Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/blog/www/wordpress/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210
Empate do Atlético em casa com o Coritiba vai para a conta do salto alto no segundo tempo e incapacidade física do lado direito | Blog do Chico Maia

Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Empate do Atlético em casa com o Coritiba vai para a conta do salto alto no segundo tempo e incapacidade física do lado direito

O time entrou em campo com uma camisa espantosa de estranha; a mais feia que já vi o Atlético vestindo. Tomara que, nunca mais! O Fernando Martins pegou leve na crítica: @martinsymiguel:

“Camisa que o Atlético usará hj, em referência a 50% da conclusão do futuro estádio, é histórica. Nunca o uniforme um foi alterado. Foram feitas apenas 150 unidades (3 jogos de camisas). Não serão comercializadas. #otempo”

***

Concordo totalmente com o Mário Marra, que disse no canal ESPN, que depois de fazer 2 a 0, o Galo amaciou no segundo tempo, pensando na sequência da Libertadores e achou que o Coritiba estava morto. E ele foi até elegante ao pontuar as dificuldades do Godin, mas eu sou obrigado a dizer que o outrora grande zagueiro uruguaio passou do tempo, está com data de validade vencida, não dá mais conta de correr atrás dos adversários, principalmente no segundo tempo. Eu que fui um grande entusiasta da contratação dele, infelizmente, sou obrigado a dizer que, não dá mais. Não passa segurança. Ainda mais tendo de cobrir um outro veterano, Mariano, que tem muita categoria, mas cujo fôlego é curto para 90 minutos de muita correria, como é o futebol do Atlético e por consequência dos adversários. Hulk elogiou a atuação do árbitro, mas reclamou de forma veemente pelo fato de ele ter dado apenas quatro minutos de acréscimos. Mas se tivesse dado um ou dois a mais não teria feito diferença, pela determinação do Coritiba em garantir o 2 x 2, que teve sabor de vitória gigantesca.

Perda perigosa de dois pontos em casa


Deixe uma resposta para Carlos Henrique Cancelar resposta

Comentários:
19
  • Marlon Brant disse:

    Bom dia turma. Em tempo: Não vi ninguém que acompanha o blog ou o titular do mesmo mencionar o lance de agressão do Hulk no sábado. Ou será que para todos não foi pontapé, foi apenas um carinho?

  • Fred disse:

    A defesa atleticana está mais vulnerável em 2022, e esse foi um ponto forte do time campeão do ano passado. Se for pra jogar com os dois veteranos os 90 minutos, vai precisar segurar um dos volantes pra ajudar.
    Mas é preciso valorizar o outro time, o Coritiba. O time paranaense faz um 2022 sólido, foi campeão estadual, tá indo bem na Copa BR, tem um treinador que parece fazer boas leituras dos jogos. Se jogarem nesse pique o campeonato todo, vão brigar por vaga da Conmebol.

  • Marcão de Varginha disse:

    Resultado normal numa partida onde o adversário não “tremeu” ao deparar com o time alvinegro. O Coritiba soube segurar as investidas e fez por merecer até mesmo a vitória, graças ao cochilo do Galo que achou que a vitória estava assegurada quando esteve a frente do placar. Não se pode deixar de parabenizar o time paranaense que teve seus méritos frente ao atual campeão brasileiro.
    – #jacompraramarbitragens

  • Horacio disse:

    Concordo com você Chico, estou achando o time meio de salto alto, tem que respeitar o adversário e meter gol. Tá certo que o jogo da libertas é o mais difícil, mas entregou a rapadura muito fácil.

    Não sou tão crítico com o Godin, acho que ele não está em forma, é bom de bola aérea, já melhorou muito em relação a aquele jogo picareta com o flamengo. O problema é o Galo dispondo do CIGA, que é um mecanismo de avaliação de desempenho, acertar com ele.

    Veterano trás muita experiência, é um espelho para os mais joves. O problema é que o Galo não tem muitos jovens, e tem que ter pernas e pulmão, senão, é um foguete queimado.

    Pior é colocá-lo cobrindo o Mariano, que sobe muito, mas ao contrário do Arana, não tem velocidade para voltar e nem recuperação. Ontem o Otávio ficou mais na cobertura dele. Mariano estava mais plantado quando andou perdendo bolas importantes, tanto na força física quanto na velocidade, e não foi só nas jogadas dos gols. Joga mais do que isto, estava muito desconcentrado.

    É certo que estava 2×0, não precisava acelerar, mas não dava para desconcentrar. Todo mundo quer ganhar do Galo, é um título pô!!! Tem que por isto na cabeça.

  • Jerônimo disse:

    O Turco Pardal, depois de dois jogos bem sucedidos no esquema 4x4x2, burramente, voltou para o 4x3x3. Vou colocar uma faixa em frente a cidade do Galo: “O esquema 4x3x3 não é um esquema para o Galo.”

    Não bastasse isso….voltou também com o ex-jogador em atividade, Godin. Aí, tendo o Mariano de lateral e o Godin na zaga, a defesa do lado direito ficou em marcha lenta, mais uma vez. Menos dois pontos por causa do Turco Pardal.

    O Turco Pardal também não entendeu, ainda, que NINGUÉM no elenco faz o que o Zaracho faz. O Galo depende 100% do Zaracho. Insistir para que o Jair substitua o Zaracho é desgastar o Jair sem necessidade. Jair, aliás, que está muito mal este ano.

    O 4x3x3 força que o Nacho marque e ataque, mas ele não consegue fazer essas duas funções. Resultado: Hulk e Vargas tiveram que voltar para buscar a bola, pois o Nacho não consegue armar o time sozinho e o Jair não faz o que o Zaracho faz.

    Resultado: O Hulk levou um amarelo (deveria ter sido vermelho), pois como o Galo não tinha armador, a bola não chegava para ele e quando chegava, chegava dividida… aí, o cara perde a cabeça, uma hora, com a marcação pesada. O Vargas abria na ponta e não recebia a bola, fechava e não conseguia tabelar, pois o Nacho sempre estava longe dele.

    O Turco Pardal não sabe armar e muito menos alterar o time no decorrer da partida:
    – tirou o Otávio, que estava bem, quando estava claro que o Jair é quem estava mal.
    – colocou dois laterais esquerdos: Arana e Rubens. (Mas o ataque e gols do Coritiba saíram do lado direito do Galo, para quê dois laterais esquerdos?)
    – colocou dois centroavantes: Hulk e Sasha (mas sem armador, do que adianta ter dois centroavantes?)
    – colocou dois volantes: Alan e Jair (para quê isso se o Coritiba não tinha um meio de campo forte?)
    – deixou o time sem nenhum meia armador..

    Empatamos, em casa, contra um time que vai brigar para não cair….e esse resultado vai para a conta do Turco Pardal que é um técnico ridículo e muito aquém do plantel que ele tem em mãos. O ano de 2022, que poderia ser um ano de consolidação para o Galo, vai ser um ano perdido por causa desse pseudo técnico.

    “Parabéns” Rodrigo Caetano!!!

  • Guilherme Leôncio disse:

    Também não entendo essa desconfiguração do time em todo jogo. Savinho nunca jogou, depois de vendido vai jogar. Outra coisa, parece que estão doido pra vender o Rubens. Pelo amor de Deus, coloca o time titular, como pode fazer cinco substituições e tem um elenco bom, vai descansando um ou outro, mas sem essas invencionices. Experimentar atletas da base em pleno Brasileirão é queimá-los totalmente. Isso nunca deu certo, somente em caso de necessidade.

  • Pedro Vitor disse:

    Realmente o Atlético cedeu muito fácil a pressão do Coritiba.

    É chato pegar no pé de um jogador, do nível e categoria de Diego Godin, mas eu quero entender o lado do El Turco Mohamed, em insistir no Godin jogando na sobra da defesa, me lembrou o Leonardo Silva em seu último ano no Atlético, tem classe, tem futebol, mas não consegue fisicamente, competir.

    Se o El Turco Mohamed continuar a tapar os olhos quanto a mediocridade, para não pegar pesado com a carreira vitoriosa do jogador, do futebol de Diego Godin, transferirá para si, as cobranças da torcida.

    Tem hora que a gente fica até com medo de apontar o dedo e dizer, “este não presta”

    Me lembrei, do Mariano, chegou e entregou a paçoca, contra o Santos, que resultou na expulsão do Rafael, até ali, fazia uma bela participação com a camisa alvinegro, aí Mariano foi pro banco, e ano depois recuperou a posição jogando o fino da bola.

    A verdade é que o Atlético ontem, achou que o jogo estava ganho, e faltava ainda matar o jogo, falhou a defesa, o sistema defensivo, as mudanças do técnico, não foram boas, até agora não entendi o porquê dele ter deixado o Rubens em campo e tirar o Vargas?

    Depois colocou o Savinho e quase perde o jogo.

    Serve de alerta, no mais, vamos observar o outro lado da moeda, o Atlético duas vitórias e um empate, é campanha de campeão, se vai ser aí é outra história.

    Se a cada 3 jogos, ganhar 2 e empatar um, bate campeão.

    Eu entendo, tem o compromisso da Libertadores, e desfalque do Keno, ontem o Hulk não estava nos melhores dias, só não entendo insistir com o Godin, jogando ali na direita, tendo, Nathan Silva e Igor Rabello, mais jovens e São mais rápidos na recuperação no bote.

    E torcida cobrar tudo bem, não pode é ameaça o cara e família dele aí tá errado

  • Gilberto Costa disse:

    Se o Turco continuar colocando o Savinho, o City vai desistir do negócio. Escondam esse garoto!!

  • Raws disse:

    Independente do vacilo de não arrumar o lado direito que defensivamente estava crítico(por muito mérito do adversário), repito o que falei sobre o Inter, se o Coritiba jogar todas como ontem ficará longe da degola.
    Outra coisa, se o moleque que matou o Mariano jogar sempre o que jogou ontem, será vendido antes do término do campeonato.

  • JESUM LUCIANO DA SILVA disse:

    Zaga não pode ficar trocando todo jogo além de desentrosar, desmotiva quem entra pois não sabe se estará no próximo jogo, já o godim e o professor pardal não tem culpa nenhuma, culpado é quem contrata jogador em declínio e técnico de Fusca para comandar uma Ferrari, tá metendo o pé pelas mãos.

  • Alexandre (de Curitiba) disse:

    Sim, empate com gosto, cheiro e cara de derrota. Confesso que fui um dos que chegaram a fazer a dancinha da vitória no intervalo e me dei mal. Mas é isso, lições que vamos aprendendo e, no nosso caso de atleticanos, relembrando. Humildade e canja de galinha nunca fazem mal a ninguém.

    Quanto ao jogo em si, venho defendendo a ideia aqui de que esse ano é diferente. O calendário pra lá de apertado desse ano de Copa do Mundo vai exigir ainda mais dos jogadores e saber administrar o condicionamento físico de cada um deverá ser o grande quebra-cabeça a ser resolvido. O time tem um padrão de jogo claro, na minha opinião, mas às vezes vai ter de fazer a “conta do chá”. O que não pode é vacilar por soberba…

    O Rubens tem bom potencial. Já o Godín, tenho de concordar com o Chico: não dá para confiar, ainda mais jogando contra adversários rápidos. O restante dos jogadores estão na média do que vimos na última temporada.

    Para finalizar, o Sávio. Pode até ser que o garoto arrebente no futuro, jogando na Europa, mas pra mim ainda é um foguete molhado. Sorte a nossa de já ter sido negociado por um valor, digamos, fabuloso se comparado ao que o rival ganhou pelo Vítor Roque, que joga muito mais bola. É entregar logo o rapaz, antes que o comprador desista!

    No mais, bola pra frente que terça feira tem mais!

  • Humberto disse:

    Futebol foi igual a camisa, pela metade. O jogo tem 90 minutos, ficaram num lesco lesco danado e o castigo veio. A propósito, camisa horrorosa, que não volte nunca mais.

  • Gilberto Costa disse:

    A perda de dois pontos vão para a conta do Turco, que não soube reforçar a marcação do lado direito. O ponta esquerdo do Coritiba passava à vontade por Mariano/Godim. A saída do Nacho deixou o Galo sem armador de jogadas. jogadores experientes como Hulk, Arana e Allan estavam extremamente nervosos, e em vez de darem tranquilidade para fazer o 3 X 2, deixaram todos mais pilhados.

  • Antonio da Silva disse:

    Nada de terra arrasada, afinal, ano passado perdemos para o Fortaleza em casa e ganhamos tudo na PRIMEIRA DIVISÃO. Só que tem que parar com rodízio e colocar o titular, o time do ano passado para jogar. Atleta gosta de jogar, poupar atleta deixa ele mais lerdo, mais sonso e preguiçoso. Outra coisa, tem que parar com esse negócio de correr muito o primeiro tempo e tirar o pé ou se poupar no segundo, é ir pra cima sempre.

  • Paulo Antônio disse:

    O Turco tem de definir um time e ir descansando alguns jogadores conforme a necessidade. Ele manda um time diferente a cada jogo, desentrosando o time e até tirando o ritmo de alguns jogadores. No mineiro, com jogadores voltando de férias, ele já poupava. Cuca e Jorge Jesus poupavam muito pouco, lembremos.

  • Carlos Henrique disse:

    Outra coisa, acharam esse garoto, meritos do Turco
    que colocou para jogar, Rubens, joga muito
    chutou de fora da area 2 vezes com perigo
    Arana indo para seleçao, vai ganhar espaço o Rubens
    pode jogar de lateral esquerdo, e quero ver, quando o Nacho nao jogar
    ver o menino na dele, no meio, na meia ,
    muito bom jogador

  • Carlos Henrique disse:

    Gostei do primeiro tempo, do gol de Savarino,Nacho achou hulk , linda triangulaçao
    que originou o gol atleticano Svarino crescendo de novo
    e ainda temos o veloz Ademir
    Segundo tempo, o tecnico estrangeiro do Coritiba
    meteu um jogador e o jogo mudou
    velocidade ai veio o empate,nada de crucificar ninguem
    Godim em declinio fim de carreira
    Rever tambem, mas o capitao atleticano
    tem bola joga muito ainda, para esse ano dá
    mas o tempo vai pasando, fez falta, Godim nao sabe ataiá como Rever
    Foi um grande zagueiro, o Turco no segundo tempo
    poderia fechar mais a casinha , meter 3 zagueiros
    o importante sao os 3 pondos

  • Márcio Luiz disse:

    Nosso sistema defensivo sob o comando do Turco é uma lástima.
    O Hulk retornou da viagem aos EUA totalmente fora de sintonia.
    E uma constatação: como fez (e faz) mal ao Arana aquela selecinha do Tite, pqp.

    Que fique a lição. O fato de termos um timaço não nos dá a condição de “dormir” sobre um resultado parcial, sabendo que do outro lado há um adversário brioso também buscando o triunfo.

    Finalmente, que o Galo tenha mais VIBRAÇÃO contra o Del Valle e não essa passividade demonstrada pelo nosso treinador à beira do gramado e que por vezes parece contaminar nossos jogadores.

    Segue o LÍDER!

  • Silvio Torres disse:

    Nessa hora, os meus inúmeros “fãs” não aparecem pra dizer: bem que ele avisou. Salto alto, rebolado, já ganhou. Falei algumas vezes, assim como disse que todos que acompanham o futebol internacional sabiam das condições do Godim. Já o Mariano, hein? Levou um baile. No lance do gol de empate deu pena aquela entortada. E o Turco, pra mim, continua sendo um grande ponto de interrogação.