Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

“Fogo amigo” faz o Cruzeiro perder o seu maior colaborador: Pedro Lourenço se retira

Foto: Divulgação/Twitter

Ele foi vítima de muita maldade. Os trogloditas que o atacaram nas redes sociais certamente foram incentivados a fazê-lo, por alguém que tem interesse inconfessáveis nos bastidores azuis e não quer gente séria e que entende de negócios por perto. Em momento algum o Pedrinho BH foi contra o Ronaldo, apenas queria mais esclarecimentos sobre as pretensões do ex-jogador, em relação ao patrimônio do clube.

Na sexta-feira ele gravou um vídeo reclamando das incompreensões e agressões virtuais descabidas. Ontem, soltou uma carta em que comunica o seu afastamento de toda a confusão:

“Sempre decidi colaborar com o Cruzeiro, inclusive nos momentos mais difíceis da nossa gloriosa história (como infelizmente foram os últimos anos), com o objetivo único de ajudar e favorecer a nação azul.
É público que já repassei, em muitas ocasiões, valores expressivos ao Cruzeiro (não apenas a título de patrocínio), mas o amor que eu tenho por este clube não se mede por isto: é imensamente maior.
Em alguns instantes, quando percebia que minha opinião do que julgava ser o melhor para o Cruzeiro não era sequer ouvida, eu me afastava, mas logo que o clube precisava do meu amparo, lá estava eu de novo, contribuindo.
Não nasci rico, pelo contrário, tudo o que tenho hoje devo exclusivamente ao trabalho, às jornadas dia e noite nos Supermercados BH, além da generosidade de todos os colaboradores da rede.
Tenho três grandes amores na vida, a minha família, o Cruzeiro e o BH.
Não tenho nada contra o Ronaldo ou a SAF do Cruzeiro. Tudo que sempre almejei com o meu apoio foi o engrandecimento da nossa nação azul, do Cruzeiro Esporte Clube, em todos os seus aspectos; mas nos últimos dias recebi graves ameaças e agressões em redes sociais, que, para além de serem completamente injustas, me empurram para o recolhimento.
Em assim sendo, elevando o meu respeito a todos os envolvidos, comunico que não irei participar da reunião agendada para esta segunda-feira, bem como eventuais próximas.
Com apreço e certo da compreensão,
Pedro Lourenço”.


» Comentar

Comentários:
16
  • Alberto disse:

    Ameaças de gente que perdeu a teta.
    Podem ter certeza, quem critica o acordo é porque ou não entendeu ou está fulo da vida porque achava que iria mamar na vaca pra sempre. Se o acordo é bom para o Ronaldo, que é dono de 90% do clube, é bom para o clube.
    Não faz sentido ele desembolsar dinheiro para colocar num clube falido e cheio de dívida. Iriam abater a dívida com o dinheiro? Só se for a dívida dos amigos.
    Agora, essa dívida vai ficar num balaio e Ronaldo quer um interventor para blindar os pagamentos de preferências dos diretores da associação. Vai ter muito credor querendo dar desconto para ir pra frente da fila. A dívida vai cair absurdamente só com renegociações.
    A torcida tem que entender que o Cruzeiro agora é Ronaldo ou outro que vier a comprar dele a SAF. O que ficou para trás foram 10% de um clube mal gerido e abusado.

  • Huener disse:

    Pessoal, bom dia.

    Pedrinho BH está certo em querer entender o contrato. Ademais, se ele fosse, passaria a ser mecenas do Villa Nova, que tem dívida menor, tem a torcida de uma cidade inteira e vai disputar a série D!

    Saudações Americanas

  • Robinho Ferreira disse:

    A falta de informação de alguns jornalistas sobre a Saf no Cruzeiro faz muitos acreditarem que vasco e botafogo tem projetos melhores pelo simples fato de terem colocado mais dinheiro la, se informem melhor e com pessoas que realmente entende do assunto antes de falar ou dar informação erroneamente!!

  • Raul Otávio Pereira disse:

    Pedro Lourenço saiu porquê o negócio está mal explicado. Eu também sairia, na situação atual. “Vou botar comida na boca dos meus filhos, e não de investidores”, deve ser o que ele pensa.

    A demissão do Fábio foi injusta. Não teremos em tempo recorde um goleiro como ele. Foi um erro gritante.Político e esportivo.

    Tem muitas coisas mal explicadas. Nem nós cruzeirenses sabemos exatamente quais são, mas o cheiro é ruim.

    Esse negócio de pegar patrimônio do clube e passar para a SAF não me desce pela garganta. Estava previsto ? A lei da SAF fala isso ? Foi combinado ?
    Ninguém explica.

    Espero só que tudo isso não respingue numa campanha de retorno à Série A. Acho pouco provável entretanto. Seremos tetra na Série B; isso se o time não acabar de vez.

    Mas estarei assistindo (ou ouvindo, não sei que confusão fizereram que a gente não consegue ver jogos do Cruzeiro como mandante) à partida de hoje. Vamos ver o que acontece.

  • Júlio Soares disse:

    È a única torcida que cospe no prato que comeu. Endeusaram o Fábio e detonaram Ronalducho, no outro o jogo virou. Até outro dia Pedro BH foi beatificado, hoje é jogado no “mármore do inferno”, só porque sob a gestão do Ronalducho, ganharam algumas partidinhas dos Íbis da vida. Os times SÉRIE A que pegaram levaram sapecaiaia, Galo e Coelho. É por isso que a cada dia afundam mais, daqui uns dias Ronaldo o pegador de “menina de pinto”, é guilhotinado.

    • Eduardo Silva disse:

      Mas, SE vc não sabe, torcida de futebolé igual aqui em BH, em Vespasiano, Varginha ou em qualquer lugar do mundo…

      É só começar a perder jogos e perder campeonatos vc vai ver o pessoal começar a xingar os Menin e os outros que colocam dinheiro no Alt Mineiro, tudo de cortesia, sem cobrar nada em troca…

      Talvez vc seja muito novo e começou a acompanhar ontem sobre futebol…

  • Germano Brás disse:

    Quem sair por último PAGA a luz, que estão devendo até hoje.

  • Alexandre (de Curitiba) disse:

    Não é só o Pedro Lourenço. Hoje em dia, qualquer pessoa ou torcedor, ainda que de algum time adversário (gente, adversário não é sinônimo de inimigo!) que tenta trazer alguma luz ao que está acontecendo no Cruzeiro, através de críticas ou questionamentos, fatalmente também é atacado nas redes sociais. Aqui mesmo, neste espaço, há aqueles que se acham donos da verdade e que rechaçam qualquer tentativa de debate construtivo.

    E por que o assunto finanças do Cruzeiro interessa a tantos torcedores adversários, principalmente os atleticanos? Porque simplesmente nossos clubes também estão atolados até o pescoço de dívidas e todas as opções de estratégias de recuperação precisam ser analisadas profundamente.

    Atualmente no Brasil, não existe um único modelo de SAF igual ao outro, pelo menos entre aqueles que envolvem os clubes de Série A e B. No caso do Atlético, a SAf é embrionária, com os “mecenas” investindo dinheiro e participando da gestão do clube. E não é pouco dinheiro envolvido, assim como os aportes não foram direcionados somente para colocar folha de pagamento em dia, contratar jogadores e construir o Estádio. A participação desses empresários vai muito além disso e possivelmente poderão fazer parte de algum arranjo empresarial numa eventual e provável venda das ações do clube.

    Venho chamando aqui, há algum tempo, a atenção para o fato de grandes empresários cruzeirenses não estarem envolvidos diretamente nessa aventura financeira da SAF Cruzeiro. A saída do Pedro Lourenço é emblemática, assim como de outros grandes potenciais mecenas que desistiram de tentar ajudar o clube, ao menos diretamente. Por outro lado, Ronaldo e Cia. agem como oportunistas que vislumbraram um grande negócio, arrematando o clube inteiro a um custo baixíssimo. E que os torcedores celestes não se iludam, pois é muito provável que a partir do memomento em que o Ronaldo teve acesso ao que estava acontecendo nas entranhas cruzeirenses, tratou, juntamente com seu grupo, de elaborar uma estratégia para abocanhar o máximo possível do patrimônio azul. E está conseguindo, inclusive com o apoio de grande parte da torcida.

    Gente, calma! Será mesmo que um mero “início promissor de campeonato mineiro” e ajustes financeiros/administrativos que qualquer novo dono de uma padaria que vem dando projuízo ao longo do tempo é obrigado a fazer, é suficiente para praticamente dar uma carta assinada em branco para o Ronaldo fazer o que bem entender? Além do fato dele, como jogador, ter aparecido para o futebol profissional e disputado pouco mais de 50 partidas pelo time, qual a demostração de identidade com o clube ele apresentou ao longo de todos esses anos?

    Cuspir no prato que comeu nunca foi uma decisão sábia!

  • Julio Cesar disse:

    Controverso processo dessa SAF. Seriam 49% e receberam 100 ou mais do mundo todo. Mas 1 proposta exigiu 90% aprovado pelo conselho. Foi ofertado esse percentual aos mais de 100 ? Na manhã seguinte (imediatamente após a noite da aprovação do no percentual) já tinha o comprador .
    Vem a superfície cláusula de confidencialidade e todos ficam sabendo do fenômeno: dinheiro mesmo são 50 pilas ao invés de 400.
    Além disso o Fenômeno (XP) exige alteração no contrato. Quer dois imóveis.
    É por aí esse imbróglio!? Parece tudo muito na correria e mal conduzido. Ou é caso pensado, vai saber! Itair deve estar pensando: poderia estar nessa!
    Enquanto isso Botafogo contrata Saravia e está fechando (ou já fechou) com Patrick de Paula.
    Que coisa não!?

  • Raws disse:

    Ricardo Guimarães, Pedro Lourenço e família Menin, que ajudaram e ajudam seus clubes de coração, todos eles são vítimas de suposições por parte de muitos.
    Uns falam que os Menin serão donos do estádio, outros que RG será o dono do shopping e por aí vai.
    Fato é que, recebendo ou não algum tipo de contra partida, se não fosse esses personagens, os dois clubes talvez já teriam acabado.
    Pra mim um dos mais injustiçados é o dono do BMG.
    Ele é banqueiro e logicamente não empresta dinheiro sem juros. Só que muitos esqueceram que na época que ele bancou o Atlético, nem agiota nos emprestava, quanto mais bancos. O seu azar foi ter se saído mal na parte administrativa do futebol e ter caído para segunda divisão.
    Fato é que torcedor é uma raça de ingratos.
    “A mesma mão que afaga, é a que apedreja”.

    • Alisson Sol disse:

      Caro Raws,

      A pessoa nesta posição tem de desenvolver um certo “casco” contra críticas. Do contrário, nada faz. E toda crítica é bem vinda. Incluindo a “crítica à crítica”. Você, que é um dos que estão debatendo no blog há anos, sabe que sempre fui um dos poucos que comentaram o aspecto financeiro e administrativo dos clubes, as ilusões que eram os balanços, e isto apesar de críticas tipo “torço para um time de futebol, e não um banco!“. Tudo bem. Mas toda instituição tem de ser economicamente e administrativamente viável. Do contrário, como dizia Kafunga: “Quem tem põe, e quem não tem tira!“.

      Eu vejo coisas como esta lista que um suposto “Conselho Fiscal” está pedindo ao Presidente do Cruzeiro (link). Má idéia? Não. Mas onde estava tal Conselho Fiscal nos últimos 20-30 anos? E por que querem a lista só para eles, e não divulgada publicamente? Como já disse o Vittorio Medioli em vídeo que indiquei nossa interação anterior (link): assim que uma investigação no Cruzeiro começa a realmente se aprofundar nos funcionários, de quem são parentes e o que recebem, imediatamente é interrompida. Vou lembrar uma das muitas discussões aqui mesmo neste blog, onde apontei o nepotismo que ocorria no Cruzeiro lá em 2010 (link). Problemas não aparecem “de repente”. Eles crescem por muito tempo, e quem não resolve “probleminha” sempre acaba com “problemão”.

      • Raws disse:

        Concordo com seu comentário.
        Ainda sobre a questão, conselho x Ronaldo, acrescento que sem saber dos detalhes, acho que os dois tem percentual de razão nas reivindicações. O que estranhei, mesmo concordando com a omissão dos conselheiros nesses anos passados, é também os torcedores assinarem um cheque em branco para o Fenômeno, sem saber de todos os detalhes que envolve a negociação.

        • Alisson Sol disse:

          Onde exatamente os torcedores assinaram?

          E não apenas o “cheque em branco”: onde é que já tivemos torcedor consultado sobre qualquer ação de dirigentes no Brasil? E quem assina na CBF? Quero conversar com tal torcedor…

          • Raws disse:

            Alisson, desde comentários anteriores deixei isso claro.
            Cheque em branco, agora para o Ronaldo. Nada com relação ao passado do clube.
            Estão chovendo críticas aos que questionam Ronaldo e sem conhecimento do meandros da negociação.
            Espero que agora tenha entendido.