Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Empate ruim para as pretensões de Cruzeiro e Vasco em tarde de lambanças à beira do gramado e da transmissão da TV

Foto: @Vasco

Os dois times se equivalem na qualidade sofrível dos seus elencos. Ambos precisavam desesperadamente da vitória.

O tão alardeado profissionalismo do Vanderlei Luxemburgo ficou devendo, feio. Ele e o auxiliar foram expulsos no jogo contra o Operário, por destempero. E hoje, mandaram o Belletti para o banco. Uai, mas Belletti não é treinador, ele é uma espécie de relações públicas do Cruzeiro e do Barcelona. Um time que fala em subir e não ter o técnico e seu auxiliar por indisciplina, é inacreditável.

Belletti nunca esteve à beira do campo. Oficialmente ele veio para ser diretor de Internacional Business Football, como gostava de o presidente Sérgio Santos Rodrigues. Que situação vive o Cruzeiro, que durante décadas foi reconhecido por sua gestão administrativa competente.

Terminou o primeiro tempo com menos um jogador. Wellington Nem pediu pra sair e não houve nenhuma atitude no banco. Deviam estar esperando uma ligação do Luxa.

Sobre o jogo, em casa, o Vasco fez valer a sua condição de mandante no primeiro tempo, teve quatro grandes oportunidades, mas aproveitou apenas uma. No segundo tempo o Cruzeiro foi bem melhor e só empatou no tempo extra, depois de tomar um segundo gol, que foi anulado, mas que a TV, comeu mosca. E não informou que o árbitro atendeu ao aceno do bandeira, que viu o jogador do Vasco ajeitando com a mão na origem da jogada. Um dos maiores micos da história da Globo. Depois de dizer que o Vasco vencera por 2 a 1, o locutor pediu “hum milhão de desculpas” ao torcedor do Cruzeiro”, e foi corrigido pelo comentarista: “ao torcedor do Vasco também, né!?”.

A presença do jornalista no local do jogo ou qualquer evento que ele está cobrindo faz diferença demais. E o narrador, comandante da transmissão, não estava em São Januário.


Deixe uma resposta para Marcio Borges Cancelar resposta

Comentários:
10
  • Alisson Sol disse:

    O time do “MRV suggar daddy” líder da Série A, disputando Copa do Brail e Libertadores, mas o que importa para os Complexados Anônimos Mineiros?

    Em relação ao Cruzeiro: outra partida, outro desempenho sofrível. E não adianta reclamar do Luxemburgo por agora: estou achando que conseguir estes empates está sendo o melhor que se podia fazer.

  • Pedro Vitor disse:

    Uma pena que na hora do jogo do Bruzeiro eu estava mais pra lá do que pra cá senão ia rir ao vivo

  • Marcão de Varginha disse:

    Contra o Operário venceu, mas empatou: contra o Vasco perdeu, mas empatou. Exigiram o Var e agora são contra o VAR.
    – Pelo andar da carruagem sintam-se satisfeitos, pois, o Luxa está atingindo seu objetivo: garantir a permanência na segunda divisão!
    – #benecyeternomito

  • Marcio Borges disse:

    Olha, já tinha falado. Não sobe . Simples assim . Mas estamos melhorando. Não tem como negar. Pena que, como nos outros anos, demorou . Este ano coloco mais ainda na culpa da diretoria pois teve chance de trazer o Luxa antes e não quis por opção . Falta conhecimento .
    #tiburcioeternomito
    #naodeformataooficial

  • Mauro Lopes disse:

    O grupo Globo dá todas as mostras de que está a caminho da derrocada final. Grade dos canais Sport TV são preenchidas hoje em dia majoritariamente com jogos da terrível série B do Campeonato Brasileiro, jogos do ainda inexpressivo futebol feminino brasileiro e, sinal de decadência total, partidas de futebol Master. Na tv aberta, torneio de futsal derrubando a programação normal da semana, amistosos chinfrins da seleção feminina de futebol e um erro monstruoso desses na transmissão de hoje. É tão inacreditável que me lembra a agonia final da Rede Tupi, que acompanhei jovem com minha família. Era de cortar o coração ver as últimas transmissões da TV Itacolomi, com uma programação caótica e cheia de defeitos no ar.

  • Germano Brás disse:

    O time do crucru é inconsistente, inofensivo e inviável. O filósofo Luxemburgo disse que o VAR é inconclusivo, o árbitro nem consultou. Eduardo Brook seleção!

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, boa noite,

    E o título de hoje poderia repetir do jogo anterior LAMBANÇA, LAMBANÇA, LAMBANÇA

    e acrescentaria: Sabe de queeeemmm?? Sabe de queeeeemmmm?? Coitado do Luiz Roberto de Mucio, ele é gente boa….kkk ganhou uma verdadeira bola nas costas…

    A gente fica até repetitivo, arbitragem de campo e de VAR fracos, incompetentes, confusos, jogo ruim, jogadores sofríveis e destaco dois pontos positivos nesse jogo: Don Fabon ainda pegando muito!! MONSTRO!1 MONSTRO! Tem que respeitar muito o tio Fabio!! Entrega o Motoradio pra ele todo jogo! Espero que ele complete os mil jogos e saia do clube pela porta da frente como jogador e talvez exerça alguma função no clube futuramente.

    E outro ponto positivo foi o cartão amarelo do zagueiro Eduardo Brock que está fora da próxima partida!
    Grande reforço essa sua ausência…

    E DENOVO, já que a moda é juntar as letras, AGENTE teve dois lances que o juiz e o VAR viram o lance e não marcaram, o primeiro uma falta dentro da área que o jogador do Vasco segurou, abraçou, abalroou o jogador do Cruzeiro, o jogando no chão, que seria penalti e outro lance foi o Brock que deu um osoto gari no vascaíndo e o juiz na frente do lance não deu amarelo que seria a expulsão dele… ARREGOU!

    Se o técnico do Cruzeiro fosse o Tite, o nome mudaria para Empatite! Ainda estou procurando um nome: EmpataLuxa, Luxempate… Até o fim da segundona vamos achar um nome legal.

    Como diria o resignado, pelo menos num perdeu…kkk

    zerooooooooooooooooooo

  • Luiz Ibirité disse:

    A série B é a baba do boi cansado, o Cruzeiro vai pedir musica no fantástico, tem jeito não, time horroroso, o luxa é o “menos” culpado, gestão desastrosa, q fase.

  • Luiz disse:

    Que jogo ruim demais da conta! Deu calo nas vistas! Não sei quem foi o pior. Parecia jogo de futebol de tabuleiro, daqueles que se joga com moeda e com uns pregos como jogadores. O Vasco é sofrível e o Cruzeiro essa tranqueira de sempre. A saga continua…tem que fazer uns 32 ou 33 pontos em 39 possíveis. Com esse futebolzinho mequetrefe , o time azul pode jogar até 2050 que não sobe. E nem esse Vasco!

  • Júlio Soares disse:

    Os amiguinhos da cbf chiam diante de seus fracassos, faz pressão e na partida seguinte vem a recompensa. Nem assim vai subir!