Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Em jogaço no Independência, com a volta da torcida, América se garante e ainda ajuda o Galo

Imagem: ESPN

O Coelho jogando como nunca jogou na Série A. O Palmeiras no mesmo estilo que o levou à final da segunda Libertadores seguida. Primeira vitória americana sobre o time paulista na história do Brasileiro, com direito a muito sofrimento, do princípio ao fim. Patric e Ademir, foram os nomes do jogo. O,  lateral foi um gigante em campo, além de empatar o jogo. Ademir foi o maestro, fez o gol da virada, de pênalti.

Felipe Melo quis evitar, no grito, a marcação da penalidade pelo árbitro Vuaden, que ouviu o VAR, que confirmou que a bola pegou no cotovelo do capitão palmeirense. Vitória justa, mas era para ser 4 x 1, não fosse o pênalti desperdiçado pelo Felipe Azevedo e a chance perdida pelo gordo Ribamar, que ficou cara a cara com o goleiro Jaílson, no finzinho da partida.

Interessante demais da situação do Patric neste Brasileiro. Saiu mal do Sport para um América que estava mal no campeonato. Foi ótimo para ele, para o Coelho e também para o Sport, que está reagindo na competição, quase saindo da zona do rebaixamento.

Vitória que valeu a subida para o 10º lugar, com 30 pontos, sete a mais que o Grêmio que é o primeiro do rebaixamento.

E a homenagem do atleticano Igor Duarte, direto de Conceição do Mato Dentro, ao “Patricão da Massa”.

Deixe uma resposta para Márcio Luiz Cancelar resposta

Comentários:
12
  • Horacio disse:

    É o america tá crescendo, não assisti a este jogo, mas nos jogos que vi, no começo do campeonato, não estava era levando sorte. Aquele jogo contra o atlético paraguaio é um exemplo. Se continuar assim se firma na série A. Torço para que o Patric acerte no clube, no Galo, sempre teve raça e dedicação.

    O cuei já é de longe o 2o. de Minas, muito a frente da Caldense e da Tombense . Com a profissionalização da administração do futebol, terá em breve um time para disputar os títulos nacionais. Se conseguir parceria estará na frente de todos aqui em Minas. Ainda tem clube no Brasil que acredita nessa coisa bizantina e bizarra que é administração de cartola. A fila anda gente.

  • Luiz disse:

    Chico e amigos.
    Fiquei muito feliz pelo Patrick ter sido escolhido o melhor em campo e pelo lindo gol que ele fez.
    Acompanho a trajetória desse rapaz e sei da sua luta profissional e pessoal.
    Um cidadão de bem, corretíssimo e honrado que nunca se entrega. Luta sempre com determinação, mesmo sabendo das suas limitações técnicas. É também um jogador de equipe. Corre atrás da bola como se fosse um prato de comida. Na vida pessoal está sempre ajudando as pessoas e tem em sua própria casa a questão de seu filho Dominick , para quem briga como um leão. Ontem me emocionei junto com ele ao receber o premio de melhor em campo, quando respondeu ao repórter que tudo aquilo era para o vitorioso Dominic, que dava seus primeiros passos. Belíssimo! Força rapaz, Deus está no controle!

  • Márcio Luiz disse:

    E o cretino do Renato Gaúcho reclama que seu time teve quatro jogadores convocados, enquanto o Galo “só teve um”.
    É a famosa “desinformação” por conveniência.
    Cínico!

  • Eduardo Silva disse:

    Chico, boa tarde,

    E o Mequinha continua sendo aquela “casca de ferida”, atrapalhando os planos de muitos times que querem ser campeões. Engraçado demais muitos atleticanos comemorando e elogiando vitória dos Coelhinhos do Horto, eles não gostam de atleticanos e cruzeirenses torcendo pra eles, são anti-sociais,

    Uma coisa que não entendo é o América jogando em BH com o uniforme número dois, de branco. Isso é uma falha do marketing do clube, na minha opinião, porque jogo transmitido pra São Paulo, jogando contra o Palmeiras e era momento de fixar a marca do clube com seu uniforme principal.

    Mas e o Patrikão da Massa? kkk Ganhou o Motorádio como melhor em campo, pelo pombo sem asa que soltou no gol do Palmeiras, ainda chorou na entrevista ao final do jogo e agradecendo, honrando sua humildade…kkk É MITO!

    E o objetivo vai sendo cumprido que é a permanência na série A.

    Mas eu vou continuar torcendo… pra cair de novo…kkkk

    Sou sincero!

  • Ed Diogo disse:

    Nunca iria imaginar na minha vida que um dia eu falaria isto : Patricao da Massa meu ídolo . Que golaço que alegria ver a vontade dele jogar de vencer em disputar as jogadas . Estou falando dele porque sempre foi queimado no galo e deu a volta por cima parabéns pra ele que não é o craque do time .
    Acredita Coelhão

  • Fred disse:

    Assisti o jogo pela simpatia que tenho com a segunda força do futebol mineiro. Mas o sentimento acabou sendo de raiva: como o Galo perdeu a vaga na final da Libertadores pra esse time medroso do Palmeiras? AAAHHH

  • carlos henrique disse:

    Vamos Coelhao nesta sequ~encia, empatou e ganhou dos grandes
    so nao pode perder pontos , para times da parte de baixo da tabela
    dos grandes nao perde

  • Huener disse:

    Fala Chico e todos.

    Faltam 5 vitórias para a permanência. Esse deve ser o objetivo. O que vier depois, é lucro.

    Saudações Americanas.

    ps. E a imprensa paulista falando que o Palmeiras foi prejudicado pela arbitragem. Os caras não aceitam perder para o Coelhão e nem ver o Galo chegando ao título. Bando de egoístas.

  • Roberto Fonseca disse:

    Chico esta dando gosto de ver o coelho. Finalmente o America esta jogando para competir. Credito ao Vagner Mancini, que diferenca faz um treinador com experiencia na serie A.
    O objetivo maior e a permanencia mas quem sabe no final seremos premiados com uma Sul-Americana. Forca Coelho!!