Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Grande jogo e grande resultado em Fortaleza, mas a luta continua, dentro e fora de campo

Fotos do excelente Pedro Souza, que vale demais a pena seguir: @PedroSouza09

A derrota na abertura, no Mineirão, não me desceu até hoje, e essa vitória espetacular em Fortaleza foi ótima, mas não compensou os três pontos perdidos lá trás. Em campeonato por pontos corridos todo jogo é decisivo. Se hoje são sete pontos de frente sobre o segundo colocado, a massa alvinegra poderia estar iniciando a contagem regressiva para a conquista do título. Palmeiras e Flamengo estão na cola e são mais perigosos fora das quatro linhas do que dentro.

Depois da vitória o Luiz Souza, comemorou aqui no blog:                                                                                            “E não é que deu? Mais três pontos na conta ! Vamos que vamos: jogo a jogo!”

Mas, no intervalo a apreensão dele era grande: “Intervalo do jogo do Galo. Time tá mal. Cuca precisa mexer logo. Jogadores marcam bem, mas sem criatividade. Vargas muito mal. Zaracho não joga como de costume e Nacho meio sumido. Fortaleza marca bem, antecipa nossas jogadas e arrisca mais, contando , hoje, com a instabilidade do nosso goleiro. Precisamos sair da marcação e os caras aparecerem para receber a bola mais livres. Se o Cuca for mais ousado, acho que dá para trazer os três pontos.”

O paraguaio Junior Alonso, mais uma grande aquisição do Atlético, autor do segundo gol sobre o Fortaleza.


Deixe uma resposta para Pedro Vitor Cancelar resposta

Comentários:
30
  • Germano Brás disse:

    Chico, tanto a imprensa Mineira como nacional dá bastante relevo aos dois jogos que faltam ao Flamengo e se esquecem que, o Galo ainda falta jogar contra o Grêmio pelo 1º turno.

  • Luiz disse:

    Chico e amigos.
    Primeiro agradecer-lhe, Chico, pela postagem do meu comentário.
    Na verdade o segundo tempo foi muito melhor que o primeiro e as peças que eu contestei se recuperaram na partida. O Cuca é um ótimo treinador. Tem dias que as coisas não vão bem e a superação se faz necessária. O Galo tem sido assim. .Legal também a nossa euforia , apaixonados alvinegros que somos. Mas ainda falta muita coisa pela frente. Prefiro ir com cautela pois sou “vacinado de Atlético” e como diz o Flávio Anselmo – “guardar a minha boca para depois comer a farinha”.
    Ótima semana a todos.

  • Marc Batista disse:

    Equipe bem treinada. Entrosamento e jogadores de excelente qualidade individuais que estão se destacando. Cuca ajustou o time do Sampaoli e melhorou ainda mais com a chegada de craques como Hulk e Nacho. Galo está sólido e se comporta como campeão. Cuca, o melhor técnico da história do Galo.

  • Horacio disse:

    O jogo era difícil, mas em nenhum momento achei o Fortaleza superior. É um time rápido e perigoso, mas o Galo neutralizou as principais jogadas deles pela esquerda com o Allan e Arana mais atentos, sem subir na louca como no jogo que tomamos a virada. Os jogadores de criação deles foram muito bem marcados e as jogadas de contrataque também.

    Conseguiram algumas jogadas pela direita, mas o Galo melhorou a cobertura por ali. Estavam muito bem fechados, marcaram muito bem o Givanildo e o Nacho, jogaram no erro e no contrataque. Se conseguem um gol ia ser o bicho. O Everson, mais uma vez fundamental, um gol no começo, não sei não viu. O reposicionamento e movimentação do Zaracho desequilibrou.

    Temos que comemorar, o Fortaleza foi o nosso adversário mais difícil até agora. A vitória deles aqui não foi sorte. Time sem estrelas, sem velharia e que sabe muito bem o que fazer com a bola.

    Um clube bem administrado, que veio da série b, acertou na armação do time promovendo jovens, contratações dentro do orçamento real do futebol brasileiro, e vai dar trabalho. Torço para que tire todos os pontos possíveis dos nossos concorrentes. Pra quem gosta de futebol, grande jogo e grande vitória.

  • JESUM LUCIANO DA SILVA disse:

    Agora é foco e abrir o olho com fatores extra_campo, não vão deixar o galo disparar sem tentarem atrapalhar.time está no caminho certo.

  • Fred disse:

    Vitória importante, na hora certa, considerando a vitória flamenguista. O Fortaleza não é um time bobo, está anos luz à frente dos demais times nordestinos, não está o 1ºturno todo no G4 por acaso.
    Números que mostram o Galo mais consistente em relação a 2012 e 2020: é o time com mais vitórias, mas também com menos derrotas, é a defesa menos vazada, é o que mais venceu fora de casa, é o único do G4 que venceu todos os outros do G4.

  • Renato César disse:

    Para aqueles que acham que o Galo não jogou bem, tivemos acho que 6 jogadores convocados para seleções (não treinaram com o clube durante esta “parada”), uns 2 jogadores fora por suspensão, Keno voltando de contusão (precisa de uma sequência para render) e Diego Costa recém contratado.

    Mesmo assim, mandou no jogo todo. Cuca deu o troco no Vojvoda.

    Outras coisas para lembrarmos: melhor defesa, maior número de vitórias, melhor visitante, maior quantidade de jogos sem sofrer gols. Campeão costuma liderar pelo menos 3 destas estatísticas. Ainda tem mais: faremos 11 jogos em casa e, se vencermos todos, pelo histórico dos pontos corridos, seremos campeões sem precisar pontuar nos 8 jogos que ainda faremos fora de casa (se empatar contra porco e urubu, confirmação será matemática).

    Natal para o atleticano em 2021 será inesquecível! Aliás, acho que o Natal em Minas será inesquecível. Para a maioria será para o bem.

  • Renato César disse:

    Verdade é que o Galo está tirando sono de muita gente. Campeão mineiro, venceu fora nas quartas da Copa do Brasil, decide em casa as quartas da Libertadores e com boa vantagem na ponta do Brasileirão.

    Isto tudo acontecendo, precisamos lembrar de mais um fator histórico que está mudando: desempenho nos meses de Agosto e Setembro. Historicamente nosso gás acabava neste período. Aproveitamento costumava girar em torno de 20% e agora está na casa dos 80%.

    Isto parece ter relação com o equilíbrio financeiro. Contas em dia, não existem bloqueios sequenciais de dinheiro, negociações de dívidas sendo bem sucedidas.

    Turma do contra está tendo trabalho este ano para encontrar pelo em ovo…

  • Flaviano Filho disse:

    No jogo contra o Fluminense esse mesmo árbitro inventou um pênalti contra o Atlético e deixou de marcar um a favor do Galo, quando Natio foi calçado dentro da área. É difícil….

  • Raws disse:

    Vejo nas redes sociais uma turma indignada com a forma que os jornalistas do eixo tratam nosso clube. Se por um lado a indignação é justa, por outro vejo um pouco de masoquismo em assisti-los, coisa que raramente faço. Eu filtro os jornalistas e os momentos do programa. Penso que devemos ter mais amor próprio e porque não dizer, sermos mais bairristas que eles. Imagino é o sofrimento de Léo Bertozzi e Mário Marra, tendo de conviver de perto isso todos os dias.
    O pior pra mim é ter de suportar as transmissões com adversários narrando e até comentando nossos jogos, com uma ruindade e falsidade de matar de raiva.

    • Paulo César disse:

      Prezado Raws, concordo totalmente com seu comentário. Dar audiência a este tipo de profissional é sofrer em dobro. Havia um programa na Fox que era, descaradamente, pró estado de SP. Coisa de 90% do tempo dedicado a eles.

      A ESPN encampou a FOX e trouxe este comportamento horroroso. Aliás, ruim com a Globo, pior sem ela (na TV aberta, diga-se de passagem). SBT, dono das transmissões na TV aberta da Libertadores, passou ZERO jogo do Galo. Antigamente, pelo menos, a Globo Minas dava o ar da graça em jogos dos mineiros na Libertadores.

      Por estas e outras, não gasto meu tempo com este povo.

      • Raws disse:

        Caro Paulo César, temos de nos recolher ao “nosso sítio”, até que o melhor venha e aí poderemos até assistir alguns programas desse por completo para rirmos.

      • Luiz disse:

        Paulo César e Raws. Td bem?
        Concordo em tudo que vocês estão falando. Eu escuto quase todas as noites ao Giro Esportivo na Rádio Tupi do Rio de Janeiro Lá só se fala do Flamengo. Uns 90% Flamengo, 9% outros times, Vasco, Flu e Botafogo. 1% resto do País ,(quando falam). E o pior de tudo, ainda tem o tal do Jaeci Carvalho.
        De fato é sofrer em dobro, mas com o Galo no topo, eles tem engolido seco. Lá só salva o o Welington Campos. Mas uma coisa é certa, adoro quando esse povo quebra a cara. O melhor é esquecerem do Galo, quando assustarem estaremos lá.

  • Pedro Vitor disse:

    O Atlético soube trabalhar as jogadas, no primeiro gol o Vargas ia chutar, ajeitou, passou ao Zaracho, e matou o goleiro.

    A verdade é que o Fortaleza irá, roubar pontos de Palmeiras ou Flamengo.

  • Jeremias disse:

    A Ovelha Desgarrada disse que o Galo continua jogando mal. Já pensou se jogasse bem???

  • Marcos disse:

    O Atlético joga como campeão. Se comporta como campeão. Joga com consciência e propriedade de campeão. Por isso dispara na liderança do campeonato nacional. E outra, só o Flamengo tem potencial pra deter o Atlético.
    E mais, não prioriza uma competição e deixa a outra de lado. O Atlético joga pra ser campeão nacional, campeão da Copa do Brasil e campeão da Liberdadores. Não será surpresa se o Galo ganhar os três.

    • Fred disse:

      Concordo, por isso torci pro Palmeiras vencer ontem. O Flamengo qualificou mais ainda o elenco, parou de oscilar, e o Everton Ribeiro está desequilibrando. Com uma ajudinha da CBF, vai escolher o melhor momento (do calendário e do time) pra jogar as partidas atrasadas, então provavelmente é o grande adversário atleticano.

  • Julio Cesar disse:

    Não podia encostar nos jogadores do Fortaleza que desbavam e o árbitro marcava falta.
    Jogadores do Galo errando muitos passes e optando por condução da bola ou arremates quando havia companheiro como melhor opção para o passe.
    Mas bem assinalado pelo Stefano jogadores que não foram tão bem sabemos que vão entregar mais.
    Três pontos!

  • Márcio Luiz disse:

    Mais umas 4 ou 5 rodadas e os perseguidores do líder GALO passarão a ser pela ordem mulambos, suínos e gambás, pois Fortaleza e Braga estão aí de “enxeridos”, rs.

    E aí vai ser a hora de o Galo saber jogar “fora do campo” também.
    Tem q fazer igual ao pimpolho, ficar “dê” olho.

  • carlos henrique disse:

    Zaracho que cara bom de bola ele e o Nacho mais cerebral
    Zaracho perfeito, vendo o jogo na tv aberta para Minas
    pensei uma coisa,e nao é que o narrador falou a mesma coisa
    pensei Zaracho esconde a bola, o narrador ou comentarista nao sei quem
    falou a mesma coisa, ´aquele cara que esconde a bola e passa
    acha o passe, Diego Costa recuperou uma bola na raça
    se tivesse torcida a massa ia ao delirio
    atleticano adora raça, vai cair nos braços da torcida, logo, logo
    primeiro tempo sofrivel, segundo tempo so deu Galo
    Hulk e Diego costa podem jogar juntos
    por que Hulkvolta, marca faz gols e dá assistencias
    Penaque a imprensa fora de B.h. nao fala do lider
    dá nojo, so Flamengo deixa vamosquietinhos
    como bom mineiro desconfiados, mas sabendo
    que poderemos ir além,e conquistar o titulo
    nao vai escapar

  • STEFANO disse:

    O Galo tem que abrir o olho com a arbitragem, o juiz hoje não deu um monte de faltas pro Galo, amarelou o Cuca sem motivo. O Galo foi tranquilo e venceu um time que não perdia dentro de casa, então, vou reclamar de quê? Alguns jogadores não jogaram bem hoje, mas a gente sabe que pode dar mais. Ruim era quando jogavam mal e a gente dizia “é isso mesmo que eles jogam”.

  • Marcão de Varginha disse:

    Por falar em “Palmeiras e Flamengo estão na cola e são mais perigosos fora das quatro linhas do que dentro.”, tomara que nos jogos da semi-final da TLA o nosso presidente copie Kalil lá em 2013, quando foi na Conmebol e EXIGIU arbitragem “de fora” para os jogos contra o SPFC… copiar o que deu certo não é feio para ninguém, mas inteligência!
    – #benecyeternomito

  • Silvio Torres disse:

    Continuo na mesma linha. Vitória espetacular e futebol pobre. Jogou mal contra o Fluminense (-2), contra o Bragantino (-2) e hoje. Com o elenco que tem. Como sabemos, as armações extra campo SEMPRE prejudicam o Atlético. Não foi à toa que a “imprensa atleticana” do Rio e Sum Paulo se uniu à portenha para criar um clima DESSE TAMANHO contra o galo. E que já tem aparecido nas últimas arbitragens. Os apitadores daqui já entram em campo pressionados pelo carnaval que fizeram, indignados pela audácia do Atlético em detonar Boca e River numa Libertadores. O time tem que ter consciência disso e entrar em campo antenado para não cair nas armações. Serão dois mata-matas decisivos contra o Fluminense e Palmeiras. E a arbitragem vai estar preparadinha….

    • Edson Dias disse:

      Respeito demais suas opiniões, meu caro, mas…

      De onde vc tirou que o Galo jogou mal contra o Bragantino? Foi um jogaço, de parte a parte, em especial do ponto de vista tático. Contra o Fluminense, de fato o time foi meio displicente, e muito provavelmente em razão da maratona absurda de jogos que vinha enfrentando. Nosso elenco é bom, mas não é numeroso e grande como é o do Flamengo, e isso fez com que o Cuca mantivesse o time titular base praticamente todos os jogos.

      Ontem, se não foi um primor técnico, soube suportar a pressão do Fortaleza no primeiro tempo e voltou muito bem encaixado no segundo.

      Em um aspecto, entretanto, concordo com você: pontos como os perdidos contra o Fluminense no Rio podem fazer falta, porque se no final houver um equilíbrio de forças muito grande entre Galo e Flamengo, a gente sabe exatamente para onde a balança arbitral vai pesar.

      • Silvio Torres disse:

        Edson, reclamo sempre e relembro sempre esses dois tropeços porque fico de olho no futuro. Dá uma checada na tabela e calcule quantos pontos o flamengo pode fazer no segundo turno. O Atlético vai precisar de um aproveitamento muito superior ao que tem agora, de 73%, se quiser mesmo ser campeão. Ou então, coisa difícil de acreditar, contar com uma forte queda de rendimento do mengo a partir de agora. A campanha do galo, com o mesmo Cuca, está muito parecida com 2012. Se você lembrar, depois de um primeiro turno quase perfeito, vacilou nas últimas rodadas e caiu na armadilha armada pelo Massa Falida no Independência. A partir dali, o time desandou e cometeu vários tropeços, enquanto o fluminense ia tendo todo jogo duro “facilitado” ou com uma expulsão do adversário ou com um pênalti marcado para o Fred converter. Aliás, essa história de pênaltis para o Fred bater já tá rolando há algum tempo de novo. Entende minha insistência? Torcida e instituição Clube Atlético Mineiro são sempre inocentes úteis e entusiasmados, cometendo os mesmos erros ano após ano.