a política entre nos trilhos. Saudações Americanas.

  • Juca da Floresta disse:

    boa noite Chico,

    O América realmente surpreendeu, time sem estrelas e super bem armado em campo.
    Desejo a todos os leitores do Blog, cruzeirenzes, atleticanos e americanos, e a você Chico Maia, um ótimo Natal com muita paz e saúde. Que venha um 2021 com vacina para todos. Estou viajando amanhã com a patroa e as filhas para a península de Maraú na Bahia, só volto para BH no final de Janeiro, se Deus quiser com a vacina chegando.
    Abraços.

    • Chico Maia disse:

      Que beleza!
      Maraú!
      Sensacional.
      Bom proveito.
      Não vá querer ficar por lá, hein?
      Belo Horizonte te aguarda de volta e o Cruzeiro vai precisar demais de você em 2021. Hehehe
      Abraço

  • Horacio disse:

    Caro Chico, nunca tive dúvidas da qualidade do américa, o time se encontrou e todos seguem um esquema de jogo. Muito parecido com o que ocorreu com o flamengo ano passado.
    Algumas falhas, uma resultou no empate, mas suportou bem e pôs uma pressão sobre o ‘favorito’ que se surpreendeu em campo. O time do coei tem que acreditar que está muito próximo de um grande resultado, assim conseguem superar este desgastante calendário e a superioridade técnica que o adversário foi impedido de usar.

    No mais, depois de 10 meses onde tivemos muita confusão, brigas, palhaçada, caos e morte o que eu mais desejo a todos que participam deste espaço é saúde. Muita saúde para a família também. Abraços a todos.

  • Ed Diogo disse:

    Feliz natal Chico e a todos vocês participantes do grupo e quarta-feira vamos para a inédita final da Copa Brasil
    Acredita Coelhão

  • Marcio Amorim disse:

    Caros Chico e amigos!
    O jogo de ontem serviu para que o Lisca se consolidasse como um ótimo estrategista. Durante o jogo, ele consegue alternar as variações que treina ou tenta treinar quando o calendário desumano permite. Nem ele nem o técnico do Palmeiras imaginaram que o América sairia na frente, nem de modo tão inusitado e rápido. O goleiro do Palmeiras saiu jogando com o zagueiro que se viu cercado por uma implacável marcação pelos lados do campo. Tentou voltar para o goleiro, fazendo a lambança. Muita gente “olha tv”, sem ver o jogo. Analisar, então, deve ser muito para este tipo de plateia obtusa.
    Logo no início do jogo, o Ademir fez uma farra pela direita e colocou o Giovane de frente para o gol e bateu certo, porém fraco.
    O Palmeiras viu que tinha de se cuidar. Mudou a ânsia de atacar desde os primeiros minutos. Pouco tempo depois, no único “ataque”, saiu o gol. Aí, sim, o Palmeiras assustou. Assustou o Palmeiras e quem “olha TV”. Não devem ter-se assustado os técnicos de Corínthians e do Inter. Já haviam provado daquele veneno. Gol fortuito também vale.
    Mudou o panorama da partida, e o próprio Lisca repensou a sua programação. Passou a marcar no seu campo e, no último lance do primeiro tempo, saiu o empate. Novamente os dois técnicos tiveram de repensar as duas estratégias.
    O Palmeiras passou a insistir pela sua direita, diante da insegurança do Sávio. A partir dos 28 minutos, o estrategista de cá deu um nó no de lá. Embora pudesse tentar sair de lá com a vitória, optou por dificultar a possibilidade de o Palmeiras tentar virar o jogo. Colocou o Toscano como auxiliar da lateral direita, trocou o Sávio na esquerda e colocou o Calysson como auxiliar da lateral esquerda. O centroavante passou a fechar o meio. Trocou o Flávio, um gigante na cabeça da área e já cansado, colocando o jovem e descansado Sabino. E acabou o Palmeiras que tentou, e tentou, e tentou…
    Quem “olha TV”…
    Abraços! Que a magia do Natal seja o prenúncio de um ano realmente novo e sem tantos sustos! Cuidem-se! Juízo, moçada! Quarta tem mais alegria, se Deus quiser.

  • Carlos Henrique disse:

    Vamos America, se voltar Ze ricardo, pode da uma melhorada
    entraria com 3 volantes Flavio Juninho e se puder contar com Zé ricardo
    e 3 atacantes, pode dar certo e passar para final
    eu acredito
    força Mecao

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, bom dia,

    Esse jogo do Palestra contra o Mequinha no meu modo de vista foi ataque contra defesa a partir dos 20 minutos do PRIMEIRO tempo. É aquela estória que muitos pofexores falam: o time soube sofrer, deram a bola pro Parmeras e jogaram atrás da
    linha da bola, tentando algum contra ataque ou nem isso.

    Como sempre falo, dinheiro compra qualquer jogador, treinador, mas não compra entrosamento, qualidade técnico/tático, a tia Leila assim como o Vovó Menim vão ter que gastar muito o cheque especial em seus clubes para ganhar títulos importantes.

    O cara de cavalo, conhecido como avenida Marcos Rocha aqui em minas continua com seu ponto forte o arremesso lateral na área adversária e eu que achava que ele tinha ido jogar na Europa, no Barcelona, Bayer… pelo menos tá em time grande com maior visibilidade.

    Mas o Decacampeão tá bem treinado, com obediência tática, não se assusta mais quando joga com time grande, o Lisca doido dessa vez não saiu com os óios esbugalhados, babando pelo canto da boca na coletiva ao final do jogo….menos mal, vamos ver se vai igualar o Alt Mineiro em conquistas da CB, porque o crucru só tem s6eis dessa, só pra lembrar mesmo…

    Mas FELIZ NATAL a todos independente de time, agradecer ao Chico pelo espaço democrático, sem desmerecer ou censurar opinião de ninguém.

    GRANDE ABRAÇO A TODOS!

    FIQUEM COM DEUS!

  • Bernardo Montalvão disse:

    Eu fico olhando a gana, a raça, a entrega pela disputa da bola no meio campo de América e Palmeiras. Como rende o futebol do Ademir. Fico vendo a simplicidade do Messias, que não brinca em serviços e espana pra tudo que é lado. A boa colocação do goleiro do América. Tudo isto é o oposto no Galo. Qualquer jogo fora é uma desesperança imensa.

  • Antonio da Silva disse:

    A diferença entre América e Galo é justamente a defesa. O América se defende bem, tem mais garra, já o Galo toma muitos gols, marcação deficiente e tem jogadores jogando numa má vontade danada. O jogador de meio campo moderno é um leão na hora de se defender e habilidoso na hora de atacar. Sorte ao Coelho, está merecendo!

  • Marcão de Varginha disse:

    Independente das divisões em que os clubes mineiros (e radicado) estão, o grande deca-campeão está praticando um futebol que dá gosto de ver.
    – Que o América continue nesse ritmo a caminho de sua primeira disputa da Libertadores! Parabéns ao Coelhão!
    – Que não apareça em seu caminho um árbitro como àquele que tanto o prejudicou a favor da barrooretada…
    – #benecyeternomito

  • mauricio souza - bairro serrano disse:

    Time grande CAI SIM;
    Agora TIME PEQUENO demora mais tempo para subir, exemplos não faltam:
    Crisciuma, Santo Andre, Paulista de Jundiaí, Juventude e crucru, todos foram campeões da Copa do Brasil, triste coincidência, kkk

    • Eduardo Silva disse:

      Crucru é aquele que foi campeão da Copa do Brasil S6EIS VEZES?

      • Marcão de Varginha disse:

        Na atual situação considerando as 2 Libertadores, 2 Supercopas, 4 Brasileiros, 6 Copas do Brasil, e tantos outros campeonatos, a somatória de todos esses não são garantias de retorno a primeira divisão!
        – É preciso humildade e pés no chão para encarar com seriedade a série B, mas isso para vocês é impossível, meu caro! Pelo menos por ora…
        – #benecyeternomito

  • Huener disse:

    Caríssimos, bom dia.
    O Coelhão foi maiúsculo ontem. Diante das circunstâncias, sem cinco titulares (Diego, João, Zé Ricardo, Alê e Felipe Azevedo) Ademir e Messias no sacrificio, o resultado tem que ser comemorado. Sobre as modificações, diferente do Lisca, teria entrado com o Neto Berola no lugar do Felipe Azevedo, e com o Eduardo no lugar do Flávio no segundo tempo. Toscano e Calysson seriam as outras modificações para sair do sufoco que o time estava passando. Vejamos como Lisca vai escalar o time no jogo contra o CRB. O Coelhão está vivo pessoal. No mais, saudações americanas, feliz Natal e se cuidem. Fiquem com Deus.

  • Ed Diogo disse:

    Estamos no caminho certo para sermos finalistas,quem fala que o América foi para perder de pouco ou está jogando com dedicação e porque nunca assistiu a um jogo sequer do Coelhão nesta temporada. Estamos jogando sem medo dos adversários em todas as partidas claro com respeito sem abusar. Excelente jogo ontem
    Acredita Coelhão

  • luiz disse:

    Gente que bacana o América!
    Que jogo de superação!
    Brasil inteiro torcendo, e eu também.
    Avante coelho.

  • Julio Cesar disse:

    Mequinha foi lá pra perder de pouco e conseguiu o empate. O único “ataque” foi o presente que o zagueiro do Palmeiras deu. Só. Que maturidade!

  • Vinicius disse:

    O que o Atlético tem a ver com isto? O América fez o que deveria fazer, está na Copa do Brasil disputando o primeiro lugar, está na série B buscando a ascensão; o que o Atlético tem a ver com isto? Ainda falta muito respeito ao América.

  • Fred disse:

    A maior qualidade tecnica do Palmeiras é indiscutível. Por outro lado, a dedicação tática do América, sobretudo na defesa, equilibrou a disputa. Tirando a baboseira sobre “trazer a decisão pra casa” em campeonato sem torcida (!) que muitos comentaristas repetem, o América precisará dessa concentração defensiva no segundo jogo, porém acertando o contra-ataque.
    Grêmio venceu o SPFC no primeiro jogo. Vou falar uma coisa: o Palmeiras é adversário mais difícil do que os gaúchos, e com esse empate americano, olha que dá pra ser campeão…….