Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Torcedor do Fluminense que gritou idiotices no hotel do Atlético, no Rio, foi rechaçado pelos próprios tricolores

Por ter sido um ato tão nojento e tão pequeno, literalmente, eu nem ia comentar, mas em consideração ao Guilherme L. de Oliveira , que cobrou no facebook, vamos lá:

“Chico, não vai fazer um post sobre aqueles ridículos torcedores do Fluminense que foram na porta do hotel onde o Galo ficou, para falar aquelas asneiras todas? (de que o avião iria cair,etc). Lógico que não representam a torcida do tricolor carioca, mas foi lamentável mesmo. A que ponto certas figuras chegam por causa de futebol”.

***

Infelizmente, de volta e meia aparece um imbecil desses. Gente infeliz, que quando é chamada às falas, publicamente, diz que tinha bebido, que fez sem pensar e que “está arrependido”, bla bla bla. Neste caso, até as redes sociais do Fluminense e de suas torcidas condenaram o sujeito, como mostram o site da Netflu e vários torcedores:

“Torcedores do Flu hostilizam jogadores do Galo em hotel: “O avião vai cair”

Cena lamentável ocorreu após a partida”

Após o jogo entre Fluminense e Atlético-MG, uma triste cena ocorreu em frente ao hotel onde estavam hospedados os jogadores do clube mineiro. Um grupo de poucos torcedores tricolores começou a hostilizar os atletas e um deles mais exaltado gritou: “O avião cair”… e repetiu outras vezes.

Confira o vídeo abaixo, que já corre nas redes sociais:

FutebolNews

Torcedores do Fluminense estavam na porta do hotel onde estava a delegação do Atlético-MG dizendo que o avião do clube irá cair. Até onde vai o nível da imbecilidade do ser humano por futebol?iogo Nogueira

Em resposta a

@realfutebolnews

Esses doentes nem devem ser chamados de torcedores. A torcida do Fluminense nunca foi, e nunca será assim.

https://www.netflu.com.br/torcedores-do-flu-hostilizam-jogadores-do-galo-em-hotel-o-aviao-vai-cair/


Deixe uma resposta para Horacio Cancelar resposta

Comentários:
2
  • Horacio disse:

    Prezado Chico o Galo mandou quase todo o time principal para ‘servir’ as suas seleções. Vai ficar 12, 13 dias sem jogar “para não prejudicar o desempenho” nos muitos campeonatos que disputa. O time não treina, poucos titulares descansam e aprimoram a parte física.

    Com os jogadores de volta, sabe-se lá em que estado, só tem decisão, primeiro vem a copa Brasil, depois libertadores, nos intervalos uns 4 jogos do brasileirão. O Galo deve os tubos, precisa das premiações e títulos para tentar reduzir uma dívida monumental, aí vem a cbf e outras ‘entidades do futebol’ e depenam o elenco do Galo do jeito que eles bem entendem? E está tudo bem?

    Com um começo de profissionalização na administração Galo, está sobrando tempo para a diretoria começar a agir nestes casos. Ninguém vai pagar pela estrutura que está parada? Afinal todos os outros jogadores estão parados. O futebol profissional tem um custo anual, tem um custo diário. Só multiplicar pelos dias parados e mandar a conta.

    Tudo por conta desta bizarra, medieval e escravocrata estrutura do futebol. Não é possível os clubes endividados como estão continuarem pagando pelo wiskyinho da barangada da cartolagem do futebol brasileiro. Nenhum deles veio do meio do futebol, enquanto os clube derretem em sequências absurdas de jogos provocadas por estas convocações e paradas que só beneficiam a eles.

    O Galo vai pegar uma sequência pesada de decisões, se perder uma delas, quem paga pelo prejuízo? Se perder, o prejuízo é um ano de trabalho jogado fora, um ano de folha de pagamento sem retorno!!

    • Antonio da Silva disse:

      Sempre quando o Galo está bem e ocorre estas paradas, eles não retornam bem. Deus queira que eu esteja enganado. O time está muito bem entrosado, temo que a parada não seja benéfica. Piora ainda mais quando começa a vender, tomara que permaneça o elenco todo. Galôôôôôô!