Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Quatro anos depois de passar a presidência do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares continua enfrentando a ira de torcedores a cada resultado negativo do time

Foto: Cruzeiro E. Clube

O futebol virou uma loucura. O mar de dinheiro que envolve a atividade acabou com aquele ambiente de festa e confraternização, transformado em guerra, na base do “matar ou morrer”. Rivais se tornaram “inimigos”, qualquer brincadeira, numa vitória ou derrota pode acender um estopim e o pau quebrar. Com direito a tiros, bombas, facadas, porretadas e outras coisas.

O futebol foi escanteado para segundo plano. A insanidade tomou conta dos clubes. As entidades, que deveriam apenas organizar as competições, se tornaram donas do espetáculo, faturando bilhões. A parte maior do bolo, que deveria ser de quem atrai o público, fica com as federações e Confederação.

Entre os torcedores a insanidade é manifestada por meio da violência, física e verbal. Choca a qualquer pessoa normal, do bem, o que aconteceu de novo com o ex-presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, depois da eliminação do time da Copa do Brasil pelo Juazeirense. Responsável pela façanha da conquista de um bicampeonato brasileiro consecutivamente, inédita para clubes fora do eixo Rio/SP, aos 81 anos de idade, teve a casa atacada e ameaçado, junto com a família. Um absurdo!

E pior: fica por isso mesmo. A repercussão na imprensa foi pequena, o assunto morreu dois dias depois, e não se fala em apuração de responsabilidades, muito menos de punição aos criminosos autores de mais um atentado contra ele.

No dia nove de outubro de 2014, o Dr. Gilvan de Pinho Tavares foi reeleito por aclamação, sob aplausos gerais. Mas, errou feio fora de campo, ao apoiar Wagner Pires de Sá como seu sucessor. Com mais de 50 anos participando da vida do clube, ele conhecia como a palma da mão, tudo e todos dos subterrâneos azuis. Sabia quem era Wagner e os seus principais pares. Portanto, erro gravíssimo, mas daí, ser perseguido de forma violenta, como está sendo, não pode.

Com o Dr. Gilvan, os cruzeirenses viveram momentos de “contos de fada”. Com o Wagner Pires, a “carruagem virou abóbora”, e a visita ao inferno estava começando. Para lembrar essa transformação, recorri à memória eletrônica, para evitar dúvidas. O site do Cruzeiro registrava, na véspera da posse do presidente reeleito em 2014:

* “Presidente Gilvan de Pinho Tavares toma posse nesta quinta-feira” 

Filipe Magalhães

Foto: Bruno Senna

Filipe Magalhães

Eleito por aclamação para mais um triênio à frente da administração do Cruzeiro Esporte Clube, o Presidente Gilvan de Pinho Tavares tomará posse nesta quinta-feira (18), no Parque Esportivo do Barro Preto, às 19h30. A cerimônia será restrita aos conselheiros do Clube e à imprensa.

A chapa de Gilvan de Pinho Tavares terá uma nova composição. Nos próximos três anos, a vice-presidência será ocupada pelo Dr. José Francisco Lemos Filho e Márcio Rodrigues Silva, será o segundo vice-presidente.

O novo mandato tem início em janeiro de 2015 e se encerra no final de 2017. Na eleição, que aconteceu no dia 9 de outubro, Gilvan se emocionou durante o discurso e prometeu à torcida, um time forte e a continuidade do trabalho visando novos títulos.

“Quem faz o time do Cruzeiro e quem me ajuda a pagar esse time é a torcida do Cruzeiro. A torcida é fundamental para estimular os atletas a ganhar os jogos no estádio e ainda, cada Sócio do Futebol procurar trazer outros Sócios para alcançar a cota que fixei de 100 mil Sócios no meu mandato. Vamos unir forças, vamos somar forças, quanto maior for o número de Sócios, maior será a nossa receita e melhor será o nosso time”, completa o presidente.

Eleito em 2011, o presidente Gilvan de Pinho Tavares é unanimidade hoje no Clube e entre a torcida. Conseguiu em sua administração, montar um time competitivo e a manter peças importantes. O resultado veio dentro de campo. Neste mesmo período, o Cruzeiro conquistou dois campeonatos brasileiros de forma consecutiva e um campeonato estadual.

https://www.cruzeiro.com.br/noticia/show/5809/presidente-gilvan-de-pinho-tavares-toma-posse-nesta-quinta-feira

***

Agora, as consequências da aposta no sucessor e a fase de terror. Destaque nos veículos de comunicação, quinta-feira, 10, aqui no jornal O Tempo:

* “Casa de Gilvan de Pinho Tavares, ex-presidente do Cruzeiro, é apedrejada”

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O ex-presidente do Cruzeiro Gilvan de Pinho Tavares, de 80 anos, foi vítima de vândalos na madrugada desta quinta-feira (10). Quatro homens foram até à porta de sua casa, localizada no bairro Barroca, região Oeste de Belo Horizonte, tacaram pedras em janelas e chutaram o portão. Veja o vídeo, gravado pelos próprios criminosos:

https://www.otempo.com.br/superfc/cruzeiro/casa-de-gilvan-de-pinho-tavares-ex-presidente-do-cruzeiro-e-apedrejada-veja-1.2497252

***

Destaque nos veículos de comunicação no dia nove de outubro de 2019, aqui no Superesportes:

* “Casa de Gilvan é atacada com bomba, e ex-presidente do Cruzeiro desabafa: ‘Decepção’”

Ex-dirigente vai enviar imagens das câmeras de segurança para a Polícia Militar

A residência de Gilvan de Pinho Tavares, ex-presidente do Cruzeiro, foi atacada com bomba e pichada na madrugada desta sexta-feira. A vizinhança ficou assustada com o movimento violento. O ex-dirigente disse que vai encaminhar as imagens do sistema de segurança para a Polícia Militar.

 

“Todo mundo ficou apavorado. Jogaram bomba, quebrou telha. Agora, a vizinhança deve contratar uma vigilância para fazer a segurança. Foi tudo gravado pelas câmeras de segurança. Nós comunicamos a Polícia Militar, as imagens são muito nítidas. Isso não pode ficar impune. Estão colocando a vida de pessoas em risco”, disse o ex-presidente do Cruzeiro, ao Superesportes.

https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2020/10/09/noticia_cruzeiro,3866331/cruzeiro-casa-de-gilvan-e-atacada-com-bomba.shtml


Deixe uma resposta para Eduardo Silva Cancelar resposta

Comentários:
16
  • Marlon Caldeira Brant disse:

    Olá Chico, não sou a favor disto, mas existem vários cabeças cozidas que sabem da impunidade e ai vai fazer o que quiser pois sabe que não vai dar em nada. Esta roubalheira começou lá trás na década de 90, mas os títulos foram chegando o clube foi se transformando em um dos maiores do Brasil e da América, porque até o começo dos anos 90, o único time com destaque era o Cruzeiro, com a libertadores e as finais de Brasileiro, mas a partir deste ano, conseguimos estar entre os maiores do País. Isto tem um custo, craques (Alex, Sorin, Boiadeiro, Renato Gaúcho, Ronaldinho, Dida, Palhinha, Marcelo Ramos, Roberto Gaúcho) só alguns pois se for escrever vira uma bíblia, mas a divida era no máximo 190 milhões no final de 2.011 quando ganhamos de 6×1 do seu time, ultimo jogo de Zezé Perrela como administrador. Mas 10 anos depois 800 milhões? Tá certo que voltamos a ganhar quase tudo que disputamos, mas ninguém mostra onde foi o dinheiro? Dizer que foi só 500 mil desviado: Cadê o resto então? Uma coisa eu tenho absoluta certeza, o Futebol Brasileiro é o local mais apropriado para a lavagem de dinheiro e corrupção deste país. Não existe fiscalização e ninguém coloca o dedo na ferida. Então, os cabeças cozidas sabendo que não vai dar em nada, parte para a única coisa que eles acham que funciona, o terrorismo. Todas as torcidas são assim, ou todos esqueceram os tumultos de todas as torcidas Brasil afora?

  • Mariano Neto disse:

    Pedro Lourenço, dono do BH Esporte Clube, disse que cansou das trapalhadas do Presidente Gel e rompeu com o dirigente. Nuvens negras na Toca.

  • Júlio Soares disse:

    A torcida azulina vibrando com gol de atleta que ela própria rejeitou.
    Depois de passar a rasteira no André Cury, Deivid procurou Cury para ajudar o Cru Cru… Resposta de Cury: “vocês vivem em outro mundo”.
    Mozart, aquele que veio cantar o “Miserere” na Toca, pediu o retorno do atleta Giovani que estava no Avai. Giovani disse que só retornaria se recebesse os atrasados. Amarrou no cabo da raposa, não recebe nunca mais!

  • Fernando Chaves disse:

    Em parceria com a imprensa, a dívida do Arrascaeta já foi quitada várias vezes, mas vira e mexe ela ressurge. Kkk!!!

  • Jeremias disse:

    A Chipre Azul compareceu todinha na porta da TOCA para protestar, mas o presidente é pirracento e age contra o pensamento da torcida. NÃO VAI MUDAR ! A torcida tá sem moral. Pega Fogo Cabaré!

  • João Brás disse:

    O Cru Cru nunca mudou de mãos, mudam-se os nomes, mas é sempre o mesmo grupo que domina há várias décadas. Não vai mudar… Títulos nebulosos custaram caros!

  • Alisson Sol disse:

    Pessoalmente, eu sou contra tal tipo de atitude. Agora, às vezes as pessoas falam do “grande futebol europeu”. Pois é. Lá na Europa falaram em criar a tal de “SuperLiga” e foram reações semelhantes a estas que levaram os dirigentes a desfazer a idéia rapidinho. Aliás, é só mesmo a força da “Liga Inglesa” que força a imprensa a dar pouca ênfase a fatos como o de que, neste último mês de Maio, os fãs do Manchester United paralisaram um jogo protestando contra a direção do clube (link). Se isto ocorre no Brasil, os fãs são “apenas alguns baderneiros”. Na Inglaterra, são “apaixonados”.

    De novo: não apoio e nem jamais faria isto. Mas há gente para quem o futebol é parte muito mais importante da vida. E estes são os explorados por ano pelos dirigentes. E os mesmo dirigentes que fizeram inúmeras coisas sabidamente erradas e protelam, obstruem e tentar fazer apurações “caducar” vem com frases como “Isso não pode ficar impune.“. Que ironia!

  • Horacio disse:

    É lamentável mesmo, mas se depois de quebrar o mineirão e não acontecer nada, os criminosos criaram coragem para tentar pegar membros da quadrilha adversaria.

    Esta história da dívida do cruzeiro, eu gostaria de ver como cresceu com o tempo. Porque não mostram? Empurram tudo para a gestão anterior mas não mostram nada, só mixaria desviada para o homem da mala pagar os “macumbeiros” e auxiliares. A dívida não foi criada com desvio de 200 ou 500 mil, mas por milhões durante dezenas de anos, são 800 milhões gente!!. Só mostraram a micharia!! E o resto?

    Eficiente para criar este conto de fadas e empurrar as responsabilidades, a “administração” não tem qualquer projeto pra reerguer o clube. Parece ser mais importante criar confusão para proteger grupos. Mas dívida não se resolve sozinha, não se resolve com o tempo, com o tempo ela só aumenta.

    Tem é que fazer igual o Galo, pelo menos tentar resolver o problema e bola pra frente.

    • Eduardo Silva disse:

      essa dívida do Cruzeiro cresceu da mesma forma que a dívida do Mineiro chegando a 1,3 bulhões…

      e como diz outro torcedor Intindido e ispecialista de dívidas, no Galo tá tudo equacionado, tá tudo organizado.

      tem bobo pra tudo nesse mundo!

      • Horacio disse:

        Prezado Eduardo Silva, saudações alvinegras,

        Não sou especialista em dívida, mas sei as 4 operações. Só para ilustrar, 6 anos são 72 meses, serão necessários 11,1 milhões por mês, por seis anos, para chegar aos 800 milhões. Ou um roubo de 133 milhões por ano. As gambiarras que apareceram são de pé-de-chinelo, se somar tudo não chega aos 11 milhões que deveria ser desviado em um único mês (por seis anos). A folha salarial do clube nunca chegou a um terço disto (também aprendi frações).

        Este conto da carochinha é para encobrir outra coisa. É também negacionismo. Negacionismo só impede que os problemas sejam enfrentados. É ficar procurando culpados ao invés de tentar resolver, é coisa de preguiçoso.

        Da minha parte, podem continuar como estão, o cuei, mal e porcamente, vai ocupar o espaço. Acho que inclusive vai herdar a memorável, magnífica e gigantesca sala de troféus que esta penhorada lá pra pagar o aluguel. Só lamento por alguns familiares e amigos… ainda no maior Banzo.

  • STEFANO VENUTO BARBOSA disse:

    Torcedor do cruzeiro não tem direito nenhum de reclamar dessa tragédia, que começou com os Perrelas e acabou com o Wagner e agora virou comédia com o Sérgio. Foram as taças que eles tanto falam que levaram o clube à mendicância.

    • Eduardo Silva disse:

      ERRADO!
      Quem ganhou taças foram jogadores! Uma coisa não tem nada a ver com a outra!

      O que levou o Cruzeiro a bancarrota foram ladrões, travestidos de dirigentes e conselheiros que saquearam o clube e espetaram uma dívida de mais de 800 milhões.

      Tem clube aqui de Minas que é a maior dívida do Brasil, 1,3 bilhões e crescendo…

  • Marcio Borges disse:

    Chico eu nunca vou entender uma coisa. Um presidente que foi bi campeão brasileiro, foi bem outras competições, pegou Everton Ribeiro, Ricardo Goulart, Egídio, Luca, etc e etc…todos da série B. E depois vendeu todos por uma fortuna. Tô mentindo? Então, aí entrega o time em situação difícil e com dívidas. E igual eu comprar um carro por 10 e vender por 15. Onde tá o prejuízo???
    E o pior, ainda forma vendidos jogadores como o Lucas Silva que eram do clube!!!! Ou seja, eram um lucro maior. O futebol nao É um negócio fácil de entender. E o único meio empresarial onde quem produz Ou valoriza toma prejuízo. Ou tô mentindo??!!!.
    Difícil aceitar a situação do Cruzeiro hoje. Foi muito roubo, administração fraudulentas e todo tipo de crimes que puder enumerar…..
    #tiburcioeternomito

    • Marcão de Varginha disse:

      Entendo seu tradicional destempero, mas para a grande maioria das alterosas foi e é muito fácil aceitar a situação do cruzeiro hoje.. particularmente, meus maiores ídolos no futebol são crias celestes: Gilvan, Perrela, Serginho, Itair Machado, e segue lista…
      – #benecyeternomito