Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
De Renato Gaúcho a Guto Ferreira, passando por Cuca e André Villas Boas. Os nomes especulados para o lugar de Sampaoli | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

De Renato Gaúcho a Guto Ferreira, passando por Cuca e André Villas Boas. Os nomes especulados para o lugar de Sampaoli

Foto: twitter.com/Gremio

Neste momento a troca de telefonemas é intensa entre dirigentes, empresários, corneteiros e atravessadores de todo tipo, no lobby para indicar o novo técnico do Atlético. Nas redes sociais, chutes e palpites. Saiu até o nome do Guto Ferreira, o “Gordiola”.

Gosto das opiniões do Procópio Cardozo, que conhece o mundo do futebol dentro e fora das quatro linhas, como jogador, treinador e dirigente. Ele gostaria de ver Renato Gaúcho no Galo e apresenta argumentos incontestáveis @procopiocardozo: “Investir no Renato Gaúcho é um grande negócio. Ele está há 5 anos lançando jogadores, montando grandes times, ganhando títulos e gerando receita para o Grêmio. Eu acho o Renato espetacular. Tem comando, conhece tudo no futebol e se faz respeitar. Ganhou Copa do Brasil, Libertadores, Recopa e 3 Gauchões em 5 anos. Manteve um time competitivo nesse período todo e ainda gerou receita. Anteontem o Grêmio vendeu mais um por 15 mi de Euros.”

Pois é. Também gosto do Renato, assim como gosto do Cuca.

O Superesportes pôs no ar uma enquete, com a pergunta: “Com a saída de Jorge Sampaoli, qual treinador você gostaria de ver no comando do Atlético?”

E apresentou os seguintes nomes: André Villas-Boas (português), Cuca, Fernando Diniz, Leonardo Jardim (venezuelano/português), Marco Silva (português), Miguel Ángel Ramírez (espanhol) e Tiago Nunes.

Destes, gosto mais do Miguel Ángel Ramírez, espanhol estudioso, que rodou bastante, apesar de apenas 36 anos, trabalhando entre categorias de base e profissionais, pela Espanha, Grécia e Qatar, mas que alcançou sucesso mesmo foi no Equador, campeão da Copa Sul-americana 2019, comandando o Independiente Del Valle.

Para mim, Fernando Diniz é um “Sampaoli” sem grife. Ataca muito, mas não sabe defender. Tiago Nunes precisa mostrar mais serviço. Fez bonito no Athlético-PR, mas fracassou no Corinthians, o primeiro time grande que dirigiu.

André Villas Boas é um arrogante. Tem a pretensão de  ser um novo Mourinho, de quem foi auxiliar, mas está longe. O Chelsea investiu uma fortuna nele e não deu certo.

Marco Silva deve estar sendo plantado por algum agente muito competente.

Leonardo Jardim nasceu na Venezuela mas suas raízes são lusitanas. Se destacou no Olympiacos, da Grécia, em 2013, quando chegou a liderar o campeonato com  dez pontos de diferença. Foi demitido por causa das fofocas em Atenas, que diziam que ele tinha um caso com a mulher de um dirigente do clube.  Depois para o Sporting Lisboa, segundo lugar no campeonato português 2013/2014. E fez bom trabalho também no Mônaco, até 2019.


» Comentar

Comentários:
12
  • Fred disse:

    Renato sempre foi antipático com o Galo, como jogador e como técnico. Boa parte da torcida atleticana não engole esse cara, e com razão. É o tipo de contrato inviável, porque ele não terá paz em BH, aos primeiros resultados ruins a torcida vai pegar no pé, ele vai responder com alguns palavrões, até não ter clima e a diretoria demitir. Ai vai repetir o erro de, no meio da temporada, ficar procurando técnico novo. Se o novo presidente for esperto, não traz esse problema pro Galo.

  • Victor Maia disse:

    A nível nacional o que Guto Ferreira ganhou?? Treinador de clubes considerados menores! Temos nomes melhores: Renato Gaúcho, Felipão, Cuca. Fernando Diniz e por ai afora. Ultimamente, o Galo não tem muita sorte com técnicos estrangeiros.

  • mauricio souza - bairro serrano disse:

    Só falo uma coisa, depois que o Galo ganhou do Gremio aqui no Mineirão, na entrevista coletiva, o Renato tratou o Galo o tempo todo como o adversário. Toda hora que teria que falar Galo ou Atletico ele falava adversário, outro dia ele perdeu para o framengo e na coletiva ele, sempre dizia que o framengo é isso, framengo é aquilo, só uma coisa que ficou marcado na minha opinião nas entrevistas coletivas dele, notei também que no dia que ele perdeu para o Internacional, ele sempre tratou o Inter como adversário (notem ele não pronuncia o nome), sinal que ele não gosta do Inter, mas isso é conhecido de todos.

  • Pedro Vitor disse:

    Guto Ferreira, é um nome de peso, isso ninguém pode discordar!

    Tudo bem, o Procópio, a gente até pára pra ouvir, tem procedência. Mas ainda fico com o pé atrás, Renato é o técnico da moda, se vier vou apoiar, mas qual foi o técnico da moda que deu certo no Atlético?

    Cuca temos que lhe agradecer o resto da vida, montou, junto com o Kalil e Maluf, o maior time do Galo que já vimos jogar, gastou no máximo uns 15 milhões de euros, num elenco muito, mais muito bem montado, com planejamento estratégico, sempre será opção para o Atlético.

    Os outros nomes estrangeiros, também sempre um pé atrás, infelizmente, no Atlético, ainda não deram certo. Assim como queria o Bielsa no Atlético, também concordo que ele por ser estrangeiro, muito tempo na Europa, ia se “estrepar” no futebol brasileiro.

    Vamos aguardar quem o Atlético trará.

    Lembraria até o nome do Lisca, mas seria bom mesmo ver como será o América em 2021, pra ter certeza de que dará certo.

  • Flaviano disse:

    Guto Ferreira???? Deve ser uma brincadeira de mau gosto.

  • Silvio T disse:

    Vamos envelhecendo e ficando meio de saco de cheio com as repetições da vida. Esses chutes de repórteres de meia tigela como os do G1e do Estrago de Minas é uma das situações. Outra, pior e ás vezes com resultados nefastos para os bobos, é a plantação de nomes por empresários “ixpertos”. Numa hora dessas temos que confiar no tino de quatro dos maiores bilionários do Brasil.

  • Renato César disse:

    Guto Ferreira, aquele mesmo que vendeu o jogo da Lusa tirando o urubu maldito do rebaixamento em 2013, é coisa de setorista amador. Cair nesta pegadinha foi ridículo.

    Falando sobre verdades, dos nomes especulados por quem de fato tem informações, Renato Gaúcho é o mais interessante na minha opinião. Está alinhado com esta política de não abastecer mídia não oficial, tem carisma com jogadores não perdendo vestiário e sabe a hora de jogar por resultado.

    Outra coisa: ele nunca foi campeão brasileiro. Acredito que o Galo dará todas as condições para ele conquistar seu primeiro e deverá vir com “sangue nos olhos”.

    Não simpatizo com a pessoa, mas parece ser o nome certo hoje.

  • Paulo F disse:

    Gostaria de ver o Cuca de volta, tem grande identificação com o clube e torcida. Treinador que ouve a torcida, muito importante. Mas Renato também é uma opção muito boa.
    Fora esses dois, gostaria de ver o Leonardo Jardim, montou um timaço de jovens que acabou com a hegemonia do PSG na França e ganhou o título 16/17, com melhor ataque da Europa. Time tinha Diallo e Jemerson na zaga Mendy na lateral esquerda, Moutinho, Bakayoko e Bernardo Silva, Lemar Mbappe e Falcao.

  • Paulo César disse:

    Desta lista, talvez Renato seja o mais indicado. Até concordo com os argumentos do Procópio. Resta saber com qual motivação ele viria treinar o Galo. Sou daqueles que acredita que, para dar certo, o profissional precisa, mesmo que MOMENTANEAMENTE, passar a literalmente torcer pelo clube. Não sou ingênuo em acreditar que Cuca SEJA atleticano, ou Mano, cruzeirense. Mas quando trabalharam por aqui, abraçaram a causa (diferentemente do Sampaoli, que, como disse o dono do blog, parecia um burocrata prestando seu serviço).

    Se Renato quiser se juntar de corpo e ALMA, será bem-vindo. Se quiser usar o Galo como trampolim para treinar o Flamengo e voltar ao RJ, ou estiver seduzido apenas pelas vantagen$$$ pecuniária$$$, muito obrigado e segue sua vida. Tomara que os mecenas tenham esta sensibilidade.

  • Raws disse:

    “Sampaoli vai para França. Sampaoli vai para Espanha. Sampaoli entregou a casa, Sampaoli está vendendo o carro”.
    Sampaoli pagou o pet shop. Sampaoli está brigando para encerrar a assinatura da TV a cabo.
    Até que enfim acabou essa novela Argentina, estava enchendo o saco. O problema é a nova novela patrocinada pelos empresários querendo “plantar” seus clientes.
    Eu como não tenho conhecimento dos técnicos estrangeiros, fico entre dois no Brasil, Cuca ou Renato.
    Os dois tem bom nível, mas queria ver Renato por ser novidade aqui e por achar que jogador não passará por cima dele.
    Sem a mínima vontade de ser arrogante, a realidade é que, com o atual plantel do Galo, “muito ajuda quem não atrapalha”, ou seja só se dará mal aqui, o técnico que fizer muita besteira.