Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Trapalhões entram em cena e cancelam o único jogo interessante das eliminatórias 2022 | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Trapalhões entram em cena e cancelam o único jogo interessante das eliminatórias 2022

gauchazh.clicrbs.com.br

Inacreditável mais essa demonstração de incompetência, desorganização e interesses inconfessáveis da Conmebol e demais associações envolvidas nestas cenas de “pastelão” ou “Os Trapalhões”, que interromperam o maior clássico do nosso continente, no Itaquerão, em São Paulo.

Os jogadores sem vacina estão no Brasil há três dias e só quando a bola rolou apareceram as autoridades sanitárias e a Polícia Federal para barrá-los.  Na intensa discussão no twitter, ao apontarem dedos para possíveis culpados, eu disse lá o seguinte, ao Henrique André:

@chicomaiablog: Isso é Brasil, camaradas! Como diz Tom Jobim, “não é para principiantes…”. Além de sermos sul-americanos… Da gema!

E a Conmebol disse que a FIFA é quem vai decidir o que vai acontecer daqui em diante.

E a Stella Kleinrath, direto da Europa, foi quem deu a melhor dica dessa armação toda, ao citar reportagem do Diário Olé, da Argentina: @stellammk

Que zorra!


Deixe uma resposta para Luiz Cancelar resposta

Comentários:
5
  • Alisson Sol disse:

    Dois comentários apenas:
    1) Como podem os dirigentes da Argentina vir a público dizer que “não sabiam que seus jogadores não poderiam jogar“. Eu e qualquer pessoa seguindo notícias nos últimos dias já sabíamos deste problema.
    2) Como diz o “The Guardian”, o problema será ver se a Anvisa vai ter o mesmo empenho no futuro com políticos e outras figuras públicas que descumprem regras sanitárias (link).

    O país está com o que brevemente serão 600mil mortes confirmadas pela pandemia, fora o impacto econômico e as sequelas nos contaminados que não vieram a falecer imediatamente. E dirigentes de futebol achando que podem passar por cima das leis. O Brasil não é para amadores..

  • Humberto disse:

    Sempre fomos conhecidos como “o país do jeitinho”, que tudo se resolve com uma boa propina, ai quando alguma instituição tenta fazer a coisa certa nos criticamos, dizendo que não é um país sério. Se fosse nos USA, esses jogadores seriam presos, pois FALSIFICARAM DOCUMENTOS.

  • Luiz disse:

    Confirmando o que disse no meu comentário, essa noticia do Estado de Minas:
    …..”A nota oficial da Anvisa foi publicada às 12h43 deste domingo, horas antes de a bola rolar para Brasil x Argentina. Mesmo com a determinação da autoridade máxima em vigilância sanitária no país e a presença da Polícia Federal na porta do hotel, a delegação albiceleste se dirigiu para o estádio com os jogadores que seriam deportados, o que gerou toda a confusão envolvendo Conmebol, CBF e Associação do Futebol Argentino (AFA).”
    E nós que não somos país sério!
    Menos gente…menos

  • Luiz disse:

    Chico,
    Tudo ainda muito recente ( agora são 18:28 hs), mas uma coisa é que devemos tirar o chapéu para, a ANVISA que notificou todo mundo, desde sexta feira. Não tomaram as providencias necessárias, então ela fez a parte que lhe cabia. Corretíssima. Aqui tem leis e é bom que todos saibam. Me incomoda muito achar que somos um eterno país inconsequente e irresponsável, e isso ser permanentemente reforçado pela imprensa. Viva o SUS e viva a ANVISA!
    A verdade que todos tentaram esconder, inclusive a CBF é que a Argentina quis “passar a perna”. Se deu muito mal.
    Consequências desse fato, só com o tempo. Por muito menos, o Chile foi excluído de uma Copa no jogo da simulação do goleiro no caso dos foguetes no Maracanã. Vamos aguardar.