Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Depois da garantia na Série B, o Cruzeiro encara outro “recomeço” para 2021 | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Depois da garantia na Série B, o Cruzeiro encara outro “recomeço” para 2021

Em foto do Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press, protesto de torcedores, ontem, no Independência, antes do jogo contra o Operário.

O Cruzeiro venceu com muita dificuldade o Operário/PR e mais uma vez a impotência do time foi estampada durante toda a partida. Mas, saiu do risco maior, que seria a queda para a Série C. Agora, começa processo mais complicado que é a recuperação do clube como um todo. Óbvio, que priorizando a montagem de um novo grupo para a temporada 2021, a nova disputa da Série B. Mas, há os problemas administrativos/financeiros, que parecem intermináveis, as questões institucionais, que também  parecem não ter fim e os rachas internos. Segmentos da torcida voltaram às ruas, pedindo a cabeça até da atual diretoria, que prometeu muita coisa e não está dando conta de resolver. A exclusão dos conselheiros que teriam se aproveitado do clube, é outro tema. Foram expulsos, mas retornaram via judicial. Falta de dinheiro, fontes de arrecadação de menos, receitas de patrocinadores e direitos de transmissão da TV antecipados, dívidas nas alturas, parcelamentos de acordos judiciais e extrajudiciais que começam vencer, enfim…

E tem que montar um time competitivo para enfrentar adversários difíceis, que não vão conseguir as duas vagas restantes

da Série B, além dos concorrentes de peso que estão caindo ou na iminência de cair este ano, tipo Botafogo, Goiás, Coritiba, Vasco, Bahia, Sport Recife. E tem os que subiram da Série C, cheios de entusiasmo.

O futuro de Felipão é incerto. Mas ele não esconde a sua insatisfação com a diretoria e mais ainda com o grupo de jogadores. Viu que a situação era bem mais feia do que imaginava, quando aceitou a proposta para assumir.

Para se ter uma ideia da disposição do atual treinador cruzeirense, depois da derrota para o Juventude, ele disse o seguinte:

– Tivemos a oportunidade de sonhar com mais, mas não temos qualidade para sonhar com isso. Temos que saber dimensionar onde podemos chegar, neste momento. Tomara que possamos chegar no próximo jogo, sair da situação que aflige, para que cumpra o papel, que é tirar o Cruzeiro da Série C. Nove vezes o Cruzeiro esteve na (zona do rebaixamento para) Série C, e não entrou mais. Tomara que a gente consiga tirar da Série B. E, como aconteceu o ano, do jeito que tudo procedeu, é uma grande vitória-completou. 

Dos grandes que já foram rebaixados, até então, apenas o Fluminense em 1998, não tinha retornado no ano seguinte. A lista mostra: em 1992 o Grêmio; 2003 – Palmeiras e, Botafogo (campeão e vice); 2005, Grêmio (campeão); 2006 Atlético (campeão); 2008 Corinthians (campeão); 2009 Vasco (campeão); 2013 Palmeiras (campeão); 2014 Vasco (3º lugar); 2015 Botafogo (campeão); 2016 Vasco (3º lugar) e 2017 Internacional (2º lugar).


Deixe uma resposta para Alisson Sol Cancelar resposta

Comentários:
27
  • Antonio da Silva disse:

    Ô povo iludido… Tudo é muito simples, mas esquecem, para gerir uma empresa tem que ter credibilidade e capital.

  • Juca da Floresta disse:

    Bom dia Chico,

    Pô, que coisa chata aconteceu ontem à noite em São Januário, no gigante da colina. Assistindo esse goleiro do atlético jogar eu me pergunto como um técnico como esse argentino ainda não foi mandado embora. Ganha uma fortuna e insiste com esse frangueiro. Ontem o vasco chutou três bolas ao gol, as três entraram. Enquanto isso o eterno bancário rafael…..

  • Robinho ferreira disse:

    O galin mesmo sendo o time mais benfeciado pela arbitragem no campeonato não consegue reagir,basta ver o número de pênalti s inexistente para o galin msm com uso do var, isso tudo com tecnologia oq demonstra uma má fé muito grande!!!

  • Germano Brás disse:

    A torcida crucru estava todinha nos protestos. Vibram com os títulos aconchavados de Benecy, Perrelas, Itair, Gilvan e Wagner e hoje execra os caras. Endeusava os caras, só que a cbf é esperta e hoje a conta chegou.

  • Silvio T disse:

    Luis Felipe, voltei tchê! Barbaridade, como são xucros esses jornalistazinhos aí de Minas. Ficam nessa lenga lenga se tu vens para os pampas ou fica nessa plagas. Ainda não entenderam que tu queres é la plata! La plata!! Estão achando que tu és relógio, que trabalhas dê graça. Olha o Teixeirinha ai de novo:
    “Eu sou gaúcho lá de Passo Fundo / E trato todo mundo com o maior respeito / Mas se alguém me pisar no pala / Meu revólver fala / E o bochincho tá feito”. La Plata, La Plata!!!!

  • Juliano Salvador disse:

    Meninos, eu vi! Que coincidência… Triste, desolador, é de causar clemência; ver a maior torcida de todas as galáxias, a torcida mais exigente da Via Láctea; vibrar com permanência na SEGUNDONA. Felipon cumpriu sua meta: SUBIR PARA A SÉRIE B!! Kkkk!!!!

  • Juca da Floresta disse:

    Bom dia Chico,

    É o cúmulo, saber que tem torcedor do Cruzeiro um super campeão, alegre, aliviado e comemorando permanência na série B como se fosse mais um campeonato…
    ESSE CARA SOU EU…
    Agora falando sério, penso que o Felipão tem que ficar, vamos analisar: Felipão fez 34 pontos com esse elenco do Cruzeiro limitadíssimo, em um turno contanto que ele estreou contra o operário no primeiro turno da Segundona. Podemos dizer que faria 68 pontos se estivesse no comando desde o começo? acho que sim.

  • Alisson Sol disse:

    De novo: sem resolver os problemas “extra-campo”, voltar à Série A seria apenas um passeio.

    A solução é simples: decreta-se a falência da pessoa jurídica, e se coloca alguém judicialmente encarregado de administrar a massa falida? Por que não se faz isto? Porque há interesses estranhos que não querem ser investigados. Um administrador de massa falida certamente não se pagaria o “acordo do Cone”, ou de outros ex-jogadores e técnicos com contratos absurdos.

    O que é estranho é que, numa massa falida, os impostos seriam os primeiros a serem recolhidos. Se governantes, a nível federal, estadual e municipal, não estão pressionando pelos impostos devidos, fica a pergunta: por que? Será que isto daria início a alguma “cascata” que não é do interesse de ninguém?

    • Raws disse:

      Sabemos que com todo dinheiro que envolve hoje o futebol, para conseguir assumir o cargo maior de um clube, o presidente ser íntegro e torcedor, é probabilidade de um, em 100 em 100 anos.
      O atual presidente, Sérgio, luta contra outros na política do clube para comandar um “Titanic?” Qual a lógica? Salvar como?
      Interesses são a explicação.
      Não recomeçar do Zero como ventilado por Mediolli, é outro ponto obscuro. Seria almejar ainda a possibilidade de faturar em cima do património?
      “Eu só sei que nada sei”, porém mesmo sendo uma certeza, raciocinar eu consigo.

      • Alisson Sol disse:

        Raws,

        Obrigado pela interação. “Dizem” que havia um plano para se vender aquele estacionamento na frente da sede campestre a preço de banana. Mas não deu certo (link). O que “se conta” é que o terreno seria vendido barato pela “emergência” (evitar a perda dos famosos “6 pontos”) e em alguns anos a desativação definitiva do aeroporto elevaria o valor do terreno significativamente. Já vimos tais “filmes” de áreas que não podiam receber edificações altas e depois tudo mudou devido a interesses (vide Belvedere). Faltou “molhar alguma mão”…

        Acho que o atual presidente do Cruzeiro está até com “boas intenções”. Mas não sabe o que fazer, e este filme nós também já vimos. Gente com muito mais boas intenções, experiência e dinheiro não conseguiu uma boa administração em clube de futebol (vide Ricardo Guimarães no Atlético-MG). É preciso saber o que fazer, e admitir quando se está perdido. Eu não sei fazer neurocirurgias. Mas também não me candidato a fazê-lo. Se o presidente do Cruzeiro candidatou-se e lutou para ser eleito, o mínimo a esperar era competência e transparência, o que não está ocorrendo.

        • Eduardo Silva disse:

          Prezado Alisson, boa tarde,

          Dando um pitaco na conversa… O Presidente do Cruzeiro não pensa em decretar falência do clube porque nisso teria que mudar de nome e voltar a disputar campeonatos pela série D.

          O que ele está cogitando é a aprovação pelo senado de um projeto de lei do Sen.Rodrigo Pacheco que cria o clube-empresa. Segundo Sérgio S.Rodrigues, “O Estatuto do Cruzeiro já prevê, logo no artigo 1º, que o Cruzeiro pode criar uma empresa para explorar o departamento de futebol, desde que o clube siga com 51% das ações. A gente vai criar uma S.A. do futebol, passar a exploração do departamento de futebol, não as propriedades do clube. A Toca I e a Toca II, por exemplo, a posse iria para a exploração do futebol, mas a propriedade seguiria do Cruzeiro. Aí a S.A. paga aluguel para o clube, vira uma fonte de receita”, explicou o mandatário.

          “Essa S.A. que vai explorar o futebol profissional e de base, 51% fica para o Cruzeiro, 49% de ações a gente vai negociar. É um modelo, basicamente, que o Estatuto do Cruzeiro adota para a lei alemã. Na Alemanha, a lei obriga que os clubes tenham pelo menos 50% mais 1% das ações da S.A. do futebol”, completou.

          Então ele vai tocando o barco, apagando focos de incêndios que aparecerem até março, onde espera que depois de aprovada essa lei, possa conseguir um parceiro nessa nova modalidade de administração dos clubes de futebol.

          Não só o Cruzeiro está nessa espera assim como o Botafogo do RJ, Santos e mais um monte de clubes de série B que poderão se beneficiar disso.

          Vamos aguardar.

          • Eduardo Silva disse:

            Prezado Alisson,

            Te dou o exemplo do Atl Mineiro que os Menin da MRV estão investindo em estádio, pagando contas do clube e contratando jogadores (dizem que 200 milhões), junto com o Ricardo do BMG e os donos do Hospital Mater Dei.

            Eles estão colocando dinheiro e é óbvio que estão se precavendo com algumas garantias, seja de jogador e até indicaram presidente e diretores de sua confiança, ou seja, quem tá colocando o dinheiro é quem manda! Imagina se daqui 4 anos entra um presidente de outro grupo político desse atual?

            Nos clubes de futebol o sistema é presidencialista, o cara faz o quer, com NENHUMA cobrança dos Conselhos Deliberativo e Fiscal, então várias decisões são tomadas que serão certas ou erradas no futuro, o torcedor tem pouco ou nenhum conhecimento do ambiente interno do clube.

            Mas na minha opinião, se o clube se abrir mais para o torcedor poder votar, com auditorias externas constantes, com sistemas de compliance, com divulgação de balancetes trimestrais, tem sim muita chance e oportunidade de alavancar recursos e ser uma boa opção de investimento.

            SE você não sabe o Cruzeiro é uma marca forte no mundo esportivo, um clube muito vencedor e acredito muito que ele possa daqui uns anos, sanear suas dívidas e voltar a ser protagonista em Minas e no Brasil.

            Grande abraço!

          • Alisson Sol disse:

            Caro Eduardo,

            Talvez eu não entenda nada de “negócios”. Mas eu aprendi que o princípio básico para investimento em uma “Sociedade Anônima” é “confiança nos seus administradores”.

            Você confia na atual administração do Cruzeiro? Confiava na anterior? Se você tivesse mil reais para investir em um clube de futebol, investiria no Cruzeiro ou no Bayer Munich?
            Ser torcedor e comprar camisa é uma coisa. Colocar dinheiro que você está investindo para sua aposentadoria nas mãos de alguém como Perrela, Itair e “Sérginho” é outra coisa completamente diferente…

          • Marcão de Varginha disse:

            Se não for aprovada essa lei que, em tese, “beneficiaria” o cruzeiro, sugiro que retornem para a Europa, precisamente a Alemanha, terra do Bayern e do Borússia, já que estão radicados no Brasil há 100 anos onde atualmente estão na segunda divisão, lugar à altura de sua arrogância, vaidade, orgulho, avareza…
            – #benecyeternomito

  • Marcão de Varginha disse:

    Mas na “era” dos pontos corridos, a façanha de ser “rematriculado” na segunda divisão (por enquanto) cabe isoladamente ao até então incaivel, cabuloso, aliado da CBF e de sua Comissão de arbitragem, do STJD… e por aí vai!
    – #benecyeternomito

  • Ed Diogo disse:

    O mais esquisito e que roubaram do meu Coelhão e agora do Operário para poderem permanecerem na Série B . Quanto será que é mais esta dívida ??? Foi paga à vista ou transferida para o próximo ano como foi todas as outras dívidas??? O problema é que se não pagarem está não subirão no próximo campeonato o pessoal da CBF não perdoa!!!!!!!!!!

    • Eduardo Silva disse:

      rapaz, vc tá chorando isso até hoje? Nem você acredita nessas bobagens que escreveu! kkk

      quer dizer que o Cruzeiro COMPROU arbitragens para permanecer na segundona? kkk
      faz uma denúncia no Ministério Público, na Rede Globo, no SBT no programa do Ratinho….kkk

      vcs como segunda força de minas tem que se preocupar em aumentar a torcida, montar time pra não passar vergonha na série A e deixar de mimimi…
      é cada uma….

  • Marcão de Varginha disse:

    Na prática a FIFA puniu o deca-campeão e o Operário.. se assim não fosse, os eternos arrogantes teriam sido “matriculados” na série C, de cruzeiro!
    – Mas dias melhores virão! Aguardemos a justiça…
    – #benecyeternomito

    • Eduardo Silva disse:

      Isso mesmo, Marcão!

      Inclusive no dia do jogo do Crucru com o Operário pousou uma nave espacial na Rua Ismênia com a logomarca da FIFA na dianteira e sabe quem saiu lá de dentro? sabe? João Havelange e Ricardo Teixeira!! Eles vieram dar as orientações ao juiz da partida! EU VI!

      kkkkkkkk PQP …kkkkkkkkk vou matricular esse cara num festival de piadas…kkkk é muito piadista, chargista e comediantes aqui no blog…kkkkkk

      Mas fica calmo, toma seu remedinho ai e fica calmo…kkkkk

  • Luiz Ibirité disse:

    O Cruzeiro precisa dentro da sua realidade se programar pra este ano, a começar com nosso treinador q como eu disse antes tem bons numeros a frente do time, se tivesse vindo antes acho ate q teria subido nesta temporada mesmo, pq Ney franco e Enderson foram uma tremenda perda de tempo, mas como nao adianta chorar as pitangas, é possivel conseguir sim montar um bom time, mas com o Felipão so iremos aumentar a divida, vai exigir reforços de “peso” como nao tem dinheiro e tem o risco de da errado, seria preciso mapear a propria serie B pq tem jogadores bons e baratos, nestes times ai q estao brigando pra subir, se conseguissemos mais uns 5 Rafael Sobis e uns 3 “Manoels” (kkkkk) e uns 3 Fabios, como nao iremos achar, o melhor mesmo é ja começar a planejar e correr atras e ja sentar na mesa com o Felipao (pq ele na verdade é quem decide) se vai ficar ou sair pra contratar um treinador, eu sugiro o Roger Machado, o Zé Ricardo ou Marcelo Oliveira, seriam bons nomes.

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, bom dia,

    Essas partidas da segundona são um verdadeiro samba do crioulo doido, porque a qualquer momento pode haver um gol para qualquer dos lados, tamanha falta de condicionamento técnico/tático das equipes e RUINDADE dos jogadores. O Cruzeiro mesmo perdeu várias partidas por 1a0, atacando mais, maior posse de bola, sem ser efetivo no principal, fazer o gol, colocar a bola na casinha!

    É engraçado que uma partida de futebol tem 90 minutos, mais uns 10 minutos de prorrogação, 5 minutos em cada tempo e se olhar o scout de uma partida, tem um monte de passes errados, alguns passes certos, escanteios, roubadas de bola, outros itens e também tem a parte da arbitragem, que é amadora e pode acertar 99% dos lances do jogo, mas se apita algum lance INTERPRETATIVO ai a casa cai para o time que se acha prejudicado.

    Aconteceu o lance que o atacante do Operário CLARAMENTE puxa e desloca o defensor do Cruzeiro na grande área e depois o cara faz o gol de cabeça e o juiz anula o gol, marcando falta do atacante. Ai o iluminado do ex-juiz que fica na cabine da Globo fala que ACHOU que não foi falta e isso é passado para o time do Operário em campo e os caras viraram um bicho! O Técnico começa a xingar o juiz, é expulso, auxiliar expulso, uma confusão do cacete.

    Ao final do jogo se não fosse os seguranças do Cruzeiro os 4 árbitros seriam LINCHADOS pelos jogadores e Comissão Técnica do time paranaense, com outros jogadores expulsos. Ai vem os “comentaristas”: olha lá, garfaram o Operário, olha lá, estão favorecendo o crucru e mais um monte de bobagens… Cholem mais que tá pouco…

    Estava lendo que os jogadores da Chapecoense estavam cobrando salários atrasados e se recusaram a treinar nessa terça feira passada, estão sem receber 8 meses de direito de imagem, 1 mês de CLT, 13o e férias, ou seja, esse é o clube que pode ser campeão da Série B e vai “disputar” a Série A nesse 2021, outro que vai brigar pra não cair… A grande maioria dos clubes estão com vencimentos atrasados em todas as séries.

    Mas vamos continuar com os muitos problemas extra-campo, com a reformulação do elenco, definição da permanência do Felipão e um monte de pepinos para felicidade daqueles torcedores que só torcem e comentam sobre problemas financeiros do crucru, ÚNICA ALEGRIA como torcedores da primeira força de Minas…

    zerooooooooooooooooooooo

    PS1: O jogo da segundona do crucru foi na quarta-feira no horário nobre da TV? por que será?

    PS2: E o Abelão, que eu nunca critiquei? kkk cincummmm?? Foi lindo, cara! kkkk

  • Pedro Vítor disse:

    Melhor assim, que aí, devagar, irá, perdendo força.

    Felipão 650 mil e 3 meses de salário atrasado, tendo que mandar uns 15 embora, contas de 2019, chegando, devendo a FIFA, e Pedrinho do BH, tendo que manter o clube, senão decreta falência!

    E o Fábio de Costas, arrotando caviar em entrevista, esse aí eu não tenho dó nenhuma, arrogante que só ele. Ano passado, havia dito que o Atlético havia sido campeão da Série B, e agora bochechudo?

  • João Brás disse:

    Felipon cumpriu sua meta, o cru cru não cai mais para a SÉRIE C. O problema agora é o Dia do Fico, dizem que Felipon está um tanto quanto decepcionado.

  • Julio Cesar disse:

    …e mais uma vez com arbitro comprado. Operário foi roubado !

  • Julio Cesar disse:

    Isso é time grande ! Tá pensando o que? Garantiu permanência na série B com duas rodadas de antecedência !
    Alguém me explica essa conversa de falta “qualidade” (Luiz Felipe defende essa tese).
    Fabio, Manoel, Leo, Henrique, Cabral, Moreno, Sassá, Cacá (jogou série A).
    Falta quem!? Pimentinha, Lenon, Caio Dantas, Léo Gamalho, Apodi, Anselmo Ramon, Diego Renan, Leandro Livro, Matheus Mancini, Leo Ceará , Valdivia ?
    Sério, alguém explica aê ! Sem contar o treinador de 1 milhão !

  • Marcos DF disse:

    Em 2021 tem Var na série B.
    América, Operário e tantos outros teriam sorte melhor nos novos contra o Cruzeiro.
    Abram o olho, ou o bolso.