Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

As estrelas do Atlético não brilharam na hora “agá”. Palmeiras do veterano Felipe Melo fez por onde, e mereceu

Em foto do Globoesporte.com, Gabriel Verón passa por Nathan para fazer o cruzamento que originou o gol do Dudu, que classificou o Palmeiras

Montevidéu, não deu. Na hora da onça beber água o Galo falhou. Cuspiu na isca. Durante toda a Libertadores até aqui, melhor que o Palmeiras em tudo, inclusive no jogo de ida, mas foi impotente para marcar um único gol em São Paulo. Teve uma grande chance, mas Hulk, a estrela maior do time, desperdiçou. Não dá para por a eliminação na conta do zagueiro Nathan. Seria uma covardia com este ótimo zagueiro, prata da casa, que ao ser “repatriado” do Atlético-GO, arrumou a defesa atleticana, que era uma grande peneira. Errou sim, ao achar que o atacante palmeirense já estava batido. Relaxou e o palmeirense fez o cruzamento que resultou no gol do Dudu. Coisa de jogador jovem. Procópio Cardozo, que foi um dos grandes zagueiros do país, escreveu, imediatamente após a falha: @procopiocardozo “O zagueiro tem que ir na bola ou no corpo do atacante. O rapaz não fez nem um outro. Atacou o vento.”

É isso, mas o futebol é coletivo. Falhou todo o time, que não conseguiu marcar gols em São Paulo e só marcou um aqui.

O Palmeiras, do Abel Ferreira, que soube jogar com o regulamento, mereceu. E ele apostou no veterano Felipe Melo, que vinha sendo reserva. Titular nos dois jogos, comandou os companheiros e intimidou o time do Galo.

Apelar pra ignorância é feio. É preciso saber perder. Marcos Rocha tomou um copo de cerveja na cara, jogado por um torcedor. Covardia. Tomara que o cabeça cozida que fez a bobagem tenha sido preso. Cuca foi tirar satisfação com o colega Abel Ferreira, que soltou a franga nas comemorações e desabafos. Deixasse o português à vontade. Fazer o quê? A hora era dele e fim de papo.


Deixe uma resposta para Marcos Cancelar resposta

Comentários:
56
  • cristiano marques disse:

    Abílio Diniz, supermercadista e conselheiro do São Paulo, disse que brasileiro marca a bola e não o adversário.
    Natan Silva deveria aprender com ele.

  • Paulo F disse:

    Quanto à eliminação, há vários jogos venho denunciando o risco da mudança na tática do time, depois que savarino machucou o jair virou titular e o time parou de criar, simples assim. Fora de casa até vai, mas dentro de casa precisando ganhar de qualquer jeito é obvio que não iria criar muitas chances, ainda mais com um adversario bastante defensivo. Não deu outra. Hulk, Vargas e Nacho ficam só os 3 la na frente, nao tem com quem jogar, nao adianta, NUNCA funciona. Essa formação nunca fez um gol no primeiro tempo!! Não vejo ninguem falando sobre isso, acho que eu que não entendo de futebol.

    Quanto ao gol anulado, vou dar minha opinião como advogado e não como torcedor: Muitas vezes nos deparamos com regras injustas, mas se ela existe e beneficia seu cliente, você irá usa-la e o juiz tem o dever legal de aplica-la, independente da justiça, se participou do lance ou não, a regra nao abre espaço pra nenhum tipo de interpretação: tem jogador extra em campo, do time que marcou o gol, o gol é anulado e marcado tiro livre indireto. não tem outra alternativa. A lei não fala sobre participar do lance!!! não é impedimento!! Fomos roubados mais uma vez!! quantas vezes penaltis voltaram pq o camarada invadiu a área? um banco de reservas invadir o campo é ainda mais grave, de acordo com a regra do futebol. Se não concorda, mude a regra, para “apenas se participar do lance” simples assim!

    E o filhote de cruz credo que acha que é jogador de futebol ainda foi ironizar nas redes sociais, sendo que ele colocou todo o trabalho do time dele a perder por uma inconsequencia típica desse trrombadinha! O gol e a eliminação foram injustas por esse motivo, além da injustiça do gol qualificado, que pra mim é absurdo.

    Agora é foco no brasileiro, sempre disse que se fosse pra escolher preferiria ser campeão nacional.

  • Tim Silva disse:

    Lamentável a eliminação, mas o trabalho é bom. Alguns motivos:
    – Pênalti perdido na primeira partida;
    – Gols perdidos pelo Vargas (como erra finalização!!!)
    – Falha do Nathan Silva – Mas é bom zagueiro. Acontece.
    – Após o gol, Cuca manteve o time pra cima, dando contra-ataque. Não era preciso retrancar, porque 1 x 0 é perigoso, e sim ter mais cuidado nos avanços.

    Mas não se ganha tudo. Bola pra frente.

    • Paulo F disse:

      Pois é se vai atacar que coloque atacantes, zaracho é volante e nacho é meia de ligação, era jogo pra keno e/ou savarino. Atacar com jogadores defensivos tem mais chances de não criar jogadas, perder a bola e armar contraataques. O time tava voando com savarino, depois q machucou era pra dar vaga pro Keno, Santa ou até Hyoran, mas colocou o Jair..

  • Marcão de Varginha disse:

    Essa alegria dos celestes, embora momentânea, dará vaga automática na primeira divisão? Embora tenhamos jogado melhor que o adversário nas duas partidas, fomos desclassificados pelo regulamento, e por falta de retranca do Cuca.. segue o jogo, ou melhor, segue a CB e o Brasileirão da primeira divisão.
    – Os celestes estão encaminhsnfo para mais uma inédita conquista, para o delete da maior e melhor torcida das alterosas: em breve levantarão o troféu de tri-matricula na segunda divisão.
    – #benecyeternomito

    • Paulo F disse:

      Como assim? O problema foi justamente a retranca nos dois jogos, mudou a tática que estava dando certo com 3 atacantes, com Jair no lugar do savarino. Amassou o river assim. Fora de casa tudo bem, mas eera jogo pro keno. Demorou 30 do segundo tempo pra.mexer no time, aí era tarde demais. Essa formação com 3 volantes nunca fez um go no primeiro tempo l! Só depois de alterações

      • Marcão de Varginha disse:

        Para mim após o gol do Galo, Cuca deveria ter retrancado o time, fechado ainda mais.. se tivesse tido a humildade de fechar o time, poderíamos ter nos classificados.
        – #benecyeternomito

  • Juca da Floresta disse:

    Se algum participante do Blog do Chico Maia estiver repassando pacote para a final da Libertadores em Montevidéu tenho interesse.

  • Renan Rodrigues disse:

    O Palmeiras não é melhor nem mais inteligente que o Galo, apenas usou uma estratégia de contar com erros do adversário e aconteceu. Mesmo levando um gol, continuou na defensiva e uma falha da defensiva mineira se classificou.

  • Julio Cesar disse:

    A Itatiaia tem que passar por modernização necessariamente. Uma programação , ultrapassada. Considerando que Menin já começou a mexer na CNN.
    Comentaristas dizendo que após a desclassificação na Libertadores o Atlético ia “juntar os cacos”. Mesmo? Os “gênios” da comunicação da emissora disseram isso! Com o time disputando copa do brasil e líder do brasileiro.
    Quem anda aos cacos por aí é outro clube !
    Reiterando, o blog é do Chico Maia.
    Os manifestantes que já morreram devem recorrer ao blog de Chico Xavier.
    Que coisa não !

  • Geraldo Lacerda disse:

    Se algum companheiro de um batedor de pênalti invadir a área o gol é anulado, portanto, o gol do Palmeiras foi irtegular.

  • Horacio disse:

    Desde o começo do jogo era bola nas costas do Mariano, teve umas 6 ou 7 jogadas idênticas a do gol. E era botar velocidade que o Mariano perdia as disputas. No gol, chegou atrasado depois da falha do Nathan que o cobria.

    O erro do Nathan foi o mesmo erro do Arana no jogo anterior (o escorregão), se está disputando a bola, e a defesa está aberta, mete a bola pra fora po##a!

    As derrotas do palmeiras sempre foram para times fechados que jogam no contrataque. Todas! Depois do nosso o gol, nem precisava dar a bola pro palmeiras, era só fechar o avenidão do lado direito e tocar a bola. O Mariano que jogou de ponta, não precisava subir tanto deixando o Nathan sozinho cobrindo a lateral.

    O contrataque era nosso!! Ganhando o jogo, tomamos um gol de contrataque na única jogada deles!! E cantaram esta jogada desde o primeiro jogo!!

    A desclassificação não teve nada a ver com a falha do Nathan ou os gols perdidos, jogo nervoso, muitos erros acontecem. Faltou estratégia, faltou cabeça, parece que não era esperado sair na frente.

    • Fred disse:

      Foi a primeira coisa que observei: Mariano lá na frente, o Nathan teve que se virar (mal) na cobertura da lateral, consequentemente o miolo da zaga ficou nas costas do Allan. Foi daí que saiu o gol palmeirense, contra atacando. Pra que? Quem estava ganhando e se classificando, afinal?

      • Horacio disse:

        Salve Fred, acho que concordamos no geral.

        O Mariano tem um cruzamento de qualidade, mas não tem velocidade. Em retranca não tem que ter velocidade, tem que ter movimentação pra confundir a marcação e passe preciso, é o que resolve. Foi assim que saiu o gol, e poderia ter saído mais.

        O problema era que ele não voltava rápido e tomou muita bola nas costas. O Nathan fez a cobertura dele quase sozinho.

        Depois do nosso gol, o simples era segurar as subidas dos laterais. E deixar eles lá na retranca deles. Subindo dariam espaço que nossos jogadores de ataque não tiveram. Era tocar bola no meio e esperar.

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, bom dia,

    Ninguém citou que durante o jogo, tanto o primeiro em S.Paulo como o de ontem, o time mineiro “bateu muito”, muitas faltas, faltas pra cartão amarelo, vermelho e os juízes deixaram o pau comer solto, faltou pouco para machucar algum jogador palmeirense.

    Também não foi citado que a PM teve que ir com várias viaturas e equipes para ficar de plantão a noite toda em volta do hotel da delegação do Palmeiras para protege-los dos “torcedores” do Alt Mineiro que poderiam soltar fogos durante a estada dos jogadores em BH e “alguns” aqui acham que só torcedor do time azul que é bandido e arruaceiro, tá serto!

    Sobre o jogo, no meu modo de vista, faltou repertório de jogadas e faltou mais coragem ao técnico Cuca para, desde o início, sufocar o time palmeirense, quem quer ser campeão tem que se impor em casa, mostrar seu poderio ofensivo e GANHAR o jogo.

    Mas INfelizmente a torcida não fez diferença alguma, o que vimos nas imagens foi o chororô e os gritinhos de eu acredito diante da desclassificação e mais um vexame na conta.

    O suggar dady saiu de cabeça inchada e ontem viu em que enrascada que se meteu.

    Não vai ter BI…

    fiquem tistes não…

  • Mariano Neto disse:

    Dudu sempre deu sorte no Mineirão, foi dele também o gol que mandou o cru cru para o seu devido lugar.

    • Eduardo Silva disse:

      O Cruzeiro participou de um campeonato por pontos corridos, não foi em um mata-mata.

      Ele foi pra série B pela quantidade de pontos ao final do torneio, ao contrário do jogo do Mineiro x Palmeiras que o Dudu fez o gol, fechando o caixão do time de Vespasiano.

      Corrige ai…

  • Antonio da Silva disse:

    Vi os lances da partida hoje e o Galo perdeu para si mesmo, foi superior nas duas partidas. Falhas na defesa e no ataque eliminaram o Galo. O Palmeiras jogou pouco, mas com o regulamento debaixo do braço e apostando numa única bola. como aconteceu. Vida que segue!

  • Flávio Lopes de Oliveira disse:

    Chico estou cada dia mais preocupado com meu Cruzeirão. Sem perspectivas de melhoras, a diferença já aumentou para 15 pontos do 4º colocado e dificilmente chegaremos lá. Time grande nenhum nunca deu esse vexame de 3 anos consecutivos na Série B. Ainda bem que tiraram 3 pontos do Brusque, senão havia risco de ir para o Z4. Tem que ganhar hoje de qualquer jeito.

  • Germano Brás disse:

    Não adianta reclamar, historicamente o Galo faz jogos memoráveis, mas em jogos decisivos vem os desfalques e as falhas individuais. O gol do palmeiras foi irregular, o Palmeiras estava com mais de 11 em campo (Deyverson e reservas). Mas atleticano não pode reclamar de arbitragem e também prefiro creditar o empate às falhas do nosso time.
    Indignado com alguns novatos , que vão à internet anunciar que já compraram passagens para a final. Atleticano mais experiente já está calejado e não faz isso.
    Lamento pela desclassificação, mas temos outras possibilidades ainda, nada de terra arrasada. Lamento mais ainda, que a desclassificação do Galo tirou o Cru Cru da SEGUNDONA.

  • Juca da Floresta disse:

    Bom dia Chico,

    Depois do 0x0 em São Paulo com pênalti perdido eu havia avisado: “em disputas decisivas como a Libertadores um time não perde pênalti sem sofrer consequências.” Penso que o técnico do Atlético “‘Cuca se comporta como o maior estrategista do Brasil” na definição do PVC – link abaixo – foi meio que arrogante depois do 1×0, resultado perigosíssimo para quem não fez gol fora de casa, caiu na armadilha do portuga. E olha que os atleticanos rotulam os cruzeirenses de arrogantes, estão provando do próprio veneno.

    https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/esporte-na-tv/2021/09/22/noticia_esporte_na_tv,3939009/pvc-cuca-do-atletico-se-comporta-como-o-maior-estrategista-do-brasil.shtml

  • Flaviano Filho disse:

    Eliminado é verdade, mas ainda tem dois títulos pra disputar.

    Triste mesmo é ficar 3 anos na série B, brigar pra não cair pra C e tendo que comemorar a eliminação de ex rival em uma semifinal de Libertadores.
    E os flamenguista estão zoando Galo. Ou seja, estão felizes porque vão pegar o Palmeiras. Estavam com medo de pegar o Atlético.
    Hoje eu não vou ligar a televisão para não passar raiva com a imprensa do eixo.

  • Marcio Borges disse:

    Cuca ontem disse a melhor frase da noite. Abre aspas….”tem que perder pra poder ganhar”…tá explicado. Por isto não ganhou. Perdendo e que se ganha….kkkķķkkk
    Mas não fiquem tristes não. O brasileiro o Flamengo não quer. Tá colocando time reserva pra disputar. A vantagem tá grande e nem a lógica do cuca vai conseguir tirar…

  • leonardo disse:

    Agora é juntar os cacos e ver o que pode aprender com essa eliminação. Lembrando que ainda tem outra competição de mata-mata contra um adversário perigosíssimo que é o Fortaleza. Alguém tem alguma dúvida que eles jogam fechadinhos e tem contra-ataque muito rápido! Que o Galo aprenda a amarrar o jogo quando necessário ou comece a melhorar esse desempenho do ataque que está começando a ter jejum de gols. 3 Jogos contra retrancas e 1 gol. Desperdiça demais as poucas oportunidades que tem. A defesa tá carregando o Galo já tem um tempo e ontem um dos pontos altos falhou. Reparem que o Nathan ele já estava mal depois daquele cartão amarelo. Cuca, tá dentro de campo e não vê nada!? Eu ate achei que ele ia sacar ele pra não ser expulso. Mas…pra mim a culpa é mais do ataque que perde gols feitos! Pênalti do Huck e Vargas perdendo gol na cara! Que voltem a treinar esse ataque que não fura nem defesa do São Paulo!!! Tem que ajustar, pois desse jeito perde tudo!

  • Pedro Vitor disse:

    Vamos dividir a responsabilidade, primeiro o Hulk, que perdeu pênalti e não jogou nada, nem lá nem cá.

    Segundo o Vargas perdeu três oportunidades, fez um gol, tá na média!

    E terceiro, Nathan Silva, caiu na provocação, tomou um amarelo burro ou bobo, e cometeu, um vacilo, na jogada do gol palmeirense.

    O regulamento é traiçoeiro, no primeiro jogo, o Palmeiras, não deu um chute a gol, e o Atlético deixou de encaminhar a vaga. Que sirva de lição!

  • Paulo Rodrigues disse:

    Chico Maia,
    Bom dia,
    Esse ano jogamos três partidas contra o Palmeiras, vencemos uma empatamos duas.
    O empate de ontem podemos dizer que foi uma derrota, Vargas teve a chance de se consagrar e Nathan “Silvestrou”, o resultado foi a nossa eliminação.

  • Marcos disse:

    Ontem o Atlético encarnou a seleção holandesa mais uma vez. Começa as competições jogando muita bola mas em jogos decisivos baixa a guarda.
    E o Palmeiras foi às suas origens, jogou como a seleção italiana, um futebol nada bonito de se ver, mas cauteloso e eficiente.

  • Marlon Caldeira Brant disse:

    Bom dia turma, não sei se para as frangas de Lourdes, mas o meu está ótimo ! Quem diria heim, a uma semana Galácticos da América do Sul, comparação com PSG, melhor time do Brasil, mais rico, mais poderoso e muito blá blá blá blá…mas não adianta, pode ter grama, estádio, torcida que canta ” Eu acredito”, torcida apaixonada, mas se não tem DNA de campeão, não tem peso na Camisa, não tem tradição de ganhar títulos……em 120 anos de história, 03 títulos importantes e mais nada. Mas enquanto as cocotas e seus endinheirados se preocuparem com o ex-cabuloso, será assim, vcs vão continuar a ver navios. Melhor de ontem foi o Cuca Pardal, perdendo tira o Nacho e põe o maestro Rever para resolver o problema! Fui, fecha o caixão!! Menos um BI para disputar. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Rodrigo Assis disse:

    Na minha opinião o Atlético esta de parabéns, faltou detalhes. Segue o jogo.

  • Ney Suíça disse:

    Lista de dispensa para o próximo ano: Rever, Nathan meio, Sasha, Vargas, Yoran. O Hulk é o único atacante de qualidade, o resto são mediano.

  • carlos henrique disse:

    Agora sao 2.30 e nao durmi ,todo mundo dormindo, eu com 64, sem sono
    o Atletico faz mal para min se tivesse ganho o jogo
    tava dormindo , e cedinho vou pra roça e volto a tarde pra cidade uns 10 km
    é mole eh Galo agora é focar no brasileiro
    temos chances , que venha o Interque cresceu com Aguirre
    tem que ir com tudo no Brasileiro e Copa do Brasil

    • luiz disse:

      Caro Carlos Henrique.
      Não se abata por isso.
      Futebol não vale a pena ter esse sofrimento. Todos nós sabemos como é o Atlético. Sempre na hora “H” é isso. Já sou vacinado e imune dessas decepções. Sinceramente não vejo mais o Galo com essa paixão doentia. Ontem não tive o menor sofrimento com a desclassificação Acima de tudo está minha família, meus amigos (atleticanos , cruzeirenses) e principalmente minha saúde. Desejo-lhe sorte, saúde e esperança em dias melhores. Vida que segue, amigo.

  • Márcio Luiz disse:

    Em tempo:
    VARGAS é um jogador que não tem a menor condição de ser titular num time que almeja o que o atual time do Galo (ainda) almeja.
    Mas com a contusão do Savarino, do Diego Costa e esse “migué” do Keno pra não jogar, realmente fica difícil.

  • Márcio Luiz disse:

    Que o Cuca caiu como um patinho na arapuca do português é fato. Ponto.

    Mas há algumas coisas nesse time do Galo que precisam ser revistas ou discutidas:

    – NACHO está jogando com o nome faz tempo, mas até componentes (a maioria) da imprensa esportiva parecem não ter coragem de abordar o assunto. Parece haver algo muito grave (duvido que seja só a (pós) COVID) com este tão bom jogador.

    – HULK definitivamente NÃO é DECISIVO. Aí, infelizmente, sou obrigado a dar razão ao Jaeci Carvalho. Não há UM atleticano que depois do resultado deste jogo não tenha lembrado daquele pênalti…

    – ZARACHO tem ótimo futuro, mas ainda passa longe de ser aquele “tufão” que foi contra o River. Aquilo foi uma exceção. Hoje, amarelou feio.

    – Nathan Silva, que até o jogo de ontem vinha sendo “impecável”, resolveu jogar como o seu irmão Werley; uma lástima. Mas tem MUITO crédito; e futuro no Galo.

    – JAIR jogou de “terno e gravata”, lembrando o saudoso Danival. O melhor jogador em campo enquanto esteve lá. Pena que é “bichado”. Mas joga muito.

    A cúpula do Galo e o treinador vão ter muito trabalho pra não deixar essa turma baixar a crista no brasileirão. Sábado já é o Inter. Pra cima deles, Galo!

  • Flávio Azevedo disse:

    Pegaram o grupo mais fuleiro e a turminha da atletiaia achava como sempre que eram o dream time..so ganha mineiro mesmo pois sempre sao favorecidos…ponto final..pode chorar abaixo…

  • Jerônimo disse:

    Hoje, o Marcos Rocha ri da cara do Cuca e repete o que disse no Mundial Interclubes de 2013: “Burro pra C@ralho!!!”

    O Abel jogou com o regulamento debaixo do braço e o Cuca, burro que sempre foi, não soube fazer o mesmo no jogo de volta.

    Em 2013, no Mundial, o Cuca entrou com um time aberto e para frente, achando que iria golear o Raja Casablanca…deu no que deu.

    Agora, novamente, o Cuca joga o Galo no buraco. Perdemos R$ 33 milhões em premiação por causa desse beijoqueiro de medalha.

    Depois que o Galo fez o gol que o garantiria na final ele, Cuca, insistiu em manter o time aberto…no mano a mano e sem cobertura…deu no que deu.

    Se ele tivesse 10% da humildade do técnico adversário ele fecharia o time depois do gol e sairia somente no contra ataque.

    Quem teria que ter escrito o livro: “Um burro com sorte” deveria ser o Cuca e não o Levy Culpi.

    O Cuca, como técnico, tem apenas 8 títulos na carreira e 4 desses… ganhos no Galo, com a “tática Galo doido”, ou seja, chutão para a frente e seja o que Nossa Senhora quiser.

    O Galo merecia um técnico de verdade e não esse sujeito.

    Anotem ai….o Cuca vai entregar a Copa do Brasil, também.

    Com sorte, se o grupo se unir, levaremos o brasileiro…apesar do Cuca.

    • Paulo Rodrigues disse:

      Jerônimo, Bom dia, eu não concordo com você, se Cuca fecha o time e leva o gol estariam todos a critica-lo, em uma decisão de futebol são os jogadores é que tem que resolver dentro de campo e com o regulamento nós braços.

      • Fred disse:

        Se tem um aspecto que melhorou do Cuca/2021 pro Cuca/2013 é a defesa mais sólida, levando poucos gols, jogando mais fechada em certos momentos.
        Ontem, logo após o gol atleticano, era hora do Cuca ter jogado com o regulamento debaixo do braço, como o Abel fez. A vaga era do Galo, pra que correr? Era tirar o Vargas, colocar um terceiro zagueiro e segurar o Mariano. Avisar pro Everson se contundir em toda jogada, no esquema “ninguém joga mais”.
        Mas não, Cuca deixou tudo igual achando que iria fazer o segundo gol.

  • Julio Cesar disse:

    Se Cuca fecha o time e toma o gol seria criticado. Tentou matar o jogo e tomou o gol (qualificado ). Mas é clichê essa de que “nós perdemos o pênalti), nós falhamos na defesa nas questões individuais.
    Sem contar gols que Vargas perde, embora fez o gol.
    Agora tem aqui coisas de Chico Xavier com Maria morta se manifestando.kkkkkkkk
    María floresta, Maria Torres, Maria Borges….e por aí vai
    Foram as primeiras a se manifestarem…
    Aqui é blog de Chico Maia e não Chico Xavier..
    Kkkkkkkkkkkk

    • Marcio Borges disse:

      Fica chateado não…..acontece….kkkkkk
      Não é indestrutível, nem imbatível. Faltou humildade e sobrou arrogância.. kkk
      #tiburcioeternomito
      #naodeformataooficial

  • Raws disse:

    Não quis postar minha preocupação para não parecer pessimista, mas não estava tranquilo com essa disputa com Palmeiras. A imprensa detonando o time e o técnico pela postura no primeiro jogo. O regulamento que dava uma grande vantagem no caso de um gol no Mineirão e certos desfalques em hora errada.
    Em partida importante, foi o pior desempenho do Galo.
    O pior desempenho de Hulk, Nacho, Zaracho e outros…
    É o futebol meu povo. Só nesse esporte recorre tantas vitórias de adversários inferiores.
    Temos de aprender com essa queda. O time é bom, mas pode perder.
    Não temos super time.
    Lembrando ainda, pela falácia de muitos, quem iria entregar a rapadura, ou era Everson, Rever ou Igor Rabelo. Pois é. Nosso grande zagueiro falhou bisonhamente. Mas é assim. Todos falham e sem distinção. Nathan continuará sendo bom, assim como os outros que não tem a simpatia de tantos.
    Bola pra frente.

    • Fred disse:

      Concordando com sua análise, vou escrever e esperar o apedrejamento do blog (kkk): após o gol atleticano, Cuca deveria ter entrado com o Rever. Sim, o capitão, o idoso. Optado por não tomar gol, retranca explicita, mas não teria sido desclassificado.

  • Marcio Borges disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkkk…..faltou humildade!!!!! Kkkkk, galo e indestrutível, imbatível…..kkkkkkkkkk
    300 milhões pra não chegar a final da libertadores??? Kkkķķkkk
    Faltou humildade, subiram no salto….kkkkkkkkk….sobrou arrogância…kkkkkkk
    #tiburcioeternomito
    #naodeformataooficial

  • Fred disse:

    O Palmeiras do Abel claramente jogou a semi por uma bola, desde o jogo em SP. Mas quem fez o gol foi o Galo. Após o gol do Vargas, faltou ao Cuca também jogar feio: perceber que o jovem Nathan Silva sentia o peso do jogo, tirar o Zaracho (ou Vargas, ou Nacho) e colocar o Rever pra formar os três zagueiros, no esquema tático do “ninguém joga mais nessa p… até o apito final”. Duvido que o Palmeiras teria empatado.
    Tudo que o Abel esperava era não tomar gol. Quando tomou, deve ter pensado: “tomara que o Cuca não retranque”.

  • Silvio Torres disse:

    Palmeiras melhor o jogo todo. Criou chances no primeiro e segundo tempos. Continuo esperando a “genialidade” tática e estratégica do Cuca. Elenco tem de sobra. Ficar beijando medalha e dar piti depois de eliminado não resolvem nada.

  • Luiz Ibirité disse:

    Grande Chico, vc foi cirúrgico ai no seu texto, o q aconteceu hj foi mais um capítulo do futebol, nao adianta caça as bruxas, mas acho q o Abel engoliu o cuca neste jogo, só estou triste por alguns ai q estavam esperando o Flamengo na final, esqueceram q tinha o porco antes, mas ainda vcs tem duas boas competições, quem sabe…

  • Juca da Floresta disse:

    Fiquei feliz com a reaparição de vários queridos cruzeirenses, tradicionais neste espaço, que andavam muito sumidos, como o Juca da Floresta, por exemplo, que escreveu. Às 7h49: “Bom dia Chico,
    em disputas decisivas como a Libertadores um time não perde pênalti sem sofrer consequências. Palmeiras precisa de ganhar o próximo jogo com um gol de diferença apenas.”

    Às 10h43, ele voltou com um importante lembrete: “Aliás, havia me esquecido, qualquer empate com gols o Palmeiras vai a final.”

  • Marcos disse:

    Mais uma competição em que o Atlético sai invicto mas com as mãos abanando…
    Se isso refletir no Brasileirão vai ser um desastre.

  • Jerônimo disse:

    Por que…

    Por que o Cuca mudou o Hulk para a ponta direita, após o gol, sendo que já está 100% comprovado que ele não sabe jogar nessa posição? (Foi uma falha de marcação do Hulk que surgiu o gol do adversário)

    Por que o Cuca não mudou o esquema para 3 zagueiros, logo após o gol do Galo ? (Estava na cara que o adversário partiria para cima. O gol foi feito por um atacante que entrou sozinho no meio da zaga)

    Por que o Cuca não retirou o Natan, uma vez que ele já tinha cartão amarelo? (Como ficou provado na falha do gol ele evitou fazer a falta para não ser expulso)

    Por que o Cuca insiste com o Vargas sendo que o aproveitamento e a raça dele são insuficientes para um time de ponta? (Em todas as partidas perde gols feitos)

    Por que o Cuca mantém o Hulk nos jogos mesmo ele estando mal nas partidas? (Hulk é fominha e desperdiça muitos ataques)

    Por que o Cuca acredita mais na superstição dele do que na tática, treino estatística? (O time não tem jogadas ensaiadas)

    Por que o Cuca não definiu no time um batedor de falta e pênalti? (O pênalti perdido pelo Hulk fez muita falta)

    Por que o Cuca não treina jogadas ensaiadas e as aplica nos jogos? (O Galo é um time previsível e está 100% dependente de jogadas individuais)

    Por que o Cuca insiste com jogadores como Guga, Hyoran, Rabelo, Vargas ? (Esses jogadores nunca serviram para jogar no Galo)

    • Fred disse:

      Comentário perfeito, Jerônimo. O Cuca é eficaz em motivar o elenco, ou escalar um bom jogador esquecido na base, mas isso tem um limite que é a superioridade técnica. Quando encara um elenco que equivale em qualidade, ele fica esperando uma jogada genial ou uma benção de nossa senhora pra vencer a partida…