Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

E lá se foi o Mundinho, ex-volante do Cruzeiro entre 1979 e 1981

Obrigado ao Alex Elian, pela informação. Mundinho é o terceiro, da esquerda para a direita, entre Nelinho e Marquinhos Uberaba, que morreu ano passado. Esta formação do Cruzeiro tem, em pé, Luiz Antônio, Nelinho, Mundinho, Marquinhos, Zezinho Figueroa e Luiz Cosme; Eduardo “Rabo de Vaca”, Eli Carlos, Tião, Erivelton e Joãozinho.

Era um volante voluntarioso, corria, marcava e desarmava muito. Começou no Acesita, jogou profissionalmente no Cruzeiro, Figueirense e Portuguesa Santista. Pessoa gentil, simples, características da maioria de quem nasce no interior. Natural de Timóteo, residia atualmente em Resplendor, onde era empresário do ramo da construção civil. A prefeitura de lá decretou luto na cidade soltou nota de pesar:

* “É com profunda tristeza que o Prefeito Diogo Scarabelli e toda Administração 2021/2024 lamentam o falecimento do Sr. Raimundo Machado Jaques Júnior (Mundinho), cunhado do Servidor e Médico Drº Paulo Rodrigo Fernandes Leal, ocorrido neste sábado (10) por complicações pós-covid – 19.

Neste momento de dor, o Poder Executivo Municipal se solidariza com amigos e familiares em luto.”

Mais informações sobre ele no jornal Cidade Total, de Timóteo:

* “Morre Mundinho, ex-jogador do Acesita e Cruzeiro”

Morreu, sábado, 10, em decorrência da Covid 19, o ex-jogador Raimundo Machado Jaques Júnior, o Mundinho Branco. Irmão de Cássio Jaques e tio de Júlio César Lana Jaques, ambos fundadores do Projeto Ajudou, de Timóteo. Mundinho foi ex-jogador do Acesita Esporte Clube e clubes profissionais, como Cruzeiro, Portuguesa Santista e Figueirense nas décadas de 1970/80.

O ex-jogador do time grená e branco morava em Resplendor (MG) e deixa esposa, Marta Lúcia, e a filha Gabriela.

https://cidadetotal.com/geral/morre-mundinho-ex-jogador-do-acesita-e-do-cruzeiro/


Deixe uma resposta para José de Arimathéia Cancelar resposta

Comentários:
8
  • J.B.CRUZ disse:

    Era um dos poucos jogadores Razoáveis naquele período (1.978-1983),, quando o ‘galo’ deitou e rolou no campeonato Mineiro, sendo HEXA-CAMPEÃO…Nelinho e Joãozinho, eram os nomes proeminentes que ‘seguravam” o time de levar goleadas..
    FELÍCIO BRANDI ”agonizava’ na Presidência há mais de 20 anos; e não dava mais conta de formar com o grande Diretor CÁRMINE FURLLETI, grandes Equipes como as de 1o, 15 nos atrás…
    MUNDINHO ‘carregava’ sobre os ombros” a Responsabilidade de Substituir o GRANDE WILSON DA SILVA PIAZZA., mas Cumpriu bem a sua Missão…..
    MORTE SENTIDA; DESCANSE EM PAZ !!!..

  • Fernando Chaves disse:

    O Galo jogou a temporada 2020 no estilo Robin Wood, agora continua o mesmo; ganhando dos grandes e perdendo para os pequenos.

  • Pedro Ernesto disse:

    Reinaldo matava Zezinho Figueiroa.

    • Raws disse:

      E olha que Zezinho Figueroa era um bom zagueiro.
      Especialista em dar carrinho e na bola.
      Conversei sobre isso com o ex ponta esquerda Rômulo, hoje chefe da escolinha do Jaraguá, lembrando de um drible que ele deu em Figueroa, o zagueiro veio com um carrinho numa disputa e Rômulo só deu uma cavadinha, o cara passou lotado e a bola raspando sua cabeça. Eu estava na arquibancada de frente para o lance é o estádio quase veio abaixo. Kkk
      Rômulo conta que falava com os companheiros que pelo estilo do zagueiro faria aquela jogada uma hora, como fez.

  • José de Arimathéia disse:

    Foi a época que o Cru cru mais perdeu para o Galo. Anos 80!

  • Marcelo Machado disse:

    Lembro-me dele naquele Cruzeiro que era fraco, mas não tão ruim como o atual.

  • Raws disse:

    Éh Chico, prepare o “e lá se foi”…
    Em cinco dias perdi 3 amigos da velha guarda.
    No meu entendimento e filosofia, esse tempo sombrio, tem muito mais haver com o rumo que a humanidade tomou do que o “vírus explica”. Ciência x Céu.